• Nenhum resultado encontrado

cgm.3 Reliable innovation. Personal solutions. Sistema modular e compacto (RMU) com isolamento integral a gás

N/A
N/A
Protected

Academic year: 2021

Share "cgm.3 Reliable innovation. Personal solutions. Sistema modular e compacto (RMU) com isolamento integral a gás"

Copied!
40
0
0

Texto

(1)

Reliable innovation. Personal solutions.

cgm.3

Sistema modular e compacto (RMU)

com isolamento integral a gás

Até 40,5 kV Normas IEC

(2)

A qualidade dos produtos projetados, fabricados e instalados pela Ormazabal está apoiada pela implantação e certificação de um sistema de gestão da qualidade, baseado na norma internacional ISO 9001:2008.

O nosso compromisso para com o ambiente, se reafirma com a implantação e certificação de um sistema de gestão ambiental em conformidade com a norma internacional ISO 14001.

Devido à constante evolução das normas e dos novos designs, as características dos elementos contidos neste catálogo estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. Estas características, assim como a disponibilidade dos materiais, só têm validade sob a confirmação da Ormazabal.

Í

ndice

i

ntrodução

__________________________

1

Prefácio 1

A sua rede elétrica 2

O seu negócio e aplicações DNS 2

Nosso mapa de produtos (SSS e DNS) 3

c

aracterÍsticasprincipais

________________

4

Segurança 4 Confiabilidade 4 Eficácia 5 Sustentabilidade 5 Inovação contínua 5

d

etalhestécnicos

_____________________

6

Família 6 Dados técnicos 7 Estrutura construtiva 8

Certificação internacional e usos 8

c

aracterÍsticasdodesign

________________

9

Componentes chave 9

Compartimentos principais 10

Redes inteligentes (Smart Grids) 12

Proteção e automatização 12

Tipodemódulos _________________________________________ 14

Outros componentes e acessórios 30

M

anuseaMento

,

instalação

epós

-

venda

_________________________

33

Manipulação 33

Dentro de edifícios 33

Dentro de centros de transformação móveis ou pré-fabricados 34

Dentro de turbinas eólicas 34

Colocação em serviço e Pós-venda 35

(3)

Prefácio

Com um DNA formado por décadas de experiência na pesquisa, design, desenvolvimento, fabricação e

instalação de interruptores automáticos e aparelhagem de média tensão (MT), a Ormazabal se converteu num dos maiores fornecedores de aparelhagem de média tensão com isolamento em gás (GIS) do mundo. Atualmente estão instalados cerca de 1.300.000 unidades funcionais de média tensão da Ormazabal nas redes elétricas de mais de 100 empresas elétricas e 600 parques eólicos de mais de 110 países. A versão precedente de cgm.3 foi cgm-cgc, a primeira célula de

distribuição secundária de isolamento integral, modular e extensível no mercado mundial. cgm.3 foi lançada no ano de 2008, após o sucesso internacional do seu antecedente. Durante os últimos anos o sistema cgm.3 foi ampliado com valores elétricos mais altos como, por exemplo, até 40,5 kV e até 25 kA. Os sistemas cgm-cgc e cgm.3 já foram integrados em inúmeras aplicações em redes inteligentes e de energias renováveis. Atualmente mais de 165.000 unidades funcionais destes sistemas estão em serviço em mais de 35 países.

O sistema cgm.3 proporciona soluções para a rede de distribuição (DNS) confiáveis e eficazes para todos os tipos de instalações de média tensão, de empresas elétricas até infraestruturas, de instalações de lazer até instalações industriais e de parques eólicos até instalações fotovoltaicas.

A Ormazabal é o fornecedor líder de soluções personalizadas para empresas elétricas, utilizadores finais de energia, assim como para aplicações de sistemas de energias renováveis baseadas em nossa própria tecnologia. Fomentamos o desenvolvimento do setor elétrico em relação aos desafios das necessidades futuras de energia. Colaboramos com as principais empresas locais, regionais e globais do setor elétrico como parte do nosso firme compromisso com a inovação no âmbito da segurança das pessoas, a confiabilidade das redes, a eficiência energética e a sustentabilidade. A nossa equipe de profissionais altamente qualificado e entusiasmado pela inovação, leva desenvolvendo produtos próprios e soluções ao longo de uma história consolidada que soma mais de um século, estabelecendo sempre uma estreita relação com os nossos clientes, orientada para a obtenção de benefícios mútuos a longo prazo.

Sede da empresa elétrica espanhola

A Velatia é um grupo familiar, industrial, tecnológico, global e de referência que desenvolve a sua atividade no ambiente das redes elétricas, a eletrônica e as redes de comunicação, assim como em setores de consultoria, segurança e componentes para aeronáutica, onde se valoriza a segurança, a eficiência e a confiabilidade.

A nossa orientação para o cliente nos levou a desenvolver uma importante rede de fábricas na Espanha, França, Alemanha, Polônia, Brasil, México e China que ajudam a atender necessidades dos nossos clientes em mais de 50 países.

As soluções das empresas que compõem a Velatia procuram fazer do mundo um lugar mais conectado, mais sustentável, mais inteligente, com melhores comunicações, mais seguro e mais humano.

Introdução

Túnel de Bielsa (Espanha-França) Parque eólico Ashegoda (Etiópia)

(4)

A sua rede elétrica

"O seu sócio de confiança para redes elétricas fiáveis e inteligentes"

O seu negócio e aplicações DNS

A estreita relação com os nossos clientes e o profundo conhecimento do negócio elétrico constituem as chaves para o sucesso e nos permitem oferecer soluções da rede de distribuição (DNS) baseadas em produtos e serviços de alto valor agregado adaptados às necessidades das empresas elétricas, utilizadores finais de energia elétrica e energias renováveis. DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA RES Eólico Solar Energias renováveis programáveis UTILIZADORES FINAIS Infraestruturas Industrial Terciário

(5)

Nosso mapa de produtos (SSS e DNS)

Estamos convencidos de que a excelência não só radica na oferta de produtos e serviços eficazes senão também na capacidade para responder aos requisitos e exigências individuais.

Proporcionamos aos nossos clientes projetos personalizados para a gestão eficaz da energia através de equipamentos e soluções de distribuição primária e secundária.

As nossas linhas de negócios

SSS: Soluções de subestação

para distribuição primária

DNS: Soluções para a rede de

distribuição secundária

Os nossos produtos para o seu segmento

cpg.1 cpg.0 gae1250kmax

cibor transfoorma Transformadores de

potência

ormacontainer

nvl.cibor

cgm.3 gae ga [IEC-ANSI/IEEE]cgmcosmos cgmcosmos[HN]

Família ekorsys transfoorma Transformadores de distribuição Proteção, automatização e controle

Óleo

Convencional

Não convencional

transforma.tpc transforma.fine Gama estendida de soluções

Família CURRENT®

Quadro de Baixa Tensão Medida avançada, detecção

& análise, monitorização e comunicações

Líquido dielétrico biodegradável

organic

Centros de transformação (CT) pré-fabricados de concreto

CT metálicos

pré-fabricados CEADS seccionamentoCentros de Subterrâneos manobra interiorDe superfície e Compactos

Envolventes de concreto para centros de transformação (CT)

Envolvente metálica

para CT Centro fotovoltaico Subestação móvel Subterrâneos manobra interiorDe superfície e Modulares

(6)

Segurança

Proteção para as pessoas, o meio ambiente e as suas instalações elétricas. Prestamos especial atenção à segurança

pessoal dos operários e o público em

geral, inclusive em condições de falha.

Arco interno

As células cgm.3 foram projetadas para resistir aos efeitos de um arco interno em conformidade com IEC 62271-200 (Classe IAC)/norma IEEE C37.20.7 (Classe 1D-s).

Estanqueidade hermética

Todos os componentes sob tensão se encontram dentro de uma tanque

de gás de aço inoxidável lacrada

hermeticamente durante toda a vida do produto. Isto proporciona resistência conforme as condições de serviço para aparelhagem de interior referidas na norma IEC 62271-1.

Bloqueios

As células cgm.3 contam de série com bloqueios mecânicos e elétricos em

conformidade com IEC 62271-200, os quais permitem um funcionamento seguro e confiável.

Os bloqueios evitam as manobras não seguras:

● Tornam impossível o fechamento do interruptor-seccionador e do seccionador de aterramento simultaneamente

● Permitem a abertura da tampa de acesso aos cabos de média tensão quando o seccionador de aterramento está fechado Oferecem opcionalmente cadeados, bloqueios com chave e elétricos baseados nas especificações do cliente.

Indicadores

Segurança adicional através do uso de:

Bandeirolas de sinalização da

aparelhagem de conexão: Indicação visual no mímico, validada através do teste de cadeia cinemática em conformidade com as normas atuais (IEC 62271-102)

Indicadores capacitivos de tensão:

ekor.vpis: um indicador autoalimentado que mostra a presença de tensão nas fases através de três sinais luminosos permanentes (IEC 62271-206) ekor.ivds: indicador de presença/ausência de tensão através de sinais luminosos (IEC 61243-5)

Alarme acústico:

ekor.sas alarme que adverte contra o aterramento quando os cabos de média tensão se encontram sob tensão. Funciona em combinação com ekor.vpis / ekor.ivds

Comparador de fases: ekor.spc

Confiabilidade

Ajuda a manter a continuidade de fornecimento da sua rede elétrica.

Isolamento estanque para toda

a vida

O isolamento dentro de uma tanque de gás de aço inoxidável proporciona uma vida útil prolongada (30 anos) e ausência de manutenção das partes ativas.

Adequação ambiental

Resistência às condições ambientais estipuladas na norma IEC 62271-1*.

(*) Para outras condições particulares consultar a Ormazabal.

Submetido a teste de imersão

durante 24 horas

O sistema cgm.3 supera o teste de

imersão a uma pressão de 3 m de coluna de água durante 24 horas a tensão nominal e o teste de isolamento a frequência industrial.

Testes de rotina 100%

Toda a aparelhagem é submetida 100% a testes elétricos e mecânicos de rotina em conformidade com as normas relevantes. Também são feitos testes de estanqueidade 100% da nossa aparelhagem como testes de rotina tendo em vista garantir a confiabilidade ao longo da sua vida útil.

● Teste de estanqueidade

● Teste de frequência industrial

● Medida da resistência do circuito principal

● Teste de endurância mecânica

● Medida das descargas parciais (opcional)

(7)

Eficácia

Características de grande valor que lhe facilitam as suas tarefas.

Modularidade

O design cgm.3 é totalmente modular.

Oferece flexibilidade de configuração de esquemas, extensibilidade simples nos dois lados e ocupação de superfície mínima.

Além disso, estes equipamentos podem ser adaptados à evolução da rede.

Extensibilidade e substituição

O conjunto de união Ormalink permite efetuar sem esforço uma conexão mecânica e elétrica entre duas células sem necessidade de manusear o gás e com a possibilidade de extensibilidade futura.

A possibilidade de substituição dos mecanismos de manobra e a motorização dos mesmos sem interromper o

fornecimento ajudam a melhorar a qualidade do abastecimento de eletricidade.

Preparado para redes

inteligentes (Smart Grid)

O sistema cgm.3 foi integrado em inúmeras aplicações de redes inteligentes.

A Ormazabal proporciona instalações

completas de média tensão que incluem proteção, controle, automatização e funções de gestão de medição avançada em conformidade com as exigências mais estritas das redes inteligentes.

Ergonomia

cgm.3 proporciona as seguintes

características de fácil utilização:

● Acesso frontal para a instalação de cabos de média tensão e fusíveis

● Conexão e prova de cabos simples

● Interface ideal com os operários

● Portafusíveis horizontais

● Simplicidade de operação dos mecanismos de manobra

● Pequeno e leve

Sustentabilidade

Esforços contínuos para reduzir a emissão de gás.

Compromisso para com o meio ambiente:

● Diminuição contínua do uso de gases do efeito estufa

● Emissão de SF6 depreciável durante

os processos de fabricação

● Redução da taxa de vazamentos de gás na aparelhagem

● Não utilização de gás SF6 durante a

instalação

● Medidas contínuas para reduzir a nossa pegada ambiental

● Gestão do fim da vida útil

● Utilização de materiais com um alto grau de reciclabilidade

● Investimento contínuo em pesquisa sobre materiais alternativos e em tecnologia própria

● Proporcionar relês autoalimentados e dispositivos que evitem um consumo extra de energia

Inovação contínua

Ajuda a manter a continuidade de fornecimento da sua rede elétrica. Uma equipe de profissionais focada e dedicada à inovação proporciona uma oferta constante de novos desenvolvimentos e atualizações tais como:

● Novos módulos para 25 kA

● Funcionamento dos módulos a - 30°C

● Novas células de medição submetidas a teste em conformidade com IEC 62271-200, incluindo os requisitos IAC

● Evolução nos mecanismos de manobra

● Integração em célula de unidades próprias de proteção e automatização

● Sistema preparado para redes inteligentes (Smart Grid)

● Sensores de tensão e intensidade

● Diagnóstico preventivo de falha em cabos

● Detecção de descargas parciais (DP) para o diagnóstico da rede

(8)

Família

Células modulares Células compactas

l p v s 2lp (RMU) 2lv

Função de linha Função de proteção com

fusíveis Função de proteção com interruptor automático Função de seccionador com transição

Aterramento opcional s-pt

Funções de proteção

com fusíveis e linha Funções de interruptor automático e linha Configurações energias renováveis rb rc m rlp rlv Função de remontagem de barras Aterramento opcional rb-pt Função de remontagem de cabos

Dispõe de versão para cabo duplo: r2c

Função de medição Funções de

proteção com fusíveis, remontagem e linha

Funções de interruptor automático,

remontagem e linha

Disponíveis outras configurações para Energias renováveis

Normas elétricas aplicáveis IEC

IEC 62271-1 Estipulações comuns para a aparelhagem de alta tensão

IEC 62271-200 Aparelhagem sob envolvente metálico de corrente alternada para tensões atribuídas superiores a 1 kV e inferiores ou iguais a 52 kV

IEC 62271-103 Interruptores para tensões atribuídas superiores a 1 kV e inferiores a 52 kV

IEC 62271-102 Seccionadores e seccionadores de aterramento de corrente alternada

IEC 62271-105 Combinações interruptor-fusíveis de corrente alternada para alta tensão

IEC 62271-100 Interruptores automáticos de corrente alternada para alta tensão

IEC 60255 Relês elétricos

IEC 60529 Graus de proteção para envolventes

IEC 62271-206 Sistemas indicadores de presença de tensão (vpis)

IEC 61243-5 Sistemas de detecção de tensão (vds)

IEEE/ANSI

IEEE C37.74 Requisitos da norma IEEE de aparelhagem para interruptores em carga e interruptores em carga protegidos através de fusível para sistemas de corrente alternada até 38 kV

IEEE C37.20.3 Norma IEEE de aparelhagem para interruptores sob envolvente metálico

IEEE 1247 Norma de interruptores para corrente alternada na gama acima de 1000 volts

IEEE C37.123 Guia de IEEE para as especificações para os equipamentos com isolamento em gás em centros de transformação

Norma IEEE C37.20.4 Norma IEEE para interruptores de CA de interior (1 kV-38 kV) para o seu uso em aparelhagem sob envolvente metálico

IEEE C37.04 Estrutura de classificação norma IEEE para interruptores automáticos de alta voltagem de CA

IEEE C37.06 Interruptores automáticos de alta voltagem de CA classificados sobre a base de uma corrente simétrica: classificações recomendadas e capaci-dades necessárias relacionadas Norma IEEE C37.09 Procedimento de teste norma IEEE para interruptores automáticos de alta voltagem de CA classificados sobre a base de uma corrente simétrica Norma IEEE C37.20.7 Guia de IEEE para o teste de aparelhagem de média tensão sob envolvente metálico para falhas de arco interno

(*): Outros: GB...

(9)

Dados técnicos

Características eléctricas IEC ANSI/IEEE

Tensão atribuída Ud [kV] 36 38,5 40,5 38

Frequência atribuída fr [Hz] 50 60 50 50 60

Corrente atribuída Ir

Barras e interconexão de células [A] 400/630 630 600

Linha Baixante de transformador [A] [A] 400/630 200 630 200 600 200 Corrente admissível atribuída de curta duração

con tk= (x) s Ik [kA] 16/201) (1/3 s)/25 (1 s) 201) (1/3 s)/25 (1 s) 201) (1/3 s)/25 (1 s)

Valor de pico Ip [kA] 40/501)/62,5 41,6/521)/65 521)/62,5 52,5/62,5 54,6/65

Nível de isolamento atribuído

Tensão suportada atribuída a frequência industrial [1 min] Ud [kV] 70/80 80/90 95/118 70/77

Tensão suportada atribuída a impulso tipo raio Up [kV] 170/195 180/210 185/215 150/165

Classificação de arco interno conforme IEC 62271-200 IAC AF/AFL 16 kA 1 s/20

1) kA 1 s/25

kA 1 s AFLR3) 201)kA 1 s/25 kA 1 s

AFL 201)kA 1 s/25 kA 1 s

AFLR3) 201)kA 1 s/25 kA 1 s AFL2) 201)kA 1 s/25 kA 1

Grau de proteção: Tanque de gás IP X8

Grau de proteção: Envolvente externo IP2XD

Cor do equipamento RAL Cinza 7035/azul 5005

Categoria de perda de continuidade de serviço LSC LSC2

Classe de compartimentação PM

1) Testes realizados a 21 kA/52,5 kA 2) Equivalente a IEEE C37.20.7 para 1D-S 3) Com saída de gases através de chaminé. Consultar disponibilidade conforme modelo

Mecanismo de manobra Interruptor seccionador de três posições Interruptor automático de corte à vácuo

B BM BR-A BR-AM AV AMV RAV RAMV

Bobinas de disparo

Isolamento interno [kV] 2 2 10 10 2 2 2 2

Bobina de disparo

Tensão atribuída [V] n/a n/a 24/48/110 Vcc 220 Vca 24/48/110/220 Vcc 110/230 Vca

Consumo máx. [W] n/a n/a 56 < 56

Motorizações

Tensão atribuída [V] n/a 1) n/a 2) n/a 3) n/a 3)

Intensidade nominal [A] n/a < 4 n/a < 4 n/a < 4 n/a < 4

Tempo de manobra do motor [s] n/a < 2,3 n/a < 15 n/a < 15 n/a < 15

Intensidade de pico [A] n/a < 14 n/a < 14 n/a < 15 n/a < 15

Contatos de sinalização

Interruptor | Aterramento 2NA + 2NC | 1NA + 1NC 2NA + 2NC | 1NAC //

1NA + 1NC

1NA + 2NC |

1NA + 1NC 2NA/1NA + 1NC

Interruptor automático n/a 2NA + 2NC 9NA + 9NC 2NA + 2NC 9NA + 9NC

Tensão atribuída [V] 250 250

Corrente atribuída [A] 16 10

1) 24/48/110/125 Vcc 110/220 Vca 2) 24/48/110/220 Vcc 110/230 Vca 3) 24/48/110/220 Vcc 110/230 Vca

Condições de serviço IEC ANSI/IEEE

Tipo de aparelhagem Interior

Temperatura ambiente

Mínima | Máxima - 30 °C * | + 40 °C** - 40 °F * | 104 °F **

Temperatura ambiente média máxima, medição num período de 24h + 35 °C 95 °F

Temperatura mínima de armazenamento - 40 °C - 40 °F

Umidade relativa

Umidade relativa média máxima, medição num período de 24h | 1 mês < 95 % < 90 %

Pressão de vapor

Pressão de vapor média máxima, medição num período de 24h | 1 mês 22 mbar | 18 mbar

Altitude máxima a cima do nível do mar 2000 m** 6500 pés**

Radiação solar Desprezível

Poluição do ar ambiental (pó, fumaça, gases corrosivos e/ou inflamáveis, vapores ou sal) s/ condições normais de serviço da norma IEC 62271-1 Vibrações por movimentos sísmicos ou provocadas por causas externas à aparelhagem Insignificante**

(10)

Estrutura construtiva

Vista frontal

1 Sinóptico e tampa do mecanismo de manobra:

1.1 Interruptor-seccionador (condenável por cadeado) 1.2 Seccionador de aterramento

(condenável por cadeado) 2 Manômetro

3 Indicador de tensão (ekor.vpis) 4 Indicação do

interruptor-seccionador

5 Alarme acústico (ekor.sas) 6 Tampa compartimento de cabos

Vista lateral

1 Tanque de gás 1.1 Conexão de barras (conectores laterais) 1.2 Interruptor-seccionador 1.3 Suportes de elevação 2 Tampa frontal 2.1 Placa de características e sequência de manobras 2.2 Localização da caixa de controle 3 Compartimento de cabos 4 Isolador de travessia frontais 5 Conectores e cabos

6 Abraçadeira de cabos 7 Chapas de terra

8 Duto de expansão de gases

Certificação

internacional e usos

Exemplos de aplicação

Aplicação/usos internacionais ● Distribuição pública:

áreas urbanas e rurais

● Redes inteligentes (Smart Grids) ● Energias renováveis:

parques eólicos on & off-shore, plantas solares fotovoltaicas, etc. ● Hotéis, estádios, centros comerciais ● Áreas industriais

● Indústria do petróleo e gás ● Aeroportos, portos, túneis

cgm.3 tipo ANSI/IEEE 1.1

(11)

Componentes chave

Conjunto de união

Ormalink

Pioneiros em conjuntos de união extensíveis:

O conjunto de união Ormalink, patenteado pela Ormazabal em 1991, permite a execução da conexão elétrica entre diferentes módulos do sistema cgm.3. Mantém os valores nominais de isolamento e as intensidades atribuídas e de curto-circuito. Também controla o campo elétrico.

Extensível nos dois lados das células. As células extensíveis têm tulipas laterais que facilitam a conexão entre os embarrados principais. Conjunto de união Ormalink Colocação de Ormalink

Interruptor em carga

Interruptor em carga por sopragem (tipo "puffer") de alto rendimento projetado e desenvolvido pela Ormazabal.

O interruptor-seccionador inclui as funções de interruptor, seccionador e aterramento numa unidade de três posições.

Características:

● Interruptor-seccionador de três posições:

aberto – fechado – aterrado

● Manobra independente do operário ● Categoria do interruptor Endurância mecânica: ● 1000-M1 ● 5000-M2 ● Certificado de endurância elétrica: 5-E3 ● Categoria do seccionador de aterramento: ● Endurância mecânica: ● 1000-M0 ● Certificado de endurância elétrica: 5-E2

Interruptor automático de

vácuo

Interruptor automático com tecnologia de corte a vácuo, compacto e com uma confiabilidade excelente, certificado em conformidade com a norma IEC 62271-100,

incluída endurância elétrica estendida (classe E2) com ciclo de religamento rápido e, portanto, sem manutenção durante toda a sua vida útil.

Características:

● Endurância mecânica: ● M2:10 000 manobras ● M1: 2000 manobras ● Sequência de manobras sem

religamento ● CO-15 s-CO ● CO-3 min-CO

● Sequência de manobras com religamento

● O-0,3 s-CO-15 s-CO ● O-0,3 s-CO-3 min-CO ● Associado ao

interruptor-seccionador

Características do design

(12)

cgm.3 apresenta uma estrutura dividida em compartimentos independentes: 4 1a 2 1b 1 3a 3b 3 1. Tanque de gás a) Conexão de barras

b) Elementos de corte e conexão 2. Mecanismos de manobra 3. Base

a) Compartimento de cabos b) Duto de expansão de gases 4. Caixa de controle

Tanque de gás

A tanque, estanque e isolada com gás SF6, contém o embarrado, assim como

os dispositivos de corte e conexão. O dielétrico utilizado atua como meio de isolamento e de extinção. A tanque está equipada com uma membrana que dirige de forma segura a saída de gases em caso de arco interno, assim como com um manômetro para controlar a pressão do gás isolante. O embarrado conecta os isoladores de travessia monofásicos a partir do exterior da célula até aos elementos de corte no interior da mesma. A conexão elétrica entre os diferentes módulos do sistema cgm.3 é realizada através do conjunto de união Ormalink. Os fusíveis de proteção estão dispostos em posição horizontal, dentro de compartimentos independentes por fase, e são instalados em carros portafusíveis. Os tubos portafusíveis proporcionam isolamento e estanqueidade contra a poluição, as mudanças de temperatura e condições climáticas adversas. O movimento do percutor do fusível é transmitido a partir do interior à timonaria de disparo.

Características:

Sistema de isolamento selado para toda a vida (30 anos)

Testado contra arco internoAço inoxidável – classificação IP X8

Soldagem robotizada

Dispositivos de conexão, corte e do circuito principal:

● Interruptor seccionador ● Interruptor automático ● Tubos portafusível.

Conector de encaixe para conector exterior

Manômetro

Membrana de expansão

Conexão de barras direta através de tulipas monofásicas

Mecanismos de manobra

O mecanismo de manobra permite a execução das operações de abertura e fechamento dos circuitos de média tensão.

A distribuição frontal dos mecanismos de manobra e o uso

de alavancas antirreflex permite manobras seguras, cômodas e simples com um esforço mínimo. Os sinópticos frontais integram os dispositivos de sinalização de posição. Máxima confiabilidade verificada através do teste de cadeia cinemática do mecanismo de sinalização conforme a IEC 62271-102.

Características:

Sinóptico e botões

Sinalização de posição (cadeia cinemática) ● Elementos de corte e conexão ● Disparo do fusível

● Indicador capacitivo de tensão (ekor.vpis/ekor.ivds)

Bloqueio (elétricos e mecânicos)

Motorização sem interrupção do fornecimento

Possibilidade de substituição e motorização no local

(13)

Tipos de mecanismo de manobra Dependendo do mecanismo de manobra (interruptor de 3 posições ou interruptor automático), existem diferentes modelos:

Interruptor-seccionador de três posições

● B e BM

● Mecanismo de manobra básico com acionamento manual independente (B) ou motorizado (BM)

● Manobras local ou remotas

● Aplicável a funções de linha e embarrado ● BR-A e BR-AM

● Mecanismo de manobra com funcionamento manual (BR-A) ou motorizado (BR-AM) e com retenção à abertura

● Aplicável às funções de proteção com fusíveis

Podem ser substituídos sob tensão em qualquer uma das posições (fechado, aberto ou aterrado).

Interruptor automático

● AV e AMV (sem religamento)/RAV e RAMV (com religamento)

● Mecanismo de manobra acionado por molas para a função de interruptor automático

● Este mecanismo é instalado em série com um mecanismo de tipo B ● O conjunto de resortes é recarregado

manualmente (AV-RAV) ou através do motor (AMV - RAMV)

Base

Compartimento de cabos

O compartimento de cabos, localizado na zona inferior dianteira da célula, dispõe de uma tampa, interconectada com o seccionador de aterramento, que permite o acesso frontal aos cabos de média tensão.

Os cabos de média tensão isolados provenientes do exterior são conectados usando conectores que admitem conectores conectáveis ou aparafusáveis isolados

com a blindagem. Características:

Possibilidade de até dois conectores por fase. Consultar compatibilidades.

● Mais conectores ou autoválvulas através da tampa especial

Conexões sem esforço (conectáveis ou aparafusáveis)

Altura de conector adequada para cabos tripolares/de grande tamanhoConector de encaixe para conector

exterior

Aterramento do cabo simples ● Teste de cabos

Tampa frontal interconectada com o

seccionador de aterramento

Canaletas protegidas para cabos de

baixa tensão

Duto de expansão de gases O duto de expansão de gases localizado na parte traseira da base dirige os gases gerados por efeito de um arco interno através de uma membrana.

Características:

Expansão dos gases em caso de arco interno

Condução posterior dos gases liberados

Separação de metal a partir do compartimento de cabos

Opcional: Chaminé para proteção posterior em caso de arco interno

Caixa de controle

A caixa de controle, localizado na parte superior da célula e independente dos compartimentos de média tensão, foi definida para a instalação de relês de proteção, assim como dispositivos de medição e controle.

Características:

Compartimento independente

da zona de média tensão

Pronto para a instalação de relês de

proteção, assim como equipamentos de comando e medição

Montagem e testes em fábrica em

conformidade com as necessidades do cliente

Design padrão e compacto

para a instalação dos relês de proteção e das unidades de automatização da Ormazabal

Grande capacidade de adaptação

para relês de proteção, unidades de controle e medição de outros fabricantes, assim como equipamentos proporcionados pelo cliente

Tamanho e design personalizado Opcionalmente podem ser fornecidas

gavetas de controle acopláveis para a localização de elementos de sinalização e atuação de funções motorizadas.

Arco interno na tanque de gás 20 kA 0,5 s

Tanque de gás arco interno 20 kA 1 s/IAC classe AFL

IAC AFLR com duto posterior

Célula de medição Opcional: saída de gases inferior em versão de 1100 mm de largura.

(14)

Redes inteligentes

(Smart Grids)

Proteção e

automatização

O propósito das redes inteligentes é a geração e distribuição de energia elétrica de uma forma mais eficaz, confiável, limpa e segura.

Na cadeia de valor agregado das redes inteligentes convergem e coexistem os setores da energia elétrica, telecomunicações, assim como tecnologias da informação e comunicação.

A Ormazabal colabora em projetos inovadores e proporciona soluções e produtos focados ao melhoramento da eficácia da distribuição da energia, dentro de um ambiente em constante mudança, como impulsionador e dinamizador das redes inteligentes. A tecnologia da Ormazabal, desenvolvida especialmente para as redes inteligentes, além de muitas mais, oferece as vantagens a seguir:

1. Permite a integração de novos utilizadores na rede

2. Impulsiona a eficácia do funcionamento da rede

3. Reforça a segurança da rede, do controle, assim como a qualidade do fornecimento

4. Otimiza o plano de investimento para o melhoramento da rede elétrica

5. Melhora o trabalho do mercado e o serviço ao cliente

6. Fomenta a participação do consumidor na gestão da energia

Referências

● Projeto Iberdrola STAR. Espanha (Castellón, Bilbao, etc.)

● Projeto Endesa. Espanha (Málaga) ● Projeto Gas Natural Fenosa.

Espanha (Madrid)

Família

ekorsys

A Ormazabal proporciona instalações de média tensão íntegras que incluem funções de proteção, controle e automatização.

A Ormazabal, conta com uma ampla variedade de aplicações e serviços para responder às necessidades da rede de distribuição.

(15)

Proteção

● Fornecimento aos clientes de média tensão

ekor.rpg

3 x 50/51 + 50N/51N + 50Ns/51Ns ● ekor.rpt

3 x 50/51 + 50N/51N + 50Ns/51Ns ● Proteção de centros de distribuição

e clientes industriais ● ekor.rps

3 x 50/51 + 50N/51N +

50Ns/51Ns+67+49+81+27+59N...+ controle

ekor.rpg-ci/ekor.rpa

3 x 50/51 + 50N/51N + 50Ns/51Ns + controle integrado ● ekor.rpt-ci 3 x 50/51 + 50N/51N + 50Ns/51Ns + controle integrado ● Proteção de centros de transformação rurais (ctr) ● ekor.rpt-k 3 x 50/51 + 50N/51N + 49T + controle integrado

● Unidade de proteção de grupos eletrogêneos ● ekor.upg ● Proteção da subestação ● ekor.rps-tcp: 3 x 50/51 + 50N/51N + 50Ns/51Ns +67+49+81+27+59N+50BF... + controle Automatização e telecomando ● Telecomando ● ekor.uct ● ekor.ccp ● ekor.rci ● Transferência automática ● ekor.stp ● ekor.ccp ● ekor.rtk

● Detecção de passo de falha ● ekor.rci

● Alarme acústico de presença de tensão

ekor.sas

● Pontos de segunda manobra

Gestão e comunicação de medição avançada

ekor.gid Posto de controle Software

ekor.soft

Para obter mais informações, consulte a Ormazabal ou acesse

(16)

Tipo de módulos

cgm

.

3

-l

Função de linha

Célula modular de linha, equipada com um interruptor-seccionador de três posições: fechado, aberto ou aterrado. Extensibilidade: direita, esquerda e ambos lados.

Características eléctricas IEC ANSI/IEEE

Tensão atribuída Ur [kV] 36 38,5 40,5 38

Frequência atribuída fr [Hz] 50 60 50 50 60

Corrente atribuída

Interconexão geral de embarrado e células Ir [A] 400/630 630 600

Linha Ir [A] 400/630 630 600

Tensão atribuída de curta duração suportada a frequência industrial (1 min)

Fase a terra e entre fases Ud [kV] 70 80 95 70

Através da distância de seccionamento Ud [kV] 80 90 118 77

Tensão suportada atribuída a impulso tipo raio

Fase a terra e entre fases Up [kV] 170 180 185 150

Através da distância de seccionamento Up [kV] 195 210 215 165

Classificação do arco interno IAC

AF/AFL 16 kA 1 s/20* kA 1 s / 25 kA 1 s AFLR ** 16 kA 1 s/20 kA 1 s/25 kA 1 s AF/AFL 20* kA 1 s/25 kA 1 s AFLR** 20* kA 1 s/25 kA 1 s AF/AFL 16 kA 1 s/20* kA 1 s / 25 kA 1 s AFLR** 20* kA 1 s/25 kA 1 s Tensão CC suportada [kV] 72 103

Interruptor-seccionador IEC 62271-103 + IEC 62271-102 IEEE C37.74

Corrente admissível atribuída de curta duração (circuíto principal)

Valor tk= (x) s Ik [kA] 16/20* (1/3 s)/25 (1 s) 20* (1/3 s)/25 (1 s) 20* (1/3 s)/25 (1 s)

Valor de pico IP [kA] 40/50*/62,5 41,6/52*/65 52*/62,5 52,5/62,5 54,6/65

Poder de corte de corrente principalmente ativa I1 [A] 400/630 630 600/800

Poder de corte cabos em vácuo Ua [A] 50 50 20

Poder de corte circuito fechado I2a [A] 400/630 630 600/800

Poder de corte de falha a terra I6A [A] 160 160 n/a

Poder de corte de cabos e linhas em vácuo em

condi-ções de falha a terra I6b [A] 90 90 n/a

Poder de fechamento do interruptor principal

(valor de pico) Ima [kA] 40/50*/62,5 41,6/52*/65 52*/62,5 52,5/62,5 54,6/65

Categoria do interruptor

Endurância mecânica 1000-M1/5000-M2 1000/5000

Ciclos de manobras (fechos em curto-circuito)- classe 5-E3 3-E2 em 20 kA/5-E3 em 25 kA 3

Seccionador de aterramento IEC 62271-102 IEEE C37.74 Corrente admissível atribuída de curta duração (circuíto de aterramento)

Valor tk= (x) s Ik [kA] 16/20* (1/3 s)/25 (1 s) 20* (1/3 s)/25 (1 s) 20* (1/3 s)/25 (1 s)

Valor de pico Ip [kA] 40/50*/62,5 41,6/52*/65 52*/62,5 52,5/62,5 54,6/65

Seccionador de aterramento making capacity (Valor

de pico) Ima [kA] 40/50*/62,5 41,6/52*/65 52*/62,5 52,5/62,5 54,6/65

Categoria do seccionador de aterramento

Endurância mecânica 1000-M0 1000

Ciclos de manobras (fechos em curto-circuito)- classe 5-E2 3

* Testes efetuados a 21 kA/52,5 kA ** Com saída de gases através da chaminé Valores para 50 Hz

Aplicações

Entrada ou saída dos cabos de média tensão que permitem a comunicação com o embarrado principal do centro de transformação.

(17)

Dimensões

[mm]

[Pol.]

Configuração

Célula

F Arco interno IAC AFLR

 16 kA 1 s  20 kA 1 s  25 kA 1 s

F Arco interno IAC AFL

 16 kA 1 s  20 kA 1 s  25 kA 1 s F Arco interno AF  16 kA 0,5 s  20 kA 0,5 s  16 kA 1 s  20 kA 1 s  25 kA 1 s F Célula de 1400 mm de altura F Célula de 1745 mm de altura Tanque de gás

J Tanque de aço inoxidável

Indicador de pressão do gás:

J Manômetro sem contatos F Manômetro com compensação

de temperatura e dois contatos livres de potencial

Conexão frontal:

J Conectores

Conexão lateral:

J Extensibilidade nos dois lados F Extensibilidade à esquerda/

direita cega

F Extensibilidade à direita/

esquerda cega Tipo de conexão lateral:

F Tulipa

 Direita  Esquerda  Ambas

F Conectores

 Direita  Esquerda  Ambas

Mecanismo de manobra

J Alavancas de acionamento J Mecanismo manual tipo B F Mecanismo motorizado tipo BM J Alarme acústico ekor.sas

J Indicador capacitivo de presença

de tensão ekor.vpis

F Indicador capacitivo de presença/

ausência de tensão ekor.ivds

F Outros indicadores capacitivos

de tensão

F Unidade de controle integrado e

monitorização ekor.rci

F Unidade detectora de tensão

ekor.rtk Bloqueios adicionais:

F Bloqueios elétricos

F Condenações por fechadura F Condenações com cadeados

Compartimento de cabos

J Conectores IEC de tipo

parafusável

F Conectores ANSI de tipo

parafusável

J Tampa para um conector por fase F Tampa estendida de

compartimento de cabos para conexão de cabo duplo

F Tampa estendida de

compartimento de cabos para conexão de cabo mais autoválvula

F Detecção de descargas parciais

(DP) para o diagnóstico da rede Duto de expansão de gases

F Chaminé posterior

Caixa de controle

F Outros indicadores de tensão F Outros componentes de medição

e automatização IEC ANSI/IEEE 418 [16] 147/162 kg 324/357 Lbm 1400*/1745 [55/69] 697/ 1042 [27/ 41] 850 [33] 234/580 [9/23] (*) Gama IEC

(18)

cgm

.

3

-p

Função de proteção com fusíveis

Célula modular com proteção com fusíveis, equipada com um interruptor-seccionador de três posições: fechado, aberto ou aterrado e proteção com fusíveis limitadores.

Extensibilidade: direita, esquerda e ambos lados.

Características elétricas IEC ANSI/IEEE

Tensão atribuída Ur [kV] 36 38,5 40,5 38

Frequência atribuída fr [Hz] 50 60 50 50 60

Corrente atribuída

Interconexão geral de embarrado e células Ir [A] 400/630 630 600

Baixante de transformador Ir [A] 200 200

Tensão atribuída de curta duração suportada a frequência industrial (1 min)

Fase a terra e entre fases Ud [kV] 28 50 35 70

Através da distância de seccionamento Ud [kV] 32 60 38,5 77

Tensão suportada atribuída a impulso tipo raio

Fase a terra e entre fases Up [kV] 75 125 95 150

Através da distância de seccionamento Up [kV] 85 145 104,5 165

Classificação do arco interno IAC AF/AFL 16 kA 1 s/20* kA 1 s / 25 kA 1 s AFLR ** 16 kA 1 s/20 kA 1 s AF/AFL 20*kA 1 s/25 kA 1 s AFLR** 16 kA 1 s/20* kA 1 s AF/AFL 16 kA 1 s/20* kA 1 s / 25 kA 1 s AFLR** 16 kA 1s/20* kA 1 s

Tensão CC suportada [kV] n/a 103

Interruptor-seccionador IEC 62271-103 + IEC 62271-102 IEEE C37.74

Corrente admissível atribuída de curta duração (circuíto principal)

Valor tk= (x) s Ik [kA] 16/20* (1/3 s)/25 (1 s) 20* (1/3 s)/25 (1 s) 20* (1/3 s)/25 (1 s)

Valor de pico Ip [kA] 40/50*/62,5 40/52,5*/65 52*/62,5 52,5/62,5 54,6/65

Poder de corte de corrente principalmente ativa I1 [A] 200 200 200

Poder de fechamento do interruptor principal (valor

de pico) Ima [kA] 40/50*/62,5 40/52,5*/65 4 52*/62,5 52,5/62,5 54,6/65

Categoria do interruptor

Endurância mecânica 1000-M1 1000

Ciclos de manobras (fechos em curto-circuito)- classe 5-E3 3-E2 em 20 kA/5-E3 em 25 kA 3

Corrente de interseção combinado interruptor - relé (ekor.rpt)

Imáx. de corte conforme ac. TDito IEC 62271-105 [A] 490 n/a

Corrente de transferência combinado interruptor-fusível

Imáx. de corte conforme ac. TDitransfer IEC 62271-105 [A] 820 700 n/a

Seccionador de aterramento IEC 62271-102 IEEE C37.74 Corrente admissível atribuída de curta duração (circuíto de aterramento)

Valor tk= 1 s Ik [kA] 1/3,15 1/3,15

Valor de pico Ip [kA] 50 Hz: 2,5/7,8

60 Hz: 2,6/8,2 50 Hz: 2,5/7,860 Hz: 2,6/8,2 Poder de fechamento do seccionador de aterramento

(valor de pico) Ima [kA] 50 Hz: 2,5

60 Hz: 2,6 50 Hz: 2,560 Hz: 2,6 Categoria do seccionador de aterramento

Endurância mecânica 1000-M0 1000

Ciclos de manobras (fechos em curto-circuito)- classe 5-E2 2-E1 para 7,8 u 8,2 kA 3

* Testes efetuados a 21 kA/52,5 kA ** Com saída de gases através de chaminé Valores para 50 Hz

Aplicações

(19)

Dimensões

[mm]

[Pol.]

Configuração

Célula

F Arco interno IAC AFLR

 16 kA 1 s  20 kA 1 s

F Arco interno IAC AFL

 16 kA 1 s  20 kA 1 s  25 kA 1 s F Arco interno AF  16 kA 0,5 s  20 kA 0,5 s  16 kA 1 s  20 kA 1 s  25 kA 1 s F Célula de 1400 mm de altura F Célula de 1745 mm de altura Tanque de gás

J Tanque de aço inoxidável

Indicador de pressão do gás:

J Manômetro sem contatos F Manômetro com compensação

de temperatura e dois contatos livres de potencial

Conexão frontal:

J Conectores

Conexão lateral:

J Extensibilidade nos dois lados F Extensibilidade à esquerda/

direita cega

F Extensibilidade à direita/

esquerda cega Tipo de conexão lateral:

F Tulipa

 Direita  Esquerda  Ambas

F Conectores

 Direita  Esquerda  Ambas

Disparo do fusível:

J Através de fusíveis combinados F Através de fusíveis associados

Portafusíveis: J 36 kV F 38-38,5 kV F 40,5 kV Mecanismo de manobra J Alavancas de acionamento J Mecanismo manual tipo BR-A F Mecanismo motorizado

tipo BR-AM

J Bobina de disparo F Alarme acústico ekor.sas

J Indicador capacitivo de presença

de tensão ekor.vpis

F Indicador capacitivo de presença/

ausência de tensão ekor.ivds

F Outros indicadores capacitivos

de tensão

F Unidade de proteção do

transformador ekor.rpt

F Unidade detectora de tensão

ekor.rtk Bloqueios adicionais:

F Bloqueios elétricos

F Condenações por fechadura F Condenações com cadeados

Compartimento de cabos

J Conectores IEC de tipo de

encaixe

F Conectores IEC de tipo

parafusável

F Conectores ANSI de tipo

parafusável

J Tampa para um conector por fase F Tampa estendida de

compartimento de cabos para conexão de cabo duplo

F Tampa estendida de

compartimento de cabos para conexão de cabo mais autoválvula

F Detecção de descargas parciais

(DP) para o diagnóstico da rede Duto de expansão de gases

F Chaminé posterior

Caixa de controle

F Outros indicadores de tensão F Outros relês de proteção

F Outros componentes de medição

e automatização IEC ANSI/IEEE 480 [19] 1400*/1745 [55/69] 1010 [40] 180/ 525 [7/ 27] 215/230 kg 474/507 Lbm - 128/173 [- 5/7] (*) Gama IEC

(20)

cgm

.

3

-v

Função de proteção com interruptor automático

Célula modular de proteção através de interruptor automático, equipado com um interruptor automático de corte em vácuo em série com um interruptor-seccionador de três posições.

Extensibilidade: direita, esquerda e ambos lados.

Características elétricas IEC ANSI/IEEE

Tensão atribuída Ur [kV] 36 38,5 40,5 38

Frequência atribuída fr [Hz] 50 60 50 50 60

Corrente atribuída

Interconexão geral de embarrado e células Ir [A] 400/630 630 600

Linha Ir [A] 400/630 630 600

Tensão atribuída de curta duração suportada a frequência industrial (1 min)

Fase a terra e entre fases Ud [kV] 70 80 95 80

Através da distância de seccionamento Ud [kV] 80 90 118 88

Tensão suportada atribuída a impulso tipo raio

Fase a terra e entre fases Up [kV] 170 180 185 150

Através da distância de seccionamento Up [kV] 195 210 215 165

Classificação do arco interno IAC AF/AFL 20* kA 1 s/25 kA 1 sAFLR** 20* kA 1 s/25 kA 1 s AF/AFL 20*kA 1 s/25 kA 1 sAFLR** 20*kA 1 s/25 kA 1 s AF/16 kA 1 s/AFL 20* kA 1 s/25 kA 1 s AFLR** 20* kA 1 s/25 kA 1 s

Tensão CC suportada [kV] n/a 72 103

Interruptor automático IEC 62271-100 IEEEC37.20.3

Corrente admissível atribuída de curta duração (circuíto principal)

Valor tk= (x) s Ik [kA] 16/20* (1/3 s)/25 (1 s) 20* (1/3 s)/25 (1 s) 20* (1/3 s)/25 (1 s)

Valor de pico Ip [kA] 40/50*/62,5 41,5/52*/65 50**/62,5 52,5/62,5 54,6/65

Poder atribuído de corte e de fechamento

Poder de corte atribuído corrente principalmente ativa I1 [A] 400/630 630 600/800

Poder de corte em curto-circuito Isc [kA] 16/20*/ 25 20*/25 20*/25

Poder de fechamento do interruptor principal (valor de

pico) Ima [kA] 40/50*/62,5 41,5/52*/65 50*/62,5 52,5/62,5 54,6/65

Poder de corrente capacitiva (50 Hz). Bateria condensadores [A] 400 n/a n/a Sequência de manobras nominais

Sem religamento rápido O-3 min-CO-3 min-COCO-15 s-CO O-3 min-CO-3 min-COCO-15 s-CO

Com religamento rápido O-0,3 s-CO-3 min-COO-0,3 s-CO-15 s-CO O-0,3 s-CO-3 min-COO-0,3 s-CO-15 s-CO

Categoria do interruptor automático

Endurância mecânica (classe de manobra) 10 000 - M2 2000 - M1 10000 - M22000 - M1

Endurância elétrica (classe) E2-C2 E2-C2

Interruptor-seccionador IEC 62271-103 + IEC 62271-102 IEEE C37.74

Corrente admissível atribuída de curta duração (circuíto principal)

Valor tk= (x) s Ik [kA] 16/20* (1/3 s)/25 (1 s) 20* (1/3 s)/25 (1 s) 20* (1/3 s)/25 (1 s)

Valor de pico Ip [kA] 40/50*/62,5 41,5/52*/65 50*/62,5 40/50*/62,5 41,5/52*/65

Poder de corte atribuído corrente principalmente ativa I1 [A] 400/630 630 600/800

Poder de fechamento do interruptor principal (valor de pico) Ima [kA] 40/50*/62,5 41,5/52*/65 50*/62,5 40/50*/62,5 41,5/52*/65

Categoria de interruptor-seccionador

Endurância mecânica 1000-M1/5000-M2 1000/5000

Ciclos de manobras (fechos em curto-circuito)- classe 5-E3 3-E2 em 20 kA/5-E3 em 25 kA 3

Seccionador de aterramento IEC 62271-102 IEEE C37.74 Corrente admissível atribuída de curta duração (circuíto de aterramento)

Valor tk= (x) s Ik [kA] 16/20* (1/3 s)/25 (1 s) 20* (1/3 s)/25 (1 s) 20* (1/3 s)/25 (1 s)

Valor de pico Ip [kA] 40/50*/62,5 41,5/52*/65 50*/62,5 40/50*/62,5 41,5/52*/65

Poder de fechamento do interruptor principal (valor de pico) Ima [kA] 40/50*/62,5 41,5/52*/65 20*/62,5 40/50*/62,5 41,5/52*/65

Categoria do seccionador de aterramento

Endurância mecânica 2000-M1 2000

Ciclos de manobras (fechos em curto-circuito)- classe 5-E2 3

* Testes efetuados a 21 kA/52,5 kA ** Com saída de gases através de chaminé Valores para 50 Hz

Aplicações

(21)

Dimensões

[mm]

[Pol.]

Configuração

Célula

F Arco interno IAC AFLR

 20 kA 1 s 25 kA 1 s

F Arco interno IAC AFL

 20 kA 1 s  25 kA 1 s F Arco interno AF  16 kA 0,5 s  20 kA 0,5 s  20 kA 1 s  25 kA 1 s F Célula de 1400 mm de altura F Célula de 1745 mm de altura Tanque de gás

J Tanque de aço inoxidável

Indicador de pressão do gás:

J Manômetro sem contatos F Manômetro com compensação

de temperatura e dois contatos livres de potencial

Conexão frontal:

J Conectores

Conexão lateral:

J Extensibilidade nos dois lados F Extensibilidade à esquerda/

direita cega

F Extensibilidade à direita/

esquerda cega Tipo de conexão lateral:

F Tulipa

 Direita  Esquerda  Ambas

F Conectores

 Direita  Esquerda  Ambas

Mecanismo de manobra

J Alavancas de acionamento J Mecanismo de interruptor tipo B F Mecanismo motorizado tipo BM J Mecanismo manual tipo AV F Mecanismo manual tipo RAV com

religamento

F Mecanismo motorizado tipo AVM F Mecanismo motorizado tipo

RAVM com religamento

F Bobina de disparo J Bobina biestável

F Segunda bobina de disparo F Bobina de fechamento

F Bobina de tensão mínima F Alarme acústico ekor.sas

J Indicador capacitivo de presença

de tensão ekor.vpis

F Indicador capacitivo de presença/

ausência de tensão ekor.ivds

J Unidade de proteção ekor.rpg F Unidade detectora de tensão

ekor.rtk Bloqueios adicionais:

F Bloqueios elétricos

F Condenações por fechadura F Condenações com cadeados

Compartimento de cabos

J Conectores IEC de tipo

parafusável

F Conectores IEC de tipo de

encaixe

F Conectores ANSI de tipo

parafusável

J Tampa para um conector por fase F Tampa estendida de

compartimento de cabos para conexão de cabo duplo

F Tampa estendida de

compartimento de cabos para conexão de cabo mais autoválvula

F Detecção de descargas parciais

(DP) para o diagnóstico da rede Duto de expansão de gases

F Chaminé posterior

Caixa de controle

F Outros indicadores de tensão F Outros relês de proteção

F Outros componentes de medição

e automatização IEC ANSI/IEEE 595/600 [23,43 /24] 1400*/1745 [55/69] 350/ 695 [14/ 27] 240/255 kg 259/562 Lbm 20/282 [0,8/11] (*) Gama IEC 850 [33]

(22)

cgm

.

3

-s

Função de seccionador com transição

Célula modular de seccionador com transição, equipada com um interruptor-seccionador de duas posições (fechado e aberto). Opcional com seccionador de aterramento (s-pt).

Extensibilidade: nos dois lados.

Características elétricas IEC ANSI/IEEE

Tensão atribuída Ur [kV] 36 38

Frequência atribuída fr [Hz] 50 60 50 60

Corrente atribuída

Interconexão geral de embarrado e células Ir [A] 400/630 600

Linha Ir [A] 400/630 600

Tensão atribuída de curta duração suportada a frequência industrial (1 min)

Fase a terra e entre fases Ud [kV] 70 70

Através da distância de seccionamento Ud [kV] 80 77

Tensão suportada atribuída a impulso tipo raio

Fase a terra e entre fases Up [kV] 170 150

Através da distância de seccionamento Up [kV] 195 165

Classificação do arco interno IAC AF/AFL 16 kA 1 s/20* kA 1 s AF/AFL 16 kA 1 s/20* kA 1 s

Interruptor-seccionador IEC 62271-103 + IEC 62271-102 IEEE C37.74

Corrente admissível atribuída de curta duração (circuíto principal)

Valor tk= (x) s Ik [kA] 16/20* (1/3 s) 20* (1/3 s)

Valor de pico IP [kA] 40/50* 41,6/52* 52,5 54,6

Poder de corte de corrente principalmente ativa I1 [A] 400/630 600/800

Poder de corte cabos em vácuo Ua [A] 50 20

Poder de corte circuito fechado I2a [A] 400/630 600/800

Poder de corte de falha a terra I6A [A] 160 n/a

Poder de corte de cabos e linhas em vácuo em

condições de falha a terra I6b [A] 90 n/a

Poder de fechamento do interruptor principal (valor

de pico) Ima [kA] 40/50* 41,6/52* 52,5 54,6

Categoria do interruptor

Endurância mecânica 1000-M1/5000-M2 1000/5000

Ciclos de manobras (fechos em curto-circuito)- classe 5-E3 3

Seccionador de aterramento IEC 62271-102 IEEE C37.74 Corrente admissível atribuída de curta duração (circuíto de aterramento)

Valor tk= (x) s Ik [kA] 16/20* (1/3 s) 20* (1/3 s)

Valor de pico Ip [kA] 40/50* 41,6/52* 52,5 54,6

Seccionador de aterramento making capacity (Valor

de pico) Ima [kA] 40/50* 41,6/52* 52,5 54,6

Categoria do seccionador de aterramento

Endurância mecânica 1000-M0 1000

Ciclos de manobras (fechos em curto-circuito)- classe 5-E2 3

* Testes efetuados a 21 kA/52,5 kA Valores para 50 Hz

Aplicações

Corte de carga do embarrado principal do centro de transformação e o seu aterramento no lado direito (ptd) ou esquerdo (pti) do ponto de corte.

(23)

Dimensões

[mm]

[Pol.]

Configuração

Célula

F Arco interno IAC AFL

 16 kA 1 s  20 kA 1 s F Arco interno AF  16 kA 0,5 s  20 kA 0,5 s  16 kA 1 s  20 kA 1 s J Célula de 1745 mm de altura Tanque de gás

J Tanque de aço inoxidável

Indicador de pressão do gás:

J Manômetro sem contatos F Manômetro com compensação

de temperatura e dois contatos livres de potencial

Conexão lateral:

J Extensibilidade nos dois lados

Tipo de conexão lateral:

F Tulipa

 Direita  Esquerda  Ambas

F Conectores

 Direita  Esquerda  Ambas

Aterramento:

F Com seccionador de aterramento

no lado esquerdo. Tipo s-pti

F Com seccionador de aterramento

no lado direito s-ptd Mecanismo de manobra

J Alavancas de acionamento J Mecanismo manual tipo B F Mecanismo motorizado tipo BM F Alarme acústico ekor.sas

F Indicador capacitivo de presença

de tensão ekor.vpis (com aterramento)

F Indicador capacitivo de presença/

ausência de tensão ekor.ivds (com aterramento)

F Outros indicadores capacitivos

de tensão

F Unidade de controle integrado e

monitorização ekor.rci

F Unidade detectora de tensão

ekor.rtk

Bloqueios adicionais:

F Bloqueios elétricos

F Condenações por fechadura F Condenações com cadeados

Compartimento de cabos

F Detecção de descargas parciais

(DP) para o diagnóstico da rede Duto de expansão de gases

F Chaminé posterior

Caixa de controle

F Outros relês

F Outros componentes de medição

e automatização

Opções

cgm.3-s-pt Largura= 600 mm (24 pol.) Peso= 185 kg/407.8 Lbm 143 kg 315 Lbm IEC ANSI/IEEE IEC ANSI/IEEE 418 [16] 1745 [69] 850 [33]

(24)

cgm

.

3

-rb

Função de remontagem de barras

Célula modular com isolamento em gás e remontagem de barras. Seccionador de aterramento opcional (rb-pt). Extensibilidade: direita e ambos lados.

Características elétricas IEC ANSI/IEEE

Tensão atribuída Ur [kV] 36 38,5 40,5 38

Frequência atribuída fr [Hz] 50/60 50 50/60

Corrente atribuída

Interconexão geral de embarrado e células Ir [A] 400/630 630 600

Linha Ir [A] 400/630 630 600

Tensão atribuída de curta duração suportada a frequência industrial (1 min)

Fase a terra e entre fases Ud [kV] 70 80 95 70

Através da distância de seccionamento Ud [kV] 80 90 118 77

Tensão suportada atribuída a impulso tipo raio

Fase a terra e entre fases Up [kV] 170 180 185 150

Através da distância de seccionamento Up [kV] 195 210 215 165

Classificação do arco interno IAC AF/AFL 20* kA 1 s/25* kA 1 sAFLR 20* kA 1 s/25 kA 1 s AF/AFL 20*kA 1 s/25 kA 1 sAFLR 20* kA 1 s/25 kA 1 s AFLR 20* kA 1 s/25 kA 1 sAFL 20* kA 1 s/25 kA 1 s Seccionador de aterramento IEC 62271-102 IEEE C37.74

Corrente admissível atribuída de curta duração (circuíto de aterramento)

Valor tk= (x) s Ik [kA] 16/20* (1/3 s)/25 (1 s) 20* (1/3 s)/25 (1 s) 20* (1/3 s)/25 (1 s)

Valor de pico Ip [kA] 40/52,5*/62,5 41,6/54,6*/65 52*/62,5 52,5/62,5 54,6/65

Poder de fechamento do seccionador de aterramento

(valor de pico) Ima [kA] 40/52,5*/62,5 41,6/54,6*/65 52*/62,5 52,5/62,5 54,6/65

Categoria do seccionador de aterramento

Endurância mecânica 1000-M0 1000

Ciclos de manobras (fechos em curto-circuito)- classe 5-E2 3

* Testes efetuados a 21 kA/52,5 kA Valores para 50 Hz

Aplicações

Entrada ou saída de cabos de média tensão que permitem a comunicação com o embarrado do centro de transformação, no lado direito (rbd), no esquerdo (rbi) ou nos dois lados (rba).

(25)

Dimensões

[mm]

[Pol.]

Configuração

Célula

F Arco interno IAC AFLR

 20 kA 1 s  25 kA 1 s

F Arco interno IAC AFL

 16 kA 1 s  20 kA 1 s  25 kA 1 s F Arco interno AF  16 kA 0,5 s  20 kA 0,5 s  16 kA 1 s  20 kA 1 s  25 kA 1 s J Célula de 1745 mm de altura Tanque de gás

J Tanque de aço inoxidável

Indicador de pressão do gás:

J Manômetro sem contatos F Manômetro com compensação

de temperatura e dois contatos livres de potencial

Conexão frontal:

J Conectores

Conexão lateral:

J Extensibilidade nos dois lados:

rba

F Extensibilidade à direita/

esquerda cega: rbd

F Lado esquerdo extensível/lado

direito cego: rbi Tipo de conexão lateral:

F Tulipa

 Direita  Esquerda  Ambas

F Conectores

 Direita  Esquerda  Ambas

Aterramento:

F Com seccionador de aterramento

no lado esquerdo

F Com seccionador de aterramento

no lado direito Mecanismo de manobra

J Mecanismo manual tipo B F Alarme acústico ekor.sas

J Indicador capacitivo de presença

de tensão ekor.vpis (com aterramento)

F Indicador capacitivo de presença/

ausência de tensão ekor.ivds (com aterramento)

F Outros indicadores capacitivos

de tensão

F Unidade de controle integrado e

monitorização ekor.rci

F Unidade detectora de tensão

ekor.rtk Bloqueios adicionais:

F Bloqueios elétricos F Bloqueios com fechadura F Cadeados

Compartimento de cabos

J Tampa para um conector por fase F Detecção de descargas parciais

(DP) para o diagnóstico da rede Duto de expansão de gases

F Chaminé posterior

Caixa de controle

F Outros indicadores de tensão F Outros componentes de medição

e automatização

Opções

cgm.3-rb-pt IEC ANSI/IEEE 158 kg 348.3 Lbm IEC ANSI/IEEE 418 [16] 1745 [69] 1042 [41] 580 [23] 850 [33]

(26)

Dimensões

[mm] [Pol.]

cgm

.

3

-rc

Função de remontagem de

cabos

Célula modular de remontagem de cabos (até o embarrado principal) com isolamento em ar.

Extensibilidade: Direita ou esquerda.

Características eléctricas IEC ANSI /IEEE

Tensão atribuída Ur [kV] 36 38,5 40,5 38

Frequência atribuída fr [Hz] 50/60 50 50/60

Corrente atribuída

Linha Ir [A] 400/630 630 600

Classificação do arco interno IAC AF/AFL 20* kA 1 s/25 kA 1 s AFL(R) 25 kA/1 s

AFL 20* kA

1 s/25 kA 1 s kA/25 kA 1 sAFL 20*

* Testes efetuados a 21 kA/52,5 kA Valores para 50 Hz

Aplicações

Alojamento dos cabos de alimentação até o embarrado principal do centro de transformação, no lado direito (rcd) ou no lado esquerdo (rci).

Configuração

Célula

F Arco interno IAC AFLR

 20 kA 1 s  25 kA 1 s

F Arco interno IAC AFL

 16 kA 1 s  20 kA 1 s  25 kA 1 s

J Célula de 1745 mm de altura

Conectividade

F Extensibilidade: Lado direito rcd

ou esquerdo rci

Indicadores

F Indicador capacitivo de tensão

ekor.vpis

F Indicador capacitivo de tensão

ekor.ivds

Opções

cgm.3-cl

Gaveta de alimentação lateral (largura = 365 mm, peso = 20 kg) cgm.3-r2c

Função de remontagem de cabo duplo (sem opção de classe IAC)

(largura = 550 mm, peso = 65 kg) 42 kg 93 Lbm IEC ANSI/IEEE 368 [14] 1745 [69] 831 [33] 1590 [63] 1087 [43]

(27)

Dimensões

[mm]

[Pol.]

cgm

.

3

-m

Função de medição

Célula modular de medição com isolamento em ar.

Características elétricas IEC

Tensão atribuída Ur [kV] 36 38,5

Frequência atribuída fr [Hz] 50 60 50

Corrente atribuída

Interconexão geral de embarrado e células Ir [A] 400/630 630

Tensão atribuída de curta duração suportada a frequência industrial (1 min)

Fase a terra e entre fases Ud [kV] 70 80 95

Tensão suportada atribuída a impulso tipo raio

Fase a terra e entre fases Up [kV] 170 180 185

Classificação do arco interno IAC AFL 16 kA 0,5 s/20* kA 0,5 s/16 kA 1 s/20* kA 1 s Corrente admissível atribuída de curta

duração valor tk= (x) s I

r [kA] 16/20 (1/3 s)

25 (1 s) 16/20 (1/3 s)25 (1 s)

* Testes efetuados a 21 kA/52,5 kA

** Para cgm.3-m de 1100 mm de largura = AFL 20 kA 1 s com expansão de gases a fosso Valores para 50 Hz

Aplicações

Alojamento para transformadores de medição de tensão e intensidade, permitindo comunicar com embarrado do centro de transformação, através de barras ou cabos secos.

Configuração

Célula F IAC AFL 16/20/25 kA 0,5 s F IAC AFL 20 kA 1 s (largura 900 mm) F IAC AFL 20 kA 1 s (largura 1100 mm, expansão de gases a fosso) J Resistência de aquecimento J Malha de proteção J Fechaduras Conexões de barras

J Conexão superior rígida não

blindada

J Conexão inferior rígida não

blindada Conexões de cabos

F Conexão inferior do cabo

Transformadores de medição F Transformadores de intensidade instalados (3 TIs) F Transformadores de tensão instalados (3 TTs) F Sem transformadores Caixa de controle

F Outros componentes de medição

Opções

Largura= 900 mm Largura= 1100 mm 290 kg* (900 mm) 520 kg* (1100 mm) (*) Envolvente vazia IEC [mm] 900/1100 1950 1160 900/1100

(28)

cgm

.

3

-2lp

Funções de proteção com fusíveis e linha

Célula compacta (RMU) com duas funções de linha e uma função de proteção com fusíveis, alojadas numa única tanque de gás.

Extensibilidade: direita, esquerda, ambos lados ou nenhum.

Características elétricas IEC l - p

Tensão atribuída Ur [kV] 36

Frequência atribuída fr [Hz] 50 60

Corrente atribuída

Interconexão geral de embarrado e células Ir [A] 400/630

Linha Ir [A] 400/630

Baixante de transformador Ir [A] 200 (p)

Tensão atribuída de curta duração suportada a frequência industrial (1 min)

Fase a terra e entre fases Ud [kV] 70

Através da distância de seccionamento Ud [kV] 80

Tensão suportada atribuída a impulso tipo raio

Fase a terra e entre fases Up [kV] 170

Através da distância de seccionamento Up [kV] 195

Classificação do arco interno IAC AF/AFL 16 kA 1 s/20* kA 1 s

Interruptor-seccionador IEC 62271-103

Corrente admissível atribuída de curta duração (circuíto principal)

Valor tk= (x) s Ik [kA] 16/20* (1/3 s)

Valor de pico IP [kA] 40/50* 41,6/52*

Poder de corte de corrente principalmente ativa I1 [A] 400/630

(p) 200

Poder de corte cabos em vácuo I4a [A] 50/1,5

Poder de corte circuito fechado I2a [A] 400/630

Poder de corte de falha a terra I6a [A] 160

Poder de corte de cabos e linhas em vácuo em condições de

falha a terra I6b [A] 90

Poder de fechamento do interruptor principal (valor de pico) Ima [kA] 40/50* 41,6/52*

Categoria do interruptor

Endurância mecânica 1000-M1/5000-M2

Ciclos de manobras (fechos em curto-circuito)- classe 5-E3

Corrente de interseção combinado interruptor - relé (ekor.rpt)

Imáx. de corte conforme ac. TDito IEC 62271-105 [A] (p) 490

Corrente de transferência combinado interruptor-fusível

Imáx. de corte conforme ac. TDitransfer IEC 62271-105 [A] (p) 820

Seccionador de aterramento IEC 62271-102

Corrente admissível atribuída de curta duração (circuíto de aterramento)

Valor tk= (x) s Ik [kA] (l) 16/20* (1/3 s)

(p) 1

Valor de pico Ip [kA] (l) 40/52*

(p) 2,5 Poder de fechamento do seccionador de aterramento (Valor de

pico) Ima [kA] (l) 40/52*

(p) 2,5 Categoria do seccionador de aterramento

Endurância mecânica 1000-M0

Ciclos de manobras (fechos em curto-circuito)- classe 5-E2

* Testes efetuados a 21 kA/52,5 kA ** Com saída de gases através de chaminé Valores para 50 Hz

Aplicações

Referências

Documentos relacionados

O empregador deverá realizar a avaliação ambiental de poeira de asbesto nos locais de trabalho em intervalos não superiores a seis meses.. Os registros das avaliações deverão

Até a submissão desse trabalho em junho de 2020, o “ARQiFF em casa” havia realizado 8 apresentações e, para fins de avaliação do projeto, foram formulados

2. Identifica as personagens do texto.. Indica o tempo da história. Indica o espaço da história. Classifica as palavras quanto ao número de sílabas. Copia do texto três

(Ufpe 96) A velocidade de um objeto que se move ao longo de uma linha reta horizontal está representada em função do tempo na figura a seguir.. Qual o deslocamento, em metros,

Promovido pelo Sindifisco Nacio- nal em parceria com o Mosap (Mo- vimento Nacional de Aposentados e Pensionistas), o Encontro ocorreu no dia 20 de março, data em que também

A seqüência analítica • Definição do problema • Escolha do método • Amostragem • Pré-tratamento da amostra • Medida • Calibração • Avaliação •

6 Consideraremos que a narrativa de Lewis Carroll oscila ficcionalmente entre o maravilhoso e o fantástico, chegando mesmo a sugerir-se com aspectos do estranho,

O desenvolvimento das interações entre os próprios alunos e entre estes e as professoras, juntamente com o reconhecimento da singularidade dos conhecimentos