Disciplina: Instalações Elétricas Residenciais e Prediais

Texto

(1)

Disciplina: Instalações Elétricas Residenciais e Prediais

UNIDADE III: DIMENSIONAMENTO DOS CONDUTORES ELÉTRICOS

3.1. DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES.

3.1.1 Tipos de Condutores Segundo NBR 5410

3.1.2. Dimensionamento dos Condutores Segundo NBR 5410

3.1.3 Dimensionamento dos Condutores pelo Critério da Capacidade de Corrente

3.1.4 Dimensionamento dos Condutores pelo Limite de Queda de Tensão

3.1.5 Dimensionamento de Eletrodutos

3.2. DIMENSIONAMENTO DOS DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO

3.2.1 Dimensionamento de Disjuntores pelo método de sobrecarga

3.2.2 Dimensionamento de Disjuntores pelo método de sobrecorrente

3.2.3 Dimensionamento dos Disjuntores Residuais

3.2.4 Circuitos Trifilar com Disjuntores e quadros de Distribuição

3.3 SISTEMAS DE ATERRAMENTO PARA PROJETOS RESIDENCIAIS

3.1 Conceitos sobre Aterramento

3.2 Tipos de Aterramento

3.3 Sistemas de Proteção Contra Discargas Atmosférica-SPDA

3.4 LABORATÓRIO

2.4.1 Trabalhos em Laboratório

(2)

Disciplina: Instalações Elétricas Residenciais e Prediais

UNIDADE III: DIMENSIONAMENTO DOS CONDUTORES ELÉTRICOS

3.1.

DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES

3.1.1 Tipos de Condutores Segundo NBR 5410

3.1.2. Dimensionamento dos Condutores Segundo NBR 5410

3.1.3 Dimensionamento dos Condutores pelo Critério da Capacidade de Corrente

3.1.4 Dimensionamento dos Condutores pelo Limite de Queda de Tensão

3.1.5 Dimensionamento de Eletrodutos

3.2. DIMENSIONAMENTO DOS DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO

3.2.1 Dimensionamento de Disjuntores pelo método de sobrecarga

3.2.2 Dimensionamento de Disjuntores pelo método de sobrecorrente

3.2.3 Dimensionamento de Disjuntores pelo método de sobrecarga

3.2.4 Dimensionamento dos Disjuntores Residuais

3.2.5 Circuitos Trifilar com Disjuntores e quadros de Distribuição

3.3 SISTEMAS DE ATERRAMENTO PARA PROJETOS RESIDENCIAIS

3.1 Conceitos sobre Aterramento

3.2 Tipos de Aterramento

3.3 Sistemas de Proteção Contra Discargas Atmosférica-SPDA

3.4 LABORATÓRIO

2.4.1 Trabalhos em Laboratório

(3)

Disciplina: Instalações Elétricas Residenciais e Prediais

UNIDADE III: DIMENSIONAMENTO DOS CONDUTORES ELÉTRICOS

3.1. DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES

3.1.1 Tipos de Condutores Segundo NBR 5410

3.1.2. Dimensionamento dos Condutores Segundo NBR 5410

3.1.3 Dimensionamento dos Condutores pelo Critério da Capacidade de Corrente

3.1.4 Dimensionamento dos Condutores pelo Limite de Queda de Tensão

3.1.5 Dimensionamento de Eletrodutos

3.2. DIMENSIONAMENTO DOS DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO

3.2.1 Dimensionamento de Disjuntores pelo método de sobrecarga

3.2.2 Dimensionamento de Disjuntores pelo método de sobrecorrente

3.2.3 Dimensionamento de Disjuntores pelo método de sobrecarga

3.2.4 Dimensionamento dos Disjuntores Residuais

3.2.5 Circuitos Trifilar com Disjuntores e quadros de Distribuição

3.3 SISTEMAS DE ATERRAMENTO PARA PROJETOS RESIDENCIAIS

3.1 Conceitos sobre Aterramento

3.2 Tipos de Aterramento

3.3 Sistemas de Proteção Contra Discargas Atmosférica-SPDA

3.4 LABORATÓRIO

2.4.1 Trabalhos em Laboratório

(4)

3.1.1 Tipos de Condutores Segundo NBR 5410

Instalações  Elétricas  de  Baixa  tensão  

 Dimensionamento  dos  Condutores  Elétricos  

CORES  DOS  CONDUTORES  

Baixa  Tensão  

R

 (Fase  )  –  Vermelho  

S  (Fase)    -­‐  Branca  

T

 (Fase)  –  Marron  

N  

–  Azul  Claro  

P

E

 –  Verde  e  amarelo  

Retorno  -­‐  Preto  

(5)

3.1.1 Tipos de Condutores Segundo NBR 5410

Basicamente podemos considerar três tipos de

condutores elétricos:

q

FIOS

– usados no transporte de eletricidade.

Ø

Podem ser nus (sem isolação)

Ø

com isolantes (PVC, XLPE, EPR).

q

CABOS

– são os conjuntos de fios encordoados,

isolados ou não.

(6)

Disciplina: Instalações Elétricas Residenciais e Prediais

UNIDADE III: DIMENSIONAMENTO DOS CONDUTORES ELÉTRICOS

3.1. DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES

3.1.1 Tipos de Condutores Segundo NBR 5410

3.1.2. Dimensionamento dos Condutores Segundo NBR 5410

3.1.3 Dimensionamento dos Condutores pelo Critério da Capacidade de Corrente

3.1.4 Dimensionamento dos Condutores pelo Limite de Queda de Tensão

3.1.5 Dimensionamento de Eletrodutos

3.2. DIMENSIONAMENTO DOS DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO

3.2.1 Dimensionamento de Disjuntores pelo método de sobrecarga

3.2.2 Dimensionamento de Disjuntores pelo método de sobrecorrente

3.2.3 Dimensionamento de Disjuntores pelo método de sobrecarga

3.2.4 Dimensionamento dos Disjuntores Residuais

3.2.5 Circuitos Trifilar com Disjuntores e quadros de Distribuição

3.3 SISTEMAS DE ATERRAMENTO PARA PROJETOS RESIDENCIAIS

3.1 Conceitos sobre Aterramento

3.2 Tipos de Aterramento

3.3 Sistemas de Proteção Contra Discargas Atmosférica-SPDA

3.4 LABORATÓRIO

2.4.1 Trabalhos em Laboratório

(7)

3.1.2 Dimensionamento dos Condutores - NBR 5410

SEÇÃO  MÍNIMA  SEGUNDO  A  NBR  5410  

 

q

CONDUTOR  FASE:  

Ø

Circuito  Iluminação:  1,5  mm

2  

Ø

Circuito  de  Força  (TUG/TUE):  2,5mm

2  

q

CONDUTOR  NEUTRO:  (Tab.  48/5410)  

Ø

Mesma  seção  do  condutor  fase  nas  seguintes  condições:  

§

Monofásicos  a  2  e  3  condutores  e  bifásicos  a  3  condutores  

§

Trifásicos  com  fase  <  25mm

2  

q

CONDUTOR  DE  PROTEÇÃO  (PE)  

S(fase)  

≤16

𝑚𝑚

2      

𝑃𝐸

=

𝑠

 

16<

s

≤35

𝑚𝑚

2      

𝑃𝐸

=16

𝑚𝑚

2

 

(8)

3.1.2 Dimensionamento dos Condutores - NBR 5410

CÁLCULO  DA  SEÇÃO  DOS  CONDUTORES  

Para   a   determinação   da   seção   (mm

2

)   mínima   dos  

condutores,  dois  critérios  básicos  deverão  ser  adotados:  

 

1)

Seção  mínima  segundo  Norma  5410  

(9)

3.1.2 Dimensionamento dos Condutores - NBR 5410

Cálculo  da  seção  dos  

condutores  

(10)

3.1.2 Dimensionamento dos Condutores - NBR 5410

                                                                                     TABELA  DE  CARGA  BALANCEADA  

 

Projeto:  Residencial   Revisão:    1A   Data:  15/04/2016   Tensão:  220V/127V  

Local:  Manaus   QDC:  01  

​𝑁↑

0

 De  Circuitos:  10   Circuito:  Bifásico  (2F+N+T)          

∅=16

​𝑚𝑚↑

2

 

​𝑵↑

𝟎

 

do  Ckt   Finalidade  

Carga  (W)  

Tensão    (V)  

Proteção   Condutor   (mm2)  

R   S   Polo   Tipo   (A)    NBR  5410  

(11)

3.1.2 Dimensionamento dos Condutores - NBR 5410

​𝐼↓𝑁 

 (A)  

P

E   N  

DPS   DPS  

DPS  

R   S  

​𝐼↓𝑁 

 (A)   540W  

​𝑐↓

1

 

​𝐼↓𝑁 

 (A)   600W  

​𝑐↓

3

 

​𝐼↓𝑁 

 (A)  

​𝐼↓𝑁 

 (A)  

​𝐼↓𝑁 

 (A)  

​𝑐↓

9

 

​𝐼↓𝑁 

 (A)  

1900W  

​𝑐↓

6

 

​𝐼↓𝑁 

 

(A)  

​𝑐↓

500W  

2

 

​𝐼↓𝑁 

 (A)  

900W  

​𝑐↓

4

 

1900W  

​𝑐↓

5

  1800W  

​𝑐↓

7

 

750  (R)   1000(S)  

​𝐼↓𝑁 

 (A)  

​𝑐↓

8

  2200(R)   2200(S)  

​𝐼↓𝑁 

 (A)  

​𝑐↓

10

  750(R)   1000(S)  

​𝐼↓𝑁 

 (A)   RESERVA  

​𝑐↓

11

 

​𝐼↓𝑁 

 (A)   RESERVA  

​𝑐↓

12

 

​𝐼↓𝑁 

 (A)   RESERVA

3

   

​𝐼↓𝑅 

=63A  

​𝐼↓𝑆 

=63A  

=16

𝑚

𝑚↑

2

 

=1,5

𝑚𝑚↑

2

 

=1,5

𝑚𝑚↑

2

 

=2,5

𝑚𝑚↑

2

 

(12)

Disciplina: Instalações Elétricas Residenciais e Prediais

UNIDADE III: DIMENSIONAMENTO DOS CONDUTORES ELÉTRICOS

3.1. DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES

3.1.1 Tipos de Condutores Segundo NBR 5410

3.1.2. Dimensionamento dos Condutores Segundo NBR 5410

3.1.3 Dimensionamento dos Condutores pelo Critério da Capacidade de Corrente

3.1.4 Dimensionamento dos Condutores pelo Limite de Queda de Tensão

3.1.5 Dimensionamento de Eletrodutos

3.2. DIMENSIONAMENTO DOS DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO

3.2.1 Dimensionamento de Disjuntores pelo método de sobrecarga

3.2.2 Dimensionamento de Disjuntores pelo método de sobrecorrente

3.2.3 Dimensionamento de Disjuntores pelo método de sobrecarga

3.2.4 Dimensionamento dos Disjuntores Residuais

3.2.5 Circuitos Trifilar com Disjuntores e quadros de Distribuição

3.3 SISTEMAS DE ATERRAMENTO PARA PROJETOS RESIDENCIAIS

3.1 Conceitos sobre Aterramento

3.2 Tipos de Aterramento

3.3 Sistemas de Proteção Contra Discargas Atmosférica-SPDA

3.4 LABORATÓRIO

2.4.1 Trabalhos em Laboratório

(13)

3.1.3 Dimensionamento dos Condutores - CCC

Cálculo  da  seção  dos  

condutores  

2)  Critério  da  capacidade  de  

corrente  (Ampacidade)  

​𝑰↓𝑩 

=  

​𝑷

 (

𝑾𝒂𝒕𝒕𝒔

)

/𝑲

 

𝒙

 

𝑼

 

𝒙

 

𝑭𝒂𝒕𝒐

 

𝒅𝒆

 

𝒑𝒐𝒕

ê

𝒏𝒄𝒊𝒂 

 

Ou                  

​𝑰↓𝑩 

=  

​𝑺

 (

𝑽𝑨

)

/𝑲

 

𝒙

 

(14)

3.1.3 Dimensionamento dos Condutores - CCC

2)  Critério  da  Capacidade  de  Corrente.  

​𝑰↓𝑩 

=  

​𝑷

 (

𝑾𝒂𝒕𝒕𝒔

)

/𝑲

 

𝒙

 

𝑼

 

𝒙

 

𝑭𝒂𝒕𝒐

 

𝒅𝒆

 

𝒑𝒐𝒕

ê

𝒏𝒄𝒊𝒂 

 

I  =  Corrente  na  linha  (exceto  neutro)  

P  =  Potência  em  WaLs  

U  =  tensão  em  volts  fase  e  neutro  e,  se  não  há  neutro,  entre  fases  

K  =  1  para  circuitos  de  corrente  monofásicos/Bifásicos  

K  =  1,73  para  circuitos  trifásicos  (3F  sem  Neutro)  

K  =  2  para  circuitos  bifásicos  (2F+N)  

(15)

3.1.3 Dimensionamento dos Condutores - CCC

a)  Dimensionamento  do  Ramal  de  Entrada  

Demanda  

=  

​∑↑▒​

(

𝑃↓𝐼𝑙𝑢𝑚𝑖𝑛𝑎

çã

𝑜 

(

𝑊

)

+

​𝑃↓𝑇𝑈𝐺𝑠 

(

𝑊

))

𝑥​𝐹↓𝐷

1

+

∑↑▒​

𝑃↓𝑁

(

𝐸𝑄𝑈𝐼𝑃𝐴𝑀𝐸𝑁𝑇𝑂𝑆

)

  

   

/

1.000

 

Ø

𝑃𝑟𝑜𝑗𝑒𝑡𝑜

 

𝑅𝑠𝑖𝑑𝑒𝑛𝑐𝑖𝑎𝑙

:    72,40

​𝑚↑

2

 

Ø

Carga  Iluminação+Tomada

:    1040

𝑥

1+7100

𝑥

0.92=7572

𝑊

 

Ø

Carga  Tomada  específica

:    =8900

𝑊

 

Ø

Cálculo  Demanda  Total:  

Demanda  

=  

7572

𝑥

0,57+8900    

/

1000

=13,22kW

 

2F+N  

a.1)  Dimensionamento  capacidade  de  corrente  

​𝑰↓𝑩 

=

​𝑷

 (

𝑾𝒂𝒕𝒕𝒔

)

/𝑲

 

𝒙

 

𝑼

 

𝒙

 

𝑭𝒂𝒕𝒐

 

𝒅𝒆

 

𝒑𝒐𝒕

ê

𝒏𝒄𝒊𝒂 

=

(16)

3.1.2 Dimensionamento dos Condutores - CCC

a.2)  Fator  de  correção  (Fc)  

Ø

𝑇𝑎𝑏𝑒𝑙𝑎

 40:30  

𝑎

 200.    

𝐶𝑜𝑚

 

𝑡𝑒𝑚𝑝𝑒𝑟𝑎𝑡𝑢𝑟𝑎

 

𝑑𝑖𝑓𝑒𝑟𝑒𝑛𝑡𝑒

 

𝑒𝑛𝑡

ã

𝑜

;  

 

Fator  de  correção  de  temperatura  =  35

0

 ,  Isolação  PVC,  Fct  =  0,94  

Fator  de  correção  de  agrupamento  de  circuitos  (Tabela  42)  

Cabo  diâmetro(

∅)=16  

​𝑚𝑚↑

2

 

​𝑰↓𝒛 

=𝟕𝟔

𝑨

(Tabela 36)

Número  de  Circuito  =  2    (melhor  condição),  Fct  =  0,80  

​𝑰↓𝑩

´

=

​​𝑰↓𝑩 /​𝑭↓𝑪𝑻 𝒙​𝑭↓𝑪𝑨  

=

𝟓𝟔,𝟔

/

𝟎,𝟗𝟒

𝒙

𝟎,𝟖𝟎

=𝟕𝟓.𝟑

𝑨

2

𝐹

#16

𝑚𝑚

2+N#16mm2+T#16mm2

 

Dimensionamento  do  Disjuntor  

​𝐼↓𝐵 ​

𝐼↓𝑁 

​𝐼↓𝑍 

 

(17)

3.1.3 Dimensionamento dos Condutores - NBR 5410

                                                                                                                                                                   TABELA  DE  CARGA  BALANCEADA  

 

Projeto:  Residencial   Revisão:    1A   Data:  15/04/2016   Tensão:  220V/127V  

Local:  Manaus   QDC:  01  

​𝑁↑

0

 De  Circuitos:  10   Circuito:  Bifásico  (2F+N+T)          

∅=16

​𝑚𝑚↑

2

  Disjuntor  :60A  

​𝑵↑

𝟎

 

do  Ckt   Finalidade  

Carga  (W)  

Tensão    (V)  

Proteção   Condutor   (mm2)  

R   S   Polo   Tipo   (A)    NBR  5410  

(18)

3.1.3 Dimensionamento dos Condutores - NBR 5410

​𝐼↓𝑁 

 =60  (A)  

P

E   N  

DPS   DPS  

DPS  

R   S  

​𝐼↓𝑁 

 (A)   540W  

​𝑐↓

1

 

​𝐼↓𝑁 

 (A)   600W  

​𝑐↓

3

 

​𝐼↓𝑁 

 (A)  

​𝐼↓𝑁 

 (A)  

​𝐼↓𝑁 

 (A)  

​𝑐↓

9

 

​𝐼↓𝑁 

 (A)  

1900W  

​𝑐↓

6

 

​𝐼↓𝑁 

 

(A)  

​𝑐↓

500W  

2

 

​𝐼↓𝑁 

 (A)  

900W  

​𝑐↓

4

 

1900W  

​𝑐↓

5

  1800W  

​𝑐↓

7

 

750  (R)   1000(S)  

​𝐼↓𝑁 

 (A)  

​𝑐↓

8

  2200(R)   2200(S)  

​𝐼↓𝑁 

 (A)  

​𝑐↓

10

  750(R)   1000(S)  

​𝐼↓𝑁 

 (A)   RESERVA  

​𝑐↓

11

 

​𝐼↓𝑁 

 (A)   RESERVA  

​𝑐↓

12

 

​𝐼↓𝑁 

 (A)   RESERVA

3

 

 

=1,5

𝑚𝑚↑

2

 

=1,5

𝑚𝑚↑

2

 

=2,5

𝑚𝑚↑

2

 

=2,5

𝑚𝑚↑

2

 

(19)

3.1.3 Dimensionamento dos Condutores - CCC

b)   Dimensionamento   dos   condutores   dos  

circuitos  

NBR  5410  

TAB.  36  

S=  1,5  mm

2  

​𝑰↓𝑩

𝟏

=

𝟓𝟒𝟎

/

𝟏  

𝒙

 𝟏𝟐𝟕

=𝟒,𝟐𝟓

𝑨

 

 

​𝑰↓𝑩𝑪

𝟏

=𝟓,𝟔

𝑨

 

 

​𝑰↓𝑩𝑪

𝟏

=𝟒,𝟐𝟓  

𝒙

 𝟏,𝟑𝟐    

CIRCUITO  1:  ILUMINAÇÃO

 

SALA  DE  ESTAR            1  Ponto            220  VA  

QUARTO                                  1  Ponto            220  VA  

EXTERNA                                1  Ponto            100  VA  

______________________________  

TOTAL                                          3  Pontos          540  VA                                        

CIRCUITO  2:  ILUMINAÇÃO

 

HOME  THETER              1  Ponto              100  VA  

COZINHA                                  1  Ponto              100  VA  

BANHEIRO                              1  Ponto              100  VA  

SERVIÇO    1                            1  Ponto              100  VA  

SERVIÇO  2                              1  Ponto              100  VA  

_______________________________  

TOTAL                                            5  Pontos          500  VA                                        

​𝑰↓𝑩

𝟐

=

𝟓𝟎𝟎

/

𝟏  

𝒙

 𝟏𝟐𝟕

=𝟑,𝟗𝟒

𝑨

 

 

​𝑰↓𝑩𝑪

𝟐

=𝟓,𝟐

𝑨

 

 

​𝑰↓𝑩𝑪

𝟐

=𝟑,𝟗𝟒  

𝒙

 𝟏,𝟑𝟐    

NBR  5410  

TAB.  36  

(20)

3.1.3 Dimensionamento dos Condutores - CCC

b)   Dimensionamento   dos   condutores   dos  

circuitos  

NBR  5410  

TAB.  36  

S=  2,5  mm

2  

​𝑰↓𝑩

𝟑

=

𝟔𝟎𝟎

/

𝟏  

𝒙

 𝟏𝟐𝟕

=𝟒,𝟕𝟐

𝑨

 

 

​𝑰↓𝑩𝑪

𝟑

=𝟔,𝟐

𝑨

 

 

​𝑰↓𝑩𝑪

𝟑

=𝟒,𝟕𝟐  

𝒙

 𝟏,𝟑𝟐    

​𝑰↓𝑩

𝟒

=

𝟗𝟎𝟎

/

𝟏  

𝒙

 𝟏𝟐𝟕

=𝟕,𝟏𝟎

𝑨

 

 

​𝑰↓𝑩𝑪

𝟒

=𝟗,𝟒

𝑨

 

 

​𝑰↓𝑩𝑪

𝟒

=𝟕,𝟏𝟎  

𝒙

 𝟏,𝟑𝟐    

NBR  5410  

TAB.  36  

S=  2,5  mm

2  

CIRCUITO  3:

 

TOMADAS  DE  USO  GERAL  

 

SALA  DE  ESTAR          3  Pontos            300  VA  

QUARTO                                3  Ponto                300  VA  

______________________________  

TOTAL                                      6  Pontos              600  VA                

                       

CIRCUITO  4:  TOMADA  USO  GERAL  

HOME  THETER            3  Ponto          300  VA  

BANHEIRO                          1  Ponto            600  VA  

_____________________________  

(21)

3.1.3 Dimensionamento dos Condutores - CCC

b)   Dimensionamento   dos   condutores   dos  

circuitos  

NBR  5410  

TAB.  36  

S=  2,5  mm

2  

​𝑰↓𝑩

𝟓

=

𝟏𝟗𝟎𝟎

/

𝟏  

𝒙

 𝟏𝟐𝟕

=𝟏𝟒,𝟗𝟔

𝑨

 

 

​𝑰↓𝑩𝑪

𝟓

=𝟏𝟗,𝟕

𝑨

 

 

​𝑰↓𝑩𝑪

𝟓

=𝟏𝟒,𝟗𝟔  

𝒙

 𝟏,𝟑𝟐    

​𝑰↓𝑩

𝟔

=

𝟏𝟗𝟎𝟎

/

𝟏  

𝒙

 𝟏𝟐𝟕

=𝟏𝟒,𝟗𝟔

𝑨

 

 

​𝑰↓𝑩𝑪

𝟔

=𝟏𝟗,𝟕

𝑨

 

 

​𝑰↓𝑩𝑪

𝟔

=𝟏𝟒,𝟗𝟔  

𝒙

 𝟏,𝟑𝟐    

NBR  5410  

TAB.  36  

S=  2,5  mm

2  

CIRCUITO  5:  TOMADA  USO  GERAL

 

COZINHA            4  Pontos              1.900  VA  

____________________________  

TOTA                          4  Pontos              1.900  VA                                        

CIRCUITO  6:  TOMADA  USO  GERAL

 

SERVIÇ0    1          4  Ponto              1.900  W  

____________________________  

TOTAL                          4  Pontos          1.900  W                                        

CIRCUITO  7:  TOMADA  USO  GERAL

 

SERVIÇ0    2            3  Ponto            1.800  W  

____________________________  

TOTAL                            3  Pontos        1.800  W                                        

​𝑰↓𝑩

𝟕

=

𝟏𝟖𝟎𝟎

/

𝟏  

𝒙

 𝟏𝟐𝟕

=𝟏𝟒,𝟐

𝑨

 

 

​𝑰↓𝑩𝑪

𝟕

=𝟏𝟖,𝟕

𝑨

 

 

(22)

3.1.3 Dimensionamento dos Condutores - CCC

b)   Dimensionamento   dos   condutores   dos  

circuitos  

NBR  5410  TAB.  36   S=  2,5      ou  4  mm2  

​𝑰↓𝑩

𝟖

=

𝟒𝟒𝟎𝟎

/

𝟐  

𝒙

 𝟏𝟐𝟕

=𝟏𝟕,𝟑𝟐

𝑨

 

 

​𝑰↓𝑩𝑪

𝟖

=𝟐𝟐,𝟗

𝑨

 

 

​𝑰↓𝑩𝑪

𝟖

=𝟏𝟕,𝟑𝟐  

𝒙

 𝟏,𝟑𝟐    

​𝑰↓𝑩

𝟗

=

𝟏𝟕𝟓𝟎

/

𝟐  

𝒙

 𝟏𝟐𝟕

=𝟔,𝟗

𝑨

 

 

​𝑰↓𝑩𝑪

𝟗

=𝟗,𝟏𝟎

𝑨

 

 

​𝑰↓𝑩𝑪

𝟗

=𝟔,𝟗  

𝒙

 𝟏,𝟑𝟐    

NBR  5410  

TAB.  36  

S=  2,5  mm

2  

CIRCUITO  8:  TOMADA  ESPECÍFICA

 

CHUVEIRO          1  Ponto              4.400  W  

____________________________  

TOTA                          1  Ponto                4.400  W                                        

CIRCUITO  9:  TOMADA  ESPECÍFICA

 

AR  COND.          1  Ponto              1.750  W  

____________________________  

TOTAL                        1  Ponto            1.750  W                                        

​𝑰↓𝑩

𝟕

=

𝟏𝟕𝟓𝟎

/

𝟐  

𝒙

 𝟏𝟐𝟕

=𝟔,𝟗

𝑨

 

 

​𝑰↓𝑩𝑪

𝟕

=𝟗,𝟏𝟎

𝑨

 

 

​𝑰↓𝑩𝑪

𝟕

=𝟔,𝟗  

𝒙

 𝟏,𝟑𝟐    

CIRCUITO  10:  TOMADA  ESPECÍFICA

 

AR  COND.          1  Ponto              1.750  W  

____________________________  

(23)

                                                                                     TABELA  DE  CARGA  BALANCEADA  

 

Projeto:  Residencial   Revisão:    1A   Data:  15/04/2016   Tensão:  220V/127V  

Local:  Manaus   QDC:  01  

​𝑁↑

0

 De  Circuitos:  10   Circuito:  Bifásico  (2F+N+T)          

∅=16

​𝑚𝑚↑

2

 

​𝑵↑

𝟎

 

do  Ckt   Finalidade  

Carga  (W)  

Tensão    (V)  

Proteção   Condutor   (mm2)  

R   S   Polo   Tipo   (A)    NBR  5410   CCC  

01   Iluminação   540   127   1,5   1,5   02   Iluminação   500   127   1,5   1,5   03   Tomada  Geral   600   127   2,5   2,5   04   Tomada  Geral   900   127   2,5   2,5   05   Tomada  Geral   1900   127   2,5   2,5   06   Tomada  Geral   1900   127   2,5   2,5   07   Tomada  Geral   1800   127   2,5   2,5   08   T.  Específica   2200   2200   220   2,5   4,0   09   T.  Específica   750   1000   220   2,5   2,5   10   T.  Específica   750   1000   220   2,5   2,5   Total   8040   8000  

(24)

Vem  da  Concessionária  

(2#

𝐹

16+

𝑁

#16+

𝑇

#16

𝑚𝑚↑

2

)  

​𝐼↓𝑁 

 =  60  A  

∅  (

𝑚𝑚

)

 

540     W      

𝐶↓

1

 

​𝐼↓𝑁

1

 (A)  

(1,5  

𝑚𝑚↑

2

)  

∅  (

𝑚𝑚

)

 

500     W      

𝐶↓

2

 

​𝐼↓𝑁

2

 (A)  

(1,5

𝑚𝑚↑

2

)  

∅  (

𝑚𝑚

)

 

600     W      

𝐶↓

3

 

​𝐼↓𝑁

3

 (A)  

(2,5

𝑚𝑚↑

2

)  

∅  (

𝑚𝑚

)

 

4400     W      

𝐶↓

8

 

 

𝐼↓𝑁

8

 (A)  

(4  

𝑚𝑚↑

2

)  

∅  (

𝑚𝑚

)

 

1750     W  

   

𝐶↓

1

0

 

​𝐼↓𝑁

1

 (A)  

(2,5

𝑚𝑚↑

2

)  

∅  (

𝑚𝑚

)

 

   

𝐶↓

1

1

 

​𝐼↓𝑁

1

 (A)  

(

𝑚𝑚↑

2

)  

∅  (

𝑚𝑚

)

 

Reserva  

   

𝐶↓

1

3

 

​𝐼↓𝑁

1

 

∅  

 

220/127

𝑉

350(

   

 

𝐴

)    

 

Reserva  

(25)

Disciplina: Instalações Elétricas Residenciais e Prediais

UNIDADE III: DIMENSIONAMENTO DOS CONDUTORES ELÉTRICOS

3.1. DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES

3.1.1 Tipos de Condutores Segundo NBR 5410

3.1.2. Dimensionamento dos Condutores Segundo NBR 5410

3.1.3 Dimensionamento dos Condutores pelo Critério da Capacidade de Corrente

3.1.4 Dimensionamento dos Condutores pelo Limite de Queda de Tensão

3.1.5 Dimensionamento de Eletrodutos

3.2. DIMENSIONAMENTO DOS DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO

3.2.1 Dimensionamento de Disjuntores pelo método de sobrecarga

3.2.2 Dimensionamento de Disjuntores pelo método de sobrecorrente

3.2.3 Dimensionamento de Disjuntores pelo método de sobrecarga

3.2.4 Dimensionamento dos Disjuntores Residuais

3.2.5 Circuitos Trifilar com Disjuntores e quadros de Distribuição

3.3 SISTEMAS DE ATERRAMENTO PARA PROJETOS RESIDENCIAIS

3.1 Conceitos sobre Aterramento

3.2 Tipos de Aterramento

3.3 Sistemas de Proteção Contra Discargas Atmosférica-SPDA

3.4 LABORATÓRIO

2.4.1 Trabalhos em Laboratório

(26)

3.1.3 Dimensionamento dos Condutores - LQT

(27)

3.1.3 Dimensionamento dos Condutores - LQT

Para   obter   um   perfeito   funcionamento   dos   aparelhos   de   uma   instalação,  

devemos   dimensionar   os   condutores   de   modo   que   a   tensão   que   se  

estabelece   nos   terminais   dos   aprellhos   tenha   um   valor   o   mais   próximo  

possível  da  sua  tensão  nominal  

Ø

Máxima  Queda  de  tensão    

Ø

Circuitos  Monofásicos  (Concentrada)  

​𝑈↓𝑆 

 

​𝑈↓

1

 

​𝑅↓l   

 

𝑅

 

​𝑈↓𝑅 

 

∅  

(

𝑚𝑚↑

2

)

 

Queda  de  Tensão  (

𝑈

%)=

​​𝑈↓𝐸𝑛𝑡𝑟𝑎𝑑𝑎 

​𝑈↓𝐶𝑎𝑟𝑔𝑎 /​𝑈↓𝐸𝑛𝑡𝑟𝑎𝑑𝑎  𝑥

100

 

Queda  de  Tensão  (

𝑈

%)=

𝑈/​𝑈↓𝑆  𝑥

100

 

l

​𝑅↓l   

=  

ρ

​l  /𝑆 

 

​𝐼↓𝐵 

=  

​P  /​𝑈↓𝑆 𝑥​𝑓↓𝑃  

𝑈

=

​𝑅↓l   𝑥

 

 

​𝐼↓𝐵 

 

​𝑆↓𝑚𝑖𝑛 

=

2

𝜌

 

l  ​𝐼↓𝐵 /​𝑈↓𝑆 𝑥

𝑈

(%)

 𝑥

100%

 

(28)

3.1.3 Dimensionamento dos Condutores - LQT

Ø

Circuitos  bifásicos  ou  trifásicos  

(Concentrada/Equilibrado)  

​𝑈↓𝑆 

 

​𝑈↓

1

 

​𝑅↓1   

 

​𝑈↓𝑅 

 

𝑅

2

 

∅  

(

𝑚𝑚↑

2

)

 

Queda  de  Tensão  (

𝑈

%)=

​​𝑈↓𝐸𝑛𝑡𝑟𝑎𝑑𝑎 

​𝑈↓𝐶𝑎𝑟𝑔𝑎 /​𝑈↓𝑒𝑛𝑡𝑟𝑎𝑑𝑎  𝑥

100

 

Queda  de  Tensão  (

𝑈

%)=

𝑈/​𝑈↓𝑆  𝑥

100

 

​𝑅↓l   

=  

ρ

​l  /𝑆 

 

​𝐼↓𝐵 

=  

​P  /​𝑈↓𝑆 𝑥​𝑓↓𝑃  

𝑈

=

​𝑅↓l   𝑥

 

 

​𝐼↓𝐵 

 

​𝑆↓𝑚𝑖𝑛 

=

2

𝜌

   

∑𝑖

=1

↑𝑛▒​l  ↓𝑖 ​𝑃↓𝑖  /​​𝑈↓𝑆 ↑

2

 𝑥

𝑈(

%

​l↓

1

 

​l↓

2

 

(29)

3.1.3 Dimensionamento dos Condutores - LQT

Pela  NBR  5410  admite-­‐se  as  seguintes  quedas  de  tensão:  

1.

Instalação   alimentada   diretamente   por   um   ramal   de   baixa   tensão,   a  

parnr  da  rede  de  distribuição    pública  de  baixa  tensão:  

a)

Iluminação  -­‐-­‐-­‐-­‐-­‐-­‐-­‐    4%,  outras  unlizadas  -­‐-­‐-­‐-­‐-­‐  4%  

QGD  

QL  

QF  

M

4%  

2%  

4%  

Rede  BT  

Ckts  de  Distribuição   Ckts  Terminais   Outros  usuários  

Iluminação   Tensão    

(30)

3.1.3 Dimensionamento dos Condutores - LQT

Pela  NBR  5410  admite-­‐se  as  seguintes  quedas  de  tensão:  

2)   Instalação   alimentada   diretamente   por   uma   subestação   de  

transformação  a  parnr  de  uma  instalação  de  alta  tensão;  

               Iluminação  7%;  outras  7%  

QGD  

QL  

QF  

M

7%  

2%  

7%  

Subestação  

Tensão  da   rede  

Ckts  de   Distribuição  

Ckts  Terminais  

Outros  usos  

Iluminação  

(31)

3.1.3 Dimensionamento dos Condutores - LQT

QGD  

QL  

QF  

M

4%  

2%  

4%  

Rede  de   Baixa  

Tensão  da  

rede   Ckts  de   Distribuição  

Ckts  Terminais   Outros  usos  

Iluminação  

%

100

(%)

arg

x

U

U

U

e

entrada a nac entrada

=

Cálculo  da  seção  dos  condutores  

S=  seção  do  condutor  

P  =  potência  consumida  em  waus  

l  =    comprimento  em  metros  

e  (%)  =  queda  de  tensão  em  percentual   U  =  Tensão  entre  fases  ou  fase  neutro   ρ  =  resisnvidade  do  cobre  

Alimentador  Bi  ou  Trifásico  divide  por  2   ou  3  por  fase  

l  

​𝑆↓𝑚𝑖𝑛 

=

​√

3

   

𝜌

   

∑𝑖

=1

↑𝑛▒​l  ↓𝑖 ​𝑃↓𝑖  /​​𝑈↓𝑆 ↑

2

𝑥

𝑈(

%

)𝑥​𝑓↓𝑝  𝑥

100%

 (Trifásico)  

(32)

3.1.3 Dimensionamento dos Condutores - LQT

Dimensionar   os   cabos   do   alimentador   e   os   ramais   de   um   apartamento   situado   no   9

0

  andar,   com  

dois   circuitos,   de   acordo   com   o   esquema   abaixo.   Tensão   110   Volts   (F+N+T)   que   deverão   atender  

uma  instalação  com  uma  carga  monofásica.  Considere  as  seguintes  informações:  

 Tensão  de  alimentação  110  V    

Queda  de  tensão  admissível  não  deve  ser  maior  que  2%  para  o  circuito  1  e  2%  para  o  circuito  2  

Para  o  quadro  de  medição  considere  toda  a  carga  no  quadro  de  distribuição  com  queda  de  1%  

𝜌

=  

1

/

58

 ​𝛺

 

​𝑚𝑚↑

2

 /𝑚 

 

Exemplo  

Quadro de Distribuição

100

W 60 W 600 W

Circuito 1 e = 2%

5 m 8 m 2 m

40 W 100 W

180 W

600 W

6 m 5 m 10 m 4 m

Quadro do medidor

27

m

1

(33)

3.1.3 Dimensionamento dos Condutores - LQT

Imagem

Referências