Estudo bibliométrico

Top PDF Estudo bibliométrico:

Ecologia : um estudo bibliométrico em publicações nacionais

Ecologia : um estudo bibliométrico em publicações nacionais

Desde a década de 1970, o novo contexto organizacional de complexidade ambiental tem estimulado diferentes pensamentos que estabelecem a relação organização/ambiente. Dentre eles, surge a teoria ecológica, desenvolvida por Hannan e Freeman (1977), que trazem o modelo ecológico de adaptação e sobrevivência para a realidade das organizações. Neste contexto, o esforço desta pesquisa tem como objetivo identificar o estado da arte da produção científica sobre Ecologia Organizacional. Quanto aos aspectos metodológicos, esta pesquisa é de natureza quantitativa; quanto aos meios, caracteriza-se como bibliométrica; quanto aos fins, é pesquisa descritiva e exploratória. O estudo bibliométrico conduzido nesta pesquisa, feita em variadas bases de dados eletrônicas, levou à identificação dos seguintes resultados: mapeamento de 13 artigos, publicados entre os anos de 1977 e 2016; a maioria dos autores é proveniente de instituições das regiões centro-sul e sudeste do Brasil; as abordagens temáticas das pesquisas estão relacionadas principalmente aos conceitos de ecologia organizacional, sobrevivência, adaptação e competitividade; os principais autores citados são Aldrich e Pfeffer (1976), Cunha (1999), Hannan e Freeman (1977), Morgan (1996) e Di Maggio e Powell (1983); a metodologia utilizada pelos autores é, em sua maioria, qualitativa por natureza, documental, bibliográfica e experimental quanto aos meios e descritiva e explicativa quanto aos fins; as conclusões apresentadas nos artigos analisados foram, em geral, que a teoria da ecologia organizacional ajuda os gestores a compreender melhor as mutações do ambiente organizacional e como as organizações precisam agir para acompanhar as mudanças e, ao mesmo tempo, manter a competitividade necessária para sobreviver no mercado em que atuam.
Mostrar mais

46 Ler mais

Cuidados paliativos e luto: um estudo bibliométrico.

Cuidados paliativos e luto: um estudo bibliométrico.

Analisar a produção científica, publicada em periódicos online, sobre os cuidados paliativos e luto. Trata-se de um estudo bibliométrico, realizado com 48 artigos, publicados entre 2005 e 2014, selecionados nas bases de dados LILACS, MEDLINE, IBECS, PubMed, SciELO e DOAJ. Os anos de 2012 e 2013 apresentaram um quantitativo maior de publicações. Foram identificados 37 veículos de divulgação, dos quais o periódico Medicina Paliativa Journal foi o que mais publicou sobre a temática, e o American Journal of Psychiatry apresentou o maior fator de impacto. A maioria das publicações foi produzida por pesquisadores da área de Medicina e predominaram autores com o título de doutor. Espera-se ter contribuído para estimular as produções científicas nessa temática e subsidiar na difusão desse conhecimento específico e auxiliar na preparação e formação dos profissionais para cuidado ao paciente sob cuidados paliativos no enfrentamento do luto.
Mostrar mais

9 Ler mais

Estudo bibliométrico da produção científica brasileira em administração de recursos humanos sobre motivação no período de 20112014

Estudo bibliométrico da produção científica brasileira em administração de recursos humanos sobre motivação no período de 20112014

No presente trabalho foi realizado um estudo bibliométrico dos artigos científicos que continham a palavra-chave “motivação” em seus resumos e que foram publicados em revistas nacionais de Administração de Recursos Humanos no período de 2011-2014. O presente estudo foi desenvolvido por meio de técnicas utilizadas pelas leis de Zipf e Bradford. Vanti (2002), definiu a lei de Zipf como lei do mínimo esforço, que faz referência à mensuração de ocorrência de palavras em um determinado texto. Conforme Vanti (2002), a lei de Bradford ou lei de dispersão está relacionada à dispersão periódica científica da literatura, através da avaliação da produtividade dos periódicos e do estabelecimento de centros e áreas de dispersão sobre um dado assunto em um mesmo grupo de periódicos.
Mostrar mais

53 Ler mais

Redes sociais e cooperação: um estudo bibliométrico

Redes sociais e cooperação: um estudo bibliométrico

O método de pesquisa utilizado foi o estudo bibliométrico com análise de conteúdo. Bibliometria pode ser definida como uma série de técnicas que visam quantificar o processo da comunicação escrita (IKPAAHINDI, 1985). Uma área relevante da bibliometria é a análise de citações, que é a parte da bibliometria que investiga as relações entre os documentos citantes e os documentos citados considerados como unidades de análise, no todo ou em suas diversas partes: autor, título, origem geográfica, ano, idioma de publicação, dentre outros (FORESTI, 1989; NEELY, 2005). Para Prasad e Tata (2005), o estudo bibliométrico permite identificar padrões na literatura, analisando periódicos e áreas de destaque.
Mostrar mais

21 Ler mais

Gestão de projetos internacionais: um estudo bibliométrico.

Gestão de projetos internacionais: um estudo bibliométrico.

Para a condução desse estudo bibliométrico, a base de dados escolhida para a seleção dos artigos que compõem a amostra foi a ISI Web of Knowledge (Web of Science). A base ISI foi escolhida para composição da amostra inicial pelo fato de ser amplamente suportada por ferramentas de software que permitem recuperar maior variedade de metadados de interesse da pesquisa, tais como: abstract, cited references, times cited, authors, institutions e countries - viabilizando, portanto, as análises desenvolvidas neste estudo. Os processos de busca da base ISI também localizam artigos publicados em outras bases, mas cujo abstract está também indexado na ISI, particularmente os periódicos indexados, cujo fator de impacto é apurado pelo Journal Citation Report (JCR). Dessa maneira, a partir dessa base de dados, a amostra pôde ser expandida, pelo método de bola de neve, para outras bases e outros tipos de publicação que não somente artigos, mas também livros e anais de congresso, citados na amostra inicial. Por outro lado, restrições do ponto de vista do processo metodológico e dos softwares de bibliometria utilizados também convergiram para a escolha da base ISI. A condução da análise de redes sociais a partir dos dados da base ISI em conjunto com outras bases é inviabilizada devido à incompatibilidade entre o formato e tipologia dos metadados exportados dessa base em relação a outras bases como a Scopus, por exemplo.
Mostrar mais

16 Ler mais

Sustainable management: Um estudo bibliométrico / Sustainable management: A bibliometric study

Sustainable management: Um estudo bibliométrico / Sustainable management: A bibliometric study

Entender os problemas e desafios mundiais tem se tornado cada vez mais importante quando associamos a evolução tecnológica que tivemos nas últimas décadas com a necessidade de garantir sustentabilidade e/ou desenvolvimento sustentável deste processo. Neste contexto iremos explorar uma das dez áreas de atuação da Engenharia de Produção, a Engenharia da Sustentabilidade, a qual tem por objetivo o planejamento da utilização eficiente dos recursos naturais nos sistemas produtivos diversos, a destinação e o tratamento dos resíduos e efluentes destes sistemas, bem como da implantação de sistema de gestão ambiental e responsabilidade social. Deste modo o artigo aborda o tema sustainable management (gestão sustentável) através de um estudo bibliométrico, com a análise de metadados de 63008 documentos indexados ao Web of Science, publicados entre 1980 e 2018. Com os resultados obtidos foi possível estabelecer uma categorização das publicações acerca do tema gestão sustentável, compreendendo possíveis padrões de comportamento. Através do mapeamento proposto, obtém-se um cenário de evolução expressiva do tema ao longo do tempo, e espera-se que as lacunas identificadas possam fomentar novas pesquisas a alavancar ainda mais a sustainable management, tanto na academia, quanto de forma prática pelo mercado.
Mostrar mais

14 Ler mais

Pesquisa em empreendedorismo no principal periódico internacional: Um estudo bibliométrico das publicações no Journal Of Business Venturing entre 1987 E 2010

Pesquisa em empreendedorismo no principal periódico internacional: Um estudo bibliométrico das publicações no Journal Of Business Venturing entre 1987 E 2010

Resumo: Este artigo visa entender o estoque de conhecimento acumulado na pesquisa em empreendedorismo. Um estudo bibliométrico dos artigos publicados entre 1987 e 2010 no Journal of Business Venturing. As análises, sobre uma amostra de 413 artigos, incide nos autores mais prolíficos, nacionalidade, frequência de citações, redes de cocitações e dos temas pesquisados no período. Observa-se que a pesquisa tem sido liderada por norte-americanos e confirma-se a multidisciplinaridade da pesquisa em empreendedorismo que em absorvido da maioria das teorias de Administração, da teoria da agência aos custos de transação, e da visão baseada nos recursos ao ambiente social em que os empreendedores e a criação de novas empresas estão imersos. No entanto, notamos que embora o campo de empreendedorismo seja vasto, a pesquisa se concentra mais em torno de temas como os recursos para o empreendedorismo, criação de valor e desempenho, ambiente externo e determinantes do empreendedorismo, o processo empreendedor, características psicológicas e individuais do empreendedor e aspetos metodológicos.
Mostrar mais

28 Ler mais

Organização de serviços de capelania hospitalar: um estudo bibliométrico.

Organização de serviços de capelania hospitalar: um estudo bibliométrico.

Estudo bibliométrico que objetivou identificar a produção científica sobre Capelania Hospitalar, classificá-la segundo data de publicação, titulação dos autores, procedência institucional e geográfica dos trabalhos, tipo de texto e descritores de indexação dos trabalhos, além de organizar as palavras-chave em um mapa conceitual. Foram encontradas 772 publicações das quais 64 se referiam ao objeto de estudo. A análise compreensiva dos textos revelou que 29 títulos foram produzidos de 1977 a 2008, na Austrália, Canadá, Estados Unidos, Inglaterra e Portugal. Houve maior concentração de títulos em revistas especializadas em cuidado pastoral, embora a produção se estenda por periódicos de temática variada. Concluiu-se que a produção científica na área é recente, localizada fora do Brasil, com forte influência da Joint Comission on Accreditation of Healthcare Organization. São variadas as titulações dos autores, e há evidências de que se trata de uma área do conhecimento em construção, dada a variedade de descritores.
Mostrar mais

9 Ler mais

REVISTAS DE ARQUIVOLOGIA: ESTUDO BIBLIOMÉTRICO

REVISTAS DE ARQUIVOLOGIA: ESTUDO BIBLIOMÉTRICO

No estudo bibliométrico realizado por Vilan Filho e Oliveira (2011) sobre quatro publicações da área de Arquivologia: Arquivo&Administração, Arquivística.net, Acervo e Estudos Históricos apresenta a irregularidade das publicações (falta de pontualidade e interrupções na periodicidade, além do mais a Arquivistica.net esta inativa). Na página 92, concordando que a fragilidade da divulgação científica, apontada pelo professor José Maria Jardim e reafirmada pela pesquisa efetuada, “somada ao processo de consolidação da área, sugere que o espaço privilegiado para a produção do conhecimento arquivístico, a academia, deve também repensar seu papel na construção de canais eficientes para a divulgação do conhecimento produzido no país, seja nas universidades ou nas instituições arquivísticas”.
Mostrar mais

18 Ler mais

um estudo bibliométrico :: Brapci ::

um estudo bibliométrico :: Brapci ::

Resumo: Objetivo: identificar a produção científica brasileira em teses e dissertações, no repositório da CAPES e IBICT, sobre Recursos Físicos em ambientes hospitalares. Método: estudo bibliométrico com as variáveis: ano de defesa, unidade da federação, titulação acadêmica, método, programa de pós-graduação e palavras-chave. Resultados: total de 75 publicações provenientes da região Sudeste, concentradas na área da Arquitetura. Após a classificação temática, observou-se que é assunto e concentra-se na área de atenção à saúde. Conclusão: houve poucos estudos sobre o tema de autoria de pesquisadores com formação inicial nas ciências da saúde.
Mostrar mais

21 Ler mais

Um estudo bibliométrico sobre a violência de gênero.

Um estudo bibliométrico sobre a violência de gênero.

A violência de gênero, apesar de global, é socialmen- te invisível, sendo urgente o avanço de produção cientíica sobre esse tema. Um estudo bibliométrico majora a demanda de debates ao demonstrar que as pesquisas abrangeram poucos países, ignoraram as consequências dos danos e ainda são, apesar de sua ampliação, incipientes. Este artigo objetivou descrever o panorama da produção cientíica sobre violência de gênero, procurando tecer uma análise crítica diante da magnitude da demanda. Buscaram- -se artigos em inglês, pelos descritores gender e violence, na base de dados Web of Science, de 1982 a 2012, excluindo-se os textos de áreas especíicas, que tratavam da violência geral ou adotaram “gênero” em substituição a sexo, restando 450 artigos. A biblio- metria ratiicou que as mulheres encontram-se em mais situações de violências, apesar da referência a crianças e adolescentes, homossexuais e homens. A produtividade das pesquisas em diversas áreas do conhecimento é crescente, revelando sua natu- reza multidisciplinar. Apenas 26 países sediaram estudos, número reduzido diante da amplitude do problema. A maioria dos estudos não abordou as consequências da violência de gênero, demonstrando uma importante lacuna na produção cientíica. Esta pesquisa evidenciou pontos pouco explorados pela produção cientíica, servindo de orientação para futuros estudos.
Mostrar mais

13 Ler mais

Preservação de acervos digitais: um estudo bibliométrico

Preservação de acervos digitais: um estudo bibliométrico

Apresenta um estudo bibliométrico que indica características da produção científica sobre o tema preservação digital. Os dados foram coletados na base de dados LISA - Library and Information Science Abstracts, sendo identificadas 1.671 referências. Destas, foram identificados os autores mais produtivos assim como os seus países de origem e instituições de vínculo, a tipologia documental predominante e os periódicos onde se concentram maior número de referências. Os trabalhos identificados cobriram uma abrangência temporal de 30 anos (1986 – 2015) e 2009 foi o ano com maior número de publicações sobre preservação digital. É possível afirmar que o tema da preservação digital ganhou importância e destaque na produção acadêmica da área da ciência da informação a partir de 2007. A autora com maior número de registros foi Judy Duke, editora de uma revista de divulgação indexada na LISA, que trata de tecnologias aplicadas em bibliotecas. O país com maior quantidade de autores foi os EUA. No Brasil não houve destaque para autores. Os autores da base LISA têm média colaborativa de 1,6. O periódico
Mostrar mais

16 Ler mais

Ontologias em ciência da informação: um estudo bibliométrico no Brasil

Ontologias em ciência da informação: um estudo bibliométrico no Brasil

O estudo de ontologias como ferramenta de organização do conhecimento vem despertando interesse da academia. Cada vez mais publicações sobre o tema vem sendo produzidas, especialmente no âmbito da web semântica. O presente trabalho busca compreender o contexto de produção científica sobre ontologias no Brasil, analisando artigos científicos indexados pela Brapci – Base de Dados em Ciência da Informação – Acervo de Publicações Brasileiras em Ciência da Informação, mantido pela Universidade Federal do Paraná. A análise foi realizada por meio de um estudo bibliométrico que determinou os autores de maior relevância para a temática no Brasil, as principais relações entre os autores e instituições, bem como a evolução da produção sobre ontologia nas últimas décadas. Os resultados apontam a necessidade da criação de vínculos entre os diversos polos de estudo sobre ontologias no Brasil, com a finalidade de ampliar o relacionamento dos autores e instituiçõesm bem como a troca de experiências e conhecimento. Ainda demonstram o aumento de artigos na temática desde 2001 em razão das relações entre ontologias, web semântica e ciência da informação, bem como do crescente interesse da tecnologia da informação. Por fim, é possível verificar, pelas palavras-chave dos artigos, a interdisciplinaridade e a influência da filosofia e tecnologia da informação nos trabalhos ontológicos na ciência da informação.
Mostrar mais

11 Ler mais

Revisitando Co-criação – Estudo Bibliométrico

Revisitando Co-criação – Estudo Bibliométrico

O objetivo deste artigo é fazer um levantamento dos estudos do tema co-criação de valor e serviços, presentes na base de dados Web Of Science. Trata-se de um artigo bibliométrico com o tema Co-criação de valor. Foi realizado um levantamento de publicações até o ano 2016 realizado que abordam o tema em aspectos gerais, possibilitando a compreensão e o direcionamento das pesquisas ao longo destes anos. Como método para análise dos dados foi realizado um levantamento dos periódicos por meio de filtros disponíveis na própria base de dados, a partir de então, foram utilizados os sistemas Bibexcel, Vosviewer e SPSS para tratamento, exploração e análise dos dados. Os resultados disponibilizados a partir deste estudo foram os apontamentos dos principais temas abordados, os principais autores, as principais revistas cientificas que vem publicando estes estudos, as características das publicações e por fim os clusters que tratam de co-criação. As contribuições deste estudo estão relacionadas a facilitação de futuras pesquisas sobre o tema co- criação de valor e serviços, possibilitando a precisão no levantamento de autores e estudos já realizados, contribuindo assim com a literatura do tema estudado e com futuras pesquisas mais aprofundadas.
Mostrar mais

25 Ler mais

Ensino da liderança em enfermagem: um estudo bibliométrico.

Ensino da liderança em enfermagem: um estudo bibliométrico.

A preocupação dos estudiosos com a criação e avalia- ção de estratégias de ensino e programas de treinamento e desenvolvimento de pessoal, atestada pelo número de es- tudos sobre esse aspecto, fortalece o reconhecimento do ensino como base para a prática profissional competente. O presente estudo visou contribuir para o despertar da construção do conhecimento sobre o ensino da lide- rança em enfermagem. É uma primeira abordagem que permite aquilatar, o que o tema tem representado para a Enfermagem. Aferições semelhantes podem ser empre- endidas, nesse ou em outros campos do conhecimento, para identificação do potencial e da trajetória de sua produção, tomando-se o presente estudo como modelo.
Mostrar mais

6 Ler mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E INOVAÇÃO: UM ESTUDO BIBLIOMÉTRICO.

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E INOVAÇÃO: UM ESTUDO BIBLIOMÉTRICO.

O objetivo desta pesquisa consiste em verificar como os temas relacionados a SI e Inovação têm sido tratados de forma conjunta na literatura. Busca-se, dessa forma, analisar diversos aspectos relacionados à união entre esses dois assuntos, tais como: (i) número de obras obtidas sobre os dois temas, por ano; (ii) palavras-chave mais citadas nos artigos; (iii) artigos por país; (iv) principais tipologias de pesquisa; (v) periódicos com maior número de artigos; (vi) principais modelos e ferramentas de SI citados; (vii) principais áreas de conhecimento analisadas; e (viii) estudo comparativos de artigos publicados no Brasil e no exterior.
Mostrar mais

20 Ler mais

Distribuição da Literatura Geológica Brasileira: Estudo Bibliométrico

Distribuição da Literatura Geológica Brasileira: Estudo Bibliométrico

O estudo da Geologia no Brasil muito deve a vários cientistas estrangeiros; no entanto, os primeiros trabalhos científicos nesta área foram realizados pelos irmãos José Bonifácio de Andrada e Silva — considerado o primeiro geólogo da América — e Martim Francisco Ribeiro de Andrada, Desenvol- veram eles, a partir de 1790. uma série de traba- lhos iniciada com o estudo dos diamantes no Brasil, publicado em 1792 pela Sociedade de História Natural de Paris. Desta forma, o fim do século 18 foi o marco inicial da literatura geológica brasi- leira.

14 Ler mais

Efeitos econômicos da plataforma Airbnb: um estudo bibliométrico

Efeitos econômicos da plataforma Airbnb: um estudo bibliométrico

Em um estudo divulgado pela Airbnb (2019) referente ao ano de 2018, conduzido em 30 países/regiões, os Estados Unidos aparecem em primeiro lugar na relação de países impactados economicamente, correspondendo ao total de movimentação financeira de 33,8 bilhões de dólares. França aparece em segundo, com 10,8 bilhões de dólares, seguida da Espanha, com 6,9 bilhões de dólares. Itália vem logo abaixo com números correspondentes a 6,4 bilhões de dólares, um pouco acima do quinto colocado, o Reino Unido, com 5,6 bilhões de dólares movimentados na economia. Austrália aparece em sexto lugar, com 4,4 bilhões de dólares, e Canadá fecha a lista dos sete países com maior impacto econômico, com 4,3 bilhões de dólares movimentados. O cálculo é baseado nas receitas dos anfitriões e estimativas de gastos dos hóspedes durante a viagem. China, Coreia do Sul e Holanda aparecem em 12º, 15º e 16º lugar na lista divulgada, respectivamente (Airbnb, 2019).
Mostrar mais

83 Ler mais

Marketing e gestão estratégica de hotelaria: Um estudo bibliométrico

Marketing e gestão estratégica de hotelaria: Um estudo bibliométrico

Pela visão do conjunto das contribuições dos artigos sobre hotelaria publicados nos periódicos brasileiros de turismo, as abordagens deste estudo foram sistematizadas de acordo com duas disciplinas: marketing e estratégia. Tal sistematização confirma a característica interdisciplinar do turismo, além de sua profunda relação com a administração, que é inerente ao segmento da hotelaria. Meios de hospedagem são organizações de produção e de mercado, cujas especialidades são os serviços de hospitalidade e para os quais são necessários conhecimentos e habilidades de administração, destacando-se as disciplinas (acima citadas) de marketing e de estratégia.
Mostrar mais

16 Ler mais

Teoria da complexidade e racionalidade ambiental: um estudo bibliométrico acerca dos estudos de Leff e Morin

Teoria da complexidade e racionalidade ambiental: um estudo bibliométrico acerca dos estudos de Leff e Morin

O presente estudo busca elucidar as relações existentes entre a Teoria da Complexidade cunhada por Edgar Morin e a Racionalidade Ambiental desenvolvida por Enrique Leff, considerando publicações de outros autores dentro da temática. Busca-se identificar as publicações, entre os períodos de 2008-2012, existentes nos eixos temáticos da sociologia e da gestão para desenvolver relação entre as teorias da complexidade e da racionali- dade ambiental. Identificaram-se 4 artigos relevantes e alinhados com a Racionalidade Ambiental e 9 alinhados com a Teoria da Complexidade em uma base de dados interna- cional. É realizada a análise bibliométrica desse portfólio descrevendo qualitativamente os resultados que acarretam o desenvolvimento de arcabouços teóricos sobre artigos, autores e periódicos de destaque em relação a Leff e à racionalidade ambiental e a Morin e à Teoria da Complexidade.
Mostrar mais

8 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados