• Nenhum resultado encontrado

Redes de Sensores Sem Fio Introdução

N/A
N/A
Protected

Academic year: 2021

Share "Redes de Sensores Sem Fio Introdução"

Copied!
15
0
0

Texto

(1)

Disciplina 2º.

Disciplina 2º.semestre/2004semestre/2004 Aula 01

Aula 01

Redes de Sensores Sem Fio

Redes de Sensores Sem Fio

Introdução

Introdução

Antonio Alfredo Ferreira Loureiro

loureiro@dcc.ufmg.br

Ciência da Computação UFMG

Linnyer Beatrys Ruiz

linnyer@dcc.ufmg.br

Engenharia Elétrica UFMG

(2)

Planejamento

‰ Visão geral da área de RSSFs, sistemas embutidos, caracterização das RSSFs (4 aulas)

‰ Arquitetura de nós sensores (2 aulas)

‰ Arquitetura de comunicação (3 aulas)

‰ Modelos para representação de estados de uma RSSF (2 aulas)

‰ Controle e supervisão de RSSFs (3 aulas)

‰ Aplicações típicas de RSSFs (1 aula)

(3)

Redes de Sensores Sem Fio

(4)

Redes de Sensores Sem Fio (RSSFs)

‰ Têm sido viabilizadas pela rápida convergência

ƒ Microeletrônica

ƒ Comunicação sem fio

ƒ Micro sistemas eletro-mecânicos (MEMS)

‰ Considerada como uma vertente da computação

ubíqüa. Um tipo especial de rede ad hoc que impõe novos desafios e oportunidades de pesquisa

(5)

Redes de Sensores Sem Fio (RSSFs)

‰ Em geral, formada por elementos computacionais de pequenas dimensões, dotados de sensores,

processadores e dispositivos de comunicação sem fio

UC Berkeley: COTS Dust

UC Berkeley: COTS Dust UC Berkeley: Smart Dust

UC Berkeley: DOT JPL: Sensor Webs

UCLA: WINS

(6)

Redes de Sensores Sem Fio

(A) Region of Interest (B) Node Deployment

(C) Location Discovery (D) Self-Organization Região de interesse Deposição dos nós

Descoberta de localização geográfica

Auto-organização PA

(7)

Redes de Sensores Sem Fio

Organização e Comunicação

PA PA

Esquema de comunicação multi-saltos

(8)

Redes de Sensores Sem Fio:

Organização e Comunicação

Falhas não são exceções

PA

PA

(9)

Redes de Sensores Sem Fio

Como as RSSFs diferem de outras redes?

Diferenças entre RSSFs e outras Redes

‰ Sérias restrições de hardware e software

‰ Falhas não são exceções

‰ Topologia dinâmica

‰ Alta densidade de nós

‰ Tolerância a falhas

‰ Nós descartáveis

(10)

Redes de Sensores Sem Fio:

Como as RSSFs diferem de outras redes?

‰ Fluxo de dados é predominantemente unidirecional

ƒ Nó sensor ¨ Nó de monitoração

‰ Instalação, organização, operação e manutenção desacompanhadas

‰ Longevidade

‰ Dependentes da aplicação

ƒ Projeto de hardware de baixo consumo de energia

(11)

Redes de Sensores Sem Fio

(12)

Redes de Sensores Sem Fio

Motivação

‰ RSSF é uma das seis áreas de grande desafio de pesquisa

ƒ Report of the NSF Workshop on Fundamental Research in Networking, April

2003

‰ Semicondutores e software são duas das áreas definidas pelo Governo Federal como estratégicas

ƒ Diretrizes para Política Industrial Tecnológica (2003).

‰ RSSF propõe novos desafios e oportunidades de pesquisa em diferentes áreas:

ƒ Sistemas distribuídos, geometria computacional, inteligência

(13)

Redes de Sensores Sem Fio

Motivação

ƒ University of California, Berkeley

ƒ Stanford University

ƒ Massachusetts Institute of Technology

ƒ Carnegie Mellon University (CMU)

ƒ Cornell University

ƒ University of California, Los Angeles

ƒ ETH, Zurique

ƒ Universidade Técnica de Munique

(14)

Redes de Sensores Sem Fio

Motivação

‰ O Brasil tem uma riqueza de biodiversidade que precisa ser conhecida e monitorada por grupos de pesquisa e empresas de base tecnológica nacionais, organizações não

governamentais, e, eventualmente, explorada de forma ordenada.

ƒ 1º. lugar em espécies conhecidas de mamíferos, peixes de água doce e plantas superiores;

ƒ 2º. lugar em anfíbios,

ƒ 3º. lugar em aves,

ƒ 5º. Lugar em répteis, e

ƒ ainda figura entre os cinco países com maior número de espécies endêmicas, ou seja, que existem apenas em território brasileiro.

(15)

Redes de Sensores Sem Fio

Motivação

‰

O potencial de observação e controle do

mundo real permite às RSSFs se

apresentarem como uma solução para

diversas aplicações:

ƒ

monitoração e controle industrial

Referências

Documentos relacionados

Objetivou-se com este trabalho avaliar a eficiência da inoculação de Trichoderma, como promotores de crescimento vegetal na cultura da soja [Glycine max (L.) Merrill.],

Nós Sensores Sem Fio Bateria & Conversor Microprocessador Memória (RAM/ROM) Rad io Con v ersor A/D Sistema Operacional Algoritmos e Protocolos Sensores Unidade de

i n t e r f a c e Notify < val_t > { command error_t enable (); command error_t disable (); event void notify ( val_t val );.. Listing 3.12 The

Protocolos MAC Tempo de escuta constantes para energia eficiente Mudança de fase de aplicação e atrasos de pré- transmissões Acesso randomico baseado em contenção CSMA

O índice da quantidade de dias úmidos por ano (R1mm) mostrou uma tendência com significância estatística para redução apenas nas regiões 2 (norte da BA e Estado de SE) e 4;

Geralmente utilizado Dureza: 70 +- 5 Shore A na confecção de aventais industriais, juntas, cobertura de bancada, etc..... Utilização: Não Recomendado: Ozônio, combustíveis

Não só o currículo tem que compreender essa linguagem, como os professores e as famílias também?. A partir de um planejamento pedagógico estruturado, o LIV tem a preocupação

Ou seja, no caso de Florianópolis como também mostra a Figura 53, todas essas áreas de bacias cicloviárias correspondem a integração da malha urbana, assim é possível propor