• Nenhum resultado encontrado

Solicitação Passe Livre

N/A
N/A
Protected

Academic year: 2021

Share "Solicitação Passe Livre"

Copied!
65
0
0

Texto

(1)

Solicitação – Passe Livre

Abaixo estão as condições regulamentares e providências exigidas para requerer o Passe Livre. Regulamentação:

o Lei nº 15.692 de 25/02/2015 o Decreto n.º 61.134 de 25/02/2015 o Resolução STM-6, de 03/03/2015 Calendário:

Janeiro Fevereiro a Junho e Agosto a Novembro:

Julho e Dezembro

Não há cotas, conforme legislação vigente.

Passe Livre: Direito à cota mensal de 48 viagens por linha/instituição de ensino

Passe Livre: Direito à cota de 24 viagens por linhas/instituição de ensino para o Passe Livre

A partir 05/01/2017 solicitar na escola a inclusão dos dados do

estudante/professor

Meia Tarifa: Venda da cota de 30 viagens por linha/instituição de ensino

31/10/2017- Último dia do preenchimento on line de requisição /revalidação e inclusão no banco de dados

(2)

A partir 16/01/2017 Abertura do site para preenchimento da Requisição e Revalidação

Meia Tarifa: Venda de cotas de 50 viagens por linha/instituição de ensino

30/11/2017 - Último dia do recebimento dos formulários de requisição enviados pela escola para a EMTU e de documentação pendente (seja por email, ou postada via correios)

Formulário

Formulário para auto declaração da renda familiar per capita de até 1,5 salário mínimo nacional para obtenção do passe livre pela EMTU.

Procedimento:

o Estando em condições conforme a Regulamentação, dirija-se ao CAA e indique o CPF em relação disponível no próprio setor, entregando também o formulário preenchido e assinado com os documentos comprobatórios do enquadramento da baixa renda disponível. Documentos comprobatórios: cópia da declaração do Imposto de Renda de 2016 (exercício 2015) ou holerites, extrato do IRPF 2016, etc.(fls. 13 e 14 do Manual de orientação às Escolas).

o Aguardar o prazo de 3 dias úteis para que a FDSBC efetue o cadastro no Portal da EMTU.

o Para 1.º pedido (Requisição), depois de cadastrado, seguir os procedimentos constantes a partir da página 10 do Manual de orientação aos estudantes com direto ao passe livre, entregando o formulário da EMTU preenchido e pago. Para revalidação, dirija-se ao CAA para indicação do CPF e depois de cadastrado seguir o quanto indicado às fls. 24 do manual de orientação aos estudantes.

Em caso de dúvida procure o Centro de Apoio ao Aluno.

Horário de atendimento: de segunda a sexta-feira das 8h às 11h30 e das 19h às 21h30.

(3)
(4)
(5)

FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO Autarquia Municipal

AUTODECLARAÇÃO – Passe Livre EMTU

Eu, (nome)__________________________________________________ Matric __________________

RG _____________________________________ CPF ___________________________________Solicito meu cadastro junto ao Portal EMTU para pleitear o uso do Passe Livre referente ao ano letivo de 2017.

Para tanto declaro que:

( ) Moro a mais de 1 quilometro da Faculdade.

( ) Há ligação de transporte metropolitano entre a minha casa e a escola.

( ) Não possuo nenhum outro benefício de gratuidade nos transportes coletivos.

Relação de pessoas residentes na mesma casa:

Qtd Nome Grau de Parentesco Idade Renda Mensal

Bruta Obs 1 (aluno) 2 3 4 5 6

Total das Rendas __________________÷( nº de pessoas)_____ = _________________(= ou < que 1,5 mínimo e meio)

Documentação entregue:

( ) Cópia(s) completa da declaração de Imposto de renda. Quantidade juntada _____

( ) Comprovante(s) de renda(holerite). Quantidade juntada _______

( ) Outros. Quais ____________________________________________________________________

DECLARO, sob as penas da lei, que as informações e declarações por mim prestadas e os documentos juntados são verdadeiros, sujeitando-me às sanções judiciais e regimentais cabíveis, se comprovada a falsidade ou omissão dolosa de informações. Comprometo-me a atualizar os dados do cadastro quando e se houver alteração na composição familiar ou no nível de renda familiar. Comprometo-me também a apresentar toda e qualquer declaração comprobatória que venha a ser solicitada pelos órgãos gestores (EMTU).

São Bernardo do Campo, ___/____/______. ______________________________

Assinatura do aluno

PROTOCOLO - EMTU PASSE LIVRE

Solicitação de cadastro e entrega de documentação em _______/_______/__________

(6)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 1 /36

2017

MANUAL DE ORIENTAÇÃO

AOS ESTUDANTES COM DIREITO AO PASSE LIVRE

REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO

(7)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 2 /36

ÍNDICE

1. Objetivo ... 3

2. Direito de obtenção e utilização ... 4

3. Sem direito ao benefício do passe escolar e ao passe livre: ... 6

4. Procedimentos para requisitar o cartão bom escolar com beneficio passe livre

(1º cartão). ... 6

5. Procedimentos para revalidar o cartão bom escolar com direito ao passe livre:Erro! Indicador não definido.

6. Procedimentos para quem já solicitou ou revalidou o cartão bom escolar em

2017. ... Erro! Indicador não definido.

7. Procedimentos para utilização do cartão bom escolar com direito do passe livreErro! Indicador não definido.

(8)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 3 /36

1. OBJETIVO

1.1. Visa orientar os estudantes com direito ao Passe Livre sobre os procedimentos para a obtenção (requisição) e/ou revalidação do BILHETE DE ÔNIBUS METROPOLITANO – cartão BOM ESCOLAR junto à Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo S/A – EMTU/SP.

1.2. Taxa para Requisição/Revalidação 2017: Conforme Resolução STM 91, de 25/10/2011, será de 7 (sete) tarifas-piso. O valor expresso em reais será sempre divulgado em nosso site, pois poderá sofrer mudança ao longo do ano conforme Resoluções de Reajustes Tarifários.

1.3. Datas importantes:

19/02/2015 Publicação da Lei 15.692 - Passe Livre

26/02/2015 Publicação do Decreto 61.134 sobre o Passe Livre, 27/02/2015 Publicação da Resolução 06 sobre o Passe Livre,

Janeiro Não há cotas e nem utilização conforme legislação em vigor

05/01/2017 Disponibilização às Escolas para atualização do Banco de dados 2017 dos Estudantes com direito ao beneficio do Passe Livre no Portal Parceiros.

16/01/2017 Início da Requisição / Revalidação-PASSE LIVRE no site da EMTU/SP para o ano letivo de 2017.

01/02/2017 inicio da Validação da cota que deverá ser feita mensalmente durante o ano letivo para utilização nos ônibus intermunicipais metropolitanos.

07/2017 Cota de 24 viagens ou meia cota.

31/10/2017 Encerramento do prazo de preenchimento no site da Requisição e Revalidação – 2017.

30/11/2017 Último dia de recebimento das Requisições 2017 na EMTU/SP. 12/2017 Cota de 24 viagens ou meia cota.

(9)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 4 /36

2. DIREITO DE OBTENÇÃO E UTILIZAÇÃO

(10)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 5 /36

2.1. Têm direito ao beneficio PASSE LIVRE, que permite a ISENÇÃO na aquisição e utilização DA COTA DE 48 VIAGENS MENSAL, POR LINHA SOLICITADA E APROVADA PELA EMTU, cuja distância entre os endereços da instituição de ensino e da residência do estudante não poderá ser inferior a um quilômetro, desde que esteja localizada em outro município diferente do município da escola, e deverá existir uma ligação de transporte coletivo entre a instituição de ensino e a residência do estudante, regularmente matriculados:

2.1.1. Dos ensinos fundamental e médio nas redes públicas;

2.1.2. De curso de ensino superior, ministrado por universidades e faculdades públicas, que possuam renda familiar per capita inferior a 1,5 salário mínimo nacional vigente (R$1.405,50).

2.1.3. Que cursem ensino superior ministrado em universidades e faculdades privadas que comprovem baixa renda ou que preencham qualquer das seguintes condições:

2.1.3.1. Bolsistas do programa PROUNI – Programa Universidade para Todos; 2.1.3.2. Financiados pelo Fundo de Financiamento Estudantil (FIES);

2.1.3.3. Integrantes do Programa Bolsa Universidade – Programa Escola da Família; 2.1.3.4. Atendidos por programas governamentais de cotas sociais;

2.1.4. Dos cursos públicos e privados técnicos equivalentes ao ensino médio, tecnológicos e profissionalizantes,com duração mínima de 2 (dois) anos que comprovem baixa renda(renda familiar per capita inferior a 1,5 salário mínimo nacional vigente:R$1.405,50).

2.2. A comprovação do direito ao benefício previsto no item 2.1, (Artigo 1º, da Lei 15.692, do Decreto nº 61.134, de 25 de fevereiro de 2015, Resolução nº 06 de 26/02/2015), dar-se-á na seguinte conformidade:

2.2.1. Estudantes que se encontrem nas condições previstas no subitem 2.1.1 terão direito ao benefício concedido através do cadastro enviado pela instituição de ensino pelo Portal de Relacionamento Parceiros.

2.2.2. Estudantes que se encontrem nas condições previstas nos subitens: 2.1.2, 2.1.3 (baixa renda) e 2.1.4 terão direito ao benefício concedido através do cadastro enviado pela instituição de ensino no Portal de Relacionamento Parceiros, após o estudante ter manifestado interesse e comprovar o nível de renda de familiar per capita até 1,5 (um vírgula cinco) salário mínimo nacional vigente (R$1.405,50)..

(11)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 6 /36

2.2.3. Estudantes que se encontrem nas condições previstas no subitem 2.1.3.1, 2.1.3.1, 2.1.3.2, 2.1.3.3 e 2.1.3.4 terão direito ao benefício concedido através do cadastro enviado pela instituição de ensino pelo Portal de Relacionamento Parceiros, comprovando os programas de bolsa, beneficio social (cotas) ou financiamento nos quais os estudantes estão enquadrados.

2.2.4. IMPORTANTE: O estudante deve informar à escola sobre o interesse em obter o beneficio do Passe Livre desde que se enquadre em alguma das categorias acima citadas: item 2.1 e seus subitens e desde que comprove tal informação, lembrando que em caso de informações inverídicas o estudante estará sujeito a sanções previstas em lei caso não possa comprovar.

2.2.5. Conforme Parecer CJ/STM nº 0167/2008 o requisito para o beneficio é estar matriculado (Estudantes) em Instituições de Ensino situadas na Região Metropolitana de São Paulo (desde que residam em município diferente da escola).

2.3. Os estudantes/ devem estar cientes de que a EMTU/SP e as Concessionárias e Operadoras de Transporte Coletivo Regular, de âmbito Metropolitano, constatarão a veracidade das informações prestadas, a fim de evitar fraudes no Sistema de Bilhetagem Eletrônica - SBE.

3. SEM DIREITO AO BENEFÍCIO DO PASSE ESCOLAR E DO PASSE LIVRE:  Cursos livres: idiomas dança etc.;

 Cursos de qualificação profissional com duração inferior a 2 (dois ) anos;  Cursos preparatórios (sem formação curricular);

 Cursos à distância sem equivalência com os cursos com presença obrigatória.  Para frequência em estágio;

 Instituição de Ensino localizada fora dos limites da Região Metropolitana de São Paulo;  Funcionários das Instituições de Ensino, inclusive os professores no exercício da

profissão, além dos Diretores (as), serventes, inspetores e funcionários da Administração;

Atenção: Não haverá restituição do valor da taxa paga caso haja pagamento das Requisições e revalidações indeferidas PELO MOTIVO “NÃO É ESTUDANTE” em

(12)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 7 /36

nosso sistema, CARACTERIZANDO TENTATIVA DE OBTER BENEFICIO INDEVIDAMENTE E PODERÁ SER RESPONSABILIZADO.

 Estudantes beneficiados com outro tipo de gratuidade (pessoas com cartão Bom Especial, pessoas maiores de 60 anos de idade - Bom Sênior e crianças com até 5 anos de idade,).

 Se o estudante já tem o benefício do FRETAMENTO, o mesmo não deverá ser incluído no sistema do passe (Site EMTU/SP) para obtenção do PASSE LIVRE.

 Residir a menos de 1 km da Instituição de Ensino em que leciona ou estuda  Residir no mesmo município que o da escola

Atenção: Não haverá restituição do valor da taxa paga caso haja pagamento das Requisições e revalidações indeferidas PELO MOTIVO “trajeto menor que 1 km” em nosso sistema, CARACTERIZANDO TENTATIVA DE OBTER BENEFICIO INDEVIDAMENTE, PODENDO AINDA O ESTUDANTE SER RESPONSABILIZADO, POR ESSA PRÁTICA.

4. PROCEDIMENTOS PARA REQUISITAR O PASSE LIVRE - 1º Cartão - PARA QUEM NÃO POSSUI O CARTÃO BOM ESCOLAR.

4.1. O formulário da Requisição do BOM ESCOLAR destina-se aos estudantes que ainda não possui o Cartão BOM Escolar e estará disponível exclusivamente no endereço eletrônico www.emtu.sp.gov.br/passe para os já cadastrados pela sua Instituição de Ensino. O estudante SOMENTE terá acesso ao formulário mediante a liberação eletrônica por parte da Instituição de Ensino. Importante, salientar a necessidade da atualização do Banco de Dados de estudantes por parte da Instituição de Ensino, já que o preenchimento dos formulários de Requisição só será liberado aos cadastrados pela Instituição de Ensino no respectivo ano letivo.

4.2. Solicite em sua escola a inclusão do seu CPF, RG, nome completo, CEP residencial, período, a data de conclusão do curso, no Portal de Relacionamento e o registro de sua

(13)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 8 /36

categoria: bolsista ou Renda familiar até 1,5 salario mínimo CONFORME A CATEGORIA DA SUA ESCOLA.

4.3. Quadro Resumo: Como obter o Passe Livre – RMSP

4.4. Estudantes dos ensinos fundamental, médio e técnicos integrados ao ensino médio Públicos:

(14)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 9 /36

Solicite em sua escola a inclusão do seu CPF, RG, nome completo, CEP residencial, curso e período no Portal de Relacionamento. Para os estudantes do ensino fundamental e médio PUBLICOS, somente a inclusão disponibilizará o formulário para obtenção do Passe Livre no site da www.emtu.sp.gov.br/passe para preenchimento, pagamento e entrega na escola para que a mesma possa enviar para a EMTU/SP (verifique com sua escola as datas de envio dos lotes de requisições) e acompanhe pelo site.

4.5. Estudantes bolsistas e cotistas do Ensino Superior Particular:

Solicite em sua escola a inclusão do seu CPF, RG, nome completo, CEP residencial no Portal de Relacionamento e o registro de sua categoria: bolsista ou Renda familiar até 1,5 salario mínimo.

Bolsista PROUNI: Forneça o número da chave para o recebimento do bolsista que consta no Termo da concessão da Bolsa à escola para poder te cadastrar no Portal

Bolsista FIES: Número do Contrato.

Bolsista Bolsa Universidade (Escola da Família): Numero do Contrato de financiamento Abrangidos por programas governamentais – cotas sociais, número de Identificação social do beneficio (Previdência) ou nome do beneficio.

4.6. Estudantes de cursos Públicos e Particulares de Ensino Superior, técnicos e profissionalizantes com duração de 2 anos, que comprovem renda familiar per capita até 1,5 salário mínimo nacional vigente.(R$1.405,50): A escola se baseará em formulário socioeconômico preenchido quando da matrícula para enquadramento da renda familiar per capita até um salário mínimo e meio vigente. Caso se enquadre, solicite a inclusão no Portal de Relacionamento conforme item 4.

4.7. Acesso ao site para preenchimento da Requisição:

4.7.1. O estudante devidamente enquadrado como Passe Livre que NÃO POSSUI o cartão BOM ESCOLAR, após a liberação de seus dados pela sua Instituição de Ensino:

4.7.2. Acessará o endereço eletrônico: http://www.emtu.sp.gov.br/passe/indexRegiao.htm , clicando o botão verde - opção: “Estudantes e Professores”

(15)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 10 /36

4.7.3. Optar na tela pelo mapa laranja: Região Metropolitana de São Paulo:

(16)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 11 /36

4.7.5. Informar seu CPF:

4.7.6. Informar e confirmar, digitando novamente o e-mail próprio(1 e 2) para acessar o

preenchimento (e-mail pessoal, pois será utilizado para comunicação com a EMTU, RG( , sem ponto e traços e com o digito) ,o CEP residencial ( , sem traços),e clicar no botão “Validar o e-mail” ( ) .

(17)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 12 /36

4.7.7. Verificar se a mensagem na tela é que houve sucesso na validação do e-mail, pois para dar continuidade ao processo de solicitação será enviado uma mensagem à caixa de entrada do e-mail informado. Caso negativo, informar novo e-mail válido.

4.7.8. Abrir a caixa de entrada do e-mail pessoal informado e localizar a mensagem, cujo remetente é no-reply@emtu.sp.gov.br (atentar-se para o navegador que de preferência utilizar versões atualizadas dos navegadores Google Chrome ou Mozilla Firefox. Não utilizar

Internet Explorer abaixo da versão 10), e clicar no link para dar prosseguimento ao processo

(18)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 13 /36

4.7.9. A tela apresentará a mensagem de Sucesso(1) e clicar em ” Solicitar o Passe Escolar” (2) para prosseguir:

4.7.10. A próxima tela retornará às telas do subitem 4.4.1 e 4.4.2(siga as orientações descritas nestes subitens) até chegar na tela que apresentada abaixo que apresenta o CPF e clique em “Buscar CPF”:

(19)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 14 /36

4.7.12. Selecionar e clicar na Instituição de Ensino onde estuda/leciona:

4.7.13. Conferir/preencher com atenção, a tela, com as seguintes informações:

4.7.13.1. Endereço: CEP, cidade, nome da rua e preencha com o número da residência e clicar em “Avançar”:

(20)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 15 /36

4.7.14. Dados da Escola: 4.7.14.1 Conferir os campos:

4.7.14.1.1 Nome da escola que está matriculado(a) em 2017, 4.7.14.1.2 Curso que frequenta em 2017,

4.7.14.1.3 Bolsa: conforme enquadramento do estudante conforme subitem 4.4 a 4.6. 4.7.14.1.4 Período (caso esteja não definido, informe/opte o período o seu curso). 4.7.14.1.5 Se aparece a expressão “Passe Livre” e orientações.

4.7.15. Dados pessoais: 4.7.15.1. Conferir :

4.7.15.1.1 O seu nome completo e sem abreviações como consta na identidade(RG), 4.7.15.1.2 Número do documento de Identidade RG, pois a escola é que disponibilizará no Portal;

4.7.15.2 Preencher ou selecionar:

4.7.15.2.1 Nome completo dos pais sem abreviações, conforme consta no documento de identidade do estudante,

4.7.15.2.2 Data de nascimento, 4.7.15.2.3 Sexo: feminino/masculino

(21)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 16 /36

4.7.15.2.4 A(s) linha(s) que utiliza atualmente, somente no trajeto compreendido entre a residência e a Instituição de Ensino e vice-versa. Se houver mais de uma linha que atenda o trajeto, ou seja, que é opcional, selecionar somente uma, sendo a de maior tarifa.

4.7.15.2.5 Número de telefone residencial, comercial (caso não tenha não clique no campo) e celular.

4.7.15.2.6 Tomar ciência da Declaração de uso do benefício, clicando em “Li e concordo”.

4.7.17. Depois de todos os campos devidamente preenchidos ou selecionados clique em “Finalizar”

(22)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 17 /36

4.7.18. Exclusivamente para os estudantes classificados como Baixa Renda será obrigatório cadastramento da composição de renda familiar, informando o nome completo, parentesco, CPF, data de nascimento, situação ocupacional e o valor do rendimento de cada membro individualmente.

(23)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 18 /36

4.7.19. Em seguida será necessário conferir e confirmar os dados e rendimentos de cada integrante e documento informado na tela, caso precise corrigir, e só clicar no botão vermelho de “Voltar e Corrigir Renda Familiar”.

(24)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 19 /36

4.7.20. . Mensagem de cadastro com sucesso:

4.7.21. Clique no botão azul para Imprimir a Requisição/Boleto Bancário:

4.7.22. Modelo da Requisição Passe Livre:

4.7.15.2.1 Protocolo do estudante: solicite na escola quando entregar com a documentação que o devolva assinado e datado pela escola

4.7.15.2.2 Cole a foto 3X4 para documento recente

4.7.15.2.3 Verifique se consta a expressão “Passe Livre” e encaminhe juntamente a comprovação do enquadramento.

(25)
(26)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 21 /36

4.7.23. Pagar em qualquer agência Bancária, impreterivelmente o valor determinado em resolução vigente para emissão do cartão, por meio do boleto específico, que é parte integrante do documento de Requisição do cartão BOM ESCOLAR 2017.

4.7.24. Em caso de valor do pagamento da Requisição do BOM ESCOLAR 2017 ser diferente da taxa vigente, a mesma será indeferida e uma Notificação será disponibilizada no site. Para a aprovação da concessão do benefício deverá ser pago novo formulário de Requisição do BOM ESCOLAR 2017 impreterivelmente no valor determinado em Resolução e que consta no boleto impresso juntamente com o formulário e toda a documentação necessária deverá ser encaminhada à EMTU novamente.

4.8. Anexar os seguintes documentos:

4.8.1 Uma cópia simples do documento de identidade R.G. Não são aceitos RA – Registro de Aluno por falta de compatibilidade com o número de RG da Secretaria de Segurança Pública.

4.8.1.1 Não são aceitos RA – Registro de Aluno por falta de compatibilidade com o número de RG da Secretaria de Segurança Pública.

4.8.1.2 Excepcionalmente serão aceitos protocolo do RG, desde que acompanhados de uma cópia da Certidão de Nascimento ou Casamento.

4.8.1.3 Estudantes ou Professores com mais de um RG, utilizar preferencialmente o do Estado de São Paulo.

4.8.1.4 A foto e o estado de conservação determinam a validade do RG, portanto se seu RG for muito antigo (mais de 10 anos de emissão) ou estiver em mau estado, a recomendação é providenciar uma segunda via do documento antes de solicitar o benefício.

4.8.2 Uma cópia simples do CPF do requisitante (estudante ou professor). Serão aceitos outros documentos oficiais em que conste o número do CPF (RG, CNH, etc.).

4.8.2.1 Excepcionalmente serão aceitos protocolo do CPF, desde que acompanhados de uma cópia da Certidão de Nascimento ou Casamento.

4.8.3 Colar no local indicado, uma fotografia recente, tamanho 3 X 4 cm, legível, para documento, colada no local indicado no formulário.

(27)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 22 /36

4.8.3.1 Não são aceitos RA – Registro de Aluno por falta de compatibilidade com o número de RG da Secretaria de Segurança Pública.

4.8.3.2 Obs.: NÃO SERÃO ACEITAS FOTOGRAFIAS 2 X 2, em mau estado de conservação (que não é possível a identificação da pessoa) e antigas.

4.8.4 Cópia do comprovante de endereço atualizado (conta de água, luz, telefone, cartão de crédito, extrato bancário etc., com data de postagem inferior a três meses), em nome do estudante/professor (a) ou de seus pais/responsáveis. Residindo em imóvel de terceiro, enviar Declaração de próprio punho do (a) proprietário (a) do imóvel, devidamente assinada (assinatura idêntica ao do documento de identidade encaminhado) e acompanhada de cópia de documento de identidade do(a) proprietário(a), juntamente com a conta de serviços em nome de terceiros.

4.8.5 Estudante que estiver cursando o Ensino Técnico, anexar a cópia do Certificado de conclusão ou Atestado (atualizado) que está cursando o Ensino Médio.

4.8.6 Estudante que cursar pós-graduação, ou de cursos EAD, deverá anexar na deverá anexar uma declaração atualizada que comprove os dias em que frequenta a Instituição de Ensino (frequência presencial obrigatória).

4.8.7 Estudante que solicitar o Passe Livre enquadrado como “Baixa Renda”, enviar a auto declaração e todos os documentos para comprovação de renda de TODOS OS INTEGRANTES DECLARADOS NA FICHA DE CADASTRO DE RENDA.

4.8.8 Estudante que solicitar o Passe Livre enquadrado como bolsistas ou cotistas (FIES, PROUNI, Bolsa Universidade-Escola da Família, Cotas sociais), enviar cópia da página onde consta o nome e o número do contrato, concessão ou cota

4.8.9 Comprovante do pagamento da Requisição do Cartão Bom Escolar, juntamente com a documentação necessária. Não entregar em garagens ou postos de venda.

4.9. Entregar a Requisição do Cartão BOM ESCOLAR, paga, juntamente com a documentação necessária (subitem 4.8), exclusivamente, na Instituição de Ensino.

(28)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 23 /36

4.9.1. Não entregar em garagens ou postos de venda.

4.9.2. Solicitar à Instituição que assine e date o protocolo de entrega, o qual se encontra na parte superior do formulário, destacá-lo e entrega-lo ao estudante como seu comprovante.

4.9.3. IMPORTANTE- Critérios de Aceitação da documentação pela EMTU:

 Sem as cópias dos documentos solicitados nos subitens de 4.8 o(a) estudante não poderá obter o cartão BOM ESCOLAR.

 Caso o estudante/ não possua RG ou o CPF, deverá primeiro obter este documento para depois solicitar o cartão BOM ESCOLAR.

Não será aceita cópia de RG de terceiros.

Não será aceita cópia de CPF de terceiros.

 Será aceito protocolo de solicitação do RG desde que acompanhado de cópia da Certidão de Nascimento.

4.9.4. A Instituição de Ensino enviará, somente, as Requisições para a EMTU/SP, obrigatoriamente por intermédio do formulário Capa de Lote.

4.9.4.1. Somente a Instituição de Ensino poderá obter a Capa de Lote no menu “Capa de Lote“ - Portal de Relacionamento: www.emtu.sp.gov.br/parceiros

4.9.5. Serão aceitas todas as Requisições do cartão BOM ESCOLAR conforme padrão do subitens 4..8, 4.9.4, entregues via postagem Correios (preferencialmente registradas para evitar extravios), diretamente na EMTU/SP, somente por meio do Diretor (a) ou

Representante ou portador autorizado por oficio em papel timbrado constando nome e RG e o numero da capa de lote a ser entregue.

4.9.5.1. Poderão ser enviados quantos lotes forem necessários de requisições do cartão BOM ESCOLAR para a EMTU/SP que tem a data limite de recebimento até 30/11/2017, agilizando desta forma todo o processo. O limite máximo de requisições por lote será de 28 requisições.

4.9.6. O prazo de recebimento dos lote de requisições, bem como das documentações pendentes/faltantes é até 30/11/2017. Após o prazo de 30/11/2017, a

(29)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 24 /36

status de “RETIDA” e emitidas NOTIFICAÇÕES em nome do estudante/professor, com as orientações para ressarcimento disponível no site e enviado para o e-mail cadastrado pelo estudante quando da solicitação.

4.9.7. A EMTU/SP verificará a legitimidade da autenticação mecânica, referente ao pagamento do valor determinado em Resolução vigente, e o correto preenchimento dos documentos, bem como seus anexos. Caso a requisição do cartão BOM ESCOLAR contenha erros de preenchimento, esteja incompleta ou com rasuras e não for possível à EMTU/SP corrigir o processo com a documentação anexa à requisição, a mesma permanecerá em arquivo na EMTU aguardando a correção ou complementação por parte do estudante ou pela escola em rotina no próprio site : www.emtu.sp.gov.br/passe , clicar em “Acompanhe” e fazer upload(envio online) até 30/11/2017.

4.9.8. Se constatada na concessão do benefício do passe escolar a existência de informações não verídicas ou que contrariem a Resolução vigente, o estudante/professor NÃO TERÁ DIREITO AO BENEFÍCIO. Será emitida uma NOTIFICAÇÃO em nome do estudante/professor, disponibilizada no site www.emtu.sp.gov.br/passe, clicando em “Acompanhe”.

4.9.9. A EMTU/SP devolverá a taxa de emissão do cartão BOM ESCOLAR ao estudante/professor que tenha pagado e que não tenha direito ao benefício do passe escolar, por meio de crédito exclusivamente em conta corrente do Banco do Brasil, ficando a Área Financeira à disposição para esclarecimentos no telefone (11) 4341-1176. O estudante ou o seu responsável poderá também comparecer pessoalmente ao endereço da EMTU/SP, de 2ª a 6ª feira, das 8 às 16 horas, com a Notificação e os documentos pessoais em mãos.

ATENÇÃO: NOS CASOS EM QUE O MOTIVO DE INDEFERIMENTO FOR “NÃO É ESTUDANTE” e “Trajeto residência-escola não justificado reside próximo a escola (menos de 1 km)” NÃO SERÁ RESTITUIÇÃO DE VALORES, E ESTARÁ SUJEITO A SANÇÕES QUEM UTILIZAR-SE DESSA PRÁTICA.

4.9.10. A emissão do Cartão BOM ESCOLAR somente se inicia na EMTU/SP, após o recebimento da Requisição anexada à Capa de Lote emitida pela escola no Setor de Passe Escolar da EMTU/SP, com toda a documentação necessária do

(30)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 25 /36

estudante/professor. Após análise da documentação, a EMTU/SP enviará para a Instituição de Ensino, o cartão BOM ESCOLAR.

4.9.11. O estudante/professor poderá acompanhar a emissão do cartão BOM ESCOLAR por meio do site da EMTU/SP: www.emtu.sp.gov.br/passe/estudante.htm . O acompanhamento eletrônico somente será possível após o recebimento da Requisição impressa na EMTU/S. Antes do recebimento, no site, somente será apresentada na tela do site, a constatação do pagamento.

4.9.12. Conforme Resolução SE –179, de 22-7-93 Artigo 2º:

Artigo 2º - Caberá ao Diretor da unidade escolar a responsabilidade de: I – divulgar o benefício e a forma de obtenção do mesmo;

II – cadastrar os alunos regularmente matriculados e os professores interessados utilizando o formulário fornecido pela Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos, por meio da EMTU/SP;

III – garantir a veracidade das informações registradas nesses formulários;

IV – enviar os formulários preenchidos à EMTU/SP para emissão das Carteiras de Passe Escolar Metropolitano;

(31)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 26 /36

5. PROCEDIMENTOS PARA REVALIDAR O CARTÃO BOM ESCOLAR

5.1. O formulário da Requisição do BOM ESCOLAR destina-se aos estudantes que já possui o Cartão BOM Escolar e estará disponível exclusivamente no endereço eletrônico

www.emtu.sp.gov.br/passe para os já cadastrados pela sua Instituição de Ensino.

5.2. O estudante SOMENTE terá acesso ao formulário mediante a liberação eletrônica por parte da Instituição de Ensino. Importante, salientar a necessidade da atualização do Banco de Dados de estudantes por parte da Instituição de Ensino, já que o preenchimento dos formulários de Requisição só será liberado aos cadastrados pela Instituição de Ensino no respectivo ano letivo.

5.3. A Revalidação escolar é um procedimento anual necessário a todos os estudantes que JÁ POSSUEM o cartão BOM ESCOLAR para manutenção da concessão do benefício do passe escolar, através da confirmação da matrícula do estudante.

5.4. A partir de 05/01/2017, solicite à sua escola que inclua seus dados EXATAMENTE COMO CONSTAM NO SEU CARTÃO BOM ESCOLAR no Portal EMTU- Instituição de Ensino para preenchimento da Revalidação 2017, além de apresentar CPF, CEP residencial, período e a data de termino do curso. Sem a liberação da escola, o estudante NÃO revalidará seu cartão BOM ESCOLAR.

5.4.1. IMPORTANTE: SE O RG FOR DIVERGENTE AO IMPRESSO NO CARTÃO A REVALIDAÇÃO NÃO OCORRERÁ AUTOMATICAMENTE. SERÁ NECESSÁRIO ENTRAR EM CONTATO PELO EMAIL PASSEESCOLAR@EMTU.SP.GOV.BR, PARA DIRIMIR AS DÚVIDAS.

5.5. O estudante que JÁ POSSUI o cartão BOM ESCOLAR e seu cadastro encontrar-se liberado pela sua Instituição de Ensino:

5.5.1. Acessará o endereço eletrônico http://www.emtu.sp.gov.br/passe/indexRegiao.htm

e seguir os passos descritos nos subitens 4.7.1 a 4.7.3.

(32)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 27 /36

5.5.3. Para acessar o preenchimento da Revalidação, será necessário neste ano, validar o e-mail do estudante , para isso, siga as orientações dos subitens 4.7.5 a 4.7.13 e verifique se aparecerá a informação que se trata de uma Revalidação

5.5.4. Preencher com atenção:

5.5.4.1 Dados do BOM Escolar: Número do BOM ESCOLAR (abaixo da foto ou abaixo do nome no caso do BOM+ Escolar), idêntico ao do cartão, em seu poder:

(33)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 28 /36

5.5.5. Dados da Escola:

5.5.5.1 Opte no campo “PERÍODO” pelo turno de seu curso, isto ocorrerá se a escola não tiver informado seu período de frequência no curso,caso tenha sido informado confira se está correto o período informado.

5.5.6. Dados pessoais:

5.5.8.5 Conferir e Preencher conforme subitens 4.7.15

5.5.7. Depois de todos os campos devidamente preenchidos ou selecionados clique em “Finalizar”.

(34)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 29 /36

5.5.8. Exclusivamente para os estudantes classificados como Baixa Renda será obrigatório cadastramento da composição de renda familiar, informando o nome completo, parentesco, CPF, data de nascimento, situação ocupacional e o valor do rendimento de cada membro individualmente(vide subitens 4.7.18 E 4.7.19).

(35)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 30 /36

5.6. UPLOAD (ENVIO ON LINE): Documentação solicitada para enviar pelo site OBRIGATORIAMENTE:

5.6.1. Todos os Estudantes: comprovante de endereço (para comprovantes de endereços aceitos, vide subitem 4.8.4) , anexar pelo próprio site: digitalize em formato “.jpg” e tamanho de até 500KB.

5.6.2. Estudantes enquadrados como Baixa Renda : além do comprovante de endereço, digitalizar e enviar comprovantes de rendimentos (holerites, declarações, contribuições de autonomos –CNIS, extrato bancario,etc.)de cada membro integrante familiar. Digitalize em formato “.jpg” e tamanho de até 500KB.

(36)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 31 /36

5.6.3. Estudantes enquadrados como bolsistas PROUNI, FIES, Bolsa Universidade, Cotas sociais: além do comprovante de endereço digitalizado,deve encaminhar a cópia do contrato, a parte que consta o nome do estudante e a parte onde consta o numero do contrato, ou da chave de segurança numérica (PROUNI), Protocolo (Bolsa Universidade) , numero da Matricula(cota social) digitalizada em formato “.jpg” e tamanho de até 500KB.

Ex:

(37)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 32 /36

5.8. Modelo da Revalidação Passe Livre e boleto bancário.

5.9. Pagar em qualquer agência Bancária, impreterivelmente o valor determinado em Resolução vigente para a emissão do cartão, por meio do boleto específico, que é parte integrante do documento de Revalidação do cartão BOM ESCOLAR 2017.

5.10 No caso do valor do pagamento da Revalidação do BOM ESCOLAR ser diferente da taxa vigente, a mesma será indeferida e uma Notificação será disponibilizada no site. Para a aprovação da concessão do benefício deverá ser pago novo formulário de Revalidação do BOM ESCOLAR, impreterivelmente no valor determinado em Resolução.

5.11 O FORMULÁRIO DE REVALIDAÇÃO IMPRESSO E PAGO DEVERÁ FICAR GUARDADO COM ESTUDANTE/PROFESSOR E SERVIRÁ DE COMPROVANTE; NÃO SERÁ PRECISO ENVIAR O FORMULÁRIO DE REVALIDAÇÃO PARA A EMTU/SP. A EMTU/SP PROCESSARÁ AUTOMATICAMENTE AS REVALIDAÇÕES CORRETAS APÓS A CONSTATAÇÃO DO PAGAMENTO (EM MÉDIA 48 HORAS) EM ATÉ 15 DIAS ÚTEIS.

(38)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 33 /36

5.12 O estudante/professor deverá acompanhar a Revalidação do cartão BOM ESCOLAR por meio do site da EMTU/SP: www.emtu.sp.gov.br/passe clicando em “Acompanhe” e digitando seu CPF.

5.12.1 O acompanhamento eletrônico somente será possível após a compensação bancária da taxa de revalidação. Após o processamento da revalidação, caso o estudante tenha preenchido endereço de e-mail no formulário, será informado do deferimento da Revalidação.

5.13 Durante o ano letivo, caso houver necessidade de alteração de escola, endereço residencial do estudante ou linha utilizada, será necessário um novo processo de revalidação para alteração dos dados do estudante/professor no Cadastro do Passe Escolar da EMTU/SP.

6. PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO, ATUALIZAÇÃO, VALIDAÇÃO DA COTA E UTILIZAÇÃO.

6.1. AQUISIÇÃO: O limite para cota mensal é equivalente a:

 48 (quarenta e oito) viagens mensais, por cota, de fevereiro a junho, e de agosto a novembro;

 24 (vinte e quatro) viagens em julho e dezembro.

 Janeiro não há cotas para utilização

6.2. ATUALIZAÇÃO E VALIDAÇÃO DA COTA

6.2.1. Assim que aprovada a revalidação, será preciso atualizar o cartão fisicamente. Esta atualização poderá ser feita a partir da verificação, pelo estudante, da aprovação no site ou do recebimento do e-mail de informe.

6.2.2. A atualização é simples e rápida, basta o cliente encostar o cartão no validador on line aguardar por alguns segundos para que a atualização seja realizada. Assim que finalizar irá mostrar uma mensagem informando a conclusão.

(39)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 34 /36

6.2.3. A validação da cota se dará preferencialmente nos Validadores on-line, instalados em todas as 61 estações do METRO (não disponíveis na linha amarela), nas 92 estações da CPTM (exceto: Engenheiro Goulart, Santa Terezinha, Amador Bueno e Quitaúna) e nos 17 terminais de ônibus e também está disponível nas Lojas do cartão Bom e Quiosques (exceto estação Campo limpo), consultem os locais através do link:

http://www.cartaobom.com.br/lojas.aspx .

6.3. UTILIZAÇÃO DA COTA

6.3.1. Não há cotas em Janeiro para utilização.

6.3.2. A partir do primeiro dia útil de fevereiro de 2017 poderá utilizar o beneficio conforme a regra vigente (CARTÃO JÁ REVALIDADO COM O BENEFICIO EM 2017).

6.3.3. Caso a utilização da cota seja inferior ao limite autorizado mensal, a quantidade residual, não será cumulativa para o mês seguinte.

6.3.4. Se a utilização da cota se esgotar, o estudante pagará a tarifa integral da linha. 6.3.4.1. A cota de 48 viagens por linha do cartão BOM ESCOLAR com direito ao PASSE LIVRE terá validade até 31/05/2017, após essa data e caso continue na condição de estudante, é necessária a validação mensal para carregamento da cota.

6.3.5. A Revalidação COM PAGAMENTO DA TAXA continua sendo anual.

6.3.6. O cartão BOM ESCOLAR É DE USO PESSOAL E INTRANSFERÍVEL.

7. DAS OBRIGAÇÕES DO ESTUDANTE / PROFESSOR

7.1. Conforme compromisso firmado na Requisição/Revalidação do cartão BOM ESCOLAR, o estudante se compromete a utilizar o benefício exclusivamente para se deslocar da sua residência para a Instituição de Ensino e vice-versa.

(40)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 35 /36

7.2. O cartão BOM ESCOLAR é de uso pessoal e intransferível. Se constatada a sua utilização indevida, o benefício estará sujeito a sanções pela EMTU/SP.

7.3. OBSERVAÇÕES IMPORTANTES: Segunda via do BOM Escolar:

 Em caso de perda, roubo, furto e solicitação da emissão de 2ª (segunda) via do cartão BOM ESCOLAR o estudante/professor deverá de imediato, contatar a Central de Atendimento do Consórcio Metropolitano de Transportes - CMT, telefone 0800-7711800 ou pelo site: http://www.cartaobom.net/envie.aspx no formulário “Fale

Conosco”, preencher os dados conforme tela abaixo:

 O cadastramento e a Revalidação dos estudantes/professores, usuários do cartão BOM ESCOLAR, nos termos da resolução vigente, serão efetuados pela EMTU/SP.

(41)

MA-GCF-004 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 36 /36

Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo S. A.

www.emtu.sp.gov.br/passe

Região Metropolitana de São Paulo Rua Joaquim Casemiro, 290

Bairro Planalto - São Bernardo do Campo - SP - CEP 09890-050

Central de Atendimento ao Cliente: 0800-724 05 55

(42)

initer

Região Metropolitana de São Paulo

Região Metropolitana de São Paulo - RMSP

2017

Manual de orientação às Escolas

Cadastro dos Estudantes ao PASSE LIVRE

(43)

MA-GCF-003 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 2 / 24

ÍNDICE

1. OBJETIVO ... 3

2. DIREITO DE OBTENÇÃO E UTILIZAÇÃO ... 4

3. SEM DIREITO AO BENEFÍCIO DO PASSE LIVRE: ... 8

4. PROCEDIMENTOS PARA A INSTITUIÇÃO DE ENSINO CADASTRAR OS ESTUDANTES

COM DIREITO AO PASSE LIVRE – PASSO A PASSO ... 8

5. PROCEDIMENTOS PARA A RECEPÇÃO E ENVIO DA REQUISIÇÃO DO CARTÃO BOM

ESCOLAR – ESTUDANTE– PASSE LIVRE. ... 17

6. PROCEDIMENTOS PARA A REVALIDAÇÃO DO CARTÃO BOM ESCOLAR-PASSE LIVRE . 20

(44)

MA-GCF-003 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 3 / 24

1. OBJETIVO

1.1. Visa orientar as Instituições de Ensino sobre os procedimentos para o cadastramento, a obtenção e/ou revalidação do BILHETE DE ÔNIBUS METROPOLITANO – cartão BOM ESCOLAR junto à Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo S/A – EMTU/SP aos estudantes que tem direito ao PASSE LIVRE.

1.2. Taxa para requisição 2017: Conforme Resolução STM 91, de 25/10/2011, será de 7 (sete) tarifas-piso. O valor expresso em reais será sempre divulgado em nosso site, pois poderá sofrer mudança ao longo do ano conforme Resoluções de Reajustes Tarifários.

1.3. Datas importantes ao Beneficio do PASSE LIVRE:

19/02/2015 Publicação da Lei 15.692 - Passe Livre.

26/02/2015 Publicação do Decreto 61.134 sobre o Passe Livre. 27/02/2015 Publicação da Resolução 06 sobre o Passe Livre.

05/01/2017 Disponibilização às Escolas para atualização do Banco de dados 2017 dos Estudantes com direito ao beneficio do Passe Livre no Portal Parceiros.

Janeiro Não há cotas e nem utilização conforme legislação em vigor.

16/01/2017 Início da Requisição / Revalidação-PASSE LIVRE no site da EMTU/SP para o ano letivo de 2017.

01/02/2017 inicio da Validação da cota que deverá ser feita mensalmente durante o ano letivo para utilização nos ônibus intermunicipais metropolitanos.

07/2017 Direito à Meia Cota para o mês de Julho/2017.

31/10/2017 Encerramento do prazo de acesso pelo site da Requisição e Revalidação – 2017 e do acesso à inclusão de novos cadastros no Portal.

30/11/2017 Último dia de recebimento das Requisições 2017 na EMTU/SP. 12/2017 Direito à Meia Cota para o Mês de Dezembro/2017.

(45)

MA-GCF-003 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 4 / 24

2. DIREITO DE OBTENÇÃO E UTILIZAÇÃO

2.1. Têm direito ao cartão BOM ESCOLAR-MODALIDADE PASSE LIVRE, que permite a ISENÇÃO na aquisição e utilização DA COTA DE 48 VIAGENS MENSAL, POR LINHA SOLICITADA E APROVADA PELA EMTU, cuja distância entre os endereços da Instituição de Ensino e da residência do estudante não poderá ser inferior a um quilômetro, desde que esta esteja localizada em outro município diferente do município da escola, e deverá existir uma ligação de transporte coletivo de âmbito metropolitano, entre a Instituição de Ensino e a residência do estudante, regularmente matriculados:

2.1.1. Dos ensinos fundamental e médio nas redes públicas;

2.1.2. De curso de ensino superior, ministrado por universidades e faculdades públicas, que possuam renda familiar per capita inferior a 1,5 (um vírgula cinco) salário mínimo nacional, em 2017 o valor da renda por pessoa é de R$1.405,50(um mil, quatrocentos e cinco reais e cinquenta centavos)

2.1.3. Cursem ensino superior ministrado em universidades e faculdades privadas que comprovem baixa renda ou que preencham qualquer das seguintes condições:

2.1.3.1. Bolsistas do programa PROUNI – Programa Universidade para Todos; 2.1.3.2. Financiados pelo Fundo de Financiamento Estudantil - FIES;

2.1.3.3. Integrantes do Programa Bolsa Universidade – Programa Escola da Família; 2.1.3.4. Atendidos por programas governamentais de cotas sociais;

2.1.4. Dos cursos públicos e privados técnicos, tecnológicos e profissionalizantes, que comprovem baixa renda.

2.2. A comprovação do direito ao benefício previsto no item 2.1., (Artigo 1º, do Decreto nº 61.134, de 25 de fevereiro de 2015), dar-se-á na seguinte conformidade:

2.2.1. Estudantes que se encontrem nas condições previstas no subitem 2.1.1. terão direito ao benefício concedido através do cadastro enviado pela Instituição de Ensino pelo Portal de Relacionamento Parceiros.

2.2.2. Estudantes que se encontrem nas condições previstas nos subitens: 2.1.2, 2.1.3 (baixa renda) e 2.1.4 terão direito ao benefício concedido através do cadastro enviado pela Instituição de Ensino no Portal de relacionamento Parceiros, após o estudante ter manifestado interesse e comprovar o nível de renda de familiar per capita até 1,5 (um virgula cinco) salário mínimo nacional.

(46)

MA-GCF-003 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 5 / 24

2.2.3. Estudantes que se encontrem nas condições previstas no subitem 2.1.3.1, 2.1.3.2, 2.1.3.3. e 2.1.3.4 terão direito ao benefício concedido através do cadastro enviado pela Instituição de Ensino pelo Portal de Relacionamento Parceiros, comprovando os programas de bolsa ou financiamento os quais os estudantes estão enquadrados.

(47)

MA-GCF-003 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 6 / 24

2.2.5. IMPORTANTE: O estudante deve informar à escola sobre o interesse em obter o beneficio do PASSE LIVRE desde que se enquadre em alguma das categorias acima citadas: item 2.1 e seus subitens e desde que comprove tal informação, sujeito a sanções previstas em lei caso não possa comprovar.

É facultado à EMTU solicitar documentação adicional para esclarecimentos para obtenção do beneficio aos estudantes que será feito por e-mail ao estudante ou à escola conforme o caso.

Conforme Parecer CJ/STM nº 0167/2008 o requisito para o beneficio é estar matriculado (Estudantes) em Instituições de Ensino situadas na Região Metropolitana de São Paulo.

Gratuidade para estudantes (Quem tem direito?)

Lei nº15.602, de 19/02/20145, Decreto nº61.134/15 Res STM6 de 26/02/2015.

Tipo de escola Ensino Requisitos Gratuidade?

Rede Pública localizada dentro DA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO Fundamental/Médio Requisitos gerais** Sim Curso Técnico Integrado ao

Ensino Médio-ETIM PRONATEC

Só se comprovar renda per capita inferior a 1,5 salário mínimo***+

requisitos gerais** Curso Técnico Curso Profissionalizante Superior Rede Privada localizada dentro DA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO

Fundamental/Médio Não tem direito Não

PRONATEC

Só se comprovar renda per capita inferior a 1,5 salário mínimo***+

requisitos gerais**

Sim Curso Técnico

Curso Técnico Integrado ao Ensino Médio-ETIM Curso Profissionalizante Superior – bx renda Superior PROUNI Requisitos gerais** Sim Superior FIES

Superior - Cotas Sociais Superior - Escola da Família*

* Não é Bolsa Família

**REQUISITOS GERAIS: cadastro liberado NO PORTAL; morar a mais de 1 quilômetro da escola e em

município diferente da escola, ter ligação de transporte coletivo entre a casa e a escola, e não ter outro benefício de gratuidade nos transportes (Deficiente, Idoso, Vai e volta, etc.).

***Cálculo da renda per capita: Relacione todos os familiares que moram na sua casa, mesmo que não

tem renda. Some todos os salários e divida pela quantidade de pessoas que você relacionou. Você obterá a renda per capita por pessoa. Se for inferior a R$ 1.405,50, você tem direito à gratuidade.

(48)

MA-GCF-003 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 7 / 24

2.3. As Instituições de Ensino e os estudantes devem estar cientes de que a EMTU/SP e as Concessionárias e Operadoras de Transporte Coletivo Regular, de âmbito Metropolitano, constatarão a veracidade das informações prestadas, a fim de evitar fraudes no Sistema de Bilhetagem Eletrônica - SBE.

2.4. A partir de 05/01/2017, aos estudantes com direito ao Passe Livre deverão ser incluídos (CPF, RG, CEP, curso, tipo de bolsa, período e ano de conclusão do curso _ mês e ano),pela escola no Portal Parceiros para obtenção do direito ao beneficio que se dará pelo preenchimento da requisição (para primeiro cartão) que obrigatoriamente deve ser entregue com a documentação exigida constante no formulário, na escola para que a mesma nos encaminhe; e da revalidação (para o que já possuem cartão e que não há a necessidade de entrega do formulário na escola).

2.5. Os estudantes devem acompanhar pelo site www.emtu.sp.gov.br/passe, clicar na região da RMSP (Região Metropolitana de São Paulo) a liberação de seu beneficio.

2.5.1. IMPORTANTE

Uma vez utilizada toda a cota de passe livre, o estudante que necessitar utilizar o transporte pagará o valor correspondente à tarifa integral da linha.

(49)

MA-GCF-003 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 8 / 24

3. SEM DIREITO AO BENEFÍCIO DO PASSE LIVRE:  Cursos livres: idiomas dança etc.;

 Cursos de qualificação profissional com duração inferior a 2 (dois ) anos;  Cursos preparatórios (sem formação curricular);

 Cursos à distância sem equivalência com os cursos com presença obrigatória.  Para freqüência em estágio;

 Instituição de Ensino localizada fora dos limites da Região Metropolitana de São Paulo;

 Funcionários das Instituições de Ensino inclusive os professores no exercício da profissão, além dos Diretores (as), serventes, inspetores e funcionários da Administração;

Atenção: Não haverá restituição do valor da taxa paga caso haja pagamento das Requisições e revalidações indeferidas PELO MOTIVO “NÃO É ESTUDANTE” em nosso sistema, CARACTERIZANDO TENTATIVA DE OBTER BENEFICIO INDEVIDAMENTE E PODERÁ SER RESPONSABILIZADO.

 Estudantes beneficiados com outro tipo de gratuidade (pessoas com cartão Bom Especial, pessoas maiores de 60 anos de idade - Bom Sênior e crianças com até 5 anos de idade,).  Se o estudante já tem o benefício do FRETAMENTO, o mesmo não deverá ser incluído no

sistema do passe (Site EMTU/SP) para obtenção do PASSE LIVRE.

 Residir a menos de 1 km da Instituição de Ensino em que leciona ou estuda .

 Residir no mesmo município que o da escola

Atenção: Não haverá restituição do valor da taxa paga caso haja pagamento das Requisições e revalidações indeferidas PELO MOTIVO “trajeto menor que 1km” em nosso sistema, CARACTERIZANDO TENTATIVA DE OBTER BENEFICIO INDEVIDAMENTE,PODENDO AINDA O ESTUDANTE SER RESPONSABILIZADO, POR ESSA PRÁTICA.

4. PROCEDIMENTOS PARA A INSTITUIÇÃO DE ENSINO CADASTRAR OS ESTUDANTES COM DIREITO AO PASSE LIVRE – PASSO A PASSO

4.1. Ensino fundamental, médio e técnicos integrados ao ensino médio Públicos:

4.1. Orientações à Escola: Acesse o Portal com login e senha em :

(50)

MA-GCF-003 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 9 / 24

4.2. Confira os dados cadastrais, nome da escola, de endereços principal e de entrega , nome dos diretores e representantes e clique no botão Enviar

(51)

MA-GCF-003 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 10 / 24

4.3. Clique no menu: ”Atualização via digitação” :Identifique apenas quem são os estudantes que solicitaram e inclua no Portal: CPF, nome completo, sem abreviações, RG , CEP residencial, opção do curso, mês e ano da conclusão do curso.

4.4. Orientações a serem transmitidas aos Estudantes:

4.1.4.1. Requisição (primeiro cartão): Após a inclusão, o estudante deve acessar o site

www.emtu.sp.gov.br/passe , clicar no mapa, a Região Metropolitana de São Paulo, preencher, imprimir, pagar a taxa e entregar o formulário com a documentação exigida para a escola que encaminhará para a EMTU. Se a documentação anexada estiver correta, a EMTU emitirá o cartão que será entregue na escola( prazo de até 20 dias úteis a contar da data entrega do lote na EMTU- cuja responsabilidade é da escola efetuar a entrega que poderá ser pessoalmente por um representante autorizado, ou mediante oficio de autorização ao portador que devera ser um(a)funcionário(a) da escola, via motoboy(com oficio) ou correios(preferencialmente correspondência com AR, para evitar extravios) .

4.1.4.2.

Revalidação:

Após a inclusão, o estudante deve preencher, imprimir, pagar a taxa. Não precisa encaminhar a Revalidação para a EMTU. A revalidação se efetivará automaticamente em até 15 dias após análise da EMTU/SP. A EMTU encaminhará um e-mail informando ao estudante a liberação do beneficio do PASSE LIVRE. Após a obtenção do PASSE LIVRE no cartão, o estudante deverá efetuar a validação do cartão nas lojas do CMT, cujos endereços estão no site www.cartaobom.net, como também nos

(52)

MA-GCF-003 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 11 / 24

validadores, para obtenção da cota no cartão, assim que estiver liberado o beneficio do passe livre.

4.1.4.3. O CARTÂO BOM ESCOLAR PERMANECERÁ O MESMO DA COTA DE 50%, NÃO PRECISA TROCAR O CARTÃO, e deverá ser esgotado o saldo remanescente para iniciar a utilização do beneficio do Passe Livre.

4.2. Ensino Superior Particular:

4.2.1. Orientações de Acesso à Escola: Vide subitem 4.1.1 a 4.1.2.

4.2.2. Orientações para inclusão do estudante para obter o PASSE LIVRE:

Vide item 4.1.3 E inclua também o tipo de bolsa (Pro-Uni, Fies, Bolsa Universidade, Cotas Sociais, Baixa Renda) ou Não tem para os estudantes que optaram pelo meia-tarifa.

4.2.3. Cota social: - somente liberado esta opção, após a análise e autorização da EMTU.

Para a liberação, a escola deve enviar a documentação que comprove a cota social para o e-mail: passelivre@emtu.sp.gov.br, com oficio de solicitação de cadastramento da cota social. Em caso de duvidas entre em contato com a EMTU pelo chat, telefone 43411343 ou email passelivre@emtu.sp.gov.br, para verificar se o tipo de cota informada tem direito e que

(53)

MA-GCF-003 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 12 / 24

4.2.4. INFORME O NÚMERO DO CONTRATO referente aos estudantes com bolsa, ou NIS (Numero de Identificação social da Previdência social) ou o nome da bolsa para atendidos por programas governamentais de COTA SOCIAL .

4.2.4.1. Ex 1: Fies Integral ou Parcial-numero do contrato que consta no termo efetuado com o banco:

4.2.4.2. Ex 2: Para incluir no Portal o estudante –cota social : informe o nome ou numero do tipo de cota do estudante no campo numero- e clique no botão Incluir:

4.2.4.3. Ex3: PROUNI: Informe o número da chave de segurança numérica do bolsista constante no Termo de Concessão da Bolsa:

(54)

MA-GCF-003 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 13 / 24

Estudantes que comprovem renda familiar devem solicitar à escola o cadastro no Portal.

4.2.4.1. Orientações para incluir baixa renda à escola:

Somente incluir os dados do(a) estudante e classifica-lo(a) no campo “Bolsa” com a seleção de “Baixa Renda”, quando após análise do formulário socioeconômico preenchido quando da matricula , configurar o estudante como de baixa renda, caso contrário não efetivar sem comprovação do mesmo por intermédio de comprovantes de imposto de renda, extrato, etc.

4.2.5. Orientações a serem transmitidas aos Estudantes:

4.2.5.1. Requisição (primeiro cartão): Após a inclusão, o estudante deve acessar o site

www.emtu.sp.gov.br/passe , clicar no mapa, a Região Metropolitana de São Paulo, preencher, imprimir, pagar a taxa e auto declaração, que será impresso no próprio formulário da Requisição com a documentação exigida para a escola que encaminhará para a EMTU. e se a documentação anexada estiver correta, a EMTU emitirá o cartão que será entregue na escola( prazo de até 20 dias úteis a contar da data entrega do lote na EMTU- cuja responsabilidade é da escola efetuar a entrega que poderá ser pessoalmente por um representante autorizado, ou mediante oficio de autorização ao portador que devera ser um(a)funcionário(a) da escola, via motoboy(com oficio) ou correios(preferencialmente correspondência com AR, para evitar extravios) .

4.2.5.2. Revalidação Baixa Renda, cotistas e Bolsistas: Após a inclusão, o estudante deve preencher, anexar a documentação exigida no site, imprimir e pagar a taxa. Não precisa encaminhar a Revalidação para a EMTU, porém, conforme Resolução, faculta à EMTU solicitar ao estudante cópias para a comprovação do beneficio, que será feito por e-mail ao estudante

(55)

MA-GCF-003 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 14 / 24

ou à faculdade conforme o caso e que deverá ser encaminhado pela rotina no site

www.emtu.sp.gov.br/passe clicando em Acompanhe e anexar o documento digitalizado Se tudo estiver correto, a revalidação se efetivará automaticamente em até 15 dias úteis, após análise da EMTU/SP. A EMTU encaminhará um e-mail informando ao estudante a liberação do beneficio do PASSE LIVRE. Assim que aprovado, será preciso atualizar o cartão fisicamente. Esta atualização poderá ser feita a partir do recebimento do email , preferencialmente nos Validadores on-line, instalados em todas as 61 estações do METRO (não disponíveis na linha amarela), nas 92 estações da CPTM (exceto: Engenheiro Goulard, Santa Terezinha, Amador Bueno e Quitaúna), ou nas lojas do Cartão BOM, cujos endereços estão no site

www.cartaobom.net,

O CARTÂO BOM ESCOLAR PERMANECERÁ O MESMO DA COTA DE 50%, NÃO PRECISA TROCAR O CARTÃO, e deverá ser esgotado o saldo remanescente para iniciar a utilização do beneficio do Passe Livre.

4.2.5.3. Envio da cópia da comprovação para Requisição e Revalidação:

4.2.5.3.1. Bolsas: Somente a página que consta a sequencia numérica do contrato quando for FIES ou Bolsa Universidade(escola da família) ou Termo da Concessão quando for PROUNI. 4.2.5.3.1.1. FIES e Bolsa Universidade: Termo de contrato, página onde consta o numero do contrato e o nome da escola e do bolsista.

4.2.5.3.1.2. Cota social – comprovante do recebimento da cota em nome do estudante com discriminação do tipo de beneficio

4.2.5.3.1.3. Comprovação de Baixa Renda: preencher o formulário socioeconômico, anexar comprovantes como declaração do Imposto de Renda de 2016 (exercício 2015), ou quaisquer outros documentos que possam comprovar a renda, como exemplo: holerites, extrato de rendimentos para IRPF 2015, etc. de todos os membros da família.

4.2.6. Solicitação de Documentações Adicionais:

IMPORTANTE: Conforme Resolução, faculta à EMTU solicitar ao estudante cópias para a comprovação do beneficio, que será feito por e-mail ao estudante ou a escola conforme o caso que deverá encaminhar pelo site clicando em Acompanhe e verificando a pendência, anexando o documento digitalizado.

4.3. Escola Pública de Ensino Técnico Concomitante ou Subsequente e Ensino profissionalizante com duração de 2 anos:

(56)

MA-GCF-003 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 15 / 24

O curso técnico de nível médio concomitante ou subsequente é oferecido a quem já concluiu o ensino fundamental e tenha concluído ou esteja cursando no mínimo o segundo ano do ensino médio.

O curso profissionalizante deve ser com duração de dois anos ou mais.

Somente estudantes Baixa Renda tem direito ao Passe Livre, os demais ao Meia Tarifa.

4.3.1. Orientações à Escola de acesso ao Portal : Vide item 4.1.1 e 4.1.2.

4.3.2. Orientações para inclusão do estudante no Portal para obter o PASSE LIVRE: Vide item 4.1.3 E inclua também o tipo de bolsa Baixa Renda ou Não tem para os estudantes que optaram pelo meia-tarifa.

4.3.3. Orientações transmitidas aos Estudantes:

4.3.3.1. Requisição (primeiro cartão): Vide subitem 4.2.5.1. e subitem 4.2.5.3.1.3.. 4.3.3.2. Revalidação: Vide subitens 4.2.5.2..e 4.2.5.3.1.3.

4.4. Escola PARTICULAR de Ensino Técnico concomitante e Integrado ao ensino médio e Profissionalizante com duração mínima de 2 anos:

O curso técnico de nível médio concomitante ou subsequente é oferecido a quem já concluiu o ensino fundamental e tenha concluído ou esteja cursando no mínimo o segundo ano do ensino médio.

O curso técnico integrado ao ensino médio é oferecido a quem já concluiu o ensino fundamental. O curso garante tanto a formação do ensino médio quanto a técnica profissional.

C curso profissionalizante deve ter grade curricular com duração de 2 anos ou mais.

(57)

MA-GCF-003 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 16 / 24

Vide item 4.1.1 e 4.1.2.

4.4.2. Orientações para inclusão do estudante no Portal para obter o PASSE LIVRE:

Vide item 4.1.3 e inclua também o tipo de bolsa Baixa Renda ou Não tem para os estudantes que optaram pelo meia-tarifa.

Quadro 1 : Técnico Integrado

Quadro2: Técnico(concomitante)

(58)

MA-GCF-003 Versão: 03 Vigência: 2017 Página: 17 / 24

5. PROCEDIMENTOS PARA A RECEPÇÃO E ENVIO DA REQUISIÇÃO DO CARTÃO BOM ESCOLAR – ESTUDANTE– PASSE LIVRE.

5.1. A Instituição de Ensino, ao receber a requisição, (para quem não possui o cartão BOM) do estudante, deverá verificar toda a documentação relacionada conforme segue:

5.1.1. Cópia simples do R.G. (ou Protocolo do R.G. acompanhado de uma cópia da Certidão de Nascimento) ou R.G. escolar com foto (frente e verso) acompanhado de uma cópia da Certidão de Nascimento ou Casamento.

5.1.1.1. Obs.: não será aceito RA-Registro de aluno por não ser compatível atualmente com o numero de RG da Secretaria de Segurança Pública.

Caso o estudante possua RGs de estados diferentes, por exemplo, de São Paulo e do Rio de Janeiro-RJ, a EMTU/SP sempre optará pelo do estado de SP, em caso de RG de estados diferentes de São Paulo, sugerimos que procure o órgão em seu município e solicite um novo RG do estado de São Paulo.

A foto e o estado de conservação determinam a validade do RG, portanto se seu RG for muito antigo (MAIS DE 10 ANOS DE EMISSÃO) e estiver em mau estado, solicite uma segunda via antes de solicitar o beneficio.

5.1.2. Cópia do comprovante de endereço atualizado (com data de postagem inferior a três meses), em nome do estudante ou de seus pais/responsáveis. Residindo em imóvel de terceiro, enviar Declaração de próprio punho do proprietário do imóvel, devidamente assinada e acompanhada de cópia de documento de identidade do proprietário.

Referências

Documentos relacionados

O Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador que tem por finalidade congregar/unificar os esforços dos principais executores com interface na saúde do

1 - A apresentação das obras a concurso determina a autorização expressa à Direção Regional dos Assuntos Mar e à Direção Regional da Cultura para a

With the aid of negatoscopes, in a dark room, they evaluated the morphology of the deciduous and permanent teeth present as well as the tooth anomalies: supernumerary

Défice de vitamina D/Hiperparatiroidismo 2º – Doença renal crónica Avaliação da doença metabólica óssea associada a IRC.

Freud nos deixa como explicação nesse estudo de que na melancolia o Eu do melancólico fica enclausurado e sem saída para investir sua energia em outro objeto, pois a

Agora na sua segunda geração, o R9500² está pronto para estabe- lecer uma nova referência tecnológica na tecelagem de pinça, en- riquecendo ainda mais as principais

Frei José Fernandes fará sua 1ª visita canônica deste mandato entre os próximos dias 7 a 14, junto aos frades do Convento Sagrada Família, no Jardim da Saúde, em São Paulo.. A

A autoavaliação consiste em processos de avaliação cíclica dos resultados da instituição, como um todo, no sentido de aferir o cumprimento da sua missão e objetivos.