Indicados a membros do Conselho de Administração

Texto

(1)

Indicados a membros

do Conselho de

(2)

Indicação ABEP ao Conselho de Administração IBP

André Araujo

SHELL

Carlos Alberto

Pereira de Oliveira

PETROBRAS

Mariano Ferrari

REPSOL SINOPEC

Miguel Pereira

PETROGAL

Philippe Blanchard

TOTAL

Décio Oddone

ENAUTA

Mariano Vela

CHEVRON

Categoria 1

Categoria 2 / 3

(3)

André Lopes Araujo

Shell

Presidente

Indicado ABEP

Categoria 1

Com mais de 30 anos de experiência na indústria de óleo e gás, André Araujo se tornou presidente da Shell Brasil em 2010, período em que a companhia registrou seu maior crescimento em mais de 100 anos de operação contínua no país. Entre as conquistas mais marcantes sob sua gestão, destacam-se a consolidação da joint venture Raízen, a participação no consórcio do megaprojeto de Libra – primeiro sob o regime de partilha de produção no pré-sal brasileiro – e a combinação com o BG-Group

Em cargos anteriores, André acumulou experiência em diversas áreas de Negócios, tais como a área Comercial e Relações com o Governo, tendo residido em quatro países diferentes

Nascido no Rio de Janeiro, formado em Engenharia Química pela UFRJ e com MBA pelo IBMEC- São Paulo, André também é conselheiro do Instituto Brasileiro de Petróleo (IBP), do Conselho Empresarial Brasileiro de Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) e do Museu do Amanhã (CONMAM, Rio de Janeiro)

(4)

Carlos Alberto Pereira de Oliveira

Petrobras

Diretor Executivo de E&P

Indicado ABEP

Categoria 1

Carlos Alberto Pereira de Oliveira assumiu a função de Diretor Executivo

de Exploração e Produção da Petrobras em janeiro de 2019.

Carlos Alberto graduou-se em Engenharia Mecânica pelo Instituto Militar de Engenharia do Rio de Janeiro (IME) e em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Possui Mestrado em Finanças e Análise de Investimentos pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RIO) e Especialização em Engenharia do Petróleo. Em 1997, estudou Finanças e Contabilidade do Petróleo na Universidade do Texas, nos Estados Unidos da América

Nascido no Rio de Janeiro, Sr. Oliveira ingressou na Petrobras em 1981 e vem ocupando funções executivas até então. Em 1998, ele assumiu como Gerente Geral de Reservatórios e, um ano depois, como Gerente Executivo de Exploração e Produção da área Corporativa. Em 2003, foi nomeado Diretor de E&P na Petrobras Energia em Buenos Aires e permaneceu nessa função até 2008, quando retornou ao Brasil para assumir como Gerente Executivo de Suporte Técnico da área Internacional

De 2012 a 2016, foi Gerente Executivo na Área de E&P responsável por Programas de Gestão de Investimentos em Sondas e Unidades de Produção e pelos Projetos de Desenvolvimento da Produção. De 2016 a 2019, ocupou as posições de Gerente Executivo de Estratégia e Gerente Geral de Gestão de Portfolio, de Parcerias e de Desempenho da Área de Exploração e Produção da Petrobras

(5)

Mariano Ferrari

Repsol Sinopec

CEO

Indicado ABEP

Categoria 1

Mariano Ferrari é o CEO da Repsol Sinopec Brasil desde 2018. Engenheiro, com 30

anos de experiência multicultural e multifuncional no setor de petróleo e gás, Mariano começou sua carreira na Schlumberger, onde trabalhou 15 anos ocupando cargos de gestão na América Latina, Europa e Oriente Médio. Ingressou na Repsol e passou por cargos de gestão executiva na Argentina, Espanha, Colômbia e EUA. Antes do seu atual cargo no Rio de Janeiro foi presidente da Repsol Oil and Gas USA

Mariano é graduado em Engenharia Civil pela Universidad Nacional del Comahue,

Neuquén-Argentina, e pós-graduado em PAD de Gestão Executiva (Programa de Alta Dirección) pela IAE Universidad Austral, Pilar-Argentina. Ele também tem um amplo histórico de participação em organizações do setor sem fins lucrativos, como:

• IAPG: Instituto Argentino de Petroleo y Gas. Presidente Região Sul (2006-2011)

• ACP: Asociación Colombiana del Petróleo. Director e VP of Board of Directors (2013-2015) • SPE: Society of Petroleum Engineers. Membro vitalício desde 1999

• Spain Texas Chamber of Commerce. Membro do Conselho (2015-2018) • GHP: Greater Houston Partnership. Membro do Conselho (2017-2018)

• API: American Petroleum Institute. Director of Upstream Committee (2016-2018) • IBP: Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis. Membro do Conselho

Administrativo da ABEP (2018-2020)

(6)

Miguel Pereira

Petrogal

CEO

Miguel Pereira possui mestrado em Engenharia Civil e vários

cursos de especialização. Possui mais de 25 de experiência na indústria de óleo e gás

Possui uma visão integrada da Indústria através de várias funções em toda a cadeia de valor do Negócio, desde o downstream até o

upstream

Indicado ABEP

(7)

Philippe Blanchard

Total

Presidente

Indicado ABEP

Categoria 1

Polytechnique e Mestre em Geofísica pelo Institut Français du Pétrole (França) Philippe Blanchard é graduado em Matemática e Física pela École

O executivo iniciou sua carreira no Grupo Total em 1994, na empresa Elf Aquitaine, como Geofísico para atividades de Exploração na França. Ele então atuou como Geofísico de Exploração em Angola, entre 1997 e 2000, período marcado pelas grandes descobertas em águas profundas no Bloco 17

De 2003 a 2005, Philippe integrou a divisão de Desenvolvimento e

Planejamento de E&P, na sede da Total na França, sendo responsável por estudos de desenvolvimento, principalmente para ativos na África

Em 2006, ele ingressou na área de Operações de Produção como Gerente de Unidade do ativo de produção terrestre OML58 (óleo e gás), localizado no Delta do Níger, na Nigéria, retornando posteriormente a Angola como Diretor de Produção do Bloco 3

Em 2011, Philippe voltou à sede do Grupo Total como Diretor de Projetos na Total E&P New Ventures, sendo responsável por aquisições e desinvestimentos de ativos de Upstream na África

Em maio de 2014, foi nomeado Diretor Geral da Total E&P PNG Limited – subsidiária do Grupo Total em Papua Nova Guiné e operadora da licença PRL-15, onde estão localizados os campos de Elk e Antelope, o segundo projeto de GNL do país

Em outubro de 2018, Philippe Blanchard foi nomeado Presidente da Total E&P do Brasil e representante do Grupo Total no Brasil

(8)

Décio Oddone

Enauta

CEO

Indicado ABEP

Categorias 2 / 3

Décio Fabricio Oddone da Costa é engenheiro eletricista pela Universidade

Federal do Rio Grande do Sul. Cursou engenharia de petróleo na Petrobras, o Advanced Management Program na Harvard Business School e o Advanced Management

Programme no Insead (Institut européen d'administration des affaires). Entre outros reconhecimentos, recebeu o título de doutor honoris causa em Educação da

Universidad de Aquino

Foi CEO da Petrobras Bolívia, Presidente e CEO da Petrobras Energia, Vice-Presidente da Braskem, Diretor da Prumo Logística e Diretor Geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Integrou o Conselho de

Administração do Institute of the Americas, dos EUA, e presidiu a Câmara de Comércio Boliviano-Brasileira e a Câmara Argentina da Indústria do Petróleo

(9)

Mariano Vela

Chevron

President

Indicado ABEP

Categorias 2 / 3

Mariano L. Vela é o Presidente da Chevron Brasil, com sede no Rio de Janeiro,

desde julho de 2018. Bacharel em Geologia pela Universidad Nacional de La Plata, Buenos Aires, Argentina, e Mestre em Geologia pela University of South Carolina, nos Estados Unidos, Mariano possui 23 anos de experiência na indústria de energia em diversas regiões pelo mundo

Ele ingressou na Chevron em 1998 como geólogo, e ocupou diversas posições de liderança, trabalhando em vários projetos da Chevron nos Estados Unidos, Brasil, Argentina, Venezuela, Tailândia e Myanmar Mariano foi Presidente da subsidiária da Chevron em Myanmar entre 2012 e 2015, quando ocupou o cargo de Presidente da AmCham e do Conselho Empresarial Americano na ASEAN. Antes de ocupar o cargo de presidente da Chevron Brasil, Mariano líderou o Conselho Global de Geociências da

Chevron, gerenciando o Programa de Desenvolvimento de Geociências e Geocientistas da companhia, conectando os programas de inovação tecnológica e pesquisa com a

capacitação e desenvolvimento da força de trabalho

Antes de iniciar sua carreira na Chevron, Mariano foi Pesquisador Assistente no Instituto de Energia e Geociências da University of Utah e no Instituto de Geociências e Pesquisa da University of South Carolina, em ambos trabalhando em projetos regionais de Óleo e Gás na Argentina

(10)

Indicação ABD ao Conselho de Administração IBP

Luis Henrique Guimarães COSAN

Marcelo Araújo

IPIRANGA

Marcelo Bragança

BR DISTRIBUIDORA

Roberto Ardenghy

PETROBRAS

Roberto Simões

BRASKEM

Carlos Tadeu Fraga

PRUMO

Julio Cardoso

SUPERGASBRAS

Categoria 1

(11)

Luis Henrique Guimarães é formado em Estatística, com MBA em

Marketing pela Coppead – UFRJ, possui mais de 20 anos de experiência profissional, sendo a maior parte destes na Shell, tendo atuado em diversas funções executivas no Brasil e no exterior. Ao longo de sua carreira, também passou por outras empresas como Banco Nacional, Brasil Telecom e Webb

Atuou como diretor-presidente da Raízen, de abril de 2016 a março de 2020, e da Companhia de Gás de São Paulo (Comgás), de abril de 2013 a dezembro de 2015, empresa na qual também acumulou a Diretoria de Relações com Investidores (a partir de abril de 2015). Antes disso, foi vice-presidente executivo Comercial da Raízen por um período de dois anos, tendo feito parte do grupo de transição que formou a empresa

Assumiu a presidência da Cosan Limited em abril de 2020. O executivo também é diretor presidente da Cosan S.A. e Cosan Logística, e Conselheiro da Raízen, Comgás e Rumo

Luis Henrique Guimarães

Cosan

Diretor-Presidente

Indicado ABD

(12)

Marcelo Araújo é formado pelo Instituto Militar de Engenharia, com

MBA pela SDE (atual Ibmec), AMP/ISP na Harvard Business School, e formação complementar na Manchester Business School e FDC/INSEAD

Iniciou sua carreira na Shell Brasil onde ficou por 10 anos. Por outros 10 anos, foi diretor comercial e de operações e vice-presidente da Natura.

Posteriormente, foi diretor executivo da CSN, Presidente da Divisão de Indústrias do Grupo Camargo Correa, presidente do Grupo Libra e da Marisa Lojas S/A

Desde Outubro de 2018, é presidente da Ipiranga Produtos de Petróleo S/A e diretor executivo do Grupo Ultra

Também é Membro do Conselho de Administração do Instituto

Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP) e Presidente do Conselho de Administração da Associação Brasileira de Downstream. Atuou como presidente ou conselheiro em diversos conselhos de administração: Camargo Correa Holding, Alpargatas (Brasil e Argentina), Santista, Tavex Algodonera (Espanha), Usiminas, Companhia

Providência e Fleury, além do Conselho Consultivo da Whirlpool Latin America

Marcelo Araújo

Ipiranga

Presidente

Indicado ABD

(13)

Marcelo Fernandes Bragança é engenheiro mecânico formado pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), com pós-graduação em Engenharia de Manutenção e MBA em Logística Empresarial (FGV)

Está na BR desde 1998, já tendo ocupado cargos executivos em atividades de logística, marketing e comerciais na companhia

Foi Diretor Executivo de Rede de Postos e Varejo e atualmente é Diretor Presidente e Diretor Executivo de Operações, Logística e Sourcing da empresa

Marcelo Fernandes Bragança

BR Distribuidora

Diretor Presidente e Diretor Executivo de Operações, Logística e Sourcing

Indicado ABD

(14)

Roberto Ardenghy é diplomata de carreira e especialista em temas de energia, é

bacharel em Direito pela Universidade Federal de Santa Maria, mestre em Relações Internacionais e Diplomacia pela Academia Diplomática do Instituto Rio Branco e pós-graduado em Economia do Petróleo e Gás pela COPPE/UFRJ

Ocupou vários cargos no Governo Federal, tais como na Casa Civil da Presidência da República e nos Ministérios das Relações Exteriores, Justiça, Desenvolvimento, Indústria e Comércio, na Secretaria da Administração Federal e nas Embaixadas do Brasil em Washington e Buenos Aires

Entre 2002 a 2007 foi Chefe de Gabinete, Presidente da Comissão de Ética e

Superintendente de Abastecimento na Agência Nacional do Petróleo – ANP. De 2007 a 2011 atuou no setor privado como gerente de Relações Corporativas da BG E&P do Brasil, membro do Comitê de Exploração e Produção do Instituto Brasileiro de Petróleo (IBP) e Diretor da Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro - AmCham Rio. Neste período, foi professor adjunto de Direito

Internacional da Faculdade Cândido Mendes Campus Ipanema e professor dos cursos de pós-graduação executiva em petróleo do IBP e da COPPE/UFRJ. Retornou ao Governo Federal em 2012 e foi

transferido para Houston como Cônsul Comercial e de Investimentos. Também foi Presidente

Honorário da Câmara de Comércio Brasil-Texas (BRATECC). Posteriormente atuou em Nova York como Cônsul Geral Adjunto no Consulado Geral do Brasil em Nova York

Em dezembro de 2018 foi convidado para retornar ao Brasil para inicialmente ocupar o cargo de Chefe de Gabinete da Presidência da Petrobras, até sua nomeação como Diretor Executivo de Relacionamento Institucional, em maio de 2019 Em novembro de 2020 assumiu a responsabilidade sobre a área de sustentabilidade da Petrobras. Sua Diretoria supervisiona as áreas de relacionamento externo, comunicação, responsabilidade social, segurança, saúde, meio ambiente, segurança

corporativa e mudanças climáticas da Petrobras

Roberto Furian Ardenghy

Petrobras

Diretor Executivo de Relacionamento Institucional e Sustentabilidade

Indicado ABD

(15)

Roberto Simões é casado, graduado em Engenharia Mecânica pela

Universidade Federal da Bahia e cursou o Cemant – Curso de Engenharia de Manutenção e Projetos Petroquímicos (convênio Petrobras/UFBA). Atuou como diretor-presidente de diversas empresas tais como: Ocyan Participações, Odebrecht Defesa e Tecnologia, Santo Antônio Energia, Internet Group-iG e Metro Rio

Na Braskem, atuou como vice-presidente de Vinílicos e Competitividade de 2004 a 2008, foi Presidente do Conselho de Administração em 2019 e hoje é Diretor Presidente (eleito em 2019) e membro do Conselho de Administração. É também atual presidente do Conselho de Administração da Braskem Idesa

Simões participou ainda como presidente ou membro de Conselhos de Administração de diversas empresas, dentre as quais OEC (Odebrecht Engenharia e Construção), Consorcio Baia de Sepetiba, Itaguaí Construções Navais, Petroquímica Paulínia, Ipiranga Química, Ipiranga Petroquímica, Refinaria Ipiranga, COPESUL, Petroflex e CETREL

Roberto Simões

Braskem

Diretor Presidente e Membro do Conselho de Administração

Indicado ABD

(16)

Carlos Tadeus Fraga é graduado em Engenharia Civil, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro

(UFRJ), em 1980, tem especialização em Engenharia de Petróleo, pela Universidade de Alberta, no Canadá, em Administração de Empresas, pela Universidade de Columbia, nos EUA, e em Gestão Tecnológica, pelo INSEAD, na França

Ingressou na PETROBRAS em fevereiro de 1981, tendo exercido até fevereiro de 2015 diversas funções técnicas e gerencias relevantes, dentre elas: Gerente Executivo de Exploração e Produção do Sul e Sudeste (2000 a 2003) - responsável pela Exploração e Produção da Petrobras em águas profundas; Gerente Executivo do Centro de Pesquisas da Petrobras - CENPES (2004 a 2012) - responsável pelas atividades de pesquisa e desenvolvimento da empresa, em todas as suas áreas de atuação; e Gerente Executivo de Exploração e Produção do PréSal (2012 a 2015) -responsável pela concepção e implementação das estratégias e projetos de desenvolvimento da produção na área do Pré-Sal

Durante seu período na Petrobras foi membro do Conselho de Orientação do Institutos de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo (IPT), de 2008 a 2012, e do Conselho Diretor do Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, de 2006 a 2012. Foi também membro do Conselho de Administração da Petrobras Argentina

Após sua carreira na Petrobras, atuou, como Diretor de Inovação e Desenvolvimento de Negócios da empresa GranEnergia e como membro dos Conselhos de Administração das empresas GranBio e MRO Logistics, de 2015 a 2018 e do Grupo Ultra, de 2015 a 2019. Foi também membro do Conselho de Administração do IBP de 2016 a 2019

Em 2018 assumiu a posição de CEO da Porto do Açu Operações, e desde de meados de 2019 é o CEO da Prumo Logística, holding responsável pelo desenvolvimento do complexo porto-indústria situado no Porto do Açu

É atualmente Presidente dos Conselhos de Administração das empresas Porto do Açu Operações, Gás Natural do Açu e Ferroport, e membro do Conselho de Administração da Açu Petróleo

Pelas suas contribuições à indústria, recebeu os seguintes reconhecimentos: 2008 - Society of Petroleum Engineers (SPE) - “Personalidade do Ano” da Indústria de Petróleo do Brasil; 2010 - Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil – “Grau de Comendador pela Ordem Nacional do Mérito Científico”; 2012 - Offshore and Arctic Engineering Division (OOAE), da American Society of Mechanical Engineers (ASME) - “Industry Achievement Award”; e 2017 – Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis – “Prêmio Personalidade do Ano Inovação”; e 2019 – Offshore Technology Conference (OTC) – “Distinguished Individual Award / OTC Brasil”

Carlos Tadeu Fraga

Prumo Logística

CEO

Indicado ABD

(17)

Júlio Cardoso é graduado em Administração de Empresas pela

PUC-RJ. Tem MBA em Finanças pelo IBMEC e em Controladoria pela FGV. Participou do Senior Executive Program (SEP) pela London Business School

Iniciou sua carreira profissional trabalhando durante 5 anos em Bancos Multinacionais. Em 1990, foi convidado para assumir a posição de gerente financeiro, permanecendo nessa função por 7 anos. Em 1997, assumiu a posição de Diretor Regional

Em 2004, participou ativamente da fusão da Minasgás com a Supergasbras, tendo assumido a posição de Diretor Regional Executivo, na nova Supergasbras. Em 2009, assumiu a posição de Diretor Nacional Envasado. Em 2014, assumiu a posição de Diretor Nacional de Negócios, respondendo pela operação das 20 unidades de negócio (operação e comercial), MKT, Atendimento ao Cliente, Inovação e Pricing

Em 2019, assumiu a presidência da Supergasbras, onde permanece até o presente momento

Júlio Cardoso

Supergasbras

Diretor Presidente

Indicado ABD

(18)

Indicação membros independentes

(19)

Anelise Lara

Anelise Lara é formada em Engenharia Química na Universidade Federal de

Minas Gerais em 1983. Mestre em Engenharia de Petróleo pela Universidade Federal de Ouro Preto em 1986. PhD em Sciences de la Terre pela Université Pierre et Marie Curie, na França, em 1994. Tem MBA em Gestão Executiva pelo IBMEC em 1999 e em Gestão Empresarial Avançada pela COPPEAD em 2008. Ingressou na Petrobras em 1986 tendo iniciado suas atividades no CENPES, atuando como pesquisadora na área de engenharia de reservatórios e avaliação das formações. Entre 2000 e 2003 atuou como Gerente de Tecnologia de Reservatórios do CENPES e entre 2003 e 2010 ocupou a Gerência

Corporativa de Engenharia de Reservatórios do segmento E&P. Em 2011 foi designada Gerente de Desenvolvimento de Projetos do Pre-sal da Bacia de Santos. Entre

dezembro de 2013 até abril de 2016, ocupou a Gerência Executiva de Libra, focada na avaliação exploratória, desenvolvimento da produção e gestão de investimentos do 1o. Bloco de partilha de produção no Brasil. Em maio de 2016, assumiu a Gerência

Executiva da área de Aquisições e Desinvestimentos, sendo responsável por uma

carteira de mais de 40 projetos de parcerias e desinvestimentos, abrangendo as áreas de E&P, refino, petroquímica, distribuição e biocombustíveis no Brasil e no exterior. Em março de 2019 tomou posse como Diretora Executiva de Refino e Gás Natural da

Petrobras, onde permaneceu até janeiro de 2021

Anelise presidiu a Seção Brasil da Society of Petroleum Engineers (SPE) no período de 2005 a 2008 e foi membro do board da SPE International no período de 2014 a 2017. Em março de 2019, tornou-se Presidente do Conselho de Administração do Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP). É membro do Conselho da WILL (Women Leadership in Latin America) e do Comitê de Diversidade do IBP

(20)

Jorge Camargo

Indicado a membro independente

Jorge Camargo é formado em Geologia pela Universidade

de Brasília e com mestrado em Geofísica pela Universidade do

Texas. Trabalhou 27 anos na Petrobras, inclusive como Diretor da

Área Internacional

Trabalhou na Equinor, na época Statoil, inicialmente como

Vice-Presidente Senior e, posteriormente, como presidente da

Equinor no Brasi

Presidiu o Instituto Brasileiro do Petróleo e Gás (IBP) e

atualmente é conselheiro do IBP, Grupo Ultra, Prumo Logística

Global, Açu Petróleo e Centro Brasileiro de Relações Internacionais

(CEBRI)

(21)

Miguel Setas

Indicado a membro independente

Miguel Nuno Simões Nunes Ferreira Setas, nasceu em 12 de Novembro de 1970. Foi eleito para

exercer funções como membro do Conselho de Administração Executivo do Grupo EDP em 21 de Abril de 2015 e reeleito em 19 de Janeiro de 2021 (mandato 2021-2023)

É atualmente o Vice-Presidente Global responsável pela plataforma de Redes de Distribuição e Transmissão do Grupo EDP, mantendo a responsabilidade sobre o mercado brasileiro. Assumiu a Presidência do Conselho da EDP Brasil no dia 19 de fevereiro 2021, após 7 anos como Diretor Presidente da Companhia. Entre 2008 e 2020 integrou a Diretoria da EDP Brasil. Entre 2010 e 2013, foi o Vice-Presidente responsável pelo negócio da Distribuição (EDP Bandeirante e EDP Escelsa) e anteriormente, durante 2 anos, o Vice-Presidente responsável pelos Novos Negócios, Comercialização e Renováveis. Integrou o Grupo EDP em 2006, como Chefe de Gabinete do Presidente do Conselho de Administração Executivo. Em 2007, foi Administrador da EDP

Comercial. Entrou para o sector da Energia em 1998, como Diretor Corporativo da GDP - Gás de Portugal. Desde então manteve-se ligado ao sector energético, e Administrador Executivo da Lisboagás (Distribuidora de Gás Natural em Lisboa), entre 2000 e 2001. Até 2004, foi Diretor de Marketing Estratégico do Grupo Galp Energia (fusão da Galp e da GDP-Gás de Portugal). Entre 2004 e 2006 foi Administrador da CP - Comboios de Portugal. Neste período presidiu à Comissão Executiva da CP Lisboa

Começou a sua vida profissional em 1995, como Consultor na McKinsey & Company, onde desenvolveu atividade em sectores tão diversos como Energia, Banca, Seguros, Distribuição e Indústria. Formou-se em Engenharia Física no Instituto Superior Técnico, em Lisboa, onde também fez o Mestrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores. Em 1996, fez o MBA na Universidade Nova de Lisboa, tendo completado também a formação executiva na Harvard Business School, Wharton, IESE (Barcelona) e CEIBS (Xangai)

Foi Presidente da Câmara Portuguesa de Comércio em São Paulo e é membro do Conselho Deliberativo do MASP – Museu de Arte de São Paulo

(22)

Indicados a membros

do Conselho Fiscal

(23)

Indicado

Conselho Fiscal - Titular

André Machado

Siemens

Vice-Presidente de Finanças

André Machado é Vice President Finance Siemens Energy Brazil. Foi Managing

Director da: Siemens Energy do Brasil Ltda.; Guascor do Brasil Ltda.; Dresser Rand do Brasil Ltda., Industrial Turbine Brasil Ltda. e Chemtech Ltda. Também é Conselherio Fiscal da PREVI Siemens.

Educação

MBA Executivo pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Histórico Profissional

1995 - Siemens Brasil – Estagiário

1997 – Gerente Financeiro de Vendas e Projetos de Infra-estrutura em Telecomunicações 2000 - Siemens AG – Gerente de Projeto e Controladoria para América Latina em

telecomunicações fixa e móvel

2002 - Siemens Mercosul – Gerente Geral de Finanças para as áreas de Vendas de Infraestrutura de Telecomunicações

2007 - Nokia Siemens Brasil – Corporate Controller para região América Latina

2011 - Nokia Solutions AG - Head de Finanças Corporativas e Shared Services Global

2014 - Siemens Brasil – Head of Finance Divisões Smart Grid, Power & Gas, Wind & Power Services

2019 – Siemens Brasil - Head of Finance da Gas and Power (GP) no Brasil

Desde Setembro 2020, Vice President Finance and Managing Director Siemens Energy Brazil

Outras atividades

- Membro da equipe de aquisição que promoveu a compra da DFV Telecom (empresa brasileira da área de telecomunicações de dados)

- Project Manager responsável pela formação e restruturação global do Shared Services da Nokia Solutions

(24)

Aparecido Pereira iniciou sua carreira na FMC Technologies

do Brasil em 1991 (na época FMC FoodTech), como Controller e assumiu o cargo de Vice-Presidente de Administração e Finanças em 1998, quando a FMC Technologies abriu seus negócios no Rio. Antes disso, Cido tinha 14 anos de experiência nas áreas financeira e administrativa de empresas locais e internacionais no Brasil. Em 2017, assumiu o cargo de Vice-Presidente Administrativo e Financeiro da TechnipFMC Brasil e em 2019 assumiu o cargo de Vice-Presidente Financeiro Subsea

É formado em Contabilidade pela Universidade Padre Anchieta, possui pós-graduação em Finanças na Universidade Getúlio Vargas (FGV) e possui MBA na Universidade de São Paulo (USP)

Aparecido Marques Pereira

TechnipFMC

Vice-Presidente de Administração e

Indicado recondução

(25)

Marcos Bustamante Monteiro formou-se em Engenharia de Produção

pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Ciências Econômicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Possui Mestrado e Doutorado (sem defesa de tese) em Economia pela Escola de Pós-Graduação em Economia (EPGE) da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e participação em cursos de especialização nas áreas de gestão de pessoas, administração de financiamentos e investimentos, securitização, project finance, legislação holandesa, administração financeira de investimentos, planejamento financeiro e custo de capital

Ingressou no Sistema Petrobras em 2001, exercendo diversas funções, dentre as quais destacam-se Gerente de Empresas sob Gestão da Área Financeira, Assistente do Diretor Financeiro da Petrobras, Diretor Financeiro da Petrobras Energia Perú, Diretor Financeiro e de Serviços da Liquigás Distribuidora, Diretor Financeiro da Petrobras Singapore Private Limited. Fluente em português, inglês, francês e espanho

Marcos Bustamante Monteiro

Petrobras

Diretor Financeiro

Indicado recondução

(26)

Sabrina Ramalhoto

Enauta

Gerente Financeira

Sabrina Ramalhoto possui 19 anos de experiência em

atividades de controladoria, contabilidade e reportes financeiros e contábeis. Atualmente é Gerente Financeira de parceiras na Enauta Energia. Possui MBA em Finanças pelo IBMEC e graduações em Administração de Empresas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e em Ciências Contábeis pela Universidade Estácio de Sá (UNESA)

Também trabalhou na consultoria Deloitte e na Harsco Metals

Indicado recondução

(27)

Indicado

Conselho Fiscal - Suplente

Thaís Schifferle Ramos

Shell

Thaís Schifferle Ramos – Gerente Financeira para projetos

não operados na Shell Brasil é formada em Administração de empresas pelo IBMEC-RJ e Ciências Contábeis pela Universidade Estácio de Sá, além de MBA em finanças corporativas também pelo IBMEC-RJ e cursos de governança corporativa pelo IBGC e direito societário na Fundação Getúlio Vargas

Profissional com 20 anos de experiência com foco em planejamento financeiro, parcerias, restruturações, fusões e aquisições. Atuou por 11 anos na Vale S.A. nas áreas de Finanças Corporativa, Gestão de Participações e Controladoria e 3 anos na Tim Celular S.A. em planejamento financeiro

(28)

Indicados a membros

do Conselho Consultivo

(29)

Indicados ao Conselho Consultivo do IBP

Ana Paula Zettel

PETROBRAS

André Clark

SIEMENS

Cláudio Oliveira

PETROBRAS

Cristiano Pinto da

Costa

SHELL

Felipe Starling

IPIRANGA

José Firmo

PORTO DO AÇU

Mauro Andrade

EQUINOR

Wong Loon

NTS

(30)

Indicado

Conselho Consultivo

Ana Paula Zettel

Ana Zettel é economista formada pela Universidade Federal

do Rio Grande do Sul, mesma instituição em que concluiu mestrado. Também possui pós-graduação em gestão tributária pela PUC-RIO e concluiu cursos de formação executiva na Harvard Kennedy School e na INSEAD

Atualmente, ocupa a gerência geral de planejamento e

parcerias de Águas Ultra Profundas da Petrobras, sendo responsável pela gestão das principais parcerias no polo pré-sal da Bacia de Santos

Possui 16 anos de experiência na indústria de óleo e gás, todos dedicados à Petrobras. Iniciou sua carreira na área financeira da Petrobras, com destaque para sua experiência na área tributária, em que liderou discussões com o Ministério da Economia para renovação do

principal regime da indústria – REPETRO-SPED. Também ocupou o cargo de assessora da presidência da Petrobras entre 2018 e 2019

(31)

Indicado

Conselho Consultivo

André Clark

Siemens

André Clark é desde 1 de Março de 2020 General Manager da Siemens

Energy Brasil, tendo sido anteriormente Presidente e CEO da Siemens no Brasil e também CEO da ACCIONA para o Brasil, Bolívia, Uruguai e Paraguai

É formado em Engenharia Química pela Universidade de São Paulo (USP) e possui MBA em Finanças e Gestão de Operações pela Stern School of Business, da Universidade de Nova Iorque

Além disso, hoje também é: Vice-presidente do Conselho Administrativo e Coordenador do Comitê da Indústria da Associação Brasileira de Infraestrutura e

Indústrias de Base (ABDIB); Vice-presidente da Diretoria Plenária da Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ); Membro do Conselho Empresarial do Conjunto Econômico formado por Brasil, Rússia, Índia e China (BRICS); Membro do Comitê de Líderes da Confederação Nacional de Indústrias e do Comitê de Líderes da Mobilização Empresarial pela Inovação (CNI /MEI); Membro do Conselho Curador e Sênior Fellow do Núcleo de Infraestrutura (CEBRI); Membro do Conselho Consultivo do GRI Club Brasil; Membro do Conselho Superior da Câmara Internacional do

Comércio (ICC); Membro do Conselho Consultivo e Presidente do Conselho de Transformação Digital do Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP)

(32)

Indicado

Conselho Consultivo

Claudio Oliveira

Raízen

Vice-Presidente de Relações Institucionais & Sustentabilidade

Claudio Borges T. Gaspar de Oliveira é graduado em engenharia civil

pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, com pós-graduação em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas e especialização nas universidades de Thunderbird University – School of Management – Glendale, Arizona e na Kenan-Flag Business School - University of North Caroline, Chapel Hill

Claudio iniciou sua carreira na ExxonMobil Corporation onde ingressou como estagiário. Desde então, ocupou posições de crescente

responsabilidade em diversos setores daquela empresa, incluindo posições nas áreas de suprimentos, finanças, relações institucionais e trading, no Brasil e nos Estados Unidos

Atualmente é Vice-Presidente de Relações Institucionais &

Sustentabilidade da Raizen, uma joint venture entre Shell e Cosan, e

(33)

Indicado

Conselho Consultivo

Cristiano Pinto da Costa

Shell

Cristiano Pinto da Costa é formado em Engenharia Química pela UFRJ, com

MBA na Cranfield School of Management, no Reino Unido, e especializações em Harvard, IMD e INSEAD

Ele entrou na Shell em 1996 na área de Lubrificantes, e 4 anos depois deu início à carreira internacional no Grupo, em Londres, Haia e Houston, tendo trabalhado nos negócios de Downstream, Trading, Integrated Gas e Upstream em diversos cargos globais e regionais, incluindo como Consultor de Negócios para o CEO de Gas & Power, em Desenvolvimento de Novos Mercados e Trading para GNL, como Gerente Geral Global de Novos Negócios para Global Commercial e também no grupo central de Aquisições e Desinvestimento

Após 18 anos no exterior, Cristiano voltou ao Brasil em 2018 para gerenciar as participações da Shell nos ativos do Pre-Sal, incluindo os campos de Tupi (antigo Lula), Iracema, Lapa e Sapinhoá. A partir de julho de 2021, ele assumirá o cargo de Senior

(34)

Indicado

Conselho Consultivo

Felipe Starling

Ipiranga

Felipe Starling é Diretor de Relações Externas e Sustentabilidade na

Ipiranga

Foi Gerente de Relações Governamentais, Comunicação, Desenvolvimento Social e Performance Corporativa da Anglo American Brasil e consultor da McKinsey & Company para projetos de infraestrutura e setor público, além de advogado e gerente de projetos da Unidade de Parcerias Público-Privadas do Governo de Minas Gerais, analista de

crédito do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) e também professor da Escola de Governo da Fundação João Pinheiro

Formado em Direito pela UFMG e Mestre em Ciências Políticas e Direito Público pela Universidade de Lisboa

(35)

Indicado

Conselho Consultivo

José Firmo

Porto do Açu

José Firmo tem mais de 30 anos de experiência na indústria de Serviços

de Petróleo. Desde 1992, quando se juntou à Schlumberger, ele trabalhou em várias áreas que vão desde Testing & Wireline Field Engineer offshore Brasil, posições de gerente de campo na América do Norte e América do Sul, Diretor de Recursos Humanos Global, Vice-Presidente de Operações na América Latina e Presidente da Schlumberger Brasil

Firmo foi também Vice-presidente Sênior para o Hemisfério Oeste da

Seadrill Operations de 2014 a 2019, Presidente do IBP – Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás de 2017 a 2019 e Presidente da ABESPETRO - Associação Brasileira de Empresas de Serviços do setor de Petróleo e Gás de 2016 a 2017

Atualmente, Firmo é o CEO da Porto do Açu, uma empresa do Grupo Prumo, responsável pelo desenvolvimento e gestão do Porto do Açu, o maior ativo porto-indústria privado do Brasil

Nascido no Rio de Janeiro, ele tem mestrado em Administração de Empresas da Escola de Gestão de Rotterdam, Erasmus University

(36)

Indicado

Conselho Consultivo

Mauro Andrade

Equinor

Senior Advisor Renewables Business

Com mais de 20 anos de experiência na indústria de upstream de Petróleo e Gás Natural e mais recentemente atua na área de energias renováveis, Mauro Andrade iniciou a carreira na Agência Nacional do Petróleo (ANP) em 1999. Entre 2001 e 2009 trabalhou na consultoria empresarial para a indústria de upstream de óleo e gás na Arthur Andersen e Deloitte & Touche

Ingressou na Equinor no Brasil no início de 2009 como

Gerente Comercial e de 2011 a 2019 foi parte do management team da Equinor no Brasil como VP de Assuntos Externos e Regulatórios da Equinor Brasil e posteriormente como VP de Supply Chain Management para a América do Sul. Em 2018 assumiu como VP de Supply Chain para a área Internacional da Equinor. Atualmente atua na área de novos negócios para energias renováveis na Equinor do Brasil.

Economista de formação, Andrade tem Mestrado em Economia Industrial pelo Instituto de Economia da UFRJ e um programa executivo em Project Management pela Haas School of Business da Universidade da Califórnia, Berkeley

(37)

Indicado

Conselho Consultivo

Wong Loon

NTS

Wong Loon é Diretor de Operações da NTS desde junho de 2017 e CEO desde abril de

2019. Wong ingressou na Petrobras em 1976 como engenheiro de dutos e, posteriormente, foi nomeado supervisor, gerente regional e Gerente Geral de Operações do Departamento de Transporte

Em 2000, Wong foi nomeado Diretor de Dutos e Terminais da Petrobras Transporte S.A. - Transpetro, empresa recém-criada, com foco em competitividade e rentabilidade. Wong liderou a Oleoducto de Crudos Pesados - OCP Equador como CEO de 2007 a 2010, sendo

responsável por um novo planejamento estratégico e programa de redução de custos

Em 2011 ingressou na Logum, sendo responsável pela construção e operação do primeiro alcoolduto do Brasil, como COO. Wong é graduado em Engenharia Mecânica, com especialização em Engenharia de Dutos e Terminais, Mestrado em Administração de Empresas (MBA) pela FGV, com foco em Gestão de Negócios de Energia, e participou de Programa

(38)

assembleia@ibp.org.br

(39)

Imagem

Referências

temas relacionados :