o anglo resolve a prova da 2ª fase da FUVEST

Texto

(1)

É trabalho pioneiro.

Prestação de serviços com tradição de confiabilidade.

Construtivo, procura colaborar com as Bancas Examinadoras em

sua tarefa de não cometer injustiças.

Didático, mais do que um simples gabarito, auxilia o estudante no

processo de aprendizagem, graças a seu formato: reprodução de

cada questão, seguida da resolução elaborada pelos professores

do Anglo.

No final, um comentário sobre as disciplinas.

A 2ª

fase da Fuvest consegue, de forma prática, propor para cada

carreira um conjunto distinto de provas. Assim, por exemplo, o

candidato a Engenharia da Escola Politécnica faz, na 2ª

fase,

provas de Língua Portuguesa (40 pontos), Matemática (40 pontos),

Física (40 pontos) e Química (40 pontos). Já aquele que pretende

ingressar na Faculdade de Direito faz somente três provas: Língua

Portuguesa (80 pontos), História (40 pontos) e Geografia (40

pon-tos). Por sua vez, o candidato a Medicina tem provas de Língua

Portuguesa (40 pontos), Biologia (40 pontos), Física (40 pontos) e

Química (40 pontos).

Para efeito de classificação final, somam-se os pontos obtidos pelo

candidato na 1ª

e na 2ª

fase.

Vale lembrar que a prova de Língua Portuguesa é obrigatória para

todas as carreiras.

o

anglo

resolve

a prova

da 2

ª

fase

da FUVEST

A cobertura dos vestibulares de 2004 está sendo feita pelo Anglo em

parceria com a Folha Online.

(2)

FUVEST — TABELA DE CARREIRAS E PROVAS

ÁREA DE HUMANAS

PROVAS DA 2ªFASE E CARREIRAS/CÓDIGO VAGAS RESPECTIVOS NÚMEROS

DE PONTOS

Artes Cênicas (Bach.) / 208 15 LP(40), HE(120) Artes Cênicas (Lic.) / 220 10 LP(40), H(40), HE(80) Artes Plásticas 30 LP(40), H(40), HE(80) Música – São Paulo e Rib. Preto LP(40), HE(120) Curso Superior de Audiovisual / 234 35 LP(40), H(40), HE(80) Editoração / 244 15 LP(40), H(40) Jornalismo / 254 60 LP(40), H(40), G(40) Publicidade e Propaganda / 280 50 LP(40), H(40) Relações Públicas / 284 50 LP(40), H(40) Biblioteconomia / 224 35 LP(40), H(40) Turismo / 286 30 LP(40, H(40), G(40) Arquitetura – São Paulo / 204 150 LP(40, F(20), H(20), HE(80) Arquitetura – São Carlos / 206 30 LP(80), H(40), HE(40) Administração – São Paulo / 202 210 LP(40), M(40), H(40), G(40) Administração – Ribeirão Preto / 200 45 LP(40, M(40), H(40), G(40) Ciências Contábeis – São Paulo / 228 150 LP(40), M(40), H(40), G(40) Ciencias Contábeis – Ribeirão Preto / 226 45 LP(40), M(40), H(40), G(40) Economia – São Paulo / 242 180 LP(40), M(40), H(40), G(40) Economia – Ribeirão Preto / 240 45 LP(40), M(40), H(40), G(40) Economia Agroindustrial – Piracicaba / 238 30 LP(40), M(40), H(40), G(40) Gestão Ambiental – Piracicaba / 250 40 LP(40), B(40, H(40) Direito / 236 460 LP(80), H(40), G(40) Relações Internacionais – Bacharelado / 282 60 LP(80), H(40), G(40) Ciências da Informação e da Documentação

(Bacharelado) – Ribeirão Preto / 230 40 LP(80), H(40), G(40) Ciências Sociais / 232 210 LP(40), H(40), G(40) Filosofia / 246 170 LP(80), H(40), G(40) Geografia / 248 170 LP(40), H(40), G(40) História / 252 270 LP(40), H(40), G(40) Letras – Básico / 256 849 LP(80), H(40), G(40) Pedagogia – São Paulo / 268 180 LP(80), H(40) Pedagogia – Ribeirão Preto / 266 50 LP(80), H(40), G(40) Oficial da PM de São Paulo – Fem. / 262 15 LP(40) Oficial da PM de São Paulo – Masc. / 264 135 LP(40)

ÁREA DE BIOLÓGICAS

PROVAS DA 2ªFASE E CARREIRAS/CÓDIGO VAGAS RESPECTIVOS NÚMEROS

DE PONTOS

Ciências Biológicas – São Paulo / 404 120 LP(40), Q(40), B(40) Ciências Biológicas – Ribeirão Preto / 402 40 LP(40), Q(40), B(40) Ciências Biológicas – Piracicaba / 400 30 LP(40), Q(40), B(40) Medicina (São Paulo) e Ciências Médicas

(Ribeirão Preto) / 442 375 LP(40), F(40), Q(40), B(40) Educação Física – Bacharelado / 408 50 LP(40), F(40), B(40), H(40), A Esporte – Bacharelado / 428 50 LP(40), A, HE(40), B(40), Q(40) Enfermagem – São Paulo / 422 160 LP(40), B(40), Q(40) Enfermagem – Ribeirão Preto / 420 80 LP(40), Q(40), B(40) Engenharia Agronômica – Piracicaba / 424 200 LP(40), M(40), Q(40), B(40) Engenharia Florestal / 426 40 LP(40), M(40), Q(40), B(40) Cências dos Alimentos – Piracicaba / 406 40 LP(40), B(40), Q(40) Farmácia – Bioquímica – São Paulo / 432 150 LP(40), F(40), Q(40), B(40) Farmácia – Bioquímica – Ribeirão Preto / 430 80 LP(40), Q(40), B(40) Fisioterapia – São Paulo e Ribeirão Preto / 434 65 LP(40), F(40), Q(40), B(40) Fonoaudiologia – São Paulo / 440 75 LP(80), F(40), B(40) Fonoaudiologia – Bauru / 436 25 LP(40), F(40), Q(40), B(40) Fonoaudiologia – Ribeirão Preto / 438 30 LP(80), F(40), B(40) Medicina Veterinária / 444 80 LP(40), F(40), Q(40), B(40) Nutrição / 448 80 LP(40), F(40), Q(40), B(40) Nutrição e Metabolismo – Ribeirão Preto / 446 30 LP(40), F(40), B(40), Q(40) Odontologia – São Paulo / 454 133 LP(40), F(40), Q(40), B(40) Odontologia – Ribeirão Preto / 452 80 LP(40), F(40), Q(40), B(40) Odontologia – Bauru / 450 50 LP(40), F(40), Q(40), B(40) Psicologia – São Paulo / 458 70 LP(40), M(40), B(40), H(40) Psicologia – Ribeirão Preto / 456 40 LP(80), B(40), H(40) Terapia Ocupacional – S. Paulo e Rib. Preto / 460 45 LP(40), B(40), H(40) Zootecnia – Pirassununga – 462 40 LP(40), M(40), B(40), Q(40)

ÁREA DE EXATAS

PROVAS DA 2ªFASE E

CARREIRAS/CÓDIGO VAGAS

RESPECTIVOS NÚMEROS DE PONTOS

Engenharia, Computação e Matemática Computação – São Paulo; Engenharia São Paulo;

Matemática – (Bacharelado) – Matemática Aplicada e Computacional São Paulo / 608 870 LP(40), M(40), F(40), Q(40) Metemática e Física – São Paulo (Licenciatura) / 638 260 LP(40), M(40), F(40) Matemática (Bacharelado e Licenciatura), Matemática Aplicada e Computação Científica — São Carlos / 642 55 LP(40), M(40), F(40) Ciências Exatas – São Carlos (Licenciatura) / 634 50 LP(40), M(40) Computação – São Carlos /602 100 LP(40), M(40), F(40) Informática – São Carlos /632 40 LP(40), M(40), F(40) Informática Biomédica – Riberão Preto / 630 40 LP(40), M(40), F(40), B(40) Engenharia Civil – São Carlos / 620 60 LP(40), M(40), F(40) Engenharias – São Carlos (Elétrica com enfase em Eletrônica, Elétrica com enfase em Sistemas de Energia

e Automação, Mecânica, Produção Mecânica, Mecatrônica, Computação) / 624 280 LP(40), M(40), F(40) Engenharia Ambiental – São Carlos / 606 40 LP(40), M(40), F(40), Q(40) Engenharia Aeronáutica – São Carlos / 604 40 LP(40), M(40), F(40) Física – São Paulo e São Carlos (Bacharelado), Meteorologia e Geofísica, Matemática – (Bacharelado), Estatística e Matemática – São Paulo / 628 330 LP(40), M(40), F(40) Física Médica – Riberão / 626 40 LP(40), M(40), F(40) Ciêncas Geológicas e Ambientais / 600 50 LP(40), M(40), F(40), Q(40) Química (Bacharelado e Licenciatura) – São Paulo / 646 60 LP(40), M(40), F(40), Q(40) Licenciatura em Química – São Paulo / 648 30 LP(40), M(40), F(40), Q(40) Bacharelado em Química Ambiental — São Paulo / 650 30 LP(40), M(40), F(40), Q(40) Bacharelado em Química — São Carlos / 656 60 LP(40), Q(40) Química (Licenciatura) — Riberão Preto / 654 40 LP(80), Q(40) Engenharia de Alimentos — Pirassununga / 622 100 LP(40), M(40), F(40), Q(40) Oceanografia — São Paulo / 644 40 LP(40), M(40), B(40), Q(40) Licenciatura em Geociências e Educação Ambiental / 636 40 LP(40), B(40)

LEGENDA

LP — Língua Portuguesa H — História M — Matemática G — Geografia F — Física A — Aptidão

Q — Química HE— Habilidade Específica B — Biologia

SP – 35 R. Preto – 30

(3)

Uma enzima, extraída da secreção de um órgão abdominal de um cão, foi purificada, dissolvida em uma solução fisiológica com

pH 8 e distribuída em seis tubos de ensaio. Nos tubos 2, 4 e 6, foi adicionado ácido clorídrico (HC

l

), de modo a se obter um pH

final em torno de 2. Nos tubos 1 e 2, foi adicionado macarrão; nos tubos 3 e 4, foi adicionada carne; nos tubos 5 e 6, foi adicionada manteiga. Os tubos foram mantidos por duas horas à temperatura de 36°C. Ocorreu digestão apenas no tubo 1.

a) Qual foi o órgão do animal utilizado na experiência?

b) Que alteração é esperada na composição química da urina de um cão que teve esse órgão removido cirurgicamente? Por quê? c) Qual foi a substância que a enzima purificada digeriu?

Resolução:

a) O pâncreas.

b) Espera-se que ocorra a presença de glicose na urina desse animal. A retirada do pâncreas acarreta ausência de insulina, hormônio responsável pelo controle da glicemia. Nessas condições, haverá um excesso de glicose no sangue, que será eliminado pela urina.

c) A enzima digeriu o amido.

“Os genomas de dois parasitas que causam a esquistossomose foram seqüenciados, um passo que pode levar a vacinas para tratar e erradicar a doença. A esquistossomose causa mais enfermidade do que qualquer outra doença parasitária, com exce-ção da malária.”

(New Scientist, 20/09/03)

a) O que significa dizer que os genomas dos dois parasitas foram seqüenciados?

b) A que reinos de seres vivos pertencem os agentes causadores da malária e da esquistossomose? c) Qual é a maneira mais comum de uma pessoa contrair malária?

d) Como uma pessoa contrai esquistossomose?

Resolução:

a) Significa dizer que foram determinadas as seqüências de nucleotídeos dos DNAs dos dois parasitas.

b) O agente causador da malária — o protozoário plasmódio — pertence ao reino Protista. Os vermes causadores da esquistossomose fazem parte do reino Animal.

c) A malária é mais comumente adquirida através da picada de fêmeas de mosquitos anofelinos.

d) A esquistossomose é contraída pela penetração ativa de larvas (cercárias) através da pele, em ambientes de água doce.

Questão 2

Questão 1

B

B

B O

III L

O

O

L

L G

O

O

O IIIA

G

G

A

A

(4)

A figura abaixo esquematiza o coração de um mamífero.

a) Em qual das câmaras do coração, identificadas por A, B, C e D, chega o sangue rico em gás oxigênio? b) Em qual dessas câmaras chega o sangue rico em gás carbônico?

c) Qual dos vasos, identificados por I, II, III e IV, leva sangue do coração para os pulmões? d) Qual desses vasos traz sangue dos pulmões?

Resolução:

a) O sangue rico em gás oxigênio chega à câmara B (átrio esquerdo). b) O sangue rico em gás carbônico chega à câmara A (átrio direito).

c) O vaso III (artéria pulmonar) leva sangue venoso do coração para os pulmões. d) O vaso IV (veia pulmonar) traz sangue arterial dos pulmões ao coração.

Na figura, as curvas mostram a variação da quantidade relativa de gás oxigênio (O2) ligado à hemoglobina humana em

função da pressão parcial de O2(PO2), em pH 7,2 e pH 7,4. Por exemplo, a uma PO2de 104 mmHg em pH 7,4, como a

en-contrada nos pulmões, a hemoglobina está com uma saturação de O2de cerca de 98%.

a) Qual é o efeito do abaixamento do pH, de 7,4 para 7,2, sobre a capacidade de a hemoglobina se ligar ao gás oxigênio?

b) Qual é a porcentagem de saturação da hemoglobina por O2, em um tecido com alta atividade metabólica, em que a PO2

do sangue é de 14 mmHg e o pH 7,2, devido à maior concentração de gás carbônico (CO2)?

c) Que processo celular é o principal responsável pelo abaixamento do pH do sangue nos tecidos com alta atividade meta-bólica?

d) Que efeito benéfico, para as células, tem o pH mais baixo do sangue que banha os tecidos com alta atividade metabólica?

Questão 4

Questão 3

(5)

Resolução:

a) O abaixamento do pH reduz a capacidade de a hemoglobina ligar-se ao oxigênio.

b) Levando em consideração os dados apresentados pelo gráfico, a porcentagem de saturação da hemoglobina, nas condições propostas, será de aproximadamente 10%.

c) O processo é a respiração celular, que produz gás carbônico. A reação desse gás com a água leva ao abaixamento do pH. d) O efeito benéfico é o de favorecer a liberação de oxigênio pela hemoglobina para os tecidos.

O esquema representa dois neurônios contíguos (I e II), no corpo de um animal, e sua posição em relação a duas estruturas corporais identificadas por X e Y.

a) Tomando-se as estruturas X e Y como referência, em que sentido se propagam os impulsos nervosos através dos neurônios

I e II?

b) Considerando-se que, na sinapse mostrada, não há contato físico entre os dois neurônios, o que permite a transmissão do impulso nervoso entre eles?

c) Explique o mecanismo que garante a transmissão unidirecional do impulso nervoso na sinapse.

Resolução:

a) Os impulsos se propagam de Y para X.

b) A transmissão do impulso nervoso ocorre, na sinapse, graças à liberação de mediadores químicos (neurotransmissores) pelas terminações do axônio do neurônio II. Essas substâncias atuam nos dendritos (e não “dentritos”, como está na figura) do neurônio I.

c) A transmissão unidirecional na sinapse é garantida pelo fato de que as vesículas com neurotransmissores existem apenas nas terminações do axônio pré-sináptico.

O desenho mostra as estruturas de uma flor em corte longitudinal.

a) Identifique com a letra “A” a seta que aponta a estrutura da qual um inseto retira pólen.

b) Identifique com a letra “B” a seta que aponta a estrutura na qual o grão de pólen inicia o desenvolvimento do tubo polínico. c) Identifique com a letra “C” a seta que aponta a estrutura que irá se desenvolver dando origem ao fruto.

d) Identifique com a letra “D” a seta que aponta a estrutura em que ocorre a união de gametas masculino e feminino e que dará origem à semente.

Questão 6

Questão 5

(6)

Resolução:

a) O esquema mostra, de maneira simplificada, o ciclo de que elemento químico? b) Que informação, dada pelo esquema, permite identificar esse elemento químico?

c) Cite duas classes de macromoléculas presentes nos seres vivos, que contenham esse elemento químico.

Resolução:

a) O elemento químico é o nitrogênio.

b) O fato de as bactérias, no esquema, retirarem esse elemento da atmosfera e o transferirem aos vegetais é indicador de um processo de fixação biológica, seguido de seu fornecimento às plantas numa forma aproveitável.

c) Podemos citar as proteínas e os ácidos nucléicos.

Num ambiente aquático, vivem algas do fitoplâncton, moluscos filtradores, peixes carnívoros e microrganismos decompo-sitores.

Considerando um átomo de carbono, desde sua captura como substância inorgânica até sua liberação na mesma forma, depois de passar por forma orgânica, indique:

a) a substância inorgânica que é capturada do ambiente, a maior seqüência de organismos nessa comunidade, pela qual esse átomo passa e a substância inorgânica que é liberada no ambiente;

b) os processos que um único ser vivo, dessa comunidade, pode realizar para capturar e eliminar esse átomo.

Resolução:

a) A substância inorgânica capturada do ambiente é o gás carbônico. A maior seqüência de organismos é a descrita no texto — fitoplâncton, moluscos filtradores, peixes carnívoros e microrganismos decompositores. A substância inorgânica libe-rada no ambiente, é também, o gás carbônico.

Observação: é preciso destacar que os microrganismos decompositores, na realidade, recebem carbono dos restos de

qualquer um dos componentes da comunidade citada.

Questão 8

Questão 7

A

B

D

C

(7)

b) Considerando a captura e a liberação desse átomo como constituinte de uma substância inorgânica, os processos são a

fotossíntese e a respiração, realizados pelo fitoplâncton.

As três cores de pelagem de cães labradores (preta, marrom e dourada) são condicionadas pela interação de dois genes autossômicos, cada um deles com dois alelos: Ee e Bb. Os cães homozigóticos recessivos ee não depositam pigmentos nos pêlos e apresentam, por isso, pelagem dourada. Já os cães com genótipos EE ou Ee apresentam pigmento nos pêlos, que pode ser preto ou marrom, dependendo do outro gene: os cães homozigóticos recessivos bb apresentam pelagem marrom, enquanto os com genótipos BB ou Bb apresentam pelagem preta.

Um labrador macho, com pelagem dourada, foi cruzado com uma fêmea preta e com uma fêmea marrom. Em ambos os cruza-mentos, foram produzidos descendentes dourados, pretos e marrons.

a) Qual é o genótipo do macho dourado, quanto aos dois genes mencionados? b) Que tipos de gameta e em que proporção esse macho forma?

c) Qual é o genótipo da fêmea preta? d) Qual é o genótipo da fêmea marrom?

Resolução:

a) O genótipo do macho é eeBb.

b) O macho forma gametas eB e eb, em proporções iguais (50% de cada). c) O genótipo da fêmea preta é EeBb.

d) O genótipo da fêmea marrom é Eebb.

Bactérias (Escherichia coli) foram cultivadas durante várias gerações em um meio de cultura na qual toda a fonte de

nitro-gênio era o isótopo pesado 15N.

De uma amostra dessas bactérias (amostra A), extraiu-se o DNA que foi submetido a uma técnica de centrifugação que permite separar moléculas de DNA de acordo com sua densidade. O restante das bactérias foi transferido para um meio de

cultura em que todo o nitrogênio disponível era o isótopo normal 14N. Retirou-se uma segunda amostra (amostra B), quando

as bactérias completaram uma divisão celular nesse novo meio e uma terceira amostra (amostra C), quando as bactérias completaram duas divisões celulares. O DNA das bactérias das amostras B e C foi também extraído e centrifugado.

A figura mostra o resultado da centrifugação do DNA das três amostras de bactérias.

a) Por que, na amostra B, todo o DNA tem uma densidade intermediária entre o que é constituído apenas por 14N e o que

contém apenas 15N?

b) Considerando que, na amostra C, a quantidade de DNA separada na faixa inferior é X, que quantidade de DNA há na faixa superior?

Resolução:

a) Sendo a duplicação do DNA semiconservativa, todas as moléculas presentes na amostra B terão uma fita com nitrogênio pesado (15N) e uma fita com nitrogênio normal (14N).

b) Haverá, na faixa superior, uma quantidade de DNA igual à da faixa inferior, ou seja, X.

Questão 10

Questão 9

(8)

Considerando a rede mundial de computadores, inovação tecnológica contemporânea das mais importantes, explique as afir-mações.

a) A integração econômica global é facilitada pelo uso das mesmas técnicas... b) … contudo, integrar não significa incluir a todos.

Resolução:

a) A integração econômica global é facilitada pelo uso da rede mundial de computadores, pois essa tecnologia permite a co-municação e a troca de dados entre instituições financeiras, investidores, empresas e organismos estatais de forma rá-pida e precisa. A aceleração das comunicações facilita as relações comerciais, amplia os fluxos financeiros e elimina as barreiras das fronteiras nacionais, contribuindo para o processo de globalização.

b) O processo de integração favoreceu sobremaneira os grupos econômicos e sociais que já estavam em um patamar de or-ganização mais elevado e, ao mesmo tempo, ampliou o processo de exclusão social e informacional daqueles grupos mais pobres e menos preparados para o impacto da tecnologia. Isso significa que o processo de globalização não inclui toda a população do planeta, servindo para ampliar as disparidades sócio-econômicas preexistentes.

Analise o mapa.

a) Descreva o mapa.

b) Explique as diferenças regionais.

Resolução:

a) No continente africano, observam-se elevados índices de subnutrição (acima de 30% da população), concentrados, sobre-tudo, na porção denominada África subsaariana, localizada ao sul do deserto do Saara. Os países com menores índices de subnutrição do continente concentram-se em três regiões: Meridional, Ocidental (também conhecida como Golfo da Guiné) e Setentrional.

b) As três regiões com menores índices de subnutrição destacam-se por apresentar países com a melhor estrutura econô-mica do continente, baseada, principalmente, na agricultura de plantation e na exportação de minérios e petróleo. Os ín-dices econômicos mais expressivos facilitam os investimentos sociais e o combate mais eficaz de problemas como a subnu-trição. Os países com os mais elevados índices de subnutrição do continente apresentam economias extremamente frá-geis, amplamente ligadas à agricultura de subsistência. Outro flagelo que assola vários países desse grupo são as guerras civis que opõem diferentes grupos étnicos, somadas, muitas vezes, à deficiente estrutura política. Tudo isso resulta em ciclos aparentemente intermináveis de golpes e contra-golpes de Estado.

Apresente e explique uma característica

a) dos primórdios da industrialização na Europa. b) dos novos espaços industriais europeus.

Questão 03

Questão 02

Questão 01

A

A

A

R

R

R

III

A

A

A

O

O

O

G

G

G

F

F

F

E

E

E

G

G

G

(9)

Resolução:

a) Uma das características fundamentais da industrialização européia, em seus primórdios, era a sua grande dependência de energia térmica, já que a maior parte da produção dependia das máquinas a vapor. Como conseqüência, a localização das indústrias estava fortemente atrelada à presença do minério de carvão, a principal fonte de energia da época. Marcas desse passado podem ainda ser encontradas no espaço geográfico europeu, em zonas industriais antigas, onde ainda podem ser encontradas algumas produções tradicionais, como siderurgia e tecelagem.

b) Os novos espaços industriais europeus caracterizam-se pela alta tecnologia, marcada pela robotização das linhas de pro-dução e intenso uso de informática. Dessa forma se libertaram da amarra representada pela dependência do carvão e se desenvolveram influenciados por outros fatores, tais como proximidade de centros de pesquisa e desenvolvimento de tecno-logias, facilidade de transportes e presença de mão-de-obra especializada.

No livro Xogun (James Clavel, 1986), ficção ambientada no século XVI, existe uma passagem na qual o navegador inglês Blackthorne, recém-chegado ao Japão, fez um mapa-mundi na areia, tentando explicar ao líder Toranaga o lugar de onde veio, o caminho que percorreu, cruzando o Oceano Atlântico, passando pelo extremo sul do continente americano, cruzando o Oceano Pacífico, até chegar à ilha do Japão. Blackthorne conta a Toranaga que conseguiu um portulano português, uma espécie de

mapa secreto, para poder passar pelo estreito de Magalhães. Toranaga quis continuar a conversa, pois ficou impressionado com

a importância dos portulanos e com o tamanho diminuto do Japão. Percebeu imediatamente que Blackthorne tinha informações interessantes a ele.

Inspirando-se na passagem relatada,

a) explique como a localização geográfica continua sendo conhecimento estratégico para a geopolítica contemporânea. b) associe o texto e a explicação à situação atual da Palestina.

Resolução:

a) O conhecimento da localização geográfica das diferentes áreas de um território funciona como instrumento de planeja-mento para a sua defesa ou ocupação bélica. Entre essas áreas, podem-se citar alguns estreitos com intensos fluxos comerciais, mananciais, locais ricos em recursos minerais e energéticos, cidades, estradas, pontes, hidroelétricas, etc. b) O texto retrata a importância do conhecimento do espaço geográfico estratégico e de seu mapeamento preciso. No caso

da Palestina, há uma desigual capacidade de reconhecimento do espaço geográfico e de seu mapeamento, já que Israel tem acesso a tecnologia cartográfica de qualidade superior à de que dispõem os palestinos. A falta de limites precisos para a Palestina é um dos fatores que fomenta a discórdia entre israelenses e palestinos. Na atualidade a Palestina é uma região com delimitações determinadas de diferentes formas, segundo os grupos que a cartografam, o que contribui para o agravamento dos conflitos na região.

Observe os mapas de Ocorrência de Endemias:

Relacione as condições geográficas com a ocorrência das doenças representadas nos mapas.

Questão 05

Questão 04

(10)

Resolução:

Malária e aids são doenças infecciosas cujas causas são bem diferentes. A malária é uma infecção comum em grande parte da chamada Amazônia legal. Nessa região, de clima quente e úmido e densa vegetação, fatores naturais favorecem a presença de mosquitos, principalmente do gênero Anopheles, transmissor desta doença, o que potencializa sua incidência. Já o maior número de casos de aids ocorre no Centro-Sul do país, fato associado à grande concentração humana e à falta de informação sobre a doença.

O processo de globalização econômica e financeira envolve, de diferentes formas, vários países. Com base nessa afirmação: a) Aponte uma característica positiva e outra negativa desse processo em relação ao Brasil.

b) Explique-as.

Resolução:

a) Entre as diversas características positivas do processo de globalização econômica em relação ao Brasil, pode-se citar: o au-mento da entrada de capitais externos, seja na forma de investiau-mentos de risco ou diretos no contexto produtivo, seja na forma de crédito, para ampliação e modernização de inúmeros setores de atividade. Entre as características negativas, pode-se citar: o aumento do volume de envio de valores monetários para o exterior, tanto na forma de remessa de lucros, como na forma de juros.

b) Com a intensificação do processo de globalização, a economia brasileira internacionalizou-se ainda mais, o que fez aumentar a entrada de capitais no país. Já o crescimento do volume de valores monetários enviados para o exterior foi conseqüência do aumento da participação relativa das empresas de origem estrangeira sediadas no Brasil, o que se refletiu na elevação das remessas de lucros e pagamentos de juros.

Nos climas tropicais úmidos, são comuns os solos espessos. Entretanto, alguns fatores naturais podem mudar essa tendência geral. Observe a figura abaixo, representativa dessas áreas.

a) Cite dois fatores que causam a diferença de espessura do solo entre o perfil I e II. b) Explique um dos fatores citados.

Resolução:

a) Entre os diversos fatores que causam a diferença de espessura entre os dois perfis apresentados, destacam-se: 1º— o processo erosivo, que no perfil I é mais intenso que no perfil II;

2º— o processo de infiltração de água no solo, que no perfil II é mais intenso que no perfil I.

b) A topografia mais acidentada do perfil I, marcada pela existência de um acentuado declive, explica por que nele o processo erosivo ocorre com maior intensidade. Tal processo, em áreas de clima tropical úmido, cujo nível de precipitação é elevado, é intensificado pelas águas pluviais.

Questão 07

Questão 06

(11)

a) Identifique as duas maiores áreas urbanas da região Norte do país.

b) Apresente e explique uma característica física e uma característica econômica de cada área citada.

Resolução:

a) As duas maiores áreas urbanas da região Norte do país são: Belém (PA) e Manaus (AM).

b) A região de Manaus está localizada em uma área cercada pela floresta equatorial latifoliada, de clima quente e úmido, na planície amazônica. Sua importância econômica deve-se à implantação da Zona Franca, que acabou atraindo uma série de indústrias e serviços que colaboraram para a rápida urbanização, transformando essa área em uma metrópole regional. Assim como Manaus, Belém está em uma região onde predomina a floresta amazônica, o clima equatorial e um relevo baixo, junto ao litoral do Atlântico. Na economia, destaca-se como um corredor de exportação para os produtos agroextrativistas, além de contar com elevada produção industrial de alumínio.

Observe o cartograma e a figura abaixo.

a) Identifique e caracterize o ecossistema aqui representado, quanto aos aspectos físicos, relacionando-os à formação vegetal e à fauna.

b) Apresente uma atividade humana que degrada este ecossistema para as regiões 1 e 2.

Resolução:

a) O ecossistema representado é o manguezal, uma formação vegetal tropical que ocorre em reentrâncias litorâneas baixas, submetidas às variações de maré. Seu solo é escuro e lamacento, com grande presença de matéria orgânica. A vegetação é composta de pequenas árvores que, na maioria dos casos, apresentam raízes aéreas. Também encontramos bromélias, liquens e algas. A fauna é composta principalmente de caranguejos e ostras, além de camarões, siris e moluscos. b) A principal atividade humana que degrada este ecossistema, nas regiões 1 e 2 apresentadas no cartograma, é o processo de

ur-banização, responsável pelo desmatamento dessas áreas, bem como pela deposição de lixo e pelo lançamento de esgotos.

Questão 09

Questão 08

(12)

“Evidentemente que hoje a reforma agrária que sonhamos não é mais a reforma agrária clássica capitalista (...). Hoje, o desenvolvimento das forças produtivas na agricultura e na sociedade e o modelo agrícola que foi adotado exigem o que cha-mamos de reforma agrária de novo tipo (...) em que não é mais suficiente apenas dividir a terra, lotear em parcelas e botar o pobre em cima e que se vire. Cinqüenta anos atrás, ele se viraria, mas hoje não consegue mais”.

João Pedro Stedile, um dos coordenadores nacionais do MST. Entrevista à revista Caros Amigos, n. 18, p. 05, Set 2003.

Caracterize essa “reforma agrária de novo tipo” a que o texto se refere.

Resolução:

O que se denomina no texto de “reforma agrária de novo tipo” é a perspectiva de uma nova forma de distribuição das propriedades rurais, que atenda a três grandes objetivos. O primeiro é o de satisfazer as necessidades sociais básicas do ho-mem do campo, como alimentação, habitação, saúde e educação. O segundo é o de solucionar parte dos problemas econômicos do agricultor, permitindo sua evolução para uma melhor situação de bem-estar. O terceiro é o de inserir essa nova área produ-tora no contexto da economia nacional, a fim de aumentar a produção agrícola e a renda regional, gerando um dinamismo que se distribua por toda a comunidade.

Para que tal modificação se concretize, é preciso que, além de se dividir a terra, loteá-la em parcelas e instalar o agricultor para cultivá-la, implante-se também uma política de efetivo apoio à pequena e média agricultura. Para isso, é necessária a adoção de numerosas medidas, como, por exemplo: criação de um sistema de crédito agrícola específico para esse segmento, instalação de infraestrutura de escoamento rápido até os principais mercados consumidores da região, adequado sistema de armazenamento para equilibrar a distribuição nos períodos de entressafra e implementação de um sistema de acesso universal às novas tecnologias envolvidas com a produção agrícola.

Dessa forma, a reforma agrária poderá realmente ser um elemento de transformação do campo, constituindo-se num novo modelo de se fazer agricultura no país, eficiente social, política e economicamente.

Questão 10

(13)

É muito possível que essa prova, pela relativa facilidade das questões propostas, não contribua como deveria para sele-cionar, de forma efetiva, os melhores candidatos às carreiras biológicas. Além disso, há algumas imprecisões em esquemas e legendas. Por exemplo, a ilustração do coração na questão 3 mostra uma parede ventricular direita mais espessa do que a esquerda; o que ocorre, na verdade, é o inverso. No esquema da questão 5, o termo correto deveria ser “dendrito”, e não “dentrito”.

O exame foi de excelente qualidade. As questões, além de claras e precisas, exigiram conhecimento geográfico abrangente e de grande importância para a disciplina. Outro aspecto positivo foi o largo uso de ilustrações, absolutamente integradas ao sig-nificado das formulações.

Em resumo, a Fuvest mostrou ser possível fazer uma boa avaliação apoiada no uso de questões sem rebuscamento e com-plexidades desnecessárias.

Geografia

Biologia

T

T

T

N

N

N

E

E

E

M

M

M

Á

Á

Á

O

O

OS

S

S

O

O

O

C

C

C

R

R

R

III

Imagem

Referências