• Nenhum resultado encontrado

ROÇADEIRA AGRÍCOLA DUPLA RDMR 250 / 280 / 300 MANUAL DE INSTRUÇÕES E CATÁLOGO DE PEÇAS

N/A
N/A
Protected

Academic year: 2021

Share "ROÇADEIRA AGRÍCOLA DUPLA RDMR 250 / 280 / 300 MANUAL DE INSTRUÇÕES E CATÁLOGO DE PEÇAS"

Copied!
12
0
0

Texto

(1)

ROÇADEIRA AGRÍCOLA DUPLA RDMR 250 / 280 / 300

(2)

PÁGINA 03

• Observações de Segurança

• Especificações Técnicas

• Características Técnicas

PÁGINA 04

• Caixa Central

• Roda Reguladora de Altura

• Conjunto Deslizador

• Conjunto de Corte

• Velocidade de Trabalho

• Instruções de Trabalho

PÁGINA 05

• Regulagem de Altura de Corte

• Regulagem da Embreagem

• Manutenção

PÁGINA 06

• Estrutura c/ regulagem

PÁGINA 08

• Caixa lateral

PÁGINA 09

• Caixa Central

PÁGINA 10

• Barra de transmissão

PÁGINA 11

• Cardan c/ embreagem

ÍNDICE

Revisão: B Data: 30/06/2015 Código: 041010035

A MEC-RUL se reserva o direito de alterar as especificações técnicas de seus produtos sem aviso prévio, sem obrigação de fazer a troca nos já vendidos.

(3)

OBSERVAÇÕES DE SEGURANÇA

• Leia atentamente todo o manual de instruções e esteja ciente de todas as informações contidas.

• Não permita que pessoas não treinadas utilizem o equipamento, pois podem acontecer acidentes.

• Não transporte nem faça revisão na roçadeira com a TDP ligada.

• Não permita a aproximação de pessoas durante o trabalho.

• Durante o deslocamento, tenha cuidado com a largura do implemento em locais de passagem

mais estreita.

• Não transporte pessoas ou objetos sobre a roçadeira.

• Não recomendamos o uso da roçadeira em terrenos não destocados ou pedregosos.

• Em terrenos acidentados, ladeiras ou encostas, operar com velocidade adequada.

• Não iniciar a operação com a roçadeira se os facas estiverem travadas em montes de terra,

tocos ou galhos.

• Não operar com a roçadeira em marcha à ré. Na eventualidade de manobrar desta forma,

desligue a tomada de força.

• Não ponha os pés ou as mãos sob o chassi quando a roçadeira estiver operando.

• Há risco de projeção de objetos quando a roçadeira estiver operando. Manter a distância mínima

de 50 m de pessoas e animais, pois há riscos de ferimentos ou morte.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

• Com caixa de transmissão direta de

engrenagens de dentes helicoidais, o

que elimina as paradas desnecessárias

de correias, proporcionando rapidez e

rentabilidade.

• Caixas com giro livre banhado a

óleo.

• Eixo cardan com embreagem de

torque regulável protegendo o

implemento e o trator.

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

DESCRIÇÃO COMPRIMENTO LARGURA TOTAL LARGURA DE CORTE ALTURA DE CORTE PESO MÉDIO ROTAÇÃO DAS FACAS ROTAÇÃO DA TDP RENDIMENTO POTÊNCIA DA TDP RDMR 250 2,10 m 2,73 m 2,52 m 2,5 - 20 cm 755 kg 997 rpm 540 rpm 1,0 - 2,0 ha/h 70 - 90 cv RDMR 280 2,20 m 3,00 m 2,80 m 2,5 - 20 cm 815 kg 997 rpm 540 rpm 1,5 - 2,2 ha/h 80 - 100 cv RDMR 300 2,30 m 3,20 m 3,00 m 2,5 - 20 cm 855kg 997rpm 540 rpm 1,5 - 2,63 ha/h 80 -100 cv

MANUAL DA ROÇADEIRA

PEÇAS DE REPOSIÇÃO

Para solicitar peças de reposição, indique a quantidade

e a referência conforme catálogo. Sempre que possível

informe também o número do implemento gravado no chassi

da máquina.

VERSÕES

Para versões em inglês e espanhol desse material,

acesse www.mec-rul.com.br

For English and Spanish versions of this guide,

visit www.mec-rul.com.br

Para versiones en inglés y español de este manual,

visite www.mec-rul.com.br

Obs.: o cardan possui manual próprio que deve ser seguido para instruções de funcionamento e conservação. Observar procedimentos de montagem e desmontagem

da capa de proteção do cardan para lubrificação.

Ao engatar a roçadeira no trator, ajuste os braços laterais 1 e

2 da figura abaixo, de modo que não haja deslocamentos

laterais do implemento em relação ao trator.

ACOPLAMENTO

1

(4)

VELOCIDADE DE TRABALHO

INSTRUÇÕES DE TRABALHO

Recomenda-se a velocidade de 4 a 6 km/h, podendo variar para mais ou para menos

dependendo das condições do terreno e do volume a ser cortado.

• Acoplar a roçadeira ao trator através dos pinos de acoplamento

dos braços inferiores, colocando os pinos trava.

• No terceiro ponto, usar a corrente que acompanha a roçadeira

e deixá-la com folga para que a roçadeira possa acompanhar

a ondulação do terreno. Também oferecemos como opcional

o articulador (desnucador), que pode ser usado na parte superior

da roçadeira em conjunto com o terceiro ponto do trator.

• Depois de engatar a roçadeira no trator, centralizar e nivelar

a mesma em relação ao trator, deixando o cardan com o lado

da embreagem junto à caixa da roçadeira, observando que haja

penetração suficiente dos tubos e se os pinos ou parafusos estão

fixados.

• Caso necessite ajuste do comprimento, cortar proporcionalmente as

duas partes do cardan, cortar a capa de proteção de segurança e

retirar as rebarbas. Montar observando o alinhamento das cruzetas e

nunca deixar de repor a capa de proteção de segurança do cardan.

• Durante a operação deve-se manter a rotação de saída da TDP

constante em 540 RPM e não variar a velocidade média do trator

durante o corte para que não hajam falhas.

• Recomendamos não fazer manobras bruscas com a roçadeira

apoiada no solo, tendo o cuidado de levantá-la somente

o necessário para desviar possíveis obstáculos, evitando danificar

as cruzetas e a capa de proteção do cardan.

• Conforme norma NR 31 da portaria ministerial 86 de março

de 2009 no item 31.12.3 devem ser utilizadas máquinas,

equipamentos e implementos cujas transmissões de força estejam

protegidas.

CAIXA CENTRAL

(Figura A)

PRINCIPAIS COMPONENTES

RODA REGULADORA DE ALTURA

(Figura B)

CONJUNTO DESLIZADOR

(Figura C)

CONJUNTO DE CORTE

(Figura D)

Carcaça de ferro fundido nodular com um conjunto de coroa e pinhão com

dentes cônicos helicoidais e com giro livre banhado a óleo.

Equipada com roda estampada com eixo furado para regulagem de altura.

Estrutura de chapa reforçada com base de apoio substituível.

Navalhas em aço carbono temperadas e balanceadas.

Figura A

Figura B

Figura C

(5)

MANUTENÇÃO

• Verificar diariamente o nível de óleo da caixa de transmissão

conforme bujão de nível localizado na face da caixa.

Completar, se necessário, com óleo SAE 140. Evitar completar

o nível de óleo com outra marca ou misturar óleos de

viscosidades ou especificações diferentes.

• Limpar e lubrificar diariamente ou a cada 8 horas de

trabalho com graxa de boa qualidade os pontos graxeiros

(cruzeta, barra, tubo, eixo do garfo).

• Manter as navalhas da roçadeira bem afiadas. Ao serem

submetidas à afiação, é recomendável fazê-lo em ambas

igualmente, para não afetar o balanceamento.

• Em caso de quebra ou perda de qualquer uma das navalhas,

estas deverão ser substituídas imediatamente, para evitar

vibrações, danos e manter a qualidade do serviço desejado.

• Verificar diariamente as condições dos parafusos, porcas,

pinos de fixação. Reapertá-los e repor se necessário.

• Verificar periodicamente o estado de conservação da capa

de proteção do cardan. Apresentando algum dano,

providenciar sua substituição.

REGULAGEM DE ALTURA DE CORTE

- A regulagem de altura de corte pode ser feita através da roda,

mudando de posição o pino, baixando a roda para aumentar a

altura de corte ou ao contrário para diminuir.

- Para os modelos com regulagem de altura lateral, a regulagem

é feita através do grupo suporte deslizador, soltando as porcas até

que as travas reguladoras de altura se soltem, ficando livres para

o deslocamento. Faça o mesmo procedimento do outro lado para

ficar simétrico.

REGULAGEM DA EMBREAGEM

- A embreagem de fricção permite a proteção do sistema de

transmissão do trator e do implemento. Este dispositivo é regulado

de forma que permite o disco patinar somente quando encontrar

algum obstáculo. Em trabalho normal, se patinar, deve-se apertar

um pouco todas as porcas de maneira uniforme. Quando sofrer

impacto e não patinar, fazer o processo inverso.

OPÇÕES GERAL DE CORES

AMARELO AZUL VERMELHO

VERDE

OPÇÕES GERAL DE CORES

AMARELO AZUL VERMELHO

VERDE

TERMO DE GARANTIA

O termo de garantia é remetido junto com a NF do implemento

em 3 (três) vias. A 1° via desse termo de garantia deverá ser

devolvida para a Rugeri Mec-Rul S/A, devidamente assinada

e preenchida, para que o implemento tenha garantia de 6 meses.

A 2° via deve seguir junto à máquina com o cliente final e a 3° via

permanece junto à revenda.

(6)

ESTRUTURA C/ REGULAGEM

01

02

03

04

05

05

06

06

07

08

09

10

11

12

13

14

15

16

16

17

18

19

20

14

13

21

22

23

24

25

15

26

27

28

29

30

14

31

32

13

34

35

36

37

38

39

40

41

42

43

44

45

46

47

48

49

50

51

52

53

49

54

55

56

45

41

33

(7)

ITEM CÓDIGO DENOMINAÇÃO RDMR 250 RDMR 280 RDMR 300 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 22 5.0002.8024 0.1001.0001 5.0002.8021 2.0052.1029 0.2701.0004 3.0027.1189 3.0020.1025 0.1901.0003 0.2101.0003 0.1701.0001 2.0020.1023 5.0028.0122 0.0703.0008 0.2304.0004 0.2404.0062 0.1701.0002 0.2303.0004 0.2404.0074 2.0023.1022 0.2305.0001 0.2304.0010 3.0020.1038 3.0028.1123

GRUPO EIXO DO GARFO CONTRAPINO 1/4" X 2" GRUPO EIXO DA RODA RODA RDMR 300 ROLAMENTO 6206 ZZ TAMPA PROTEÇÃO DA RODA BUCHA INFERIOR DO GARFO GRAMPO FIXADOR Ø3 X 55 MM PINO ELÁSTICO 8 X 80 MM GRAXEIRA RETA 1/8"-28 FIOS BSP PINO DE REGULAGEM DA RODA GRUPO SUPORTE DA RODA ARRUELA DE PRESSÃO M16 PORCA SEXT. MA16 PARAFUSO SEXT. MA 16X55 GRAXEIRA RETA 1/4" UNF - 28 FIOS PORCA SEXT. TORQUE MB16 PARAFUSO SEXT. MB16X55 SUPORTE FIXADOR DAS NAVALHAS PORCA SEXT. AUTOFRENANTE MA16 PORCA SEXT. TORQUE MB16 FIOS FIXADOR SUPERIOR DAS NAVALHAS FIXADOR SUPERIOR DAS NAVALHAS

2 2 2 2 4 4 2 2 2 2 2 2 12 12 8 4 12 12 2 8 4 2 X 2 2 2 2 4 4 2 2 2 2 2 2 12 12 12 4 12 12 2 8 4 X 2 2 2 2 2 4 4 2 2 2 2 2 2 12 16 16 4 12 12 2 8 4 X X

ITEM CÓDIGO DENOMINAÇÃO RDMR 250 RDMR 280 RDMR 300

22 23 24 25 26 27 27 27 28 28 28 29 30 31 32 33 34 34 35 35 36 37 38 3.0023.1027 2.0028.1020 2.0020.1165 0.2405.0013 0.2404.0041 3.0020.1040 3.0028.1124 3.0023.1029 3.0020.1039 3.0029.1013 3.0023.1028 0.1001.0004 0.2301.0004 2.0023.1081 0.2405.0009 0.0703.0002 3.0022.1036 3.0023.1075 5.0028.0143 5.0028.0141 0.2404.0060 2.0030.1199 0.2102.0001

FIXADOR SUPERIOR DAS NAVALHAS NAVALHA (DUPLO CORTE) BUCHA DAS NAVALHAS

PARAFUSO SEXT. 3/4"X 62 UNF - 16 FIOS PARAF. SEXT. MA16X80

FIXADOR INFERIOR DAS NAVALHAS FIXADOR INFERIOR DAS NAVALHAS FIXADOR INFERIOR DAS NAVALHAS ESPAÇADOR

ESPAÇADOR ESPAÇADOR CONTRA PINO 5/32' X 2' PORCA SEXT. CASTELADA MB 30' X 2 TRAVA REGULAGEM DE ALTURA PARAFUSO DE ARADO 1/2"X1' 1/4"C/PORCA ARRUELA DE PRESSÃO ½" PESADA DESLIZADOR CAMBIÁVEL DESLIZADOR CAMBIÁVEL

GRUPO SUPORTE DESLIZADOR ESQUERDO GRUPO SUPORTE DESLIZADOR ESQUERDO PARAFUSO SEXT. MA 16X70

PINO TERCEIRO PONTO PINO TRAVA X 4 4 4 8 X 2 X X 2 X 2 2 4 8 8 X 2 X 1 4 2 2 X 4 4 4 8 2 X X 2 X X 2 2 4 8 8 2 X 1 X 4 2 2 2 4 4 4 8 X X 2 X X 2 2 2 4 8 8 X 2 X 1 4 2 2

ITEM CÓDIGO DENOMINAÇÃO RDMR 250 RDMR 280 RDMR 300

5.0002.8034 5.0002.8036 5.0002.8030 0.1301.0003 0.2305.0002 0.2404.0036 5.0028.0114 0.2304.0005 0.0703.0009 5.0023.0143 0.2404.0040 2.0028.1079 0.1901.0002 5.0028.0142 5.0028.0140 0.2405.0005 2.0023.1085 2.0027.1160 2.0020.1068 5.0022.1111 5.0023.0113 5.0025.0147 0.2404.0030 39 39 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 50 51 52 53 54 55 55 55 56 1 X X 1 3 2 1 1 2 1 1 1 1 1 X 8 1 1 1 1 X X 1 X 1 X 1 3 2 1 1 2 1 1 1 1 X 1 8 1 1 1 X 1 X 1 X X 1 1 3 2 1 1 2 1 1 1 1 X 1 8 1 1 1 X X 1 1 GRUPO ESTRUTURA RDMR 250 GRUPO ESTRUTURA RDMR 280 GRUPO ESTRUTURA RDMR 300 CORRENTE 18 ELOS

PORCA SEXT. AUTOFRENANTE MA20 PARAFUSO SEXT. MA20X140 GRUPO DOS BRAÇOS RDMR 300 PORCA SEXT. MA20 ARRUELA PRESSÃO M20 GRUPO REFORÇO TORRE MÓVEL PARAFUSO SEXT. MA20X110 PINO DE ENGATE GRAMPO FIXO Ø4,5 X 103

GRUPO SUPORTE DESLIZADOR DIREITO GRUPO SUPORTE DESLIZADOR DIREITO PARAFUSO SEXT. FLANGEADO M8X12 PROTEÇÃO DE EMBREAGEM PROTEÇÃO DAS BARRAS PINO DOS BRAÇO GRUPO HASTE TUBULAR GRUPO HASTE TUBULAR GRUPO HASTE TUBULAR PARAFUSO SEXT. M20X50

(8)

CAIXA LATERAL DIREITA

- 5.0511.2008

CAIXA LATERAL ESQUERDA

- 5.0511.2007

01

02

03

04

05 06

07

08

09

10

11

12

14

13

10

25

24

26

11

15

16

17

18

19

20

21

22

23

ITEM CÓDIGO DENOMINAÇÃO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 0.2404.0008 0.0703.0005 3.1120.1020 2.1040.1013 0.2601.0004 0.2702.0005 3.1120.1054 3.1120.1053 0.1101.0024 6.0011.2022 6.0011.2023 0.2702.0007 0.1101.0021 0.2602.0002 0.0901.0009 0.2801.0011 3.1120.1023 0.0704.0005 0.2306.0005 0.2601.0021 2.0030.1190 3.1120.1003 0.2404.0004 0.0703.0004 2.0036.1091 2.1132.1004 0.2405.0010

PARAFUSO SEXT. MA10X30 ARRUELA DE PRESSÃO M10 TAMPA ABERTA JUNTA RETENTOR 00359 BR ROLAMENTO 30209 ANEL DE ENCOSTO EIXO DA COROA CHAVETA 12X8X30 CONJUNTO COROA/PINHÃO CONJUNTO COROA/PINHÃO ROLAMENTO 30211 CHAVETA 10X8X40 TAMPA FECHADA Ø110X10 RESPIRO 1/4' NPT - 18 FIOS BUJÃO 1/4' NPT - 18 FIOS CARCAÇA ARRUELA SKF MB 11 Ø55 PORCA SKF KM 11 Ø55 RETENTOR 01783 BRG JUNTA

TAMPA CABEÇOTE INFERIOR PARAFUSO SEXT. MA8X25 ARRUELA DE PRESSÃO M8 JUNTA

TAMPA SUPERIOR PARAF. FLANGEADO M6X12

APLICAÇÃO LATERAL ESQ. LATERAL DIR.

6 6 1 1 1 1 1 1 2 1 X 2 1 1 1 1 1 1 2 2 1 1 4 4 1 1 4 6 6 1 1 1 1 1 1 2 X 1 2 1 1 1 1 1 1 2 2 1 1 4 4 1 1 4

(9)

CAIXA CENTRAL

ITEM CÓDIGO DENOMINAÇÃO QUANTIDADE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 0.2404.0008 0.0703.0005 2.1144.1003 2.1040.1011 0.2601.0004 0.2702.0013 2.1120.1021 2.1120.1022 3.1144.1010 6.0011.4411 0.0401.0004 0.2602.0002 0.0901.0009 0.2602.0001 0.2801.0011 2.1144.1004 3.1144.1007 0.0401.0003 0.1101.0005 3.1033.1015 0.2702.0006 2.1040.1013 2.1144.1002 0.0704.0004 2.1045.1022 3.1033.1019 0.2404.0004 0.0703.0004 0.2306.0004 2.0036.1091 2.1132.1004 0.2405.0010

PARAFUSO SEXT. MA10X30 ARRUELA DE PRESSÃO M10 TAMPA ABERTA JUNTA RETENTOR 00359 BR ROLAMENTO 32209 MOLA PLANA CHAVETA DE ENGATE EIXO DE SAÍDA CONJUNTO COROA/PINHÃO ANEL ELÁSTICO DAE50 RETENTOR FECHADO Ø110X10 RESPIRO 1/4' NPT - 18 FIOS RETENTOR FECHADO Ø100X10 BUJÃO 1/4' NPT - 18 FIOS TAMPA ABERTA CARCAÇA

ANEL ELÁSTICO DAE45 CHAVETA 10X8X30 EIXO DO PINHÃO ROLAMENTO 30210 JUNTA CABEÇOTE ARRUELA SKFMB10 - 50 JUNTA TAMPA DO CABEÇOTE PARAFUSO SEXT. MA8X25 ARRUELA PRESSÃO M8 PORCA SKF KM10-50 JUNTA TAMPA SUPERIOR PARAF. FLANGEADO M6 X 12 18 18 1 2 3 2 3 3 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 2 1 2 1 1 1 1 1 4 4 2 1 1 4

32

13

31

30

12

14

15

11

01

18

17

10

19

20

21

29

24

22

23

25

27

28

26

05

01

02

04

03

05

06

02

08

09

16

06 05

04

02 01

07

10

(10)

BARRA DE TRANSMISSÃO

01

02

03

04

05

ITEM CÓDIGO DENOMINAÇÃO RDMR 250 RDMR 280 RDMR 300

1 1 1 1 1 1 2 3 4 5 5.0002.7123 5.0002.7126 5.0002.7117 5.0002.7120 5.0002.7127 5.0002.7128 3.0027.1114 0.2404.0012 0.2404.0041 0.2305.0001

GRUPO BARRA MENOR RDMR250 GRUPO BARRA MAIOR RDMR250 GRUPO BARRA MENOR RDMR280 GRUPO BARRA MAIOR RDMR280 GRUPO BARRA MENOR RDMR300 GRUPO BARRA MAIOR RDMR300 TERMINAL DA BARRA DE TRANSMISSÃO PARAFUSO SEXT. MA12X30

PARAFUSO SEXT. MA16X80 PORCA SEXT. AUTOFRENANTE MA16

1 1 X X X X 2 12 4 4 X X 1 1 X X 2 12 4 4 X X X X 1 1 2 12 4 4

(11)

CARDAN C/EMBREAGEM

- 0.1602.0014

25

13

13

13

13

08

12

03

07

10

22

04

05

06

21

20

19

24

18

17

23

16

14

15

11

09

01

02

08

ITEM CÓDIGO DENOMINAÇÃO QUANTIDADE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 2.0060.1102 2.0060.1103 2.0060.1106 2.0060.1168 2.0060.1169 2.0060.1122 2.0060.1123 0.3901.0001 0.2101.0023 0.2101.0021 0.2101.0004 0.2101.0017 2.0060.1124 0.2305.0016 0.0702.0006 0.2001.0002 0.0601.0004 2.0060.1143 0.0601.0005 0.0601.0006 0.2403.0007 2.0060.1126 2.0060.1138 5.0600.1517 2.0060.1101

TERMINAL ENGATE RÁPIDO (Z6-1.3/8") TERMINAL FURO QUADRADO FÊMEA TERMINAL FURO QUADRADO MACHO BARRA QUADRADO MACHO (0,850M) BARRA QUADRADO FÊMEA (0,850M) BUCHA ADAPTADORA FÊMEA BUCHA ADAPTADORA MACHO CRUZETA (COM ANEL TRAVA) PINO ELÁSTICO 10X70 PINO ELÁSTICO 6X60 PINO ELÁSTICO 10X60 PINO ELÁSTICO 06X70

CONJUNTO DE PROTEÇÃO COMPLETA PORCA BSW AUTO TRAVANTE 1/2" 12FPP ARRUELA LISA DE 1/2"X24X3MM MOLA DIÂMETRO DE 30X35MM DISCO DE FRICÇÃO DE 139X59X5MM

NÚCLEO ESTRIADO C/ APERTO LATERAL (Z6-1.3/4") DISCO DE FRICÇÃO DE 139X97X5MM

DISCO DE FERRO DIÂMETRO 180X98X3/8" PARAFUSO SEXT. BSW.RP1/2"X3.1/2" CONJUNTO APERTO LATERAL FLANGE EMBREAGEM SÉRIE 2500 CONJUNTO DE EMBREAGEM COMPLETA CONJUNTO ENGATE RÁPIDO

18 18 1 2 3 2 6 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 2 1 2 1 1 1 1 1

(12)

+ 55 54 3213 8800 | BR. 116 / KM 153,2 - Bairro Panazzolo - 95080-050 - Caxias do Sul /RS

vendas@mec-rul.com.br | rugeri@mec-rul.com.br | www.mec-rul.com.br

Referências

Documentos relacionados

Consiste na locação do estai no terreno, a distribuição, montagem e aplicação da haste de âncora e placa de concreto armado, em cava já aberta, incluindo o

1) A cada 8 horas de trabalho deve ser feita limpeza com água limpa no sistema de pulverização. Para isso, o tanque de veneno deve estar vazio. Colocar cer- ca de 50 litros de água

1 - Para maior precisão na distribuição do adubo ou da semente, faça o teste de quantidade a ser distribuída no próprio local do plantio, pois para cada terreno há uma condição.. 7

- Instalação fora das especificações pela não leitura do MANUAL DE INSTRUÇÕES; Utilização do equipamento em desacordo com as re- comendações técnicas do MANUAL DE INSTRUÇÕES

- Instalação fora das especificações pela não leitura do MANUAL DE INSTRUÇÕES; Utilização do equipamento em desacordo com as re- comendações técnicas do MANUAL DE INSTRUÇÕES

- Instalação fora das especificações pela não leitura do MANUAL DE INSTRUÇÕES; Utilização do equipamento em desacordo com as re- comendações técnicas do MANUAL DE INSTRUÇÕES

• Proteção por senha para realização de conferência • Suspender aplicação após tempo de inatividade • Controle da duração máxima das chamadas..

O preposto, uma vez indicado pela empresa e aceito pela Administração do Sesc/DF, deverá apresentar-se ao Fiscal do contrato, empregado designado pelo Sesc/DF