• Nenhum resultado encontrado

Avaliação da coleção de periódicos da Biblioteca Central da Universidade Federal da Paraíba na área de Ciências Sociais Aplicadas

N/A
N/A
Protected

Academic year: 2021

Share "Avaliação da coleção de periódicos da Biblioteca Central da Universidade Federal da Paraíba na área de Ciências Sociais Aplicadas"

Copied!
18
0
0

Texto

(1)

CDU: 025.2:05

A V A L IA Ç Ã O D A C O LE Ç Ã O DE P E R lO D IC O S D A B IB L IO T E C A C E N TR A L DA U N IV E R S ID A D E F E D E R A L D A P A R A ÍB A N A ÂR EA DE C IÊ N C IA S S O C IA IS A P L IC A D A S *

EDNA M ARIA TORREÃO BRITO SEBASTIÃO DE SOUZA

Curso de Bib lioteconom ia e Documentação Universidade Federal da Paraíba

WILZA DA COSTA RAM ALHO Biblioteca Central Universidade Federal da Paraíba 58 000 - João Pessoa, PB

Analisa o uso da coleção de periódicos da Biblioteca Central da Universidade Federal da Paraíba (U F P B ), concernente aos Departam entos do Centro de Ciên­ cias Sociais Aplicadas (CC S A), no período de ja n ./ju l. de 1983. V erifica o cres­ cim ento ou o decréscimo da coleção e estabelece o núcleo de periódicos mais utilizados por Departam ento.

1. INTRODU ÇÃO

A Biblioteca Central, no âm bito da Universidade Federal da Paraíba, fo i criada em 1976, com a finalidade de reunir num só local as diversas coleções existentes nas bibliotecas setoriais do Campus I, a fim de tornar esses, documentos mais disponíveis e acessíveis a toda a comunidade universitária.

De 1976 a 1978 cinco coleções foram reunidas na Biblioteca Central: saúde, tecnologia, ciências exatas e da natureza e humanidades. Essa centralização visava * Trabalho realizado durante o Curso de Mestrado em Biblioteconom ia e Documentação da Universidade Federal da Paraíba, na disciplina Desenvolvim ento do Acervo Inform acional.

(2)

prim ordialm ente evitar à duplicação de coleções de livros e, especialmente, de t í ­ tulos de periódicos.

No caso específico dos periódicos fo i necessário estabelecer diretrizes quanto à seleção dos mesmos, para se evitar o problema de duplicação e atender mais equitativamente aos diversos centros, não apenas do Campus I, mas também aos outros centros dispersos pelos demais campi da Universidade.

Essas diretrizes para seleção e aquisição de periódicos se lim itavam , dentro da exigüidade de verbas conseguidas, a atender às solicitações dos diversos departa­ mentos, não podendo constituir-se em uma p olítica permanente de seleção e ava­ liação dá coleção de periódicos.

A coleção de periódicos da Biblioteca Central já fo i objeto de um estudo por parte de uma dissertação de mestrado, que procurou analisar a referida coleção "sob o ponto de vista de sua adequação às necessidades expressas dos usuários e ao conceito de uma coleção ideal de periódicos mais im portantes, definida por uma comunidade cie ntífica internacional de pesquisadores; e comparar o nível de concordância entre uma comunidade cie ntífica de" pesquisadores internacionais e uma comunidade de pesquisadores locais, em termos de coleção id eal" (11).

Este trabalho difere dessa dissertação, pois ele está mais voltado para o uso da coleção de periódicos referente aos departamentos do CCSA. Entretanto, tanto a dissertação quanto o trabalho visam sugerir à Biblioteca Central uma política sistemática de avaliação de suas coleções.

2. JU S T IF IC A T IV A

A coleção de periódicos de uma biblioteca universitária sempre tem se revelado de grande utilidade, tendo em vista sua maior atualidade em relação aos livros. Essa utilidade aumenta se a coleção, estiver cada vez mais adequada às necessidades de seus usuários.

Dentro desse p rin cíp io e levando-se em consideração outros fatores, como a necessidade de disponibilidade e acessibilidade da coleção de periódicos para a sua melhor ou maior utilização, o a lto custo das assinaturas anuais e ás verbas reduzidas que as bibliotecas universitárias federais recebem para a aquisição de material b ibliográfico é que se ju stifica umà p olítica de seleçãó e avaliação de periódicos, que deve ser recomendada e implantada de form a rotineira e com seriedade em nossas bibliotecas universitárias.

No caso e x p líc ito da Biblioteca Central da UFPb, ela já vem seguindo diretrizes para a seleção de periódicos desde 1978,, diretrizes essas que valem para os 7 campi dá Universidade, como já fo i d ito anteriormente. E ntretanto, ela não possui uma p olítica de avaliação de coleções, seja para livros, seja para periódicos, o que seria recomendável, pois dèsde a unificação das coleções elas não sofreram nenhum pro­ cesso avaliativo por parte da B iblioteca Central.

(3)

E DNA M A R IA TO R R E Ã O BRITO e ta lii

Assim, o trabalho proposto se destina a in iciar, na B iblioteca Central, uma aná­ lise do uso de parte da coleção de periódicos concernentes às Ciências Sociais Aplicadas. O propósito inicial era estabelecer uma análise q ualitativa e q ua ntita ­ tiva dessa coleção de periódicos, no período de 1978 a 1982. Todavia, como os dados estatísticos da seção de periódicos, nesse período, são globais e não d ivid i­ dos por centros, fico u impossível a comparação desses dados, para o caso especí­ fico do CCSA. Ôptou-se, por isso, por fazer uma análise da utilização da coleção de periódicos referentes aos departamentos do CCSA, no período compreendido entre janeiro e ju lh o do corrente ano, tendo em vista que, no ano de 1983, as estatísticas da Seção de Periódicos da Biblioteca Central estão bem especificadas por departamentos de cada centro do Campus I e perm item também uma avalia­ ção do uso por títu lo de periódicos, dados que não foram quantificados em anos anteriores.

Apesar de ser pequeno o período abrangido pelo trabalho (apenas 7 meses), acredita-se que os dados obtidos são representativos, tendo em vista que esses dados poderão ser verificados numa pesquisa fu tu ra , na qual seriam comparados os resultados alcançados pelo presente trabalho.

3. O BJETIVO G E R A L

Analisar a coleção de periódicos da Biblioteca Central, na área de Ciências Sociais Aplicadas, a fim de, obter uma visão mais exata sobre a sua utilização; apresentar sugestões que. venham a melhorar o índice de consultas aos periódicos dessa área e in iciar na Biblioteca Central uma p olítica de avaliação de sua coleção. 3.1. Objetivos específicos:

a) verificar o crescimento ou o decréscimo da coleção de periódicos assinados para os diversos departamentos do CCSA, no período de 1978 a 1983; b) checar a coleção de periódicos nas estantes, a fim de verificar sua adequação

com o adquirido e, conseqüentemente, sua disponibilidade;

c) quantificar a consulta de periódicos, no período de janeiro a ju lh o de 1983, por departamento do CCSA;

d) q uantificar a consulta de periódicos por títu lo u tiliza do e por departamento, no mesmo período;

e) quantificar a utilização por idioma e por departamento, durante o mesmo período;

f) estabelecer o núcleo de periódicos mais utilizados por departamento do CCSA.

4. METO DO LO G IA

A metodologia usada para ò desenvolvimento deste trabalho baseia-se na análise dos dados estatísticos de consulta do setòr de periódicos da Biblioteca Central, na área do CCSA, tais como:

a) conferir, na B iblioteca Central, a listagem de periódicos solicitados pelos diversos departamentos do CCSA e verificar quantos foram assinados para 1983;

(4)

b) verificar o crescimento ou não das assinaturas de periódicos da Biblioteca Central nos últim os cinco anos;

c) analisar o uso da coleção de periódicos, feita pelos departamentos do CCSA, nos ú ltim os 7 meses, de janeiro a ju lh o de 1983, no tocante a:

1. consulta global por departamento do CCSA;

2. consulta por títu lo utiliza do dentro de cada departamento; 3. consulta por idioma utiliza do e por departamento;

d) id en tifica r os periódicos mais utilizados dentro da coleção referente a cada departamento do CCSA;

e) comparar o quadro de pessoal docente e discente de cada departamento com o quadro geral de consultas, também por departamento do CCSA; f) verificar a completeza dos periódicos consultados.

5. C A R A C T E R IZ A Ç Ã O 5.1. O CCSA

O Centro de Ciências Sociais Aplicadas - CCSA — fo i criado em 1975, ano em que as faculdades deixaram de e xistir para se agrupar nos centros. É constituído por 5 departamentos: Adm inistração, Biblioteconom ia, D ireito , Economia e Conta­ bilidade e Finanças.

O número to ta l de docentes do Centro é de 258; os alunos de graduação somam 2.838 e os de pós-graduação 238, conform e dados do CCSA, no ano de 1983.

Separadamente, por depa tam ento, a comunidade universitária do CCSA é a seguinte (ver Tabela 1):

TABELA 1 — Comunidade Universitária do CCSA/UFPb, em 1983

Departamentos Docentes Alunos Gradução Alunos põs - graduação Mestrado Especialização Total Adm inistração 58 70 3 123

_

884 Biblioteconom ia 23 122 27 12 184 D ire ito 95 6 7 68 779 Economia 4 7 73 2 2 8 - 807 Contab. e Finanças 3 5 6 0 5 - 4 0 680 T O T A L 2 5 8 2 8 3 8 178 6 0 3 334 F O N T E : C C S A /U FP b.

0 CCSA possui, em nível de pós-graduação, três cursos de mestrado e três de especialização. Os cursos de mestrado são:

a) Adm inistração, com área de concentração em administração financeira e recursos humanos;

(5)

E DNA M A R IA TO RRE ÃO BRITO et alii

b) B iblioteconom ia, com área de concentração em sistemas de bibliotecas públicas;

c) Economia, com área de concentração em economia do trabalho. Os cursos de especialização são os seguintes:

a) Biblioteconom ia, com ênfase para o estudo do usuário; b) D ireito , com ênfase para o d ire ito financeiro; c) Contabilidade, com ênfase em contabilidade gerencial.

A porcentagem de docentes, por departamento do CCSA, e a média de alunos de graduação, por professor, é a seguinte:

TABELA 2 — Porcentagem de docentes por departamento do CCSA e média de alunos de graduação por professor, em 1983

Departamento

Docentes %

Média alunos graduação p/professor % Administração 2 2 ,5 12,1 Biblioteconomia 9 ,0 5,3 Direito 3 6 ,5 7,1 Economia 18,3 1 5,5 Finanças e Contab. 13,7 1 7,2 T O T A L 1 0 0,0 -Fonte: C C S A /U FP b. 5.2. A Coleção de periódicos na BC

A Biblioteca Central não possui uma p olítica definida quanto à seleção e aquisi­ ção de livros e periódicos. Essas operações dependem dos pedidos enviados à B ib lio ­ teca pelos departamentos, os quais são atendidos dentro da disponibilidade econô­ mica da própria Universidade. As prioridades para aquisição de livros são para os cursos em via de credenciamento ou reconhecimento.

Com relação aos periódicos a p olítica é não crescer. A Biblioteca Central faz as renovações de assinaturas para os sete campi da UFPb, a saber: João Pessoa, Campi­ na Grande, Areia, Bananeiras, Souza, Patos e Cajazeiras. Os títu lo s estrangeiros assinados não são duplicados para nenhum campus, cabendo a cada um os títu lo s específicos de suas principais áreas. Alguns títu lo s nacionais são duplicados para atender a mais de um campus.

Com relação à renovação das assinaturas de periódicos estrangeiros, a situação nos últim os anos é a seguinte: em 1978 a Biblioteca conseguiu assinar 911 títu lo s de periódicos, e, em 1979, 837 títu lo s. Em 1980 esse to ta l fo i reduzido para 731 e só foram assinados quase no fim do ano, razão pela qual em 1981 não houve

(6)

renovação de assinaturas. Em 1982 essa coleção sofreu uma nova redução, restando cerca de 502 títu lo s, os quais foram mantidos em 1983, graças a verbas específicas, conseguidas pela Universidade para esse fim .

Vale ressaltar que essa redução, realizada em 1982, com relação aos periódicos estrangeiros, contou com a colaboração de quase todos os departamentos da Uni­ versidade e com as sugestões de seus professores.

A previsão para 1984 é que, devido à falta de verbas, crise nacional e contínuas altas do dólar, será necessário reduzir ainda mais essa coleção de periódicos. Acres­ cente-se a isso a proibição, imposta pelo governo às universidades federais, de comprar periódicos estrangeiros no mercado interno e a lim itação de compra no exterior condicionada a uma conta em dólares controlada e estipulada pelo MEC para cada universidade.

O tota l dà coleção de periódicos da Biblioteca Central é de 502 títu lo s correntes e 3.869 tíitu lo s considerados não-correntes, que são recebidos por doação ou com­ pletados por intercâmbio.

5.3. A coleção de periódicos de Ciências Sociais Aplicadas

A té 1982 a seção de periódicos da Biblioteca Central aglutinava num só item, para fins estatísticos, o CCHLA e o CCSA. Assim, tornou-se d ifíc il estabelecer um quadro comparativo do crescimento ou não do número de periódicos para cada departamento do CCSA.

Para 1983 as assinaturas foram renovadas de conformidade com os pedidos dos departamentos de cada Centro, sendo então possível trabalhar com esses dados. Ficaram, entretanto, juntos, os periódicos de Administração, Finanças e Conta­ bilidade.

A coleção tota l dos periódicos de Ciências Sociais Aplicadas, separada por departamento do CCSA, consta da Tabela 3.

Essa coleção é que vai ser objeto de análise quanto à sua utilização, q u a n ti­ ficada apenas em consultas, tendo em vista que a coleção dè periódicos não é disponível para empréstimo dom iciliar.

(7)

E DNA M A R IA TORREÃO BRITO et alii

TABELA 3 - Coleção de periódicos do CCSAr em 1983 Departamentos Assinaturas

correntes

N lo correntes

T O T A L

Adm,, Fin. e Cont. 18 141 159

Biblioteconomia 13 96 109

Direito 1 157 158

Economia 11 161 172

T O T A L 4 3 5 5 5 5 9 8

F O N T E : Seção de Periódicos B C /U FP b.

6. ANÁLISE D A COLEÇ ÃO DE PERIÓDICOS DO CCSA

A coleção de periódicos da Biblioteca Central, em 1983, referente ao CCSA, é de 598 títu lo s, sendo 43 títu lo s correntes e 555 recebidos por doação ou inter­ câmbio, conforme consta da Tabela 3.

A listagem dos 43 títu lo s estrangeiros assinados e a listagem geral, por departa­ mento, constam dos anexos 1 e 2.

A utilização dessa coleção, por parte da comunidade universitária do CCSA, quantifica em consultas, é a seguinte:

TABELA 4 — Total de consultas dos periódicos de Ciências Sociais Aplicadas, no período de jan./jul., 1983 Departamentos Periódicos nacionais Periódicos estrangeiros T otal

Adm., Fin. e Cont. 80 31 111

Biblioteconomia 131 36 167

Direito 13 - 13

Economia 2 6 3 8 271

T O T A L 4 8 7 75 5 6 2

Fonte: Seção de Periódicos da B C /U FP B .

A coleção de periódicos do CCSA, separadamente por idioma, vem a seguir descrita na Tabela 5.

(8)

TABELA 5 - Total da coleção de periódicos do CCSA, por idioma, em 1983 Departam ento Português Inglês Espanhol Outros Total

A d m ., Fin. e Contabilidade 6 8 80 6 5 159 Biblioteconom ia 56 27 19 7 109 D ire ito 134 6 7 11 158 Econom ia 111 31 17 13 172 T O T A L 3 6 9 1 44 4 9 36 598 F O N T E : Seçâo de Periódicos da B C /U FP b.

A quantidade de consultas a essa coleção, por idioma, no período de janeiro a ju lh o de 1983, fo i a seguinte:

TABELA 6 - Consulta à coleção de periódicos do CCSA, por idioma, no período jan./jul. 1983

Departam ento P crtuguis Inglês Espanho) O utros Total

A dm ., Fin. e Contabilidade 8 0 31 _ - 111 Biblioteconom ia 131 19 17167 D ire ito 13 - - - 13 Economia 2 6 3 8 - 271 T O T A L 4 8 7 58 17 - 562 F O N T E : Seção de Periódicos da B C /U FP b.

A consulta aos periódicos, por títu lo s, no mesmo período de janeiro a ju lho de 1983, e por idioma, para cada departamento do CCSA, está detalhada nas tabelas 7 a 14.

(9)

TABELA 7 - Periódicos de Administração, Contabilidade e Finanças consultados no período jan./jul. 1983, em Português

EDNA M A R IA TO RREÃO BRITO et alii

F O N T E : Seção de Periódicos da B C /U FP b.

(10)

Dos títulos consultados, apenas os de n<? 1 e 2 estão com a coleção completa.

(11)

EDNA M A R IA TORREÃO BRITO et alii

TABELA 1 0 -Periódicos de Biblioteconomia consultados no período jan./jul. 1983, em Inglês

(12)
(13)

TABELA 13 — Periódicos de Economia consultados no período jan./jul. 1983, em Português

E DNA M A R IA TORREÃO B RITO et alii

(14)

TABELA 14 - Periódicos de Economia consultados no período jan./jul. 1983, em Inglês

(15)

E DNA M A R IA TO RREÃO BRITO et alii

Da lista de periódicos mais consultados no período de janeiro a ju lh o de 1983, coincidem com os mais consultados em 1982 os de número 1 de Biblioteconomia e de Economia, isto é, mantiveram-se em posição de destaque a Revista da Escola de Biblioteconomia da UFMG e a Conjuntura Econômica.

(16)

Periódicos mais consultados a nível do CCSA, por número de consultas no período jan./jul. 1983

N9de consultas

1 — Conjuntura Econômica 136

2 — Revista da Esc. Biblioteconom ia da UFMG 88

3 — Revista de Biblioteconom ia de Brasília 32

4 — Pesquisa e Planejamento Econômico 29

5 — Boletim Mensal do Banco Central do Brasil 26

6 — Inform ativo Dinâmico 23

7 — Comércio E xterior 21

8 - Personal Journal 19

9 - Construção Norte/Nordeste 14

10 - Revista de Administração de Empresas 11

11 — Negócios em Exame 10

12 - Boletin de Ia UNESCO para Ias Bibliotecas 09

13 - Informação Objetiva 07

14 - Revista de Ia UNESCO de Ciências de Ia Inform ación

Bibliotecología y Archivología 07

15 — Journal o f Docum entation 06

16 - Resenha Legislativa 06

7. CONCLUSÃO e SUGESTÕES

Dos 911 títu lo s de periódicos assinados em 1978 pela Biblioteca Central da UFPb, houve uma redução de 55,1%, correspondendo exatamente aos 502 títu lo s de periódicos assinados para 1983.

Na Tabela 3 - Coleção de periódicos do CCSA, em 1983 - , os periódicos estão separados por departamento e pelo tip o de aquisição, inform ando a quanti­ dade de periódicos assinados, da ordem de 43 títu lo s, equivalente a 8,5% do total assinado para 1983.

Neste trabalho foram considerados os termos correntes para indicar os periódi­ cos adquiridos por compra e não-corrente para os recebidos por doação ou permuta. Na Tabela 4 está apresentado o número de consultas aos periódicos do CCSA, no período de janeiro a ju lho de 1983, ó que mostra a grande diferença entre a consulta aos periódicos nacionais (86,7%) e aos estrangeiros (13,3%).

O tota l de consultas por idioma e por departamento do CCSA está discrim inado na Tabela 5. O Departamento de Economia fo i o que mais u tilizo u a coleção.

(17)

EDNA M A R IA TORREÃO BRITO et alii

incidindo a predominância sobre a língua portuguesa (54,0%). Em seguida está o Departamento de Biblioteconomia, com 27,0%, Administração, Finanças e Conta­ bilidade com 16,4%, cabendo ao Departamento de D ireito o percentual de 2,6% apenas.

Todavia, levando-se em consideração a proporção da comunidade universitária de docentes e discentes de cada departamento, esse percentual sofre considerável modificação, cabendo o prim eiro lugar ao Departamento de Biblioteconomia, com 90,7%, seguido de Economia, com 33,6%; Administração, Finanças e Conta­ bilidade, com 7,1% e, finalm ente, D ireito, com 1,6%.

No que se refere às línguas estrangeiras, a de maior destaque é a inglesa, cabendo ao Departamento de Administração, Finanças e Contabilidade o maior índice de consultas (53,4%); em seguida vem Biblioteconomia, com 32,8%; Economia, com 13,8%, enquanto que o Departamento de D ireito não fez nenhuma consulta em língua estrangeira, no período analisado.

A relação dos títu lo s que formam a coleção específica de cada departamento está apresentada em anexo no fin al do trabalho. Contudo, a partir da Tabela 7, é apresentada, detalhadamente, a listagem dos títu lo s mais consultados, por departamento, de acordo com as consultas realizadas em cada mês do período estudado, tanto em língua portuguesa quanto nos demais idiomas.

Quanto ao aspecto referente à completeza da coleção, concluiu-se que, dos 56 títu lo s consultados no período de janeiro a ju lho dé 1983, correspondentes a 9,3% do tota l geral da coleção destinada ao CCSA, apenas 12 títu lo s possuem coleção completa na BC, o que corresponde a 21,4% do tota l de títu lo s consulta­ dos e 2,0% do tota l da coleção.

Pode-se concluir que a análise de utilização da coleção de periódicos referente ao CCSA não deixa dúvidas quanto à sua subutilização, que pode ser decorrente de dois fatores:

a) desconhecimento da coleção de periódicos por parte do corpo discente e docente do CCSA;

b) falta de maior divulgação da coleção, por parte da Biblioteca Central. Sugere-se à Biblioteca Central adotar, urgentemente, uma p olítica sistemática de seleção e avaliação, visando um melhor desenvolvimento e utilização da coleção de periódicos em sua totalidade; determinar um estudo de ações que venham a facilitar o acesso dos usuários à coleção de periódicos, com vista a aumentar a sua utilização; implementar maior divulgação dos seus serviços, notadamente da seção de periódicos.

Artigo recebido em 25,04.84

(18)

A G R A D E C IM E N T O S

Agradecemos à.D ra. Nice Menezes de Figueiredo, professora da disciplina Desenvolvim ento do Acervo Inform acional, pelo estím ulo para publicação deste trabalho.

A bstract

Evaluatio n o f th e periodical's collection of th e Central Libra ry o f the Federal University of Parafba in th e areas o f Social A pplied Sciences.

A n analysis is made about the increase or decrease o f the collection in the areas concerning the Social applied sciences, during the-m onths of Jan./July 1983. Establishes the nucleus of the most used periodical titles b y D epartm ent.

8. B IB L IO G R A F IA

1. B U C H M A N N , M. C. S. et alii. Avaliação da coleção de periódicos correntes da Biblioteca do Centro de Processamento de Dados/Pós-graduação em Ciência da Computação (CP D /PG C C ) da U F R S : m etodologia e resultados. R. Bras. Bibliotecon. e D oc., São Paulo, 1 4 (3 /4 ) : 1 6 0-7 3, jul./dez. 1981.

2. F E R R A Z , T . A . et alii. Avaliação quantitativa e qualitativa dã coleção de publicações perió­ dicas das bibliotecas da Universidade de São Paulo. R. Bras. Bibliotecon. e D oc., São Paulo, 1 3 (3 /4 ) : 1 8 4-2 09 , jul./dez. 19 80 .

3. F IG U E IR E D O , N. M. de. Avaliação de coleções em bibliotecas. In : _________ Avaliação de coleções e estudo de usuários/Brasília, A B D F , 19 79 . p. 11-41.

4 . Seleção e aquisição de material em bibliotecas universitárias brasileiras. In: Semi­ nário Nacional de Bibliotecas Universitárias, 2., Brasília, ,1981. Anais. Brasília, CAPES, 19 81 . p. 33 0-3 5 0 .

5. _ . Seleção de livros. Estudos avançados em B iblioteconom ia e Ciância da lnforma-ção, Brasília, 1: 1-46, 1982.

6. G U E R R E IR O , Y . et alii. Utilização de métodos quantitativos na avaliação de coleções. R. Esc. Bib liotecon. U F M G , Belo H o rizo n te , 9 (2 ): 2 1 7 -2 4 , set. 1 9 80 .

7. M E L O , M. de L. dé A . Coleção, de periódicos em bibliotecas universitárias: estudo de avaliação. Rio de Janeiro, 1983. 2 1 8 f. (Dissertação de Mestrado apres. ao IB IC T /U F R J ).

8. V E L H O , A. V . & S IL V E IR A , M. A . Avaliação da coleção dé periódicos da Biblioteca do In s titu to de Física. In: Congresso Brasileiro de Biblioteconom ia e Documentação, 9. Anais. Porto Alegre, 1977.

Referências

Documentos relacionados

Uma maneira viável para compreender uma reação química é através da conservação das massas, isso porque numa abordagem mais ampla, como demonstra no livro

Ainda na última parte da narrativa, outro “milagre” acontece: Grenouille apa- rece, de súbito, em meio ao povo, destampa uma pequena garrafa que trazia consi- go, borrifa-se com

Portanto, mesmo percebendo a presença da música em diferentes situações no ambiente de educação infantil, percebe-se que as atividades relacionadas ao fazer musical ainda são

Hem d’entendre aquesta com un estadi social on convisquin tots els modes de felicitat possibles, i no com un model de societat feliç, exterior als desigs dels individus.. Pot

Assim, sob a égide das discussões literárias em torno da linguagem, estão os artigos A essência nômade da palavra roseana: uma incursão pelo espaço literário de Ave,

Por meio dos registros realizados no estudo de levantamento e identificação de Felinos em um remanescente de Mata atlântica, uma região de mata secundária

Assim, assumindo o objetivo de ressignificar o papel da gramática em nossas aulas, de trabalhar integradamente práticas de leitura, produção e análise linguística de textos, de usar

Foram utilizados 120 dentes humanos unirradiculares, que após tratamento endodôntico foram separados aleatoriamente em 6 grupos n=20, de acordo com o material restaurador