Troca Rápida de Ferramenta

Top PDF Troca Rápida de Ferramenta:

Aplicação de um método de troca rápida de ferramenta (TRF) em uma empresa de bebidas.

Aplicação de um método de troca rápida de ferramenta (TRF) em uma empresa de bebidas.

As indústrias de bebidas caracterizadas pela elevada diversificação de produtos enfrentam dificuldades de atender as expectativas de clientes, devido a um processo, muitas vezes, pouco flexível. A Troca Rápida de Ferramenta (TRF) traz a opoortunidade delas trabalharem com baixos níveis de estoques, lotes pequenos de produção suficientes para atender a demanda do mercado. O objetivo deste trabalho é promover a TRF através da pesquisa-ação, desenvolvendo um método próprio e adaptado, baseado em revisões bibliográficas. Além de estimular um comportamento participativo que objetiva o aumento da eficiência da produção pelos colaboradores da empresa, os resultados apontam para uma redução do tempo de setup de 41,54% com baixo investimento. O método desenvolvido se mostrou eficaz e pode ser estendido nas demais linhas de envase, padronizando as etapas de setup.
Mostrar mais

15 Ler mais

Eric Rocha Menezes APLICAÇÃO DA METODOLOGIA DE TROCA RÁPIDA DE FERRAMENTA EM UMA EMPRESA PRODUTORA DE

Eric Rocha Menezes APLICAÇÃO DA METODOLOGIA DE TROCA RÁPIDA DE FERRAMENTA EM UMA EMPRESA PRODUTORA DE

O sistema Just in Time tem como objetivo produzir itens quando eles são necessários e nas quantidades solicitadas, isso com o menor custo possível, gerando o mínimo de estoques e reduzindo os desperdícios continuamente e nesse contexto que se insere a Troca Rápida de Ferramenta (TRF) buscando a redução do tempo de preparação de máquina (setup). O presente trabalho apresenta uma proposta metodológica para a TRF, elaborada a partir de uma revisão na literatura disponível e é composta dos seguintes tópicos: estruturação da equipe de trabalho, determinação do método existente, separação dos elementos internos e externos, conversão dos elementos internos em externos, redução ou eliminação de elementos internos, eliminação de ajustes, padronização e documentação. Essa metodologia, aplicada em um estudo de caso numa empresa produtora de embalagens metálicas, se inicia com uma apresentação da empresa relatando todas as suas peculiaridades, em seguida é descrito o processo de fabricação de latas, onde mostra a sua classificação e seu processo de montagem. O próximo passo foi uma análise da situação do setup antes da implantação da TRF para posterior elaboração de uma situação proposta, com a execução de uma série de melhorias visando a redução do tempo de setup. O estudo se conclui com a análise dos resultados obtidos, mostrando os ganhos de tempo após a implantação da TRF em todas as máquinas da linha de montagem, pois através de um comparativo geral o tempo de setup interno foi reduzido em 84,6% o que equivale a 241,6 minutos.
Mostrar mais

66 Ler mais

AMANDA COSTA DA SILVA TROCA RÁPIDA DE FERRAMENTAS: UM ESTUDO DA APLICAÇÃO NO SETOR DE SERIGRAFIA EM UMA INDÚSTRIA DE CONFECÇÃO

AMANDA COSTA DA SILVA TROCA RÁPIDA DE FERRAMENTAS: UM ESTUDO DA APLICAÇÃO NO SETOR DE SERIGRAFIA EM UMA INDÚSTRIA DE CONFECÇÃO

Neste capítulo, está descrito o estudo de caso desenvolvido ao longo da pesquisa. Alinhado com o objetivo geral deste trabalho que aborda a redução dos tempos de setup através da aplicação da técnica enxuta Troca Rápida de Ferramenta (TRF), o presente estudo de caso propõe-se a aplicar os conceitos relacionados a esta ferramenta em um ambiente real de uma pequena indústria de confecção. As etapas utilizadas nesta pesquisa foram adaptadas pela autora a partir da união das ideias propostas por Tubino (2009), Shingo (2000), Moura e Banzato (1996).
Mostrar mais

66 Ler mais

Estudo multicaso de práticas de implantação do método SMED

Estudo multicaso de práticas de implantação do método SMED

A melhoria da produtividade nos processos de fabricação tornou-se uma busca constante das empresas. Nessa busca, várias ferramentas, métodos ou técnicas estão à disposição. Levando- se em consideração que a produtividade é apenas um fim, são necessários meios para promovê-la. O método desenvolvido por Shigeo Shingo propõe-se a isso, denominado SMED – Single Minute Exchange of Die, e que pode ser traduzido por troca rápida de ferramenta em um digito de minuto, propõe que os setups sejam realizados em menos de 10 minutos, tempo possível de ser atingido a partir da racionalização das tarefas do operador e melhorias realizadas na máquina. A implantação do método SMED possui inicialmente baixos custos, necessitando muito mais de iniciativas relativamente simples e de adoção de procedimentos de trabalhos igualmente simples e de fácil compreensão aos operários. Este estudo multicaso foi realizado em três empresas de segmentos industriais diferentes, com o objetivo de compreender as práticas adotadas na implantação do método SMED, que respeitados seus formatos de implantação basearam-se nos trabalhos originalmente desenvolvidos por Shigeo Shingo. O estudo identifica o porquê das empresas em adotar o método e como estruturaram a implantação em função de suas peculiaridades e disponibilidades financeiras. Aspectos centrais, como o roteiro de trabalho para implantação do método, o treinamento dos operários, as reduções de tempo de setup e a forma que as empresas adotaram para acompanhar e controlar o método, foram adequadamente descritos. Os resultados demonstram que as empresas conseguiram reduzir significativamente as horas utilizadas com setup, com ganhos consideráveis possibilitados pela redução de horas extras ou turnos de trabalho, da promoção de uma significativa melhoria das áreas de trabalho e das condições de trabalho dos operários, evidenciando as diferentes formas adotadas para acompanhar e controlar o desempenho do método. Foi possível ainda, a partir da experiência adquirida na execução desta dissertação, elaborar um roteiro de oito etapas com recomendações para o processo de implantação do método SMED.
Mostrar mais

193 Ler mais

Aplicação da troca rápida de ferramentas (TRF) em intervenções de manutenção preventiva

Aplicação da troca rápida de ferramentas (TRF) em intervenções de manutenção preventiva

A Troca Rápida de Ferramentas (TRF) é uma técnica do Sistema Toyota de Produção que permite reduzir o tempo de intervenções realizadas em equipamentos de um processo e aumentar a utilização dos mesmos. Tradicionalmente, é utilizado nos set-up de câmbio de produto, mas é possível extrapolar o conceito de set-up e aplicá-lo a outros tipos de paradas, como no caso estudado: paradas para manutenção preventiva. O objetivo do presente trabalho foi aplicar a TRF em uma interrupção da produção para manutenção a fim de reduzir o tempo de máquina parada, ao mesmo tempo em que se desenvolvia uma metodologia mais detalhada e eficiente para esta aplicação. O caso prático descrito neste trabalho ocorreu em uma siderúrgica e obteve redução de 63% do tempo de máquina parada para manutenção preventiva. Este resultado mostra a eficácia da utilização da ferramenta TRF em diferentes tipos de set-ups aumentando a disponibilidade dos equipamentos.
Mostrar mais

26 Ler mais

TEMPÇ) DE REALIZAÇÃO DA TROCA

TEMPÇ) DE REALIZAÇÃO DA TROCA

Os principais fatores que impedem a realização da fotocoagulação pós­ troca fluido-gasosa são: hemorragia residual ou recidivante, "fish-eggs", catarata e edema corneano. Os qua­ tro pacientes com PVR não fotocoa­ guIados, devido à hemorragia vítrea e "fish-eggs", apresentaram a retina descolada no exame final. Opacidade de cristalino ou córnea não foi fator impeditivo de tratamento nestes pa­ cientes. Nos outros grupos, o resulta­ do inicial da troca fluido-gasosa foi igual ao resultado final no aspecto concernente ao reposicionamento da retina. Os casos de descolamento reg­ matogênico recorrente puderam ser totalmente curados com o procedi­ mento pelo fato da rotura responsável ter sido identificada e não haver tração vítrea importante. Os casos de retino­ patia diabética tiveram uma boa dis­ secção das membranas epiretinianas previamente na vitrectomia via "pars plana", de tal forma que os descola­ mentos estavam associados a peque­ nas roturas retinianas sem tração ân­ tera-posterior ou tangencial significa­ tiva, permitindo um tamponamento adequado para se obter o efeito adesi-
Mostrar mais

7 Ler mais

Cirurgia de troca valvar em gestante.

Cirurgia de troca valvar em gestante.

Trata-se de uma gestante de 20 semanas submetida à retroca de prótese de valva atrioventricular esquerda e troca da valva da aorta, ambas por prótese biológica, valvuloplastia de tricúspide e trombectomia de átrio esquerdo. O tempo de circulação extracorpórea foi de 105 minutos. A paciente recebeu alta do hospital em boas condições gerais e o recém- nascido permanece estável em Unidade de Terapia Intensiva. Por ser um procedimento de considerável complexidade e de alta mortalidade materna e fetal, este caso é de importante relevância no tratamento das doenças valvares durante o período gestacional, bem como a condução nos períodos intra e pós-operatório.
Mostrar mais

3 Ler mais

A determinação da capacidade de troca de cátions do solo e de argilas por meio da troca isotópica com cálcio radioativo.

A determinação da capacidade de troca de cátions do solo e de argilas por meio da troca isotópica com cálcio radioativo.

Determinação da capacidade de troca de cátions dos solos. a) Foram transferidos 5,00g de terra fina seca ao ar pa- ra tubo de percolação de 30 cm de altura e 2,5 cm de diâ- metro, já pr[r]

10 Ler mais

Retração rápida de caninos.

Retração rápida de caninos.

transcirúrgica, tornando muito mais rápido e se- guro o tempo cirúrgico. Proporciona também a avaliação da proximidade com o seio maxilar e o assoalho nasal (Fig. 18) e nos permite definir an- tecipadamente qual o comprimento máximo da broca que utilizaremos para o aprofundamento. A partir da padronização das tomadas e das medidas, permite a comparação precisa entre o antes e o depois da RRC, sendo uma ferramenta valiosa na avaliação dos resultados obtidos.

19 Ler mais

A Força de Reacção Rápida

A Força de Reacção Rápida

As alterações profundas ocorridas com o fim da Guerra Fria, nomeadamente a implosão da máquina militar soviética e a consequente dissolução do Pacto de Varsóvia, conduziram alguns analistas a vaticinar a dissolução da OTAN por ausência de contendor. Contudo, a OTAN foi rápida a demonstrar o seu dinamismo. Em primeiro lugar, com a alteração do seu conceito estratégico, em 1991, introduzindo a possibilidade de intervenção out of area, que ocorreu pela primeira vez na Bósnia-Herzegovina, em 1995. Depois, com a implementação da Parceria para a Paz (PfP), visando a aproximação progressiva aos ex- países de Leste, e com a evolução do conceito Combined Joint Task Force (CJTF), conferindo capacidade efectiva e flexibilidade para as intervenções out of area. Em 1999, nova actualização do conceito estratégico, adesão de 3 novos membros e intervenção decisiva para o fim das hostilidades no Kosovo. Na sequência do 11 de Setembro de 2001, e ao abrigo do Artigo V, a OTAN cerrou fileiras com o seu mais proeminente membro num objectivo comum jamais visto desde a queda do Muro. Seguiu-se o apoio à intervenção no Afeganistão. Porém, em 2003, verificou-se uma fractura nítida na coesão da OTAN, em resultado das posições antagónicas relativas à intervenção anglo-americana no Iraque. Aparentemente recomposta, a OTAN viria a adquirir nova dinâmica com a adesão, em 2004, de 10 novos membros. Hoje em dia, é inegável que a OTAN é o principal garante da segurança e da estabilidade euro-atlânticas. O seu sucesso foi e é visível na Bósnia-Herzegovina, no Kosovo e no Afeganistão. Resta o Iraque, onde ainda não foram reunidas condições para uma intervenção da OTAN, sobretudo pela oposição desde sempre demonstrada pela Alemanha e também pela posição recente da Espanha, de retirar os seus efectivos militares presentes naquele Teatro. Outra prova da vitalidade da OTAN está também patente na profunda reorganização que empreendeu a partir de 2003 e que, no capítulo da sua capacidade efectiva de intervenção, consagrou a materialização progressiva da NATO Response Force (NRF). Quando definitivamente constituída, com os seus cerca de 21.000 efectivos, será uma força com alto grau de prontidão, credível e robusta, com a capacidade de se projectar rapidamente como e onde requerido pelo Conselho do Atlântico Norte para participar no espectro completo das missões OTAN 22 .
Mostrar mais

100 Ler mais

Sorologia rápida para hanseníase (teste ML Flow) em pacientes dimorfos classificados como paucibacilares pelo número de lesões cutâneas: uma ferramenta útil.

Sorologia rápida para hanseníase (teste ML Flow) em pacientes dimorfos classificados como paucibacilares pelo número de lesões cutâneas: uma ferramenta útil.

O teste ML Flow mostrou-se muito sensível na detecção de casos MB, inclusive em pacientes com poucas lesões. Ao contrário do que ocorreu com baciloscopia do esfregaço, nenhum paciente recusou-se a realizá-lo, e embora não tenha sido positivo em todos os casos, em 66,6% dos pacientes com até cinco lesões, mostrou-se uma ferramenta útil no auxílio para uma correta classificação da forma clínica.

3 Ler mais

O MUNDO DA TROCA EM MOVIMENTO

O MUNDO DA TROCA EM MOVIMENTO

Pressupondo-se que a articulação do espaço/tempo da troca de mercadorias se mostra cada vez mais contínua em relação ao tempo social, a finalidade deste artigo é apresentar algumas noções básicas que permitam uma leitura da troca de mercadorias no espaço urbano contemporâneo. A perspectiva da leitura aqui adotada é a de uma geografia que observa as atividades da esfera comercial e de consumo nas cidades, com o objetivo de encontrar as raízes desse mundo de trocas e elucidar a complexidade de questões que, a partir dele, são colocadas na vida cotidiana. Abordaremos alguns conceitos e dimensões da sociedade para a análise de aspectos relativos aos espaços comerciais e de consumo, para, assim, contribuir com o entendimento das condições de vida na sociedade.
Mostrar mais

10 Ler mais

Troca e relação na estética relacional

Troca e relação na estética relacional

criações produzidas por esta amostra de artistas são as mais diversas e, surpreendentemente, ocupam poucas páginas do livro de Bourriaud. Com exceção de análises breves e pontuais, a menção aos trabalhos, a despeito da disponibilidade de informações sobre eles, vem desprovida de descrições e investigações a respeito de sua forma, moral e razão, para colocar nos termos de Mauss. Há, com isso, uma diferença crucial quanto ao rigor metodológico que move os dois escritos. Se Mauss se debruça sobre os fatos sociais, observando concretamente a vida social em uma descrição por vezes exaustiva das dinâmicas que caracterizam as formas arcaicas da troca, Bourriaud apressa- se por uma generalização da condição artística contemporânea, sem que isso venha acompanhado de convincentes e fundamentadas análises.
Mostrar mais

12 Ler mais

Densificação rápida de cerâmicas de SnO2.

Densificação rápida de cerâmicas de SnO2.

A densificação do SnO 2 contendo aditivos é um processo que ocorre de forma muito rápida, ou seja, nos primeiros segundos do tratamento térmico. No caso da adição de 10% em mol de íons Fe, apenas 10 s são suficientes para a eliminação de quase 45% do volume de poros, e chegando a 50% em 30 s de tratamento térmico. Para a adição de 5% em mol de íons Fe, o processo ocorre em uma taxa um pouco menor nos primeiros segundos; no entanto, em 30 segundos de tratamento térmico, restam aproximadamente 8% de porosidade, ou seja, equivalente ao tratamento por 4 h em

4 Ler mais

Rev. Soc. Bras. Med. Trop.  vol.39 número5

Rev. Soc. Bras. Med. Trop. vol.39 número5

mo str o u le são c e r e b r al e xpansiva, c o m e fe ito de massa e c ompressão do ventríc ulo lateral; após injeç ão de c ontraste intravenoso definiu-se melhor a lesão tumoral e houve c aptaç ão do c ontraste em anel ( Figura A – seta) . A ressonânc ia magnétic a c o nfir m o u a pr e se nç a da m assa tum o r al ( Figur as B e C; seta preta) e mostrou extensa área de edema em torno da lesão ( Figuras B e C; setas branc as) . O diagnóstic o de toxoplasmose c e r e b r al se impô s; inic io u-se , a se guir, o tr atame nto c o m s ulfa dia zina , pir im e ta m ina e á c ido fo línic o . Ela ta m b é m rec ebeu difenil-hidanto ína para tratamento das c o nvulsõ es. Houve melhora rápida e progressiva. No c ontrole de 5 0 dias, após a alta hospitalar, a pac iente sentia-se bem.
Mostrar mais

2 Ler mais

Período 1 Troca de animais

Período 1 Troca de animais

Objetivou-se validar o método de análise de dados bioacústicos na descrição do comportamento em pastejo de novilhas em área de integração lavoura-pecuária (iLP) e floresta (iLPF). Foram utilizadas oito novilhas Girolando (¾Holandês x ¼Gir) com média de 25±6,8 meses de idade e 268±83kg de peso vivo (PV), distribuídas em delineamento crossover 2x2 (dois sistemas x dois períodos de avaliação). A coleta de dados para análise bioacústica foi realizada utilizando-se gravadores MP3. Esses dados foram analisados pelo software Audacity® para identificação das atividades de pastejo, ruminação e ócio. Concomitantemente, o comportamento também foi avaliado pelo método de observação visual, realizado no período de 8 até 16 horas, em intervalos de 15 minutos. Não houve diferença (P>0,05) entre médias dos tempos (minutos) de pastejo, ruminação e ócio registrados pelos métodos de bioacústica e avaliação visual, sendo, respectivamente, 127 vs. 137; 122 vs. 113 e 238 vs. 216, no sistema iLP, e 134 vs. 103; 130 vs. 165 e 233 vs. 203, no sistema iLPF. Por meio desses resultados, foi possível concluir que o método da bioacústica é uma importante ferramenta para avaliar o comportamento de pastejo em diferentes sistemas de produção a pasto, com a vantagem de possibilitar o registro de atividades durante o período noturno, além de maior praticidade e precisão do que o método observacional.
Mostrar mais

8 Ler mais

Troca de saberes; uma forma de aprendizado.

Troca de saberes; uma forma de aprendizado.

Portanto, o vínculo construído nos encontros foi importante na consolidação da rede de grupos de agroecologia das universidades proporcionando a troca de saberes entre estes e, por consequência, o fortalecimento de uma nova concepção de extensão rural e um novo modelo de agricultura. Para os/as participantes o conhecimento de técnicas de agricultura alternativa abre um novo horizonte de atuação profissional que tem no seu cerne o desenvolvimento econômico, social e sustentável para o campo. Portanto, novas metodologias de ensino devem ser adotadas visando a formação de profissionais com consciência social e ecológica.
Mostrar mais

15 Ler mais

Cirurgia de troca valvar em gestante

Cirurgia de troca valvar em gestante

Trata-se de uma gestante de 20 semanas submetida à retroca de prótese de valva atrioventricular esquerda e troca da valva da aorta, ambas por prótese biológica, valvuloplastia de tricúspide e trombectomia de átrio esquerdo. O tempo de circulação extracorpórea foi de 105 minutos. A paciente recebeu alta do hospital em boas condições gerais e o recém- nascido permanece estável em Unidade de Terapia Intensiva. Por ser um procedimento de considerável complexidade e de alta mortalidade materna e fetal, este caso é de importante relevância no tratamento das doenças valvares durante o período gestacional, bem como a condução nos períodos intra e pós-operatório.
Mostrar mais

3 Ler mais

Show all 10000 documents...