• Nenhum resultado encontrado

M A T E M Á T I C A ENGENHARIA GEOGRÁFICA LICENCIATURAS MESTRADOS DOUTORAMENTOS

N/A
N/A
Protected

Academic year: 2021

Share "M A T E M Á T I C A ENGENHARIA GEOGRÁFICA LICENCIATURAS MESTRADOS DOUTORAMENTOS"

Copied!
28
0
0

Texto

(1)

M A T E M Á T I C A ENGENHARIA GEOGRÁFICA

LICENCIATURAS MESTRADOS DOUTORAMENTOS

(2)
(3)

Esta brochura destina-se a todos os jovens que gostam de Matemática e que querem conhecer melhor este curso e as suas saídas profissionais.

(4)

O D E P A R T A M E N T O D E M A T E M Á T I C A No Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra são desenvolvidas múltiplas actividades que vão do ensino a nível de Licenciatura, Mestrado e Doutoramento até à Investigação em domínios de ponta, não esquecendo a divulgação dirigida aos públi-cos mais variados.

O Departamento de Matemática forma estudantes em áreas puras e aplicadas da Matemática e Ciências da Computação, promovendo um ensino aberto às relações com outras disciplinas.

Reflectindo o grande desenvolvimento da moderna Matemática, as actividades de investigação cobrem um vasto leque de domínios, desde áreas com carácter aplicado – análise numérica, computação, estatística, optimização - até outras, como a álgebra, a análise e a geometria, que se dedicam ao estudo de questões teóricas fundamentais. A actividade científica dos professores do Departamento de Matemática, essen- cialmente desenvolvida no âmbito do Centro de Matemática da Universidade de Coimbra, tem obtido as mais altas classificações em avaliações efectuadas por júris internacionais, designados para o efeito pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia.

(5)

E N S I N O

O Departamento de Matemática fornece aos seus estudantes uma sólida formação em áreas fundamen-tais da Matemática e um conhecimento actualizado do papel da Matemática no âmbito das aplicações. O ensino é concebido de modo a desenvolver a capaci- dade de pensar de modo criativo e a utilizar o pen-samento matemático em problemas da sociedade contemporânea.

Neste sentido são formados matemáticos que denotem compreensão e criatividade no desempenho das suas futuras carreiras no Ensino, na Investigação, nos Serviços, na Banca, nos Seguros, na Indústria ou em equipas interdisciplinares.

A Licenciatura, de três anos, é de espectro largo, permitindo a saída para o mercado de trabalho ou a preparação para estudos posteriores, Mestrados e Doutoramento, no domínio da Matemática ou de ou- tras áreas que exijam sólidas competências analíticas.

(6)

E S T U D A N T E S

O Departamento de Matemática oferece muito boas condições de trabalho e oportunidades de integração na vida académica.

O Departamento tem à disposição dos seus estudantes a melhor Biblioteca de Matemática do país, e uma das melhores da Península Ibérica, com cerca de trinta mil livros e um vasto número de revistas científicas. No Departamento de Matemática, os estudantes têm acesso a meios informáticos, quer através de mais de uma centena de terminais do seu Laboratório de Cálculo, quer através do acesso à rede sem fios para utilizadores reconhecidos nos sistemas informáticos da universidade. Existem várias Salas de Estudo, e tam-bém uma Sala de Convívio para estudantes.

A integração dos estudantes na vida do Departamento é feita através da sua participação nos órgãos de gestão – Conselho de Departamento - da colaboração em equipas que se dedicam a actividades de Divulgação, da participação em Conferências e Colóquios, e ainda através das actividades promovidas pelo NEMATEG, Núcleo de Estudantes de Matemática e Engenharia Geográfica.

(7)
(8)

L I C E N C I A T U R A E M M A T E M Á T I C A

Provas de ingresso na Licenciatura em Matemática

• Matemática ou

• Matemática + Física e Química ou • Matemática + Geometria Descritiva.

(9)

L I C E N C I A T U R A E M M A T E M Á T I C A

A Licenciatura em Matemática tem a duração de três anos e oferece uma formação sólida e diversifi-cada, desde os grandes temas clássicos de Geometria, Álgebra e Análise, até áreas mais recentes do conhecimento, que incluem, entre outras, a Estatística, a Matemática Computacional, a Optimização e as Ciências da Computação.

A formação dada na Licenciatura permite aos alunos adquirir:

• capacidade de cálculo;

• competência na utilização de ferramentas computa-cionais;

• conhecimento sólido de resultados matemáticos; • capacidade de generalização e abstracção; • capacidade de formular e resolver problemas; • concepção e utilização de modelos matemáticos para situações reais;

• argumentação lógica e espírito crítico; • qualidades de trabalho individual e em equipa; • autonomia e iniciativa de aprendizagem.

A Licenciatura em Matemática constitui a preparação de acesso aos segundos ciclos (Mestrados) mas contempla também uma preparação que permite a entrada directa na vida activa.

(10)

L I C E N C I A T U R A E M M A T E M Á T I C A C O M M E N O R

A Licenciatura em Matemática prevê a possibi-lidade de uma especialização, designada por Menor, em substituição de cinco disciplinas dos três últimos semestres. Este poderá ser escolhido de entre os seguintes Menores oferecidos pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra. Ciências do Espaço1 Computação1 Engenharia Geográfica1 Informação e Decisão1 2 Antropologia Biofísica Biologia Bioquímica Empreendedorismo

Engenharia Geológica e de Minas Física

Geologia Química

O aluno, no início do 2º ano de estudos, deverá tomar a decisão de seguir um Menor, ou seguir a via principal da sua Licenciatura.

1- Estes Menores são da responsabilidade do Departamento de Matemática. A Licenciatura em Matemática com qualquer um deles permite obter formação profissionalizante na respectiva área.

(11)
(12)

M E S T R A D O S

Depois da Licenciatura, o estudante pode continuar a sua formação entrando num 2º ciclo, Mestrado, com a duração de dois anos e a que corresponderá o grau de Mestre.

Em muitas situações profissionais a preparação univer-sitária que confere formação plena obtém-se através da realização de um Mestrado. É com este objectivo que o Departamento de Matemática oferece o Mestrado em Matemática - com quatro áreas de especialização - o Mestrado em Ensino da Matemática e o Mestrado em Engenharia Geográfica. Está também em estudo um Mestrado na área de Métodos Quantitativos em Finanças, em colaboração com a Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra.

(13)

M E S T R A D O E M M A T E M Á T I C A

O Mestrado em Matemática permite adquirir formação avançada em áreas científicas que contemplam quer os principais campos de aplicação da Matemática quer o seu desenvolvimento teórico.

Este Mestrado está organizado em quatro especiali-dades.

As áreas de especialidade

• Análise Aplicada e Matemática Computacional • Estatística, Optimização e Matemática Financeira • Computação

visam criar perfis profissionais que respondam aos vários desafios do mercado de emprego, como por exemplo os ligados a entidades bancárias, seguradoras, empresas de informática e telecomunicações, análise e planeamento em empresas industriais, comerciais e de serviços, administração pública e consultoria.

A área

• Geometria, Álgebra e Análise

desenvolve competências inerentes às actividades de investigação matemática, à fundamentação do raciocínio e ao apuramento do poder de argumentação lógica e espírito crítico.

(14)

MESTRADO EM MÉTODOS QUANTITATIVOS E M F I N A N Ç A S

O Mestrado em Métodos Quantitativos em Finanças (ainda em fase de preparação) tem um carácter interdisciplinar, preparando profissionais com conhe- cimentos nas áreas da Matemática, da Economia e das Finanças capazes de responder aos complexos desafios dos mercados financeiros.

(15)

M E S T R A D O E M E N S I N O D A M A T E M Á T I C A O Mestrado em Ensino da Matemática visa formar professores das disciplinas de Matemática dos ensinos Básico e Secundário.

A este Mestrado corresponde o grau de Mestre em Ensino da Matemática, o qual, de acordo com a recente lei que define as condições da habilitação profissional para a docência, será condição necessária para o exercício da profissão de Professor dos ensinos Básico ou Secundário.

(16)

MESTRADO EM ENGENHARIA GEOGRÁFICA O Departamento de Matemática oferece ainda o Mestrado em Engenharia Geográfica.

A Licenciatura em Matemática com um Menor em Engenharia Geográfica permite ingressar no Mestrado em Engenharia Geográfica.

Este Mestrado tem como objectivo a preparação para o exercício de actividades profissionais nas áreas de Geodesia e Sistemas de Posicionamento e Navegação, Fotogrametria e Detecção Remota, Cartografia, Sistemas de Informação Geográfica, Metrologia e Controlo da Qualidade.

Ao Mestrado em Engenharia Geográfica corresponde o grau de Mestre em Engenharia Geográfica.

(17)

I N T E R C Â M B I O S C O M U N I V E R S I D A D E S E E M P R E S A S E S T R A N G E I R A S

Através do Programa Sócrates/Erasmus os estudantes podem frequentar uma outra Universidade europeia durante parte do seu curso.

Durante a Licenciatura, aconselha-se que este tipo de intercâmbio se faça a partir do 4º semestre.

Durante o Mestrado, é também possível fazer intercâmbio, existindo a possibilidade de a tese ser preparada no estrangeiro.

O Programa Leonardo da Vinci possibilita a realização de estágios profissionais no estrangeiro.

(18)

D O U T O R A M E N T O S N O D E P A R T A M E N T O D E M A T E M Á T I C A

Depois de terminado o Mestrado, é possível prosseguir com os estudos no Departamento de Matemática. O grau de Doutor pelo Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra é atribuído nas seguintes áreas de especialização:

• Matemática Aplicada • Matemática Pura • Engenharia Geográfica

Recentemente, foi criado o Programa Inter-Univer-sitário de Doutoramento em Matemática, uma parce-ria entre o Departamento de Matemática da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra e o Departamento de Matemática Pura da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

Mais informações sobre este programa em http://www.mat.uc.pt/phd_prog/

(19)

I N V E S T I G A Ç Ã O

A maioria dos professores do Departamento de Matemática pertence ao CMUC (Centro de Matemática da Universidade de Coimbra), um Centro que integra grupos de investigação com objectivos científicos na área da Matemática e suas aplicações.

O CMUC tem neste momento cerca de cinquenta membros doutorados, distribuídos pelos seguintes grupos de investigação:

- Álgebra - Análise

- Análise Numérica, Optimização e Aplicações - Probabilidades e Estatística

- Geometria e Aplicações

(20)

O CMUC é uma unidade de investigação financiada pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, sendo avaliada periodicamente por um painel internacional.

Na última avaliação promovida pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia foi atribuída ao CMUC a clas-sificação de Excelente.

O CMUC criou, recentemente, um Laboratório de Matemática Computacional, com o objectivo de promover a utilização da Matemática e do Cálculo Científico na resolução de problemas quantitativos em Ciência, Engenharia e Finanças.

(21)

E D E P O I S D E O B T E R U M D I P L O M A ? O Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra considera da máxima importância a inserção dos seus diplomados no mundo do trabalho. É por esta razão que mantém um Programa de Estágios Profis-sionalizantes que proporciona aos recém-diplomados uma primeira experiência, preparando a sua futura integração no mercado de trabalho. A cooperação entre o Departamento de Matemática e Instituições e Empresas de todo o país, através da realização de protocolos, transformou tal Programa numa iniciativa de sucesso.

Entre as empresas e instituições que têm estabelecido protocolos de colaboração com o Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra encontram-se as seguintes: Montepio Geral, Critical Software, Media Primer, Hovione, MERCER, Hospitais da UC, Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra, Sociedade Portuguesa de Cardiologia, Unidade de Controlo de Qualidade de Produtos Farmacêuticos da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra.

(22)

A opinião favorável das diversas empresas e instituições acerca dos diplomados em Matemática pela Universidade de Coimbra tem vindo a facilitar as suas saídas profissionais.

Muitos antigos alunos do Departamento de Matemáti-ca da FCTUC trabalham hoje em Bancos, Seguradoras, Empresas de Software, na Indústria, nas Telecomuni-cações, no Sector da Saúde, no Sector Espacial e mais geralmente na área dos Serviços.

(23)

T E S T E M U N H O S D E E M P R E G A D O R E S D E D I P L O M A D O S E M M A T E M Á T I C A P E L A U N I V E R S I D A D E D E C O I M B R A

Que opinião tem sobre o desempenho de matemáticos no seu ramo de actividade?

R: Muito positiva.

Que conhecimentos ou competências específicos em Matemática considera importantes para a sua empresa?

R: As competências base mais determinantes são a capacidade de raciocínio e lógica que tipicamente está associada a quem vem de um curso de Matemática.

( Critical Software )

Tem actualmente diplomados em Matemática ou áreas próximas ao serviço da sua empresa?

R: Das 33 pessoas que pertencem ao Retirement Service Centre, 32 são licenciadas em Matemática e uma em Economia.

Que opinião tem sobre o desempenho de matemáticos no seu ramo de actividade?

R: É muito importante termos licenciados em Matemática no nosso Departamento uma vez que o nosso trabalho envolve números, ciências actuariais, probabilidades e estatística.

(24)

Que conhecimentos ou competências específicas em Matemática (Estatística, Optimização, Matemática Computacional, Computação...) considera importantes para a sua empresa?

R: Todas estas áreas são muito importantes para o desen-volvimento do nosso trabalho uma vez que queremos ser um centro de excelência em avaliações actuariais a nível da MERCER em todo o Mundo e precisamos de ter cada vez mais rigor nos nossos cálculos com optimização de custos, utilizando a computação e a programação matemática para atingir esses objectivos.

( MERCER )

Que opinião tem sobre o desempenho de matemáticos no seu ramo de actividade?

R: Muito boa.

Para além da preparação matemática específica, que competências gerais ou transversais considera impor-tantes num diplomado em Matemática que pretenda trabalhar na sua empresa?

R: Capacidade analítica elevada, adequada capacidade de transmissão dos resultados do seu trabalho, flexibili-dade para proceder à integração plena nos processos de decisão, com elevado espírito de equipa e sentido prático.

(25)

Tem actualmente diplomados em Matemática ao serviço da sua empresa?

R: Sim, existem cerca de 40 diplomados em Matemática na Direcção de Sistemas do BPI.

Que opinião tem sobre o desempenho de matemáticos no seu ramo de actividade?

R: Tendencialmente são mais organizados, com um racio- cínio lógico mais desenvolvido, factores que contribuem para um desempenho acima da média.

Em qualquer organização moderna, é valorizada a capaci- dade de ‘arregaçar as mangas’ e abraçar novos desafios, tendo a percepção de que pouco conhecemos sobre quase todas as matérias mas que o maior trunfo que alguém pode ter é a capacidade de aprender rapidamente. E aqui, os matemáticos partem com uma clara vantagem.

( BPI )

T E S T E M U N H O S D E A N T I G O S A L U N O S Ingressei em 2002 na equipa de Produtos Estruturados do Banco BPI. Actualmente sou responsável pelo desen-volvimento de operações estruturadas junto de clientes institucionais offshore no continente americano.

Um diplomado em Matemática com formação financeira poderá trabalhar em qualquer área da banca de inves-timento. Poderá também trabalhar nas áreas de risco desenvolvendo bases de dados e algoritmos de programação.

(26)

Depois de um estágio na área da multimédia, nomeada-mente na modelação e construção de ambientes virtuais, entrei para um projecto da Universidade de Coimbra, que é a candidatura a património mundial da UNESCO, onde continuo a fazer modelos tridimensionais.

Jonatan Pedrosa ( Universidade de Coimbra )

Por intermédio do Departamento de Matemática da FCTUC, efectuei um estágio no Departamento de Risco de Crédito da Caixa Económica Montepio Geral. A minha formação em matemática aplicada deu-me bases para poder aprender novos conceitos e temas de forma autónoma durante o estágio, e, como consequência, integrar actualmente a instituição.

Marta Umbelino ( Montepio Geral )

Terminei os estudos em Matemática em Fevereiro de 2007, mas já trabalho na Portugal Telecom - Sistemas de Informação (PT-SI) desde Setembro de 2006. Neste mo-mento, desempenho funções de Administrador de Base de Dados ORACLE.

José Monteiro ( PT )

Terminei a formação em Engenharia Geográfica em 2001 e neste momento trabalho na Norvia, como coordenadora do departamento de Topografia/Cartogra-fia, fazendo o processamento em gabinete de todos os trabalhos de campo, tendo a meu cargo a organização e distribuição das tarefas dentro do departamento e co-ordenando o controlo topográfico em obra.

(27)

Terminei a minha formação em Engenharia Geográ-fica em 2004. Neste momento trabalho na Câmara Municipal de Coimbra. A minha actividade profissional como Engenheira Geógrafa divide-se entre as áreas de gestão corrente do serviço e áreas mais técnicas. Em-bora durante o curso as matérias tenham de ser com-partimentadas por disciplinas, na prática verifica-se interdisciplinaridade. É frequente no âmbito de um mesmo parecer ou processo ter de se recorrer a conhecimentos adquiridos em várias disciplinas do curso.

Virgínia Manta ( Câmara Municipal de Coimbra )

Terminei a minha formação em Engenharia Geográfica em 2005.

Neste momento trabalho no CERN, em metrologia a grande escala para controlo da qualidade dos módulos do LHC (Large Hadron Collider), o maior acelerador de partículas do mundo.

Susana Jesus ( CERN, Suiça )

Terminei a formação em Matemática em Janeiro de 2006. Neste momento trabalho na MERCER Human Resources Consulting, como Técnica de Actuariado na área das Pensões.

(28)

F I C H A T É C N I C A

T í t u l o

M a t e m á t i c a • E n g e n h a r i a G e o g r á f i c a Licenciaturas • Mestrados • Doutoramentos

E d i ç ã o © D M • F C T U C , 2 0 0 7 D e s i g n A n t ó n i o B a r r o s P r é - M e d i a G C I [ M a r i a J o ã o F r e i t a s e S é r g i o B r i t o ) I m p r e s s ã o L i t o g r a f i a C o i m b r a , S A . E x e m p l a r e s 1 0 0 0 C R É D I T O S D E I M A G E M © D M . F C T U C : p . 2 , 3 , 5 , 7 , 1 1 , 1 5 , 1 6 , 1 9 , 2 2 e c a p a .

Referências

Documentos relacionados

[r]

Foi registrada reatividade cruzada, incluindo broncospasmo, entre ácido acetilsalicílico e outros medicamentos anti- inflamatórios não esteroides em pacientes com

- Elaborar uma proposta de requalificação de um espaço verde regado, promovendo a qualidade ecológica e estética e garantindo simultaneamente uma redução

Termos para indexação: gado zebu, estação de reprodução, idade ao primeiro parto, intervalo entre partos, vida útil, bovinos de corte.. REPRODUCTIVE PERFORMANCE OF A NELLORE HERD

Seja P a função que ao número de anos decorridos desde 2014, n, faz correspon- der o preço a pagar pelo bilhete de época do F.. Em que ano um bilhete de época no Estádio de

libras ou pedagogia com especialização e proficiência em libras 40h 3 Imediato 0821FLET03 FLET Curso de Letras - Língua e Literatura Portuguesa. Estudos literários

• São representados mais rapidamente que uma cobertura; foram desenvolvidos para ArcView, mais orientado para display que para edição e análise • São mais fáceis de

quadrática p/ o caso de contingent claims: MGB com tendência NR r − δ e taxa de desconto livre de risco r: Vimos nessa parte os métodos do contingent claims ativos contingentes e