Limoeiro do Norte

Top PDF Limoeiro do Norte:

Análise da produção e comercialização apícola dos municípios de Tabuleiro do Norte e Limoeiro do Norte: Um estudo de caso

Análise da produção e comercialização apícola dos municípios de Tabuleiro do Norte e Limoeiro do Norte: Um estudo de caso

Será que o conhecimento da estrutura da atividade apícola dos municípios de Limoeiro e Tabuleiro do Norte, em termos da produção comercialização e organização das associações pode contribuir positivamente no desempenho dessa atividade na região do Baixo Jaguaribe? O presente estudo tem por finalidade avaliar a produção, comercialização e organização das principais associações dos apicultores nos municípios de Limoeiro do Norte e Tabuleiro do Norte. Para a realização da presente pesquisa se aplicaram questionários e utilizou-se o método de regressão linear. A apicultura apresenta-se como uma atividade agropecuária secundária inserida no contexto da agricultura familiar, gerando entorno de dois empregos diretos durante a quadra invernosa em cada núcleo familiar para ambos os municípios avaliados. A experiência no trabalho apícola aparece com um fator positivo nos processos produtivos e comerciais. Dada a distância existente das áreas de produção do mel na zona rural à sede dos seus respectivos municípios surge a figura do comerciante ou atravessador para escoar a produção. Os apicultores de ambos os municípios vendem o mel para comerciantes, empresas ou associações que ofereçam o melhor preço de mercado. Ambos os municípios apresentaram bons índices relacionados ao acesso aos serviços públicos básicos de água, energia elétrica e saneamento básico como suporte aos bons níveis produtivos de mel existente. Os modelos de regressão utilizados mostraram que a interação do número de colmeias e as normas implementadas pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento são as variáveis mais importantes na variação da produção do mel. Outra característica que se apresenta como fator positivo e estimulante nos processos produtivos e comerciais é o fato de a grande maioria dos produtores serem proprietários da terra que trabalha. Com relação à gestão e organização das associações, Associação de Apicultores de Tabuleiro do Norte mostrou-se mais influente entre seus associados dando um maior suporte em termos comerciais e técnicos do que Associação de Apicultores de Limoeiro do Norte.
Mostrar mais

150 Ler mais

Análise da comercialização e do  apícola dos municípios de Tabuleiro do Norte e Limoeiro do Norte: um estudo de caso art askhan analise

Análise da comercialização e do apícola dos municípios de Tabuleiro do Norte e Limoeiro do Norte: um estudo de caso art askhan analise

Os municípios de Tabuleiro do Norte e Limoeiro do Norte foram escolhidos para a realização desta pesquisa por apresentarem na última década valores expressivos em termos de produção cearense de mel e em número de apicultores segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Para o ano de 2011, Limoeiro do Norte foi o maior produtor estadual, responsável por 11,5% do mel produzido no estado do Ceará. Já o município de Tabuleiro do Norte (quarto maior produtor estadual) foi responsável pela produção de 6,7% do mel cearense. O estudo foi realizado a partir da coleta de dados primários (entrevistas) junto à amostra de apicultores e em suas respectivas associações para ambos os municípios através de questionário semiestruturado (disponível no Apêndice A).
Mostrar mais

21 Ler mais

Instituições prevalecentes, tradição e persistência no extrativismo da cera de carnaúba em Limoeiro do Norte -CE

Instituições prevalecentes, tradição e persistência no extrativismo da cera de carnaúba em Limoeiro do Norte -CE

O extrativismo de cera trouxe modificações nas formas de pagamento da mão de obra. Enquanto em outras atividades era comum pagar ao trabalhador, com a cessão de parte da produção, (por exemplo, na pecuária havia um tipo de relação conhecida como quarta, na qual o vaqueiro tinha direito a ¼ da criação, assim como no algodão pagava-se com parte da produção), Na cera, vigorava a remuneração monetarizada. O pagamento consistia em diárias, que variavam conforme o tipo de função exercida (vareiro, operário, aparador) e conforme o proprietário. (SOARES 1999). Segundo GIRÃO (2000) a diária em cidades como Limoeiro do Norte e Russas girava em torno dos dois mil réis. Também havia o pagamento por cada milheiro de palha derrubado: em face da valorização do produto, o proprietário preferia pagar em dinheiro o trabalhador, do que vir a ceder parte da produção. Isso só ocorria no caso daqueles trabalhadores minifundistas, os quais recebiam parte do que era produzido, como pagamento pelo aluguel da terra contratada pelo grande, ou médio proprietário. Não havia, salário, ou qualquer remuneração regular.
Mostrar mais

92 Ler mais

A fruticultura e o  local: o caso do núcleo produtivo de fruticultura irrigada de Limoeiro do Norte  Ceará

A fruticultura e o local: o caso do núcleo produtivo de fruticultura irrigada de Limoeiro do Norte Ceará

Com relação aos fornecedores dos insumos, como descrito, em Limoeiro do Norte, a aquisição destes é feita, na maior parte, no próprio município, e parte é obtida em outras regiões do Estado ou em outros estados. A utilização de insumos de boa qua- lidade na produção pode fazer grande diferença no resultado do produto final. Quando analisado este aspecto, os dados da pesquisa demonstram que 87,72% dos produtores entrevistados afirmaram não realizar nenhum tipo de análise para fazer a seleção e classificação dos insumos. Isto ocorre porque os produtores já conhecem a marca, procedência, e confiam no controle de qualidade realizado pela pró- pria empresa vendedora. Por outro lado, 14,28% confirmaram fazer exames periódicos em laborató- rio, observando a quantidade determinada pelo pró- prio fabricante, a qualidade e eficiência do insumo no processo produtivo.
Mostrar mais

19 Ler mais

SISTEMA DE PRODUÇÃO DE LEITE A PASTO IRRIGADO NA FAZENDA FLOR DA SERRA EM LIMOEIRO DO NORTE - CEARÁ

SISTEMA DE PRODUÇÃO DE LEITE A PASTO IRRIGADO NA FAZENDA FLOR DA SERRA EM LIMOEIRO DO NORTE - CEARÁ

O presente trabalho de conclusão de curso compõe o relatório de estágio realizado na Fazenda Flor da Serra, localizada na cidade de Limoeiro do Norte-CE, no período de janeiro a abril de 2014. O estágio teve como objetivo descrever o sistema de produção de bovinos leiteiros, onde o manejo é baseado na produção de leite a pasto. Desta forma, o trabalho apresenta e discorre sobre atividades gerais da fazenda relacionadas ao manejo da fase de cria, da fase de recria, de vacas em lactação e vacas secas, ordenha, manejo de pastagens, além do manejo alimentar, reprodutivo e sanitário. O presente trabalho possibilitou um maior aprendizado na área da bovinocultura de leite, conciliando a teoria aprendida na universidade com a prática realizada na propriedade leiteira.
Mostrar mais

36 Ler mais

PARASITOSES INTESTINAIS EM USUÁRIOS DO SUS EM LIMOEIRO DO NORTE, CEARÁ, ANTES DE EXPANSÃO DE SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO

PARASITOSES INTESTINAIS EM USUÁRIOS DO SUS EM LIMOEIRO DO NORTE, CEARÁ, ANTES DE EXPANSÃO DE SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO

The intestinal parasites represent a wrong global scale, being a indicator of socioeconomic status. His fecal-oral transmission reinforces the need for expansion of sanitation services. The study is retrospective, exploratory and descriptive, using secondary data, objectives to show the parasitic frequency in users of the Sistema Único de Saúde (SUS) in Limoeiro do Norte - CE, between January 2008 and December 2009. The exams were conducted using the technique of spontaneous sedimentation of feces (HPJ, 1934). The data were organized and analyzed using descriptive statistics, through the chi-quare, independent sample t test, Mann- Whitney test and Pearson correlation, with
Mostrar mais

12 Ler mais

Inquérito soroepidemiológico da doença de Chagas no município de Limoeiro do Norte, Ceará em 2013

Inquérito soroepidemiológico da doença de Chagas no município de Limoeiro do Norte, Ceará em 2013

A taxa de infecção da população com idade a cima de 50 anos, em Limoeiro do Norte, foi 10,7% (32/298), indicando, assim, uma positividade 27,6 vezes maior nos indivíduos acima de 50 anos, quando comparados com os de idade inferior (IC- 6,66 – 114,400; p=0,000). Todos os estudos citados anteriormente mostram-se concordantes com o presente estudo em relação aos altos índices de prevalência da infecção na população com idade acima de 50 anos tanto na região do Baixo Jaguaribe quanto em outras áreas endêmicas do Brasil. Esses resultados apontam que a DC é residual. Estes indivíduos podem ter adquirido a infecção há décadas, indicado pelo aumento das idades dos indivíduos reagentes para a infecção chagásica, visto que a transmissão vetorial está controlada. Portanto, percebe- se que a população acometida pela DC está envelhecendo, visto que a menor idade de indivíduos infectados evidenciada neste estudo foi 45 anos.
Mostrar mais

95 Ler mais

Análise comparativa da ção de referência estimada por diferentes métodos no município de limoeiro do norte, Ceará

Análise comparativa da ção de referência estimada por diferentes métodos no município de limoeiro do norte, Ceará

This work was aimed at selecting the best methods to estimate the reference evapotranspiration in comparison with the equation of Penman-Monteith-FAO. The methods of evapotranspiration estimation compared were: Jensen-Haise, Ivanov, Linacre, Hargreaves- Samani and Makkink. The analyzed data came from the automatic weather station belonging to the Unidade de Ensino e Pesquisa (Teaching and Research Unit) of the Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - Campus Limoeiro do Norte, Ceará, comprising the period (in 2007) from January 1st to December. The analysis was based on daily data, monthly data and by ten-day interval data using regression analysis and evaluating the Hoppinks (2002) correlation coefficient, the Willmott (et al., 1985) indexes and the Sentelhas and Campbell (1997) performance index . The results demonstrated that the method of Ivanov gave the best performance in the daily schedule, that in the ten-day schedule the methods of Ivanov and Hargreaves-Samani showed the best performance, and that in the monthly schedule, the methods of Linacre, Hargreaves-Samani and Ivanov showed the best performance. Despite the good performance of the Ivanov method with all three time schedules, we would advise the use of the Hargreaves-Samani method, in ten-day and monthly schedules, due to its greater ease of data collection and practicality in the calculation of reference evapotranspiration.
Mostrar mais

62 Ler mais

PREVALÊNCIA DE ENTEROPARASITOSES NA POPULAÇÃO DO MUNICÍPIO DE LIMOEIRO DO NORTE, CEARÁ - BRASIL

PREVALÊNCIA DE ENTEROPARASITOSES NA POPULAÇÃO DO MUNICÍPIO DE LIMOEIRO DO NORTE, CEARÁ - BRASIL

Foi realizada uma pesquisa exploratória de carácter quantitativa entre os meses de Maio a Agosto de 2019, no município de Limoeiro do Norte - CE. Foram aplicados questionários aleatórios a vinte pessoas residentes em uma comunidade do município. Por meio dos questionários foram obtidos dados sobre idade, grau de escolaridade, origem da água utilizada no local de estudo, o conhecimento dos entrevistados sobre enteroparitoses, bem como sua prevalência.

13 Ler mais

IMPACTO DO SANEAMENTO BÁSICO NO CONTROLE DE ENTEROPARASITOSES NOS TERRITÓRIOS ADSCRITOS DO MUNICÍPIO LIMOEIRO DO NORTE – CEARÁ – BRASIL

IMPACTO DO SANEAMENTO BÁSICO NO CONTROLE DE ENTEROPARASITOSES NOS TERRITÓRIOS ADSCRITOS DO MUNICÍPIO LIMOEIRO DO NORTE – CEARÁ – BRASIL

HELLER, Léo; TEIXEIRA, Julio Cesar. Os desafios do saneamento básico no Brasil. Revista de Engenharia Sanitária e Ambiental., Rio de Janeiro. p.2, jun 2011. LIMOEIRO DO NORTE. Secretaria Municipal de Saúde. Info Hospi, Software. 2009. MARCOLINO, J.S.; SCOCHI, M.J. Informações em saúde: o uso do SIAB pelos profissionais das Equipes de Saúde da Família. Revista Gaúcha Enferm. (Online), Porto Alegre , v. 31, n. 2, p. 314-320, Junho 2010 .

13 Ler mais

Políticas Culturais e Gestão Cultural: a Secretaria Municipal da Cultura e do Turismo SEMUC (2005-2010) de Limoeiro do Norte-CE

Políticas Culturais e Gestão Cultural: a Secretaria Municipal da Cultura e do Turismo SEMUC (2005-2010) de Limoeiro do Norte-CE

Os encontros aconteceram em diversas cidades da região (Alto Santo, Jaguaribara, São João do Jaguaribe, Erêrê, Iracema, Russas, Morada Nova e várias vezes em Limoeiro do Norte). E se caracterizaram por discutir assuntos como: a implantação do Sistema Municipal da Cultura; o planejamento do calendário cultural do Ceará; a adesão dos municípios ao Sistema Estadual do Teatro (SET); a escolha da direção do fórum; a discussão acerca do regimento interno; informações e orientações sobre as conferências municipais e estaduais de cultura; o Consórcio Municipal de Turismo, Esporte e cultura do Vale do Jaguaribe; informações sobre os eventos da região (festivais de teatro - FESTVALE, Circuito SET, festejos juninos, Encontro Mestres do Mundo, Festival de Sanfoneiros, etc); escolha de pesquisadores e capacitação destes para o empenamento dos espaços cênicos da região, entre tantos outros assuntos que marcaram as reuniões do Fórum (Relatório Geral das Atividades Mensais - SEMUC, 2009 e 2010).
Mostrar mais

128 Ler mais

DANIEL LIMA DE FREITAS INDICADORES SOCIAIS E ECONÔMICOS DE LIMOEIRO DO NORTE, CEARÁ NA PRIMEIRA DÉCADA DO NOVO MILÊNIO

DANIEL LIMA DE FREITAS INDICADORES SOCIAIS E ECONÔMICOS DE LIMOEIRO DO NORTE, CEARÁ NA PRIMEIRA DÉCADA DO NOVO MILÊNIO

A primeira marcação do que viria a ser o município de Limoeiro do Norte aconteceu em 1708, a demarcação foi feita pelo Desembargador Cristovão Soares Reimão, entre 1830 e 1840 existia apenas uma fazenda nas delimitações feitas em 1708. Em 1845 foi inaugurada uma capela, alguns recursos foram destinados à paróquia, mas ainda não existia autonomia eclesiástica sendo assim essa capela ficava subordinada à Igreja de Russas.

43 Ler mais

Física no cotidiano: da cozinha para a sala de aula relato de uma experiência didática no município de Limoeiro do Norte (CE)

Física no cotidiano: da cozinha para a sala de aula relato de uma experiência didática no município de Limoeiro do Norte (CE)

A pesquisa foi desenvolvida na Escola Estadual de Ensino Médio Lauro Rebouças de Oliveira, localizada na Rua dos Expedicionários nº. 2921, centro, município de Limoeiro do Norte (CE). A escola faz parte da rede pública de ensino do Estado do Ceará. No anexo desta Escola foi onde efetivamente aconteceu o desenrolar do trabalho. Este se localiza longe do centro da cidade, a uma distância de 5 km, e funciona nas dependências da Escola de Ensino Fundamental Ministro Allysson Paulinelli, localizada na Rua Maria José Chaves de Almeida, nº. 2521, Bairro Antonio Holanda de Oliveira (conhecido como Cidade Alta). No entanto, seu nome oficial é Limoeiro Alto, em virtude de ser uma região do município que está localizada a uma altura mais elevada do que o centro da cidade. Esta escola possui características de escola de zona rural, apesar de ser uma dependência da matriz que se encontra no centro da cidade.
Mostrar mais

112 Ler mais

Análise comparativa da ção de referência estimada por diferentes métodos no município de limoeiro do norte, Ceará

Análise comparativa da ção de referência estimada por diferentes métodos no município de limoeiro do norte, Ceará

Neste trabalho objetivou-se avaliar os métodos que melhor se ajustassem à estimativa da evapotranspiração de referência em comparação com a equação de Penman-Monteith-FAO. Os métodos de estimativa de ETo empregados foram: Jensen-Haise, Ivanov, Linacre, Hargreaves-Samani e Makkink. Os dados analisados foram provenientes da estação meteorológica automática pertencente à Unidade de Ensino e Pesquisa do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - Campus Limoeiro do Norte, Ceará, compreendendo o período de 1º de janeiro a dezembro de 2007. A análise foi baseada em dados diários, decendiais e mensais, utilizando-se a análise de regressão e avaliando o coeficiente de correlação por Hoppinks (2002), os índices de concordância de Willmott et al. (1985) e índice de desempenho de Camargo e Sentelhas (1997). Os resultados encontrados expuseram que o método de Ivanov obteve o melhor desempenho na escala diária. Na escala decendial os métodos de Ivanov e Hargreaves-Samani apresentaram o melhor desempenho. Na escala mensal os métodos de Linacre, Hargreaves-Samani e Ivanov apresentaram o melhor desempenho. Apesar do método de Ivanov ter se destacado nas três escalas temporais, propõem-se a utilização do método de Hargreaves-Samani nas escalas decendial e mensal devido a sua maior facilidade de obtenção dos dados e sua praticidade no cálculo da evapotranspiração de referência.
Mostrar mais

62 Ler mais

OS REBATIMENTOS DAS ATIVIDADES COMERCIAIS NO ESPAÇO URBANO DA CIDADE DE LIMOEIRO DO NORTE-CE

OS REBATIMENTOS DAS ATIVIDADES COMERCIAIS NO ESPAÇO URBANO DA CIDADE DE LIMOEIRO DO NORTE-CE

A importância da agricultura e o comércio remetem à própria gênese da cidade. Limoeiro do Norte foi elevada à categoria de cidade em 30 de agosto de 1897. A maioria dos fazendeiros possuía casa na cidade, e os comerciantes, via de regra, eram também proprietários rurais. Em 1925, foi inaugurada a rede de energia elétrica, por iniciativa da casa de comércio Oliveira & Irmão, estabelecimento que atua não somente na parte de investimentos, mas também na de importação e exportação de algodão e cera de carnaúba, além de ser representante de instituições financeiras. Porém, até as primeiras décadas de 1940, apesar de já se iniciar a configuração da cidade, com a construção da Igreja, de ruas e das primeiras residências e serviços, a atividade principal ainda era a agropecuária. Esse panorama começa a se modificar na década de 1940, caracterizado, segundo Araújo (2003, p. 68), “pelo desenvolvimento das atividades comerciais, pela influência da cultura e comércio do algodão e pela extração da carnaúba. A cidade se expande em torno do núcleo urbano inicial, tanto no sentido norte-sul como no sentido leste-oeste”.
Mostrar mais

13 Ler mais

Organização espacial e questão ambiental: o caso da cidade de Limoeiro do Norte  Ceará dis rfaragão

Organização espacial e questão ambiental: o caso da cidade de Limoeiro do Norte Ceará dis rfaragão

A Lei Orgânica do Município de Limoeiro do Norte, de 1998, no artigo 131, que enfoca a questão do meio ambiente, evidencia que “o município promoverá educação ambiental através de suas escolas e órgãos de ensino, visando à conscientização pública e à preservação do meio ambiente”. O artigo 132 reforça essa preocupação ao enfatizar que “é dever do poder público municipal e da coletividade, proteger e defender o meio ambiente, bem de uso comum do povo e essencial à qualidade de vida, combater a poluição em qualquer de suas formas”. Para assegurar a efetividade desse direito, incumbe ao munic ípio fazer observar a legislação federal e estadual referente ao meio ambiente, especialmente sobre: II – a utilização e o emprego de técnicas, métodos e substâncias que coloquem em risco a vida e o meio ambiente; III – a exigência de estudos de impacto ambiental para a instalação de obra ou atividade potencialmente causadora de degradação ambiental; V – proibição do lançamento de resíduos industriais, agroindustriais, hospitalares, entulhos e lixos em margens e leitos dos rios do município.
Mostrar mais

153 Ler mais

Pedogênese em um ambiente cárstico no clima semiárido em Limoeiro do Norte  Ceará.

Pedogênese em um ambiente cárstico no clima semiárido em Limoeiro do Norte Ceará.

Os solos formados sobre rochas calcárias no clima semiárido da Chapada do Apodi apresentam características distintas da grande maioria do restante do estado do Ceará. Nos solos da Chapada, os fatores de formação são homogêneos, ou seja, esta formação geomorfológica soergueu e o tempo de exposição do material de origem de diferentes solos é o mesmo, o relevo é plano, a vegetação é caatinga em toda a extensão e a distância entre perfis diferentes é pequena para sugerir uma possível variação no clima. Desta maneira, suspeita-se que as fortes variações nas classes de solos estão intimamente ligadas a variações litológicas. A Chapada do Apodi na sua porção cearense abrange quatro municípios, Quixeré, Tabuleiro do Norte, Alto Santo e Limoeiro do Norte, sendo neste último o local da pesquisa. A constituição litológica é predominantemente carbonática, com diferentes fácies. No local foi definido um transecto de aproximadamente 300 m, onde foram feitas observações por tradagens, que permitiram selecionar os locais dos cinco perfis. Foram feitas as descrições morfológicas dos perfis e coletas das amostras para análises físicas: granulométrica, densidade das partículas e do solo, determinação da fração cascalho, argila dispersa em água quantidade de nódulos, sendo que estes foram divididos em cinco classes, C1, C2, C3, C4 e C5, com os seguintes diâmetros 0,053 a 0,25 mm, 0,25 a 2 mm, 2 a 4,76 mm, 4,76 a 7,9 mm, 7,9 a 19,1 mm, respectivamente. As análises químicas foram para determinar capacidade de troca de cátions - CTC, fósforo, carbono orgânico total – COT, pH em água e KCl, dissoluções seletivas do Fe em Ditionito Citrato Bicarbonato de Sódio – DCB, Oxalato de Amônio e Ataque Sulfúrico para determinação dos teores de totais de Fe, Al e Si na fração argila, além de determinar os índices moleculares Ki e Kr. Foram encontrados três perfis de Argissolos e dois Cambissolos. Em todos estes perfis foi encontrada significativa quantidade de nódulos, que diminuíam de diâmetro, porém aumentavam sua resistência mecânica à medida que se aproximavam da superfície do solo, onde tinha um aspecto semelhante a “chumbo de caça”. Os dados obtidos mostraram variações intra e inter perfis, tais como o teor de cascalho, que em um dos perfis de Cambissolos caiu da ordem de 780 g.kg -1 , para 30 g.kg -1 fato corroborado pelos teores de Titânio, que sugerem que tais variações se devam a diferentes origens litogênicas. Isso nos permite concluir que dentre os fatores de formação destes solos, o material de origem imprime suas características de forma que isso se reflete nas diferentes classes de solos distanciados de poucos metros entre perfis e mesmo em poucos centímetros entre horizontes de solos.
Mostrar mais

55 Ler mais

Memórias, poéticas e : a invenção estética de Limoeiro do Norte

Memórias, poéticas e : a invenção estética de Limoeiro do Norte

Não é por acaso que Brasil de Dentro fala sobre viagens. O cantor e compositor Eugênio Leandro é um viajante. Mas, ao longo de tantas viagens aparecia a saudade: A cajarana doce no sopé da serra que eu tanto quis provar de novo ao regressar. Se na mata já não tem mais carnaúba na bandeira do Brasil falta uma cor. Ao cantar sobre o eucalipto de dentro das Minas Gerais ele lembra de outra flora, a do rio Jaguaribe, fazendo referência à cajarana, tão citada por Antônio Nunes Malveira, e às carnaúbas, que aparece no livro Na Ribeira do Rio das Onças, de Lauro de Oliveira Lima. Ele pega um dos símbolos da nação, a Bandeira, e faz uma comparação do verde com as matas do país, associando a vegetação à carnaúba. Quando a saudade bate forte a força do regionalismo e da municipalidade se torna latente, a carnaúba faz parte da memória individual de Eugênio Leandro e da memória social de Limoeiro do Norte. Mas, o inverso também é verdadeiro, ele ajuda, através das músicas, a alimentar nossas memórias individuais e coletivas. Se na mata já não tem mais carnaúba na bandeira do Brasil falta uma cor é um modo de velar a morte dos carnaubais, alimentando a imagem cristalizada dos tempos áureos da cera de carnaúba. Apesar de fazer a crítica aos coronéis e ao conservadorismo da sociedade limoeirense, está alimentando o imaginário da sociedade dos coronéis, dos padres e do bispo Aureliano Matos, que ganharam força através dos barões da cera de carnaúba. Inverter os sinais discursivos, trocar o positivo pelo negativo, não é suficiente para escaparmos das armadilhas da cristalização das identidades (DURVAL MUNIZ, 2001).
Mostrar mais

206 Ler mais

As cortinas que cerram o Vale: religião e secularização na diocese de Limoeiro do Norte/CE (1940-1980)

As cortinas que cerram o Vale: religião e secularização na diocese de Limoeiro do Norte/CE (1940-1980)

Antes da Escola Normal, todavia, a primeira escola pública inaugurada em Limoeiro foi o Grupo Escolar Padre Joaquim de Menezes, numa quinta-feira de Corpus Christi, dia 27 de maio de 1937, também pelo governador Menezes Pimentel, que veio de Fortaleza especialmente para isso, acompanhado de caravana composta de seis automóveis que, para vencer o isolamento da cidade pelas águas, tiveram de atravessar o rio em um velho pontão. As autoridades foram recepcionadas por uma “apinhada massa popular” na casa de Custódio Saraiva de Menezes, que não era mais prefeito, mas mantinha o prestígio, e saudados pelo telegrafista Hercílio Costa e Silva. Passava do meio- dia quando “procedeu-se uma ligeira vistoria” no prédio, seguindo-se a seção de inauguração, tendo falado na ocasião o prefeito municipal, José Gondim Chaves; a diretora da escola, Carlota Andrade; as professoras Maria Luisa e Maria Stella; o Diretor da Instrução, Perboyre e Silva, e o Secretário de Estado, José Martins. 58 Na ocasião, apresentou-se o bailado Os Tamanquinhos, cantado pelas alunas Elaine Osterne, Corina e Felícia Remígio, vestidas como camponesas (LIMA [L. O.], 2002, p. 72). Representação da timidez de Ícaro diante de “ilustres visitantes”. Para eles, não era recomendado apresentar uma peça política como A Muriçoca da Malária.
Mostrar mais

568 Ler mais

Show all 7216 documents...