TCC II Engenharia de Produção. Profº M.Sc. Alexander Cascardo Profº M.Sc. Valter Lima Júnior

45 

Loading....

Loading....

Loading....

Loading....

Loading....

Texto

(1)

TCC II

Engenharia de Produção

Profº M.Sc. Alexander Cascardo

Profº M.Sc. Valter Lima Júnior

(2)

Roteiro

Orientar quanto a elaboração da

Monografia

Orientar quanto aos procedimentos

para envio da Monografia e das

Fichas de Avaliação;

Orientar quanto as datas e a

dinâmica de TCC II.

(3)

Composição do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC 1)

00 – Capa

01 – Contra-Capa (ou Folha de Rosto)

02 – Ficha Catalográfica

03 – Folha de Aprovação (Banca Examinadora)

04 – Dedicatória (elemento opcional)

05 – Agradecimentos (elemento opcional)

06 – Epígrafe (elemento opcional)

07 – Resumo

08 – Abstract

09 – Lista de Figuras

10 – Lista de Tabelas

11 – Lista de Abreviaturas

12 - Sumário

Elementos

Pré-Textuais

(4)

Composição do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC 1)

13 - Introdução

14 - Justificativa

15 – Objetivo Geral e Específico

16 – Capítulo 1 - Referencial Teórico

17 - Capítulo 2 – Desenvolvimento

18 – Capítulo 3 – Resultados

19 - Metodologia

20 – Cronograma

21 – Conclusão

Elementos

Textuais

(5)

Composição do Trabalho de Conclusão de Curso

(TCC 1)

22 – Bibliografia

23 – Apêndices

24 – Anexos

23 – Parecer do Tutor Presencial com Registro

Fotográfico

24 – Ficha de Avaliação (Momento Presencial –

Peso 3)

Material de Apoio

META

Regulamento de TCC

Elementos

Pós-Textuais

(6)

CAPA

UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA PRÓ REITORIA ACADÊMICA

CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

PÓLO EAD XXX

NOME ALUNO – MATRÍCULA ALUNO

TÍTULO DO TCC

CIDADE ANO

(7)

CONTRA-CAPA

NOME ALUNO MATRÍCULA ALUNO

TÍTULO DO TCC

Trabalho de conclusão de curso (TCC) de Engenharia de Produção apresentado a Universidade Salgado de Oliveira como requisito final para obtenção do título de Bacharel em Engenharia de Produção.

Professor Orientador: Tutor Virtual Professor Coorientador: Tutor do Polo

CIDADE ANO

(8)

FICHA CATALOGRÁFICA

FICHA CATALOGRAFICA

(Elemento opcional nas monografias do curso de graduação.

Para elaboração desta ficha, o autor do trabalho deverá

procurar auxílio de um profissional bibliotecário na

biblioteca da instituição).

(9)

FICHA CATALOGRÁFICA

NOME ALUNO TÍTULO DO TCC

Trabalho de conclusão de curso (TCC) de Engenharia de Produção apresentado a Universidade Salgado de Oliveira- Pólo EAD xxx, como parte dos requisitos para obtenção do título de Bacharel em Engenharia de Produção.

Aprovado em xx de junho de 2018. BANCA EXAMINADORA

_____________________________________________ Nome do Professor, Título, Nome da Instituição

EXAMINADOR - UNIVERSO

_____________________________________________ Nome do Tutor do Pólo, Título, UNIVERSO – PÓLO EAD XXX. Professor Coorientador

_____________________________________________ Nome do Tutor do Virtual, UNIVERSO

(10)

FICHA CATALOGRÁFICA

DEDICATÓRIA

Texto de dedicatória.

(Consiste em uma folha opcional onde o autor dedica seu trabalho a alguém que considera importante ou significativo. É uma homenagem que o autor presta a uma ou várias pessoas do convívio familiar ou amigos)

(11)

FICHA CATALOGRÁFICA

AGRADECIMENTOS

Texto do agradecimento.

(Consiste em uma folha opcional onde o autor agradece às pessoas

significativas que colaboraram no trabalho ou às entidades, empresas, órgãos que contribuíram para o mesmo. Deve ser breve e expressar o real sentimento do aluno às pessoas que lhe são ou foram gratas. Trata-se de um

reconhecimento para com o orientador, os professores e pessoas que, de forma direta, contribuíram para a realização e concretização do trabalho científico)

(12)

FICHA CATALOGRÁFICA

(A Epígrafe é um elemento opcional do TCC. Trata-se de uma citação de

alguma obra, não necessariamente de caráter científico, e que representa um pouco do pensamento do autor, normalmente tendo alguma relação com o tema estudado).

(13)

FICHA CATALOGRÁFICA

RESUMO Texto do Resumo.

(O resumo é uma peça obrigatória em todos os trabalhos monográficos. Tem a finalidade de oferecer uma sinopse do trabalho desenvolvido. Consiste numa exposição concisa, porém, perfeita do conteúdo do trabalho. Esses dados visam a identificar o tema central do trabalho, bem como o problema, os objetivos, a(s) hipótese(s), metodologia, resultados, conclusões e

recomendações. Na descrição da metodologia deverão ser descritos os métodos e técnicas de abordagem, fontes e forma de análise dos dados. Os resultados devem ser apresentados destacando os achados principais, bem como contradições e novas relações e efeitos das variáveis estudadas. As conclusões devem ser reunidas buscando relacionar os objetivos e os

resultados encontrados. Recomenda-se que o resumo não ultrapasse uma página, respeitando o limite de 500 palavras)

Palavras-chave: aaa; bbb; ccc; ddd.

(Abaixo do resumo o autor deve incluir as palavras chave e/ou descritores, conforme a NBR 6028 (ABNT, 1990). Para monografias e dissertações são exigidos três descritores).

(14)

FICHA CATALOGRÁFICA

ABSTRACT Texto do Abstract.

(O Abstract consiste na apresentação do resumo na língua inglesa). Key words: aaa; bbb; ccc; ddd.

(15)

FICHA CATALOGRÁFICA

LISTA DE FIGURAS

(Trata-se de um elemento opcional, elaborado na mesma sequência em que as ilustrações se apresentam no texto, sendo cada item designado por seu nome específico e pelo número da página. Recomenda-se a elaboração de lista

própria para cada tipo de ilustração, tais como desenhos, fluxogramas, gráficos, quadros e outros.)

Figura 01: Construção da Ponte Rio Niterói...24 Figura 02: Construção da linha 1 do metrô de São Paulo...26

(16)

FICHA CATALOGRÁFICA

LISTA DE TABELAS

(Trata-se de um elemento opcional, elaborado na mesma sequência em que as mesmas se apresentam ao longo do texto, sendo os itens designados pelo

respectivo nome e número da página. Recomenda-se que seja elaborado, quando o trabalho mais de três ou quatro tabelas.)

Tabela 01: Classificação dos atrasos...53 Tabela 02: Principais causas dos atrasos...54

(17)

FICHA CATALOGRÁFICA

LISTA DE ABREVIATURAS

(É um elemento opcional, que apresenta em ordem alfabética as abreviaturas e as siglas utilizadas ao longo do texto, seguidas pelas palavras ou expressões que representam, em sua forma por extenso).

AEAT – Anuário Estatístico de Acidentes de Trabalho

(18)

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO...13

JUSTIFICATIVA...13

OBETIVO GERAL...13

Objetivo específico...14

CAPÍTULO 1 – REFERENCIAL TEÓRICO (OU REVISÃO BIBLIOGRÁFICA)...16

1.1 Aaaaaa...16

1.1.1 Bbb...16

CAPÍTULO 2 – DESENVOLVIMENTO (OU RESULTADOS)...31

2.1 Aaaaaa...31 2.1.1 Bbb...35 CAPÍTULO 3 – RESULTADOS...48 3.1 Aaaaaa...48 METODOLOGIA...73 CRONOGRAMA DA PESQUISA...73 CONCLUSÃO...73 BIBLIOGRAFIA...75 Referências bibliográficas...77

(19)

INTRODUÇÃO

Texto da introdução

(Trata-se de um elemento textual. O capítulo introdutório é importantíssimo,

pois constitui a base de todo o restante que será desenvolvido. É na introdução que

são apresentados a definição da área de estudo, o tema dentro dessa área, o

problema que norteará o desenvolvimento do seu trabalho (trata-se da pergunta

cuja resposta é o seu TCC), os objetivos (geral e específico), as justificativas, e a

estrutura do trabalho (anunciando os tópicos seguintes).

(20)

INTRODUÇÃO

Áreas de estudo segundo a ABEPRO:

PESQUISA OPERACIONAL EM SISTEMAS; PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO; GESTÃO DA

QUALIDADE;

GERÊNCIA

INDUSTRIAL;

ADMINISTRAÇÃO

DA

PRODUÇÃO;

PLANEJAMENTO E CONTROLE DA PRODUÇÃO; LOGÍSTICA E DISTRIBUIÇÃO;

ENGENHARIA DE PRODUTOS E PROCESSOS; ECONOMIA; ENGENHARIA ECONÔMICA;

ECONOMIA DE RECURSOS NATURAIS; GESTÃO AMBIENTAL; TECNOLOGIA AMBIENTAL;

ADMINISTRAÇÃO

GERAL

DE

EMPRESAS;

SISTEMAS

ORGANIZACIONAIS;

ADMINISTRAÇÃO

DE

SISTEMAS

DE

INFORMAÇÃO;

CONFIABILIDADE

INDUSTRIAL;HIGIENE E SEGURANÇA NO TRABALHO; ERGONOMIA E FISIOLOGIA DO

TRABALHO; ENGENHARIA DOS MATERIAIS; MATERIAIS PARA PRODUÇÃO INDUSTRIAL;

CORROSÃO E SELEÇÃO DE MATERIAIS.

(21)

JUSTIFICATIVA

Texto de Justificativa.

(A monografia deverá ser justificado quanto à: IMPORTÂNCIA – procure

descrever a contribuição do seu estudo para o bom andamento da organização

estudada, para o crescimento do pesquisador, para a comunidade acadêmica, ... ;

ORIGINALIDADE – Apesar de, para graduação, a exigência de originalidade ser

menor, é necessário o desenvolvimento completo do trabalho, sendo inaceitável o

plágio, isto é, simples cópia de conteúdos criados por outros, sem que se dê o

devido crédito; OPORTUNIDADE – considere se o estudo está sendo realizado em

um período adequado, compatível com as necessidade atuais de conhecimentos e

de soluções; VIABILIDADE – descreva os recursos que foram necessários à realização

de sua pesquisa. É importante que se deixe claro quais são as motivações (o que te

levou a escolher este tema?) e as contribuições (a relevância do tema abordado em

sua pesquisa) do seu TCC.).

(22)

OBJETIVO GERAL

Texto.

(Trata-se do seu problema de pesquisa, convertido em uma frase afirmativa que

inicie com um verbo no infinitivo. Aqui precisa estar claro qual é a principal

finalidade do seu TCC).

Objetivos específicos

Texto.

(Trata-se do objetivo geral sendo desmembrado em três ou quatro objetivos que

o conduzem ao objetivo geral. Sugestão: podem estar relacionados ao tema do

trabalho)

(O objetivo geral e específico podem vir em tópico separado, como apresentado

aqui, ou fazer parte da Introdução)

(23)

CAPÍTULO 1 – REFERENCIAL TEÓRICO Texto.

1.1 O crescimento do setor da construção civil Texto.

Figura 1: Construção da Ponte Rio Niterói Fonte: Acervo O Globo (1973)

(24)

CAPÍTULO 2 - DESENVOLVIMENTO Texto.

2.1 Normas utilizadas e atividades de um profissional de segurança do trabalho na construção civil

De acordo com PRETTI (2011), aSegurança e Medicina do Trabalho é um ramo do Direito do Trabalho responsável em oferecer condições favoráveis de proteção à saúde do trabalhador em seu local de trabalho, bem como da sua recuperação quando não se encontrar em condições de prestar serviços a empregador. A Segurança e Medicina do Trabalho compreende um conjunto de medidas preventivas adotadas no ambiente de trabalho, visando minimizar acidentes, doenças ocupacionais, bem como proteger a integridade e a capacidade de trabalho do empregado.

Texto. ...

Para SARDINHA, ALMEIDA, DINOÁ E FERREIRA (2008), o orçamento é uma “ferramenta” que:

• Comunica as estratégia em todos os níveis gerenciais, pormenorizando os planos de cada centro de responsabilidade

• Coordena as várias atividades da organização, evitando duplicidade de trabalhos

(25)

CAPÍTULO 3 – RESULTADOS Texto...

Atrasos

Desculpáveis Não desculpáveis

Incêndios Atraso dos empreiteiros

Cheias Falta de mão de obra

Condições climáticas Atraso de entrega de material por fornecedor

Alterações nos projetos Problemas nos equipamentos

Condições imprevistas no local de obra Mão de obra desqualificada

Tabela 01: Classificação dos atrasos Fonte: O Autor

(26)

METODOLOGIA

Texto.

(

Corresponde ao conjunto de procedimentos adotados durante desenvolvimento do TCC, atribuindo, desta forma, confiabilidade do rigor científico. Seu trabalho deve ser caracterizado, descrevendo os procedimentos adotados na coleta e análise de dados, o cronograma seguido. Na formulação das frases, os verbos devem ser utilizados no passado, considerando que todos os procedimentos já tenham sido empregados).

(27)

Ano 2018

Fases/Meses Mar. Abr. Maio Jun. Jul. Ago. Set. Out. Nov. Dez.

Elaboração do problema e dos objetivos x Levantamento Bibliográfico x Elaboração da Fundamentação Teórica x x Elaboração da Metodologia x X Entrega do Projeto X Levantamento bibliográfico complementar

(Considere, também, a elaboração do projeto (TCC1) – segue um exemplo, sugestão).

(28)

. . . . . . Entrega do trabalho a banca x Defesa do trabalho x Ajustes no Trabalho x Entrega da Versão Final x

(Considere, também, a elaboração do

projeto

(TCC1) – segue um exemplo, sugestão).

(29)

CONCLUSÃO

Texto

(Na conclusão não se admite a citação de outros autores. Trata-se do somatório dos

resultados lógicos analisados e desenvolvidos no corpo do trabalho, nos capítulos).

(30)

BIBLIOGRAFIA

AQUINO, Eliane Cristina Gallo (2007). Gerenciamento de obras. São Paulo: Clube de autores. AQUINO, Eliane Cristina Gallo (2011) Processo de implantação de obras. São Paulo: Clube de autores

CHOMA, André Augusto, CHOMA, Adriana Carstens (2007). Como gerenciar contratos com empreiteiros. São Paulo: Pini.

CIMINO, Remo (1987) Planejar para construir. São Paulo: Pini Referências Bibliográficas

Blog da engenharia https://blogdaengenharia.com/a-construcao-civil-no-brasil/ Acesso em 14 out de 2017

(31)

PROCEDIMENTOS PARA ENVIO DA MONOGRAFIA

1) A Monografia deverá ser elaborado dentro do arquivo “Template para

TCC II de Engenharia de Produção”, o qual deverá ser enviado através da

“Central de Mensagens”.

2) Após a correção, segue para a segunda etapa, que consiste na

apresentação da Monografia para o tutor presencial do polo.

3) Por fim, a Monografia, a ficha de notas do tutor presencial e o parecer

das notas do tutor presencial deverão ser enviados através da plataforma

Moodle (que é a mesma da realização das provas).

Link:

(32)
(33)
(34)
(35)
(36)
(37)
(38)
(39)

Envio dos Arquivos / Documentos

Postar antes da apresentação ao tutor presencial

(40)

PROCEDIMENTOS PARA ENVIO DA MONOGRAFIA

Datas importantes:

Data 1: Data limite para envio da primeira versão da Monografia (versão para

correção do tutor virtual) via Central de Mensagens (procurem enviar a Monografia

o quanto antes para que possamos realizar o máximo de correções!).

Data 2: Data final para envio da Monografia via Moodle (não podem ultrapassar

essa data!).

Data 3: Data final para apresentação da Monografia ao tutor presencial (Momento

Presencial Obrigatório).

Data 4: Data final para envio da ficha de avaliação e do parecer das notas

preenchidos pelo tutor presencial (no Momento Presencial Obrigatório) via Moodle.

(41)

É importante observar que o Data 2 é a data de envio da versão final

da

Monografia

(última versão).

As versões intermediárias deverão ser enviadas via Central de Mensagens até no

máximo na Data 1 para que haja tempo hábil para as correções e observações (de

forma que vocês consigam realizar as correções e envio até a Data 2!). Mesmo

assim, reforçamos a importância de enviarem a primeira versão o quanto antes!

Lembrando que, após as ponderações, vocês poderão marcar o Momento

Presencial com o tutor presencial, tendo até a Data 4 para enviar via Moodle a

ficha de avaliação e o parecer das notas preenchidos pelo tutor presencial.

É importante destacar que ambos o tutor virtual e presencial são seus orientadores

e portanto podem contribuir para a elaboração da Monografia . Assim, consulte

tanto o seu tutor virtual quanto o seu tutor presencial sempre que tiver dúvidas!

(42)

Lembrete:

(43)

Atividades Complementares

Art. 8º As cargas horárias máximas para cada tipo de Atividade Complementar estão descritas abaixo:

§ 1º Atividades ligadas ao ensino

I – Monitoria –exercida de acordo com o regulamento da monitoria – 60h;

II – Atualização profissional – cursos realizados em área afim – Máx. 30h por curso; III - Estágio não obrigatório na área ou em áreas afins – 60h;

IV - Disciplinas cursadas na UNIVERSO em áreas de interesse fora do currículo. Até 2 (duas) disciplinas – Máx. 60h por disciplina.

V – Disciplinas de Graduação em outro curso afim – Até 2 (duas) disciplinas – Máx. 60h por disciplina.

§ 2º Atividades ligadas à pesquisa

I – Iniciação científica (exceto trabalho de conclusão de curso) – 60h II – Trabalhos publicados em revista – 45h por publicação

(44)

§ 3º Atividades ligadas à extensão

I – Participação em projetos de extensão acadêmica na UNIVERSO – 45h por projeto; II – Trabalho voluntário em eleições: Presidente de mesa, Supervisor de local de votação 1º mesário, 2º mesário, 1º secretário, escrutinador – 15h por evento;

III - Participação como representante de turma - Até 5 (cinco) participações – 15h por participação;

IV – Eventos na área de Engenharia – Participação como ouvinte em congressos, jornadas de áreas afins (até 10 eventos) – 5h por evento;

V – Eventos de áreas afins – Participação como ouvinte em congressos, jornadas de áreas afins (até 10 eventos) – 5h por evento;

VI – Visitas técnicas a empresas e a feiras tecnológicas – 5h por evento;

VI – Participação em comissão coordenadora ou organizadora de eventos acadêmico-científicos ou projetos, cursos e eventos de extensão realizados no âmbito do respectivo curso de graduação da UNIVERSO – 30h;

VII – Participação em comissão coordenadora ou organizadora de eventos acadêmico-científicos ou projetos, cursos e eventos de extensão em outra IES – 30h;

VIII - Trabalhos Sociais ou Ações Sociais – 4h. IX - Atividades em ONG’s – 60h.

X – Participação como espectador de eventos culturais, tais como sessões de teatro, shows musicais, cinema e exposições relacionados a qualquer outro curso de graduação (máximo de 10h) – 2h.

(45)

Imagem

Referências

temas relacionados :