BOLSAS DESTAQUES COMMODITIES. 12 de Abril de Índices Mundiais Último % dia % mês % ano data

Texto

(1)

COMMODITIES

BOLSAS

CCR: Cia informou que foi homologado acordo de leniência

Impacto: Neutro

JHSF: XP Malls FII amplia fatia empreendimento por R$ 111,9 mi

Impacto: Positivo

Multiplan: Empresa adquiriu participação no BH Shopping

Impacto: Positivo

Petrobras: Cia volta atrás e decide deixar preço do diesel inalterado

Impacto: Marginalmente Negativo

Tenda: Prévia Operacional 1T19

Impacto: Marginalmente Negativo

DESTAQUES

Índices Mundiais Último % dia % mês % ano data IBOVES PA (Brasil) 94.755 -1,25% -0,69% 7,81% 17:21:00 S &P 500 (EUA) 2.888 0,00% 1,90% 15,22% 17:20:00 IPC (México) 44.580 -0,73% 3,00% 7,06% 17:16:01 S TOXX 600 (Europa) 387 0,06% 2,21% 14,75% 12:50:00 FTS E 100 (R eino Unido) 7.446 -0,05% 2,30% 10,67% 12:35:30 DAX (Alemanha) 12.015 0,25% 4,24% 13,79% 13:30:18 C AC 40 (França) 5.509 0,66% 2,96% 16,45% 13:05:02 NIKKEI 225 (Japão) 21.871 0,11% 3,13% 9,27% 03:15:02 S HANGAI (C hina) 3.190 -1,60% 3,21% 27,91% 05:30:03 AS X 200 (Austrália) 6.199 -0,40% 0,29% 9,78% 04:09:24

Metais Último % dia % mês % ano data Minério de Ferro (US D/ton.) 87,8 0,03% 6,96% 24,36% 06:41:00 C obre (US d/lb.) 294,8 2,25% 0,41% 11,79% 09:12:19 Ouro (US D/t oz.) 1.297,1 0,25% -0,11% 0,22% 09:12:22 Prata (US D/t oz.) 15,0 0,89% -0,66% -3,94% 09:12:22 Platina (US D/t oz.) 906,4 1,24% 6,12% 12,51% 09:12:17 Paládio (US D/t oz.) 1.343,9 0,85% 0,16% 13,72% 09:11:42 E nergia Último % dia % mês % ano data Petróleo Brent (US D/bbl.) 71,6 1,24% 5,95% 31,21% 09:12:19 Petróleo WTI (US D/bbl.) 64,6 1,54% 7,35% 38,81% 09:12:21 Gasolina (US d/gal.) 203,6 0,32% 8,13% 35,50% 09:11:35 Gás Natural (US D/MMBtu) 2,7 0,15% 0,23% -0,15% 09:12:21 Etanol (US D/gal.) 1,3 7% -118% 121% 08:16:14 Agrícolas Último % dia % mês % ano data Milho (US d/bu.) 369,3 0,14% 0,82% -5,50% 09:12:13 S oja (US d/bu.) 910,0 0,14% 1,36% -1,11% 09:12:13 C afé R obusta (US D/MT) 1.422,0 0,07% -3,33% -8,79% 09:12:16 C afé Arábica (US D/bag) 112,7 -0,70% -4,25% -12,74% 09:17:05 Açúcar (US d/lb.) 12,9 -0,31% 1,66% 5,07% 09:12:16 Boi Gordo (US d/lb.) 120,4 0,40% 1,20% 2,86% 11/04/2019

Fonte: Bloomberg. Elaboração: Guide Investimentos

(2)

CCR: Cia informou que foi homologado acordo de leniência Ontem, a CCR informou que o Ministério Público Federal homologou o acordo de leniência celebrado entre a Rodonorte, sua controlada, e a Procuradoria da República no Paraná. Em 6 de março, a força-tarefa da Lava Jato em Curitiba firmou acordo de leniência no valor de R$ 750 milhões com a Rodonorte, devido a atos de corrupção e lavagem de dinheiro em contrato firmado junto ao Estado do Paraná, o Departamento de Estradas e Rodagem do Paraná, e o Departamento Nacional de Estradas e Rodagem. Com o acordo, a companhia se comprometeu com o pagamento de R$ 35 milhões em multas, além de arcar com R$ 350 milhões referente a redução de 30% da tarifa de pedágio em todas as praças de cobrança por ela operadas por pelo menos 12 meses, além da execução de obras nas rodovias no valor total de R$ 356 milhões.

Além do Paraná, um novo termo de leniência poderá ser fechado ainda neste ano em São Paulo, onde a CCR opera o sistema Anhanguera-Bandeirantes e também um trecho do Rodoanel. Será o segundo acordo que a companhia assinará no estado paulista: em novembro do ano passado, a CCR acertou com o MP-SP o pagamento de R$ 81,5 milhões e admitiu a criação de caixa dois com recursos obtidos a partir de contratos superfaturados com empreiteiras e com empresa do doleiro Adir Assad.

Impacto: Neutro. O fluxo de notícias segue negativo para as ações das concessionárias no curto prazo, após envolvimento de executivos (e os desdobramentos) da empresa nas delações da Lava jato. No entanto, grande parte do impacto parece já precificado. A empresa também já criou comitês e realizou algumas medidas para minimizar tais efeitos mais negativos. A CCR e a RodoNorte já estão adotando as medidas necessárias à defesa de seus interesses e direitos contratualmente assegurados. Vale notar: a CCR é uma forte geradora de caixa (especialmente, no médio e longo prazo), e tem fôlego financeiro suficiente para fazer frente às multas decorrentes dos acordos de leniência. Além disso, após a homologação do termo, a CCR e a Rodonorte passarão a ter segurança jurídica contra eventuais ações na esfera cível. Seguimos com uma visão construtiva do case, dado: (i) estrutura de capital equilibrada, após captação no início de 2017, algo que reforça sua estratégia de expansão e/ou diversificação da rede de concessões; (ii) taxas de juros em níveis mais baixos; (iii) fortes tendências de recuperação do setor de rodovias pedagiadas no Brasil e (iv) retomada da atividade econômica local.

ÍNDICES LOCAIS

BM&F

Índices Locais Último % dia % mês % ano data IBOV (Ibovespa) 94.755 -1,25% -0,69% 7,81% 17:21:00 IBrX (Ibrx 100) 39.388 -1,17% -0,64% 7,94% 11/04/2019 IMOB (Imobiliário) 789 -2,61% -3,50% -3,07% 11/04/2019 INDX (Industrial) 16.563 -0,96% 0,30% 9,72% 11/04/2019 IFNC (Financeiro) 10.866 -1,53% -1,26% 7,30% 11/04/2019 IC ON (C onsumo) 3.640 -0,52% 0,40% 7,07% 11/04/2019 IMAT (Materias básicos) 3.411 -0,42% -2,71% 8,31% 11/04/2019 IEE (Energia Elétrica) 56.907 -1,41% -0,94% 15,51% 11/04/2019 UTIL (Utilidade Pública) 6.380 -1,17% -0,63% 16,26% 11/04/2019 IFIX (FI Imobiliário) 2.487 0,19% 0,15% 5,74% 11/04/2019 IGC (Gov. C orp.) 14.122 -1,03% -0,64% 7,61% 11/04/2019 IGC -NM (Novo Mercado) 2.892 -0,67% -0,24% 6,18% 11/04/2019 ITAG (Tag Along) 20.175 -1,13% -0,77% 7,28% 11/04/2019 IDIV (Dividendos) 5.137 -0,79% 0,52% 8,80% 11/04/2019

EMPRESAS

BRASIL

Indicadores Último % dia % mês % ano data BR L (R $/US $) 3,860 -0,91% 1,58% 0,55% 17:59:59

S elic 6,50% 20/03/2019

P/L Ibovespa (atual) 15,7x

-P/L Ibovespa (proj. 12 meses) 11,1x

-DI Jan 21 7,11% 7 p.p. 5 p.p. -25 p.p. 11/04/2019 DI Jan 23 8,29% 8 p.p. 20 p.p. -24 p.p. 11/04/2019 C DS 5 anos (em p.b.) 170 1 p.p. 13 p.p. -37 p.p. 18:16:37

Fonte: Bloomberg. Elaboração: Guide Investimentos Mercado Futuro Ibovespa

Participante C omprado Vendido Líquido 1 Dia 1 mês

Bancos 13.770 8.320 5.450 -100 1.150

Investidor Estrangeiro 149.731 224.779 -75.048 1.193 19.507

Fundos 261.371 196.700 64.671 -88 -36.350

Pessoa Física 7.890 2.625 5.265 -1.360 13.915 Variação líquida

(3)

Multiplan: Empresa adquiriu participação no BH Shopping

A Multiplan anunciou ontem que assinou um acordo para adquirir a participação de 20% no BH Shopping, em Belo Horizonte, MG, detido pelo seu sócio no empreendimento, por R$ 360 milhões. Pelo acordo, R$ 330 milhões foram pagos na data de formalização do negócio e o restante será despendido em até 12 meses. A fatia adquirida havia sido vendida ao sócio, cujo nome não foi revelado, em 1982. Com isso, a Multiplan passa a deter 100% do BH Shopping. O resultado operacional líquido dos últimos 12 meses encerrados em março deste ano, foi de R$ 25,1 milhões.

Impacto: Positivo. O BH Shopping tem atualmente 442 lojas, com tráfego anual estimado em R$ 10,8 milhões de consumidores, e registrou vendas de R$ 1,19 bilhão em 2018. A combinação entre a retomada do consumo das famílias, esperada para este ano, e juros em patamares baixos, tende a impulsionar as vendas e beneficiar os resultados da Multiplan.

JHSF: XP Malls FII amplia fatia empreendimento por R$ 111,9 mi

A JHSF firmou um acordo com o fundo XP Malls no empreendimento Catarina Fashion Outlet. O XPML11 ampliará em 17,99%, sua participação, pelo valor aproximado de R$111,9 milhões, de forma a atingir 49,99% do empreendimento atual após conclusão da Transação. A Malls utilizará os recursos líquidos da Transação na Expansão 3 do Catarina Fashion Outlet (Expansão 3). Expansão 3 terá no mínimo 68% dessa etapa detida pela Malls, tendo o XPML11 o direto de participar com os 32% restantes nas mesmas condições que as da Malls.

Sobre o Catarina Fashion Outlet: localizado no km 60 da Rodovia Castello Branco, a 40 minutos de São Paulo, foi inaugurado em outubro de 2014, teve sua primeira expansão em 2015 e em agosto de 2018 abriu sua segunda expansão, com aproximadamente 30 mil m² de área bruta locável, com taxa de ocupação de 100%, se mantém como sucesso absoluto de público e vendas.

Impacto: Positivo. A transação vai sustentar a expansão do Catarina, que conta com um mix diferenciado, se consolidando como um dos maiores outlets do Brasil. Algo que beneficiara ainda mais os números da JHSF. A transação já era esperada pelo mercado. Ainda assim, vale notar que a operação deverá ainda impactar positivamente a Cia, dado (i) redução de dividas pagas; (ii) aumento da posição de caixa, dado os investimentos a ser realizados no fundo; (iii) aumento do contas a receber, uma vez que a Cia aguarda receber do fundo; (iv) e menor participação nos ativos.

Vale destacar que seguimos mais otimistas com a Cia, dado (i) melhora do resultado operacional dos últimos trimestres; (ii) foco no equilíbrio da estrutura e alocação de capital; e (iii) adoção de medidas que visam reduzir o custo de capital próprio e de terceiros.

Petrobras: Cia volta atrás e decide deixar preço do diesel inalterado

Após anunciar reajuste do preço do diesel no início da tarde desta 5ª feira (11), a Petrobras recuou sua decisão à noite. O aumento médio seria de 5,7% a partir desta 6ª feira (12). Em nota, a Petrobras afirmou que há margem para postergar o aumento do diesel por “alguns dias”. Segundo o jornal Valor Econômico, o recuo na decisão da companhia ocorreu após uma determinação do presidente Jair Bolsonaro.

Logo após o anuncio do aumento, Bolsonaro determinou que a companhia revisasse a alta no preço do combustível. O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse que o diesel é importante para os caminhoneiros e para o transporte de cargas. Também afirmou que um reajuste maior seria um solavanco na economia. Vale notar: nos últimos dias, líderes da categoria dos caminhoneiros passaram a ameaçar com a retomada de movimentos grevistas devido à alta no diesel e aos preços dos fretes. Impacto: Marginalmente Negativo. A atual política de preços adotada pela Petrobras é uma das principais vitórias do Parente na estatal. A medida contribuiu para a Petrobras recuperar sua participação no mercado doméstico, uma vez que essa nova política tornar a importação de combustíveis menos atrativas para outros players do mercado, além de contribuir para melhor rentabilidade da companhia.

(4)

Tenda: Prévia Operacional 1T19

Ontem, após o fechamento do mercado, a Construtora Tenda, uma das principais construtoras e incorporadoras do país com foco no segmento de Empreendimentos Residenciais Populares enquadrados no programa “Minha Casa, Minha Vida” (“MCMV”) faixas 1,5 e 2, anunciou sua prévia operacional referente ao 1º trimestre de 2019 (1T19).

Em relação aos lançamentos, foram 10 empreendimentos (-16,7% T/T) no 1T19 e R$ 385,6 milhões em VGV (-27,3% T/T) em um total de 2.631 unidades (-26,3% T/T). O preço médio por unidade foi de R$146,6 mil (-1,3% T/T). Essa queda é fruto do período de adaptação da Companhia a novos processos de contratação dos empreendimentos. Vale notar: 5 dos 10 empreendimentos foram lançados nas regiões metropolitanas de São Paulo e Rio de Janeiro, representando 61% do VGV lançado no trimestre. Já as vendas brutas totalizaram R$ 443,0 milhões em VGV (-12,2% T/T) no 1T19, explicada pelo menor número de unidades vendidas e também pela queda do preço médio por unidade. A velocidade sobre a oferta (“VSO Bruta”) foi de 29,9% (-1,5 p.p. T/T) no 1T19. O volume distratado nesse trimestre correspondeu a 8,1% das vendas brutas (-19,7 p.p. T/T), consistente com o patamar apresentado nos últimos trimestres, demonstrando sua tendência baixista. As vendas líquidas totalizaram R$ 406,9 milhões(-11,4% T/T), sendo a velocidade sobre a oferta (“VSO Líquida”) de 27,5% (1,1 p.p. T/T) devido à menor participação da Companhia na faixa 1,5 do programa Minha Casa, Minha Vida (“MCMV”).

O VGV repassado totalizou R$ 344,7 milhões no 1T19 (-0,6% T/T). Os repasses foram impactados por atrasos na disponibilização dos recursos para execução do MCMV e mudanças nos sistemas de concessão de crédito dos bancos (refletindo as novas regras de financiamento e subsídio aprovadas no final de 2018). Por fim, a Tenda encerrou o 1T19 com um banco de terrenos total de R$ 9,42 bilhões (+5,9% T/T) em VGV. Foram adquiridos 25 empreendimentos, representando potencial lançamento de R$ 910,1 milhões em VGV. Todos os projetos no banco de terrenos viabilizam-se no faixa 2; em alguns casos, há o enquadramento de unidades na faixa 1,5 do MCMV.

Impacto: Marginalmente Negativo. A empresa com foco no segmento de baixa renda trouxe números mais fracos do que os últimos trimestres, reflexo do menor número de lançamentos, e de vendas no período. O resultado foi reflexo dos novos processos de contratação dos empreendimentos (alterações na concessão de crédito dos bancos). Ainda assim, vale destacar os menores níveis de distratos no período, compensando os patamares mais baixos de vendas e menores preços médios das unidades.

Mesmo com os resultados aquém do esperado, continuamos otimistas com TEND3. A construtora tem apresentado uma melhora operacional nos últimos anos, com avanços da margem bruta, forte volume de vendas e vem conseguindo reverter o alto índice de distratos. Esperamos uma maior geração de caixa neste ano.

(5)

AGENDA ECONOMICA

PARTICIPAÇÃO DOS INVESTIDORES

Retirada de Recursos: Os investidores estrangeiros retiraram R$ 533 milhões na B3 no pregão da última terça-feira (09). Naquele dia, o Ibovespa fechou em queda de -1,11%, aos 96.292 pontos. No ano, o saldo estrangeiro está positivo em 1,706 bilhões.

Fonte: MCM Consultores. Elaboração: Guide Investimentos

STOCK GUIDE

Hora País Evento Período de Referência Projeções do Mercado Anterior

12/abr

09:00 Brasil PMS: Volume de Serviços (MoM %) Fev - -0.3% PMS: Volume de Serviços (YoY %) Fev - 2.1% 06:00 Z. do Euro Produção Industrial (MoM % a.s.) Fev -0.6% 1.4% Produção Industrial (YoY % ) Fev -1.0% -1.1% 09:30 EUA Índice de Preços de Importados (MoM%) Mar 0.4% 0.6% Índice de Preços de Importados (YoY%) Mar -0.4% -1.3%

11:00 EUA Confiança do Consumidor Abr 98.3 98.4

14:00 EUA Indicador de Perfuração de Poços 12-abr - - TIPO DE INVESTIDOR (R$MM) SALDO Abril Acumulado no ano Participação Por Invest. Abril

09/04/2019* Inves. Estrangeiro -533 454 1.706 46,02% Institucional 34 -321 851 27,92% Pessoa Física 436 -277 2.264 19,85% Instit. Financeira 45 156 -261 5,53% Emp. Priv/Publ 18 -27 -4.545 0,66% Outros 0 15 -17 0,01%

*Os dados são divulgados com três dias de defasagem Fonte: B3; Realização: Guide Investimentos

(6)

PROVENTOS

Fonte: Bloomberg. Elaboração: Guide Investimentos

Data "com" Data "ex" Ticker Nome Tipo Valor Líq. % Yield Data Pgto.

28/12/2018 27/02/2019 NATU3 Natura Cosmeticos SA Dividendos R$ 0,13 0,3% 25/02/2019

28/12/2018 27/02/2019 ARZZ3 Arezzo Industria e Comercio SA Dividendos R$ 0,83 1,6% 00/01/1900

28/12/2018 28/02/2019 ENGI3 Energisa SA Dividendos R$ 0,13 0,9% 00/01/1900

28/12/2018 28/02/2019 ENGI4 Energisa SA Dividendos R$ 0,13 2,1% 07/03/2019

28/12/2018 28/02/2019 ENGI11 Energisa SA Dividendos R$ 0,65 1,7% 07/03/2019

28/12/2018 01/03/2019 ITUB3 Itau Unibanco Holding SA Dividendos R$ 0,02 0,0% 07/03/2019

28/12/2018 01/03/2019 ITUB4 Itau Unibanco Holding SA Dividendos R$ 0,02 0,0% 11/03/2019

28/12/2018 01/03/2019 BEES3 Banestes SA to JCP R$ 0,02 0,4% -

28/12/2018 01/03/2019 BEES4 Banestes SA JCP R$ 0,02 0,4% 01/04/2019

28/12/2018 01/03/2019 ITSA3 Itausa - Investimentos Itau SA Dividendos R$ 0,02 0,1% 01/04/2019

28/12/2018 01/03/2019 ITSA4 Itausa - Investimentos Itau SA Dividendos R$ 0,02 0,2% 01/04/2019

28/12/2018 01/03/2019 VIVT3 Telefonica Brasil SA JCP R$ 0,33 0,8% 01/04/2019

04/01/2019 01/03/2019 VIVT4 Telefonica Brasil SA JCP R$ 0,36 0,8% 01/04/2019

04/01/2019 01/03/2019 UGPA3 Ultrapar Participacoes SA Dividendos R$ 0,70 1,3% 01/04/2019

04/01/2019 06/03/2019 BBDC3 Banco Bradesco SA JCP R$ 0,01 0,0% 01/04/2019

04/01/2019 06/03/2019 BBDC4 Banco Bradesco SA JCP R$ 0,02 0,0% -

- 07/03/2019 GGBR4 Gerdau SA Dividendos R$ 0,10 0,7% -

- 07/03/2019 GGBR3 Gerdau SA Dividendos R$ 0,10 0,8% -

- 07/03/2019 GOAU3 Metalurgica Gerdau SA Dividendos R$ 0,05 0,7% -

- 07/03/2019 GOAU4 Metalurgica Gerdau SA Dividendos R$ 0,05 0,7% -

- 12/03/2019 BBAS3 Banco do Brasil SA JCP R$ 0,13 0,3% 02/05/2019

- 22/03/2019 IRBR3 IRB Brasil Resseguros S/A JCP R$ 0,19 0,2% -

- 22/03/2019 IRBR3 IRB Brasil Resseguros S/A Dividendos R$ 2,09 2,4% -

- 27/03/2019 GSHP3 General Shopping e Outlets do Brasil SA Dividendos R$ 3,07 49,8% -

- 01/04/2019 ITUB3 Itau Unibanco Holding SA Dividendos R$0,02 0,0% -

- 01/04/2019 ITUB4 Itau Unibanco Holding SA Dividendos R$ 0,02 0,0% -

- 01/04/2019 BEES3 Banestes SA JCP R$ 0,02 0,4% - - 01/04/2019 BEES4 Banestes SA JCP R$ 0,02 0,4% - - 02/04/2019 BBDC3 Banco Bradesco SA JCP R$ 0,01 0,0% - - 02/04/2019 BBDC4 Banco Bradesco SA JCP R$ 0,02 0,0% - - 24/04/2019 GRND3 Grendene SA JCP R$ 0,12 1,4% - - 24/04/2019 GRND3 Grendene SA Dividendos R$ 0,01 0,2% -

(7)

AGENDA CORPORATIVA

Fonte: Bloomberg. Elaboração: Guide Investimentos

Data Ticker Nome Evento Observações

15/02/2019 OMGE3 Omega Geracao SA Reunião Corporativa Assembleia de Acionistas 19/02/2019 WIZS3 Wiz Solucoes e Corretagem de Seguros SA Reunião Corporativa Assembleia de Acionistas 20/02/2019 DTEX3 Duratex SA Reunião Corporativa Assembleia de Acionistas 26/02/2019 EMBR3 Embraer SA Reunião Corporativa Assembleia de Acionistas 11/03/2019 BBDC4 Banco Bradesco SA Reunião Corporativa Assembleia Geral de Acionistas

(8)

CALENDÁRIO DE RESULTADOS

Empresa Data Pré ou Pós USIMINAS 18/04/2019 Pré CIELO 23/04/2019 Pós INDÚSTRIAS ROMI 23/04/2019 Pós VIAVAREJO 23/04/2019 - VALE 24/04/2019 Pós WEG 24/04/2019 Pós BRADESCO 25/04/2019 Pré HERING 25/04/2019 Pós FLEURY 25/04/2019 Pós GRENDENE 25/04/2019 Pós LOCALIZA 25/04/2019 Pós LOJAS RENNER 25/04/2019 - COPASA 25/04/2019 Pós HYPERA 26/04/2019 Pós PARANAPANEMA 26/04/2019 Pós ECORODOVIAS 29/04/2019 Pós BANCO INTER 29/04/2019 Pós MOVIDA 29/04/2019 Pós MULTIPLAN 29/04/2019 - RAIA DROGASIL 29/04/2019 Pré SMILES 29/04/2019 Pós TRANS. PAULISTA 29/04/2019 Pós CCR SA 29/04/2019 Pós GOL 30/04/2019 Pré ITAÚ UNIBANCO 02/05/2019 - IRB BRASIL RE 02/05/2019 Pós KLABIN 02/05/2019 - ODONTOPREV 02/05/2019 - LINX 02/05/2019 Pós ENEL 03/05/2019 - PORTO SEGURO 03/05/2019 Pós TEGMA 03/05/2019 Pós ABC BRASIL 06/05/2019 - AES TIETE 06/05/2019 Pós BB SEGURIDADE 06/05/2019 Pós Empresa Data Pré ou Pós DURATEX 06/05/2019 - MAGAZINE LUIZA 06/05/2019 Pós MARCOPOLO 06/05/2019 Pós TAESA 06/05/2019 Pós VULCABRAS 06/05/2019 Pós BR DISTRIBUIDORA 06/05/2019 Pós PETROBRAS 07/05/2019 Pós BR PROPERTIES 07/05/2019 Pós IGUATEMI 07/05/2019 Pós HERMES PARDINI 07/05/2019 Pós JHSF 07/05/2019 Pós MULTIPLUS 07/05/2019 Pós SANEPAR 07/05/2019 Pós TIM 07/05/2019 Pós BRASILAGRO 07/05/2019 Pré GPA 08/05/2019 Pós ALIANSCE 08/05/2019 Pós AREZZO 08/05/2019 Pós BRASKEM 08/05/2019 - ENERGIAS BRASIL 08/05/2019 Pós ENGIE BRASIL 08/05/2019 - GERDAU 08/05/2019 Pré IOCHPE MAXION 08/05/2019 Pós LIGHT 08/05/2019 Pós MARFRIG 08/05/2019 Pós ENAUTA 08/05/2019 Pós SLC AGRICOLA 08/05/2019 Pós SUL AMERICA 08/05/2019 Pós TOTVS 08/05/2019 Pós VALID 08/05/2019 Pré WIZ 08/05/2019 Pós ENEVA 08/05/2019 Pós ALUPAR 09/05/2019 Pós AZUL 09/05/2019 - B2W 09/05/2019 Pós B3 09/05/2019 Pós

(9)

CALENDÁRIO DE RESULTADOS

Empresa Data Pré ou Pós BK BRASIL 09/05/2019 Pós CARREFOUR 09/05/2019 Pós COSAN 09/05/2019 Pós CVC BRASIL 09/05/2019 Pós CYRELA 09/05/2019 Pós ENERGISA 09/05/2019 Pós ESTACIO 09/05/2019 Pós EVEN 09/05/2019 Pós FIBRIA 09/05/2019 - GAFISA 09/05/2019 Pós LOJAS AMERICANAS 09/05/2019 Pós LOJAS MARISA 09/05/2019 Pós MILLS 09/05/2019 Pós MRV 09/05/2019 Pós QUALICORP 09/05/2019 Pós RANDON 09/05/2019 Pós RUMO 09/05/2019 Pós SABESP 09/05/2019 - SAO CARLOS 09/05/2019 Pós SUZANO 09/05/2019 Pós TECNISA 09/05/2019 Pós TENDA 09/05/2019 - BR MALLS 09/05/2019 Pós CAMIL 09/05/2019 Pós ALPARGATAS 10/05/2019 Pós BRF 10/05/2019 Pré INTERMEDICA 10/05/2019 Pós M.DIAS BRANCO 10/05/2019 Pós SER EDUCAÇÃO 10/05/2019 Pré MINERVA 10/05/2019 Pós ALLIAR 13/05/2019 Pós ANIMA 13/05/2019 Pós COSAN 13/05/2019 Pós DIRECIONAL 13/05/2019 Pós Empresa Data Pré ou Pós PORTOBELLO 13/05/2019 Pós OI 13/05/2019 Pós EMBRAER 14/05/2019 Pós CPFL 14/05/2019 Pós EQUATORIAL 14/05/2019 Pós BANRISUL 14/05/2019 Pós BRADESPAR 14/05/2019 - COPEL 14/05/2019 Pós CPFL ENERGIA 14/05/2019 Pós HAPVIDA 14/05/2019 Pós HELBOR 14/05/2019 Pós JBS 14/05/2019 Pós LOPES BRASIL 14/05/2019 - RENOVA 14/05/2019 - ROSSI 14/05/2019 Pós SANTOS BRASIL 14/05/2019 Pós TUPY 14/05/2019 - METALFRIO 15/05/2019 Pós POSITIVO 15/05/2019 Pós BR INSURANCE 15/05/2019 Pós CEMIG 15/05/2019 - CESP 15/05/2019 - LIQ 15/05/2019 Pós EZTEC 15/05/2019 Pós FERBASA 15/05/2019 - IMC 15/05/2019 Pré JSL 15/05/2019 Pós KROTON 15/05/2019 Pré RESTOQUE 15/05/2019 - UNIDAS 15/05/2019 Pós METAL LEVE 15/05/2019 Pós OMEGA 15/05/2019 - PDG 15/05/2019 Pós PETRORIO 15/05/2019 Pós SINQIA 15/05/2019 Pós

(10)

gestao.fundos@guideinvestimentos.com.br

Erick Scott Hood

eshood@guideinvestimentos.com.br

Leonardo Uram

luram@guideinvestimentos.com.br

David Rocha

dsrocha@guideinvestimentos.com.br

Luis Gustavo Pereira – CNPI

tavico@guideinvestimentos.com.br

RENDA VARIÁVEL

ALINE SUN

Head da área de Investimentos

trade.guide@guideinvestimentos.com.br

Gabriel S. Santos

gssantos@guideinvestimentos.com.br

Thomaz Telechun da Silva Telles

ttelles@guideinvestimentos.com.br

Luiz Augusto Ceravolo (Guto)

lceravolo@guideinvestimentos.com.br TRADING Thiago Teixeira tteixeira@guideinvestimentos.com.br Rodrigo Fazzolari rfazzolari@guideinvestimentos.com.br Filipe Carvalho fccarvalho@guideinvestimentos.com.br

CONTATOS

Conheça o nosso time de especialista da área de Investimentos.

RENDA FIXA

FUNDOS

“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão

research@guideinvestimentos.com.br

EQUIPE ECONÔMICA Victor Candido

vcandido@guideinvestimentos.com.br

trade@guideinvestimentos.com.br

Ricardo Sitonio Maia

rmaia@guideinvestimentos.com.br sales@guideinvestimentos.com.br Cristiano Hajjar chajjar@guideinvestimentos.com.br Guilherme Diniz gdiniz@guideinvestimentos.com.br Rodrigo Ramalho rramalho@guideinvestimentos.com.br SALES João Falconi jfalconi@guideinvestimentos.com.br

Victor Beyruti Guglielmi

vbeyruti@guideinvestimentos.com.br

Luca Gloeden

lsoares@guideinvestimentos.com.br

Rafael Passos

Imagem

temas relacionados :