• Nenhum resultado encontrado

má-fé

Subjetividade e má-fé na ontologia fenomenológica de Sartre

Subjetividade e má-fé na ontologia fenomenológica de Sartre

... como por exemplo, o ateísmo. No dizer de Jean-François Louette, “Nietzsche (...) recebe um dos mais belos elogios que Sartre poderia oferecer: aquele da perseverança ateia” (LOUETTE, Sartre contra Nietzsche, p.9). ...

184

Consciência e má-fé no jovem Sartre: a trajetória dos conceitos

Consciência e má-fé no jovem Sartre: a trajetória dos conceitos

... No entanto, insistimos neste “autoconhecimento” para que, uma vez habitados por este caráter, este “Eu” cuja liberdade apreendemos como se fosse a liberdade de um outro, enfim, uma vez sendo um ser-em-si, possamos nos ...

239

Litigância de má-fé. Responsabilidade processual por violação dos princípios da boa-fé e da cooperação, no ordenamento jurídico português

Litigância de má-fé. Responsabilidade processual por violação dos princípios da boa-fé e da cooperação, no ordenamento jurídico português

... de , por parte dos advogados, o mesmo não é aplicado com ...de -, posição esta, que corresponde ao entendimento maioritário da nossa ...

145

UM NOVA CONCEPÇÃO SOBRE A LEI DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA E SEU ALCANCE. O DOLO E A MÁ-FÉ COMO ELEMENTOS FUNDANTES DA RESPONSABILIZAÇÃO

UM NOVA CONCEPÇÃO SOBRE A LEI DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA E SEU ALCANCE. O DOLO E A MÁ-FÉ COMO ELEMENTOS FUNDANTES DA RESPONSABILIZAÇÃO

... Trata o presente artigo de uma pesquisa acerca da Lei de Improbidade Administrativa, que dispõe sobre as sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito no exercício de mandato, cargo, emprego ...

21

A avaliação do regime jurídico da litigância de má-fé em Portugal.

A avaliação do regime jurídico da litigância de má-fé em Portugal.

... Por força da base legal citada, só são ilícitas as atuações previstas no nº 2 do refe- rido artigo. Quanto à culpa, aspecto que interessa particularmente assinalar, o artigo 456º do CPC (correspondente ao artigo 542º do ...

18

307

307

... penhora, - presumida, uma vez que a norma do bem de família legal é imperativa; (ii) no mesmo sentido, o comportamento contraditório, decorrente da boa- objetiva, não pode prevalecer ao direito ...

32

1395

1395

... de -, quando tenha procedido com dolo tal como ficou descri- ...de , nos termos do disposto pelo artigo 456º, nºs 1 e 2, b), do ...

36

A litigância de máfé e suas consequências no processo civil

A litigância de máfé e suas consequências no processo civil

... de - o litigante, que deduziu pretensão ou defesa, se havia razão para ele ignorar o que se ...de - quem omitiu fatos essenciais ao julgamento da causa, é de mister que tal omissão ...

65

Tese de Doutorado de Vivianne Fleury de Faria

Tese de Doutorado de Vivianne Fleury de Faria

... narrador e da personagem Paulo Honório, como também no caso de Bentinho. Prova da má fé do narrador de SB é ainda a sonegação de certas informações. Paulo Honório afirma não se lembrar[r] ...

206

Aplicabilidade do princípio da eficiência nas licitações

Aplicabilidade do princípio da eficiência nas licitações

... CESPE para a aplicação de um determinado concurso público. Dispensa de Licitação na contratação de instituição nacional. Litigância de má-fé. 2º, “c”, parágrafo único, “c”; 3º), u[r] ...

136

OS CAMINHOS EXISTENCIAIS EM O ENCONTRO MARCADO

OS CAMINHOS EXISTENCIAIS EM O ENCONTRO MARCADO

... A - é, assim, um projeto de “fuga”: visa a desintegração do ser, através de atitudes que negam a si mesmo e à sua própria ...a - é uma tentativa de se esquivar desse imperativo, ...

23

FRAUDE À EXECUÇÃO E O TERCEIRO ADQUIRENTE  Bárbara Altoé Puppin

FRAUDE À EXECUÇÃO E O TERCEIRO ADQUIRENTE Bárbara Altoé Puppin

... à - do terceiro adquirente, o que se mostra, via de regra, incompatível com a aptidão do exequente para sua produção, deixando o terceiro (e mais ainda o executado) em posição confortável, sem que tenha ...

20

POSSIBILIDADES DE ENTREVER A ÉTICA NA INFORMAÇÃO EMPRESARIAL

POSSIBILIDADES DE ENTREVER A ÉTICA NA INFORMAÇÃO EMPRESARIAL

... a ética empresa- rial, com a usurpação da clientela através do “lucro abusivo”, será que é honesto o gestor da informação contribuir para isso? Colaborando com a do empresário e da empresa o ...

10

 forma de vida

forma de vida

... Claro que, como aprendemos com Donald Davidson, e naturalmente Passos Coelho não aprendeu ou agiu de , as circunstâncias não subvertem, do dia para a noite, a nossa teia de crenças, princípios, ...

5

Carlos Eduardo Jadon.pdf

Carlos Eduardo Jadon.pdf

... O presente trabalho aborda o importante instituto de direito das obrigações, novação, com a inédita roupagem que lhe confere os novos valores que regem o Direito Privado, no âmbito constitucional e infraconstitucional. ...

141

O ABUSO DO PROCESSO DO TRABALHO  Vinícius José Rockenbach Portela

O ABUSO DO PROCESSO DO TRABALHO Vinícius José Rockenbach Portela

... Ainda que o autor seja leigo no que tange aos termos do ordenamento jurídico, pesa sobre ele a impossibilidade de invocar o desconhecimento da lei como escusa por seu não cumprimento. Tanto mais no que tange ao mais ...

25

Em defesa do rigor na investigação em História da Matemática — a propósito das “Reflexões” de Luís Saraiva sobre o livro “Matemática em Portugal – uma questão de educação”

Em defesa do rigor na investigação em História da Matemática — a propósito das “Reflexões” de Luís Saraiva sobre o livro “Matemática em Portugal – uma questão de educação”

... da ; da hostilidade daqueles para quem a estagnação ou a decadência da nossa cultura mate- mática é a condição necessária para a realização de objectivos que nada têm que ver com as ciências ...

14

FRAUDE À EXECUÇÃO NO CURSO DA DEMANDA E A IMPORTÂNCIA DO ASPECTO SUBJETIVO  Cecília Rodrigues Frutuoso Hildebrand

FRAUDE À EXECUÇÃO NO CURSO DA DEMANDA E A IMPORTÂNCIA DO ASPECTO SUBJETIVO Cecília Rodrigues Frutuoso Hildebrand

... a - do devedor torna-se absolutamente ...a - do ...a - do devedor ou a boa- do terceiro? Sem dúvidas alguma, é a ...A - do executado ...

14

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO – PUC-SP Thalita Abdala Aris

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO – PUC-SP Thalita Abdala Aris

... Portanto, para os casos de condenação em ação de improbidade administrativa, exigiu-se, expressamente, que estivessem presentes o elemento subjetivo (dolo ou má-fé) [r] ...

232

Show all 1053 documents...

temas relacionados