Energia solar

Top PDF Energia solar:

Estimativa da radiação solar global diária em função do potencial de energia solar na superfície do solo

Estimativa da radiação solar global diária em função do potencial de energia solar na superfície do solo

Tanto a precisão, expressa pela dispersão dos dados em torno da reta de tendência, como também a exatidão das estimativas, representada pela flutuação dos dados ao redor da linha de 45 o em um gráfico do tipo 1:1, foram consideravelmente elevadas (Figura 1). Ao contrário do que foi observado por Pereira & Villa Nova (1998), Villa Nova & Pereira (1997) e Pereira et al. (1998), o modelo subestima ligeiramente os valores de potencial de energia solar diário para o município de Ponta Grossa, PR. A validação do modelo proposto foi efetuada levando-se em conta um novo conjunto de dados radiométricos independentes (Figura 2). Portanto, a dispersão dos pares ordenados, obtidos pelo confronto entre medidas e estimativas a partir da série radiométrica não considerada na proposição do modelo, é muito pequena, o que se confirma estatisticamente pelos coeficientes de determinação de 0,898 e pelos índices d e c de 0,961 e 0,911, respectivamente. Tal fato reforça a viabilidade de utilização da metodologia proposta no local em estudo.
Mostrar mais

6 Ler mais

Desenvolvimento de um kit didático de energia solar fotovoltaica

Desenvolvimento de um kit didático de energia solar fotovoltaica

Após a concretização de todas as ações e tarefas que foram desenvolvidas no período temporal inferior a 1 ano e após a entrega da presente dissertação de mestrado, os próximos objetivos passam pela criação formal da empresa e pela obtenção do estatuto de spin-off da Universidade do Minho. Existem fortes perspetivas para que seja possível desenvolver um número acrescido de produtos semelhantes ao que foi desenvolvido na presente dissertação de modo a se poder obter alcançar um alargamento da oferta disponível para o mercado. Uma outra grande expectativa passa pela implementação de ações que acelerem uma entrada a curto prazo no mercado nacional de modo a se poder dar um contributo acrescido à melhoria do ensino da ciência e tecnologia nas escolas secundárias, de formação profissional e até eventualmente nas universidades portuguesas, Nos próximos meses serão realizados testes piloto com o protótipo do kit didático de energia solar FV nas escolas secundárias da região de Braga, de modo a aferir a recetibilidade por parte de alunos, professores e outros responsáveis das escolas. A adoção desta estratégia, não só permitirá identificar eventuais inconformidades existentes no sistema desenvolvido, mas também permitirá melhorar o equipamento com o intuito de se produzirem melhores e mais conteúdos pedagógicos associados à temática das energias renováveis. A entrada no mercado está prevista acontecer no ano de 2018.
Mostrar mais

102 Ler mais

VIABILIDADE DA ENERGIA SOLAR NA UNICAMP.

VIABILIDADE DA ENERGIA SOLAR NA UNICAMP.

energia solar, considera-se que o computador está ligado e dependendo diretamente da energia advinda da placa solar, e que a energia que ela obtém é constante e igual a sua média. Dessa forma, uma máquina de consumo igual à potência fornecida pela placa, 120W, poderia trabalhar por 7 horas, tempo médio considerado no caso da iluminação pública. Os gastos seriam: o preço da placa e o de 30% de um conversor, já que neste mesmo ainda se pode ligar mais 280W, totalizando R$2.060,80. A economia de energia gerada seria equivalente a 840Wh por dia, ou seja, 25,2kWh por mês. Com o custo médio da UNICAMP para luz, recuperaría-se o investimento em 32 anos e 5 meses. E com o custo super estimado, em 13 anos e 7 meses.
Mostrar mais

6 Ler mais

Adoção da energia solar fotovoltaica em hospitais: revisando a literatura e algumas experiências internacionais.

Adoção da energia solar fotovoltaica em hospitais: revisando a literatura e algumas experiências internacionais.

Mostofi e colaboradores (2011) propuseram a utilização de um sistema híbrido que incorpora a conversão de energia solar fotovoltaica para o for- necimento de energia renovável e cogeração para melhorar a eficiência. A energia fotovoltaica reduz o tempo de execução para a cogeração atender a carga, suprindo o horário de pico ou em condições meteorológicas adversas. Esta simbiose operacional foi ilustrada no estudo de um sistema fotovoltaico híbrido e cogeração no Hospital Taleghani, em Teerã (Irã). O resultado mostrou que a quantidade total de gás natural necessária para assegurar as necessidades do hospital poderiam ser reduzidas de 55% a 62%. Essa melhora significativa no consumo de gás natural ilustra o potencial da energia solar fotovoltaica e sistemas de cogeração em larga escala.
Mostrar mais

6 Ler mais

Caracterização de filmes poliméricos para conversão de energia solar em energia eléctrica

Caracterização de filmes poliméricos para conversão de energia solar em energia eléctrica

Os polímeros são materiais de grande interesse científico e tecnológico já que podem ser utilizados no desenvolvimento de dispositivos para aplicação em electrónica e fotónica. Tendo em conta a sua aplicação em dispositivos de conversão de energia solar em energia eléctrica, o estudo das propriedades eléctricas e ópticas de filmes destes materiais, quando irradiados por radiação ultravioleta e visível, é fundamental. Neste trabalho caracterizaram-se as propriedades eléctricas e ópticas de filmes finos obtidos pelas técnicas de derramamento e de camada-por-camada (Layer-by- Layer (LbL)) obtidos a partir do poli(cloreto de xilideno tetrahidrotiofeno) (PTHT) que após aquecimento é convertido em poli(p-fenileno vinileno) (PPV). Assim, e através da técnica de derramamento, foram preparados filmes sobre suportes sólidos com eléctrodos interdigitais de forma a proceder à medição da condutividade em modo de corrente alternada (AC), isto é, à medição da resistência e da capacidade em função da frequência. Verificou-se, portanto, que a presença de luz leva à formação de portadores de carga, ou seja, na presença de luminosidade os filmes apresentam uma menor capacitância e resistência, para além de degradar o material. Esta degradação foi verificada, também, a partir da espectrofotometria de Ultravioleta-Visível (UV-Vis) e de infravermelho (IV). Medições de condutividade de volume, isto é, colocando os filmes entre eléctrodos paralelos de funções de trabalho diferentes, permitiram traçar as curvas características e verificar que os dispositivos obtidos se comportam como díodos. Recorreu-se, também, a técnicas de espectrofotometria de ultravioleta do vácuo (VUV) e UV-Vis para caracterizar filmes LbL obtidos a partir do PTHT e de um polieletrólito comum o poli(estireno sulfonado) (PSS) antes e após aquecimento. Os espectros obtidos, após análise dos picos, mostram que a técnica de VUV é a técnica indicada para analisar a conversão do PTHT em PPV. Este trabalho permitiu concluir que as propriedades eléctricas e ópticas destes filmes, estão dependentes da presença de luminosidade, de oxigénio e da humidade relativa pelo que dispositivos obtidos a partir deste polímero devem ser, sempre, encapsulados.
Mostrar mais

87 Ler mais

Desenvolvimento de um motor stirling movido a energia solar como fonte geradora de eletricidade / Development of a solar powered stirling engine as a source of electricity

Desenvolvimento de um motor stirling movido a energia solar como fonte geradora de eletricidade / Development of a solar powered stirling engine as a source of electricity

Atualmente, pesquisas estão sendo realizadas para melhorar a tecnologia do motor stirling, são criados motores de variados tamanhos e configurações, que são alimentados por diferentes tipos de combustíveis. Nesse tópico iremos apresentar como foi a montagem e desenvolvimento do projeto, será explicado de uma forma sucinta a metodologia utilizada para a montagem do projeto do motor stirling gama movido a energia solar de pequeno porte.

13 Ler mais

A ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA  Deilton Ribeiro Brasil

A ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA Deilton Ribeiro Brasil

Inatomi e Udaeta (2008) apontam os seguintes impactos ambientais negativos da fonte de energia solar: a) emissões associadas à produção de energia necessária para os processos de fabricação, transporte, instalação, operação, manutenção e descomissionamento dos sistemas; b) emissões de produtos tóxicos durante o processo da matéria prima para a produção dos módulos e componentes periféricos, tais como ácidos e produtos cancerígenos, além de CO 2 , SO 2 , NOx, e particulados; c) ocupação de área para implantação do projeto e possível perda de habitat, se não for possível que os sistemas fotovoltaicos utilizem áreas e estruturas já existentes, como telhados, fachadas, etc.; d) impactos visuais, minimizados em função da escolha de áreas não sensíveis; e) riscos associados aos materiais tóxicos utilizados nos módulos fotovoltaicos (arsênico, gálio e cádmio) e outros componentes, ácido sulfúrico das baterias (incêndio, derramamento de ácido, contato com partes sensíveis do corpo); f) necessidade de se disporem e reciclarem corretamente as baterias e outros materiais tóxicos contidos nos módulos fotovoltaicos e nos componentes elétricos e eletrônicos.
Mostrar mais

27 Ler mais

Prospecção tecnológica de células fotovoltaicas para energia solar

Prospecção tecnológica de células fotovoltaicas para energia solar

A energia solar apresenta-se como uma excelente alternativa para a geração de energia limpa e renovável. Esta dissertação tem como objetivo identificar as tendências tecnológicas das células fotovoltaicas para energia solar. A pesquisa caracteriza-se, em relação à natureza, como sendo aplicada; em relação à abordagem, é quali-quantitativa; no que tange aos objetivos, é exploratória e descritiva; concernente ao procedimento metodológico é considerada uma pesquisa bibliográfica com um estudo de caso caso no setor de energia solar fotovoltaica. O desenvolvimento desta pesquisa iniciou-se com uma revisão bibliográfica sobre energia solar fotovoltaica e prospecção tecnológica. Em seguida, conduziu-se o mapeamento tecnológico das células fotovoltaicas para energia solar por meio da análise de artigos e de patentes. Posteriormente foi realizada a prospecção tecnológica das células fotovoltaicas para energia solar através do Método Delphi, bem como a construção do mapa atual e futuro das tecnologias das células fotovoltaicas, para os cenários atual, ano 2020 e ano 2025. Os resultados desta pesquisa apontam que as tecnologias consideradas maduras (silício mono e multicristalino) continuarão sendo viável técnica-comercialmente dentro do período prospectado (2020 - 2025). Outras tecnologias que atualmente são viáveis (silício amorfo, telureto de cádmio e seleneto de cobre índio/Cobre, índio e gálio-disseleneto), poderão não apresentar esta mesma condição em 2025. Já as células de nanofios de silício, sensibilizadas por corante e as baseadas em nanoestrutura de carbono, que nos dias atuais não são viável técnica-comercialmente, poderão fazer parte do mapa futuro das tecnologias fotovoltaicas para energia solar.
Mostrar mais

136 Ler mais

A ENERGIA SOLAR E A UTILIZAÇÃO RACIONAL DE ENERGIA EM EDIFÍCIOS DE ACORDO COM OS REGULAMENTOS EM VIGOR

A ENERGIA SOLAR E A UTILIZAÇÃO RACIONAL DE ENERGIA EM EDIFÍCIOS DE ACORDO COM OS REGULAMENTOS EM VIGOR

O Regulamento das Características do Comportamento Térmico dos Edifícios (RCCTE, 2006) atribui uma enorme importância à energia solar térmica, que praticamente impõe a obrigatoriedade da sua instalação em todos os novos edifícios desde que haja condições para tal, isto é, que seja possível uma orientação dos painéis no sector entre SW e SE, e acentua essa importância no cálculo das necessidades de energia primária que é utilizado para definir a classe energética dos edifícios. Nesta formulação, as necessidades de Águas Quentes Sanitárias (AQS) têm um peso de 100%, enquanto que as necessidades de aquecimento e arrefecimento apenas entram com uma ponderação de 10% cada.
Mostrar mais

133 Ler mais

APLICAÇÃO DE MATERIAIS ALTERNATIVOS PARA O USO DA ENERGIA SOLAR

APLICAÇÃO DE MATERIAIS ALTERNATIVOS PARA O USO DA ENERGIA SOLAR

Com a ênfase dada à questão ambiental, que atinge caráter de imprescindibilidade quando se busca meios de amenizar os efeitos do nefasto aquecimento global, o mundo desenvolvido prioriza a utilização das energias limpas e renováveis. Nesse contexto a energia solar tem merecido um destaque especial, com todos os países criando programas de incentivo a sua utilizando, abrindo linhas de financiamento com baixas taxas de juros e subsidiando os preços de aquisição de tais equipamentos (TRENDS IN RENEWABLE ENERGIES, 2006; YAKOV, 2000).

12 Ler mais

Conservação de energia: uma ferramenta para analisar o aproveitamento de energia solar em instalações residenciais

Conservação de energia: uma ferramenta para analisar o aproveitamento de energia solar em instalações residenciais

No Brasil, devido ao forte crescimento da demanda de energia elétrica nas últimas décadas e com a necessidade de atender a esta procura, torna-se indispensável a inclusão no sistema elétrico brasileiro de programas de eficiência energética e a utilização de fontes alternativas de energia, pois com a construção de novas hidrelétricas e termoelétricas para atender o consumidor, ocorre inundações de grandes áreas e diminuição da emissão de gases para a atmosfera, o que causa fortes impactos ambientais. O uso de fontes alternativas também diminui a dependência do Brasil de combustíveis fósseis, pois futuramente ocorrerá o esgotamento de reservas naturais no país, tendo a necessidade de importar energia, o que elevará os preços das tarifas de energia elétrica. Para que haja a conservação de energia proveniente de fontes tradicionais e incentivar a implantação de energia solar no sistema elétrico brasileiro, desenvolveu-se um programa que analisa a viabilidade técnico-econômica de inclusão do sistema fotovoltaico e fototérmico ao sistema tradicional de distribuição de energia nas diversas regiões do Brasil em residências, pois é o setor que possui um maior potencial de economia de energia. O programa é uma ferramenta de fácil manuseio, de acesso rápido que permitem tomadas de decisões rápidas e seguras quanto à implantação de energia solar por parte do consumidor, além de fornecer em qual região é mais viável essa implantação.
Mostrar mais

119 Ler mais

Energia solar fotovoltaica uma alternativa viável? / Photovoltaic solar energy a viable alternative?

Energia solar fotovoltaica uma alternativa viável? / Photovoltaic solar energy a viable alternative?

Segundo Lakatos (2018), a entrevista é uma técnica de pesquisa que permite um contato direto com o objeto investigado, representando um dos instrumentos básicos para a coleta dos dados da pesquisa empírica, permitindo obter dados relevantes e significativos que não se encontram em fontes documentais. Durante a entrevista, além das informações prestadas pelo engenheiro da empresa, foi apresentado um projeto de orçamento para implantação do sistema de energia solar na Faculdade de Administração e Ciências Contábeis de Cachoeiro de Itapemirim – FACCACI. Assim, a entrevista mais a análise orçamentária possibilitou uma compreensão clara e real sobre a viabilidade econômica da instalação do sistema naquela instituição de ensino.
Mostrar mais

20 Ler mais

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA: UMA PROPOSTA PARA MELHORIA DA GESTÃO ENERGÉTICA

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA: UMA PROPOSTA PARA MELHORIA DA GESTÃO ENERGÉTICA

É a energia proveniente do sol, considerada uma alternativa energética muito promissora para enfrentar os desafios da expansão da oferta de energia com menor impacto ambiental. As aplicações práticas da energia solar podem ser divididas em duas principais tecnologias: os Sistemas Fotovoltaicos (FV) que transformam luz solar em eletricidade através de Painéis Fotovoltaicos, e podem ser isolados ou integrados à rede; e os Sistemas Heliotérmicos que usam o calor do sol para gerar eletricidade em plantas de geração térmica (COMETTA, 2008), como por exemplo, a Gemasolar, projeto da Torresol Energy, que consiste em uma usina solar a base de sal localizada na Espanha.
Mostrar mais

19 Ler mais

Obstáculos à utilização da energia solar residencial em Fortaleza

Obstáculos à utilização da energia solar residencial em Fortaleza

Foi analisado nesse trabalho o quanto que a energia proveniente do sol não está sendo aproveitado em Fortaleza, principalmente em residências, e o motivo da não utilização da mesma. Portanto, este trabalho busca identificar obstáculos que dificultam a instalação de painéis solares residenciais em Fortaleza. Considerando a existência de outras fontes de energias, a notável insatisfação dos usuários da energia elétrica de Fortaleza, pelos preços abusivos e pela falta de manutenção de equipamentos por parte da concessionária, surge a seguinte indagação: O que está bloqueando o uso da energia solar nas residências em Fortaleza? Tem-se como objetivo geral da presente pesquisa, analisar os principais obstáculos à difusão da tecnologia solar nas residências em Fortaleza, no Estado do Ceará, sob o ponto de vista de alunos de graduação. A presente pesquisa, do ponto de vista de sua natureza é caracterizada como aplicada. Do ponto de vista de seus objetivos, a pesquisa é caracterizada como descritiva e explicativa. O tipo de instrumento para a coleta de dados é caracterizado por um questionário composto por 15 perguntas, aplicadas a uma amostragem composta por 100 respondentes da FEAAC/UFC. Considerando que os altos custos são os maiores empecilhos para expansão do uso de energia solar na referida cidade, afirma-se serem necessários maiores incentivos do governo e auxílio no financiamento de materiais, além da redução de custos desses equipamentos. Sugere-se, ainda, a realização de educação ambiental junto a alunos dos cursos de graduação, visando-se torná-los divulgadores e conscientizadores da importância do uso de energia solar para o futuro do planeta.
Mostrar mais

107 Ler mais

Desenvolvimento de um chiller usando como fonte de calor a energia solar

Desenvolvimento de um chiller usando como fonte de calor a energia solar

A fonte de calor do sistema em estudo é a água aquecida em coletores solares através da energia solar. O coletor solar idealizado pela empresa que propôs este estudo, é um protótipo inovador composto por tubos alhetados forrados por um isolamento de lona de borracha com película de alumínio, designado de manta asfáltica. Este material é uma manta estruturada com poliéster pré- estabilizado ou filme de polietileno de alta densidade, protegida na face exposta com um filme de alumínio com alta resistência aos raios UV e grande flexibilidade, apresentando ainda refletância cujos valores podem ir até 93% [58]. O coletor tem ainda a particularidade de, através do auxílio de cordas solidárias com uma estrutura metálica, seguir a trajetória do sol durante o dia, maximizando assim a captação de radiação solar. Para cálculos futuros, e como o coletor apenas se encontra na fase de projeto, vai considerar-se que o coletor a utilizar no projeto será do tipo plano com cobertura seletiva, que é capaz de atingir temperaturas de aproximadamente 80°C [43].
Mostrar mais

134 Ler mais

Desempenho de sistemas de condicionamento de ar com utilização de energia solar em...

Desempenho de sistemas de condicionamento de ar com utilização de energia solar em...

Para a realidade brasileira, da mesma forma, a utilização de energia solar também pode ser considerada interessante. De fato, em consonância com o avanço em escala mundial, a energia solar no Brasil tem sido também considerada com bastante relevância e possui perspectivas otimistas com relação a sua expansão. Primeiramente, deve-se ter em conta a abundância do recurso solar em terras brasileiras, isto é, que os níveis de radiação solar e de insolação são elevados. Sabe-se que, os países europeus, por exemplo, nos quais existem inúmeros projetos e incentivos à utilização de energia solar, possuem níveis de radiação solares bem menores do que qualquer região do Brasil (MARTINS et al., 2008).
Mostrar mais

192 Ler mais

Estimativa da distribuição da energia solar no Estado de São Paulo.

Estimativa da distribuição da energia solar no Estado de São Paulo.

Pelo presente trabalho é apresentada uma equação, estabelecida pelo método clássico de correlação entre dados de actinógrafo e helió- grafo de algumas cidades do Estado de São Paulo, se[r]

9 Ler mais

O desafio de abastecimento descentralizado de água: avaliação do potencial de dessalinização por energia solar

O desafio de abastecimento descentralizado de água: avaliação do potencial de dessalinização por energia solar

There are two principal types of desalination processes: thermal processes, through the water distillation and membranes processes. Among the thermal processes can be distinguished the solar stills, multi-stage flash, single effect evaporation, multiple effect evaporation and humidification-dehumidification; between membrane processes, reverse osmosis and electrodialysis can be pointed out. These processes are characterized, in medium to long scale, by dependence on fossil fuels for its operation and therefore have high energy consumption. In order to reduce this dependency and energy consumption, these processes should be combined with renewable energy (solar thermal, photovoltaic, wind).
Mostrar mais

102 Ler mais

Refrigeração com uso de energia solar

Refrigeração com uso de energia solar

A fisura (1.9) mostra a representa~to da curva de erici~ncia em [un~lo da temperatura de entrada no coletor, muito utilizada para rins práticos. R equa~lo de resress10 linear obtida dos [r]

196 Ler mais

Show all 6559 documents...