• Nenhum resultado encontrado

[PDF] Top 20 Acurar-se da escrita - Maria Gabriela Llansol

Has 10000 "Acurar-se da escrita - Maria Gabriela Llansol" found on our website. Below are the top 20 most common "Acurar-se da escrita - Maria Gabriela Llansol".

Acurar-se da escrita - Maria Gabriela Llansol

Acurar-se da escrita - Maria Gabriela Llansol

... da escrita representativa em que me sentia tão mal, como me sentia mal na convivência, e em Lisboa, encontrei-me sem normas, sobretudo ...da escrita realista porque isso significava que lhes devia ... See full document

161

A superfície persistente do começar: escrita-leitura em Maria Gabriela Llansol

A superfície persistente do começar: escrita-leitura em Maria Gabriela Llansol

... de Maria Gabriela Llansol, é referida no prefácio de O livro das comunidades: “Todos cremos saber o que é o Tempo, mas suspeitamos, com razão, que só o Poder sabe o que é o Tempo: a Tradição segundo ... See full document

10

Leitura, tradução e escrita em Maria Gabriela Llansol

Leitura, tradução e escrita em Maria Gabriela Llansol

... poemas, Maria Gabriela Llansol faz um arranjo, misturando fragmentos esparsos: lembranças cintilantes da sua infância, ao lado da avó Maria, devota de Teresinha do Menino Jesus, leitura do ... See full document

18

A escrita dos dias: a ética da paisagem em Maria Gabriela Llansol

A escrita dos dias: a ética da paisagem em Maria Gabriela Llansol

... de escrita, letra, litoral e ...de Maria Gabriela Llansol Ŕ Ŗcausa amanteŗ, Ŗsobreimpressãoŗ, Ŗfulgorŗ, Ŗrestante vidaŗ, Ŗleituraŗ e Ŗpaisagemŗ Ŕ, extraímos a noção de Ŗética da paisagemŗ que, ... See full document

287

Biografia como método: a escrita da fuga em Maria Gabriela Llansol

Biografia como método: a escrita da fuga em Maria Gabriela Llansol

... de Gabriela que se põe a escrever os tantos livros, os incontáveis cadernos, as inúmeras páginas encontradas em seu espólio, para a vida capturada pelo legente, para a vida que guarda a experiência amorosa do ... See full document

231

O magma da escrita, nos interstícios do mundo: alguns apontamentos sobre a experiência da escrita em Maria Gabriela Llansol

O magma da escrita, nos interstícios do mundo: alguns apontamentos sobre a experiência da escrita em Maria Gabriela Llansol

... portuguesa Maria Gabriela Llansol (1931-2008) significa estar disponível para auscultar uma poética que, no que diz respeito às condições da sua legibilidade e aos propósitos a que se propõe, se ... See full document

7

Da inesgotável matéria do mundo: uma aproximação pós-humanista à escrita de Maria Gabriela Llansol

Da inesgotável matéria do mundo: uma aproximação pós-humanista à escrita de Maria Gabriela Llansol

... Há muitos anos, quando comecei a viver na Bélgica, sem pressentir que seria por tantos, esta nossa longa ausência fez-me uma profunda impressão. Estava eu no béguinage de Bruges, com o sentimento fortíssimo de que já ali ... See full document

22

ESCREVER, ESCREVER. Diários, Exílio e Escrita em Maria Gabriela Llansol

ESCREVER, ESCREVER. Diários, Exílio e Escrita em Maria Gabriela Llansol

... de escrita. No fragmento de 7 de setembro de 1982, lemos que a escrita nasce no punho como se ele não fosse próprio: «Mas sinto-me também atraída para os diários, não escritos actualmente pelo meu próprio ... See full document

368

Luz preferida: a pulsão da escrita em Maria Gabriela Llansol e Thérèse de Lisieux

Luz preferida: a pulsão da escrita em Maria Gabriela Llansol e Thérèse de Lisieux

... incansáveis dos nadas de San Juan de la Cruz. Mas não há de ser nada a morte do pai, a doença demencial do pai, logo nos primeiros tempos do Carmelo? Mas não há de ser nada a vida encarcerada e rígida em uma pequena ... See full document

335

Há-de vir só: a composição do livro-poema em Maria Gabriela Llansol

Há-de vir só: a composição do livro-poema em Maria Gabriela Llansol

... passagem, Llansol compara seu texto ao estudo dos sonhos, cujas leis de desenvolvimento pressupõem uma con- tinuidade, sendo lógico que o próximo livro da autora se chamasse Os cantores de leitura, que, como ... See full document

12

A morte de Maria Gabriela Llansol e José Saramago na Imprensa

A morte de Maria Gabriela Llansol e José Saramago na Imprensa

... 4 de março de 2008). Gisélle Freund em Fotografia e Sociedade (1989) analisa o retrato fotográfico na sua relação com a tradição aristocrática do retrato pintado e conclui que o burguês da era da fotografia procura ... See full document

10

(Escre)ver-se: A vida das coisas escritas e UM FALCÃO NO PUNHO, de Maria Gabriela Llansol

(Escre)ver-se: A vida das coisas escritas e UM FALCÃO NO PUNHO, de Maria Gabriela Llansol

... de Llansol pretende habitar entre a “Comunidade” compósita que pulula as páginas de Um falcão no punho e da restante obra, e que inclui, entre outros, a criada Engrácia (em graça, a quem se atribui o dom da ... See full document

13

A boa nova anunciada à natureza: o 'drama-poesia' em três discursos de Maria Gabriela Llansol

A boa nova anunciada à natureza: o 'drama-poesia' em três discursos de Maria Gabriela Llansol

... A recusa do egocentrismo implica antes de mais a insubstituibilidade dos seres. Ou seja, implica a crença num potencial humano indeterminado, o desejo, capaz de gerar diferenças irredutíveis. Ora, o único não pode ser ... See full document

155

Exercícios de aproximação: a experiência literária a partir de Roland Barthes e Maria Gabriela Llansol

Exercícios de aproximação: a experiência literária a partir de Roland Barthes e Maria Gabriela Llansol

... habitando-nos por tudo que porta dos efeitos dos afetos. O texto desliza para o escrito e nele as palavras perduram, na melodia que bate em cada uma delas, pronta para se lançar ao alto, em notas breves e sincopadas. É ... See full document

16

Maria Gabriela Llansol e Maurice Blanchot: a escritura do desastre

Maria Gabriela Llansol e Maurice Blanchot: a escritura do desastre

... de Llansol (2011c, ...escritural. Maria Gabriela Llansol trabalhou como tradutora de grandes poetas franceses e encontrou nesse universo estrangeiro, também, uma experiência com a ... See full document

104

Que sonho vamos nós sonhar que nos sonhe?: O conceito nietzcheano de eterno retorno na poética de Maria Gabriela Llansol

Que sonho vamos nós sonhar que nos sonhe?: O conceito nietzcheano de eterno retorno na poética de Maria Gabriela Llansol

... Blanchot distingue assim o livro da obra: enquanto o livro é o produto material da criação do autor, que “escreve a partir de certo estado da linguagem, de certa forma de cultura, de certos livros, a partir também de ... See full document

103

O caminho desviado do comum dos homens : parménides em Maria Gabriela Llansol

O caminho desviado do comum dos homens : parménides em Maria Gabriela Llansol

... a escrita que o inventa como Jovem; o Vergílio Ferreira do Inquérito… não compreende isto, replica: “– Por que haveria de ser eu o Mais Jovem – se é um facto que estou velho?”, e a narradora não pode senão ... See full document

10

Uma narratividade em mutação: recepção e produção de Causa Amante, de Maria Gabriela Llansol

Uma narratividade em mutação: recepção e produção de Causa Amante, de Maria Gabriela Llansol

... a escrita” ...fui escrita por um ...da escrita, ao ser verbalizada, cria a escrita que, por sua vez, produz a própria escriptora; há o plano da fic- cionalidade em que uma carta é ... See full document

22

Uma abordagem do tempo na ficção contemporânea A Restante Vida, de Maria Gabriela Llansol

Uma abordagem do tempo na ficção contemporânea A Restante Vida, de Maria Gabriela Llansol

... A escrita de Llansol nos transmuta para uma metamorfose de fragmentos desconexos, mas coerentes. Um estranho tempo é criado e composto por nomes históricos e místicos, sem passado e sem presente, mas com um ... See full document

10

Um contorno todo aberto – as figuras e o feminino em Maria Gabriela Llansol

Um contorno todo aberto – as figuras e o feminino em Maria Gabriela Llansol

... pela escrita que irrompe como uma linha de fulgor, pulsão “livremente móvel, que pressiona por descarga” (FREUD, 1920/ 2010, ...de Llansol a respeito do desejo das figuras, pois “o fim do texto é ... See full document

16

Show all 10000 documents...