ATA Nº 343/2017 PROCESSO Nº / PREGÃO ELETRÔNICO Nº 022/2017

Texto

(1)

ATA Nº 343/2017

PROCESSO Nº 23075.151681/2016-71 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 022/2017

Fornecedor: RAFALUC SANTOS & UVERA NEGÓCIOS PÚBLICOS LTDA - EPP

Endereço: Rua Joaquim Nabuco, 172 – Casa 03, Vargem Grande, Pinhais/PR, 83.321-120 Telefone: 41 3033-5282 / 9 9885-5018 Fax:

Nome do representante: Uender de Amorim Uvera CNPJ: 20.600.954/0001-42

E-mail: uenderamorim@gmail.com.

A UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ, CNPJ nº 75.095.679/0001-49, com endereço sede na Rua XV de Novembro, 1299, Centro, Curitiba/PR, CEP 80060-000, neste ato representada por seu Superintendente de Infraestrutura, SERGIO MICHELOTTO BRAGA, CPF 456.536.909-53, conforme delegação de competência pela Portaria nº 2914, de 20/12/2016, do Magnífico Reitor, nos termos do que dispõe o art. 15 da Lei nº 8.666/1993 e do Decreto nº 7.892/2013 e a empresa RAFALUC SANTOS & UVERA NEGÓCIOS PÚBLICOS

LTDA - EPP, neste ato representada por UENDER DE AMORIM UVERA, CPF nº

121.672.558-61, RG nº 23.356.286-2 SSP-SP, seu representante legal, classificada no Pregão Eletrônico

nº 022/2017, Processo nº 23075.151681/2016-71 resolvem fazer constar o preço para aquisição de materiais hidráulicos (I) destinados ao Almoxarifado da Superintendência de Infraestrutura desta Universidade, no Sistema de Registro de Preços, implantado pelo

processo licitatório que foi exclusivo para sociedades cooperativas, microempresas e

empresas de pequeno porte, nos termos da Lei Complementar nº 123/2006, do Decreto nº 8.538/2015 e da Lei nº 11.488/2007, obedecendo, ainda ao disposto na Lei nº 10.520/2002,

que converteu em lei, a Medida Provisória nº 2.182-18, de 23/08/2001, no Decreto nº 5.450, de 31/05/2005, Decreto nº 3.555, de 08/08/2000, Decreto nº 3.693, de 20/12/2000, Decreto nº 3.722, de 09/01/2001 e Decreto nº 3.784, de 06/04/2001, bem como, no que couber, às determinações constantes da Lei nº 8.666, de 21/06/1993, com suas posteriores alterações, do Decreto nº 7.892/2013, com suas posteriores alterações, da Instrução Normativa nº 02 SLTI/MPOG, de 11/10/2010, Instrução Normativa nº 02 SLTI/MPOG, de 16/09/2009, Lei n° 9.504 de 30/09/1997, e das demais normas que dispõem sobre a matéria, bem como o que segue:

1 - DO OBJETO

1.1 - A presente ata tem por objeto a implantação de sistema de registro de preços, com vigência de 12 (doze) meses a contar da sua assinatura, para aquisição parcelada, conforme necessidade, de materiais hidráulicos (I) destinados ao Almoxarifado da Superintendência de Infraestrutura da Universidade Federal do Paraná, conforme especificação detalhada constante no Título 3 do Termo de Referência (Anexo I do Edital de Pregão Eletrônico nº 022/2017).

2 - DA VIGÊNCIA

2.1 - A presente ata terá validade de 12 (doze) meses a contar da sua assinatura, não sendo permitidas prorrogações.

(2)

2.2 - Durante o prazo de validade desta ata, a UFPR não ficará obrigada a efetivar as contratações que dela poderiam advir, ficando-lhe facultada a adoção de outros meios, respeitada a legislação relativa às licitações.

3 - DA VINCULAÇÃO

3.1 - O disposto na presente ata deverá ser executado fielmente pelas partes, de acordo com as condições avençadas no Edital de Pregão Eletrônico nº 022/2017 e seus anexos, sendo observada a Lei nº 8.666/1993 e o Decreto nº 7.892/2013.

4 - DA OBRIGAÇÃO DE MANTER AS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO OU HABILITAÇÃO EXIGIDAS NA LICITAÇÃO

4.1 - As condições de habilitação e qualificação exigidas no Edital de Pregão Eletrônico nº 022/2017 deverão ser mantidas durante toda a vigência da presente ata, ficando facultado à UFPR, a qualquer momento, exigir a apresentação de parte ou totalidade dos documentos apresentados quando daquelas fases.

4.2 - Quando do fornecimento dos materiais, a empresa classificada deverá manter-se em regularidade fiscal no cadastro do SICAF.

5 - DOS PRAZOS, DA ENTREGA E DEMAIS CONDIÇÕES DE FORNECIMENTO

5.1 - O fornecimento dos itens será parcelado, em quantidades variadas, conforme a necessidade e disponibilidade orçamentária da UFPR, durante o período de 12 (doze) meses contados da assinatura desta ata de registro de preços.

5.2 - Os itens, objeto desta licitação, deverão ser entregues em até 30 (trinta) dias após recebimento da nota de empenho enviada pela unidade solicitante ao fornecedor.

5.2.1 - Os materiais deverão ser entregues no seguinte endereço, conforme indicação da unidade solicitante:

Universidade Federal do Paraná, Centro Politécnico, Almoxarifado da SUINFRA, Rua Coronel Francisco Heráclito dos Santos, 210, Jardim das Américas, CEP 81531-980, Curitiba/PR.

Aos cuidados de Jairo Mendes de Góis ou Thiago Antônio Bizetto.

5.2.1.1 - Quaisquer esclarecimentos quanto a itens, entregas e afins, poderão ser obtidos junto aos servidores indicados no item 5.2.1, através dos telefones (41) 3361-3068 e (41) 3361-3525 ou dos e-mails jmgois@ufpr.br e thiagobizetto@ufpr.br.

5.2.2 - As entregas deverão ser realizadas durante o horário de expediente, das 09h00 às 11h00h e das 14h00 às 16h00, mediante agendamento prévio através dos mesmos contatos elencados no item 5.2.1.1.

5.2.3 - Não serão aceitas entregas parciais de um mesmo empenho.

5.2.4 - Todas as despesas com frete, carregamento, descarregamento e outras existentes, correrão por conta das empresas vencedoras.

5.3 - Os materiais fornecidos devem estar plenamente de acordo com a especificação descrita no Título 3 do Termo de Referência (Anexo I do Edital de Pregão Eletrônico nº 022/2017), e ainda, serem da mesma marca ofertada e aprovada no parecer técnico.

(3)

5.3.1 - Os materiais serão recebidos provisoriamente pela unidade solicitante da UFPR, para fins de posterior verificação da sua conformidade com as especificações constantes no Termo de Referência (Anexo I do Edital de Pregão Eletrônico nº 022/2017), pelo prazo de 10 (dez) dias úteis ou, definitivamente, caso os materiais possibilitem sua aferição imediata no ato da entrega.

5.3.2 - Caso os materiais sejam rejeitados, apresentem defeito de fabricação ou venham em desconformidade com a descrição do Termo de Referência (Anexo I do Edital de Pregão Eletrônico nº 022/2017), o fornecedor terá o prazo máximo de 05 (cinco) dias úteis, após notificação formal da irregularidade por parte da unidade solicitante da UFPR, através de fax ou e-mail, para realizar a troca dos mesmos, sem ônus para a UFPR.

5.4 - A responsabilidade pela substituição dos materiais com defeito ou fora da conformidade será exclusivamente da empresa, inclusive com todos os custos advindos desta.

5.5 - Todos os materiais deverão ter seus registros nos órgãos competentes inerentes às características do material, se assim a legislação o exigir, e deverão trazer nas embalagens, em língua portuguesa, informações de identificação, como: fabricante, marca, data da fabricação, medidas, composição, data de validade e demais especificações necessárias para a perfeita caracterização do produto.

5.5.1 - A empresa garantirá entrega de produtos com ao menos 75% de prazo de validade restante (se determinado pelo fabricante).

5.6 - Todos os itens entregues deverão estar acondicionados e embalados conforme prática do fabricante e respeitando as diretrizes da Instrução Normativa nº 01 SLTI/MPOG, de 19/01/2010, a fim de resguardar a integridade do material durante o transporte e armazenamento.

5.6.1 - Os funcionários da transportadora deverão observar o empilhamento máximo permitido das caixas, determinado pelo fabricante, e a separação por lotes de produção.

5.7 - Procedida à conferência, a consequente aceitação será feita definitivamente, mediante declaração no verso da nota fiscal.

5.8 - Se no ato da entrega dos materiais a nota fiscal/fatura não for aceita pela unidade solicitante devido a irregularidades em seu preenchimento, esta será devolvida para as correções necessárias, passando a contar o recebimento provisório a partir da data de sua reapresentação.

6 - DOS DEVERES DA EMPRESA

6.1 - Cumprir rigorosamente os prazos e demais condições de fornecimento conforme disposto no Título 5 desta ata de registro de preços.

6.2 - Oferecer os materiais conforme especificações desta ata, do Edital de Pregão Eletrônico nº 022/2017 e seus anexos, e de acordo com a marca ofertada na licitação, nas quantidades solicitadas e dentro dos prazos determinados.

6.3 - Realizar o fornecimento dos itens empenhados, sem qualquer exigência de pedido mínimo para a entrega.

(4)

6.4 - Responsabilizar-se pelo transporte e entrega dos materiais no local indicado na nota de empenho, não cabendo à UFPR custear qualquer tipo de despesa referente ao transporte, incluindo frete ou despesas de outra natureza.

6.5 - Substituir às suas expensas, em até 05 (cinco) dias úteis, após notificação formal da irregularidade por parte da UFPR, o material que for rejeitado pela unidade solicitante, por irregularidade e/ou inconformidade dos materiais com o ofertado no processo licitatório, sendo a responsabilidade pela troca exclusivamente do fornecedor, inclusive com todos os custos advindos desta.

6.6 - Garantir que todos os itens estejam acondicionados e embalados conforme prática do fabricante e respeitando as diretrizes da Instrução Normativa nº 01 SLTI/MPOG, de 19/01/2010, a fim de resguardar a integridade do material durante o transporte e armazenamento.

6.7 - Oferecer garantia de troca em caso de divergência ou defeito, pelo prazo de 12 (doze) meses a partir da emissão da nota fiscal.

6.8 - Considerar o frete e todos os tributos inclusos no valor contratado.

7 - DOS DEVERES DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

7.1 - Enviar cópia da nota de empenho emitida e registrada em favor do fornecedor contratado, em data compreendida durante a vigência desta ata de registro de preços assinada.

7.2 - Fiscalizar a entrega dos materiais pela empresa, fazendo o aceite ou rejeição do material que estiver em desacordo com o especificado.

7.3 - Verificar a conformidade dos materiais conforme descrição no Título 3 do Termo de Referência (Anexo I do Edital de Pregão Eletrônico nº 022/2017), bem como as informações sobre eventuais garantias dos materiais entregues.

7.4 - Acompanhar rigorosamente o cumprimento do prazo de entrega, verificar e conferir os materiais dentro do prazo de até 10 (dez) dias úteis, quanto a sua conformidade com o descrito no Título 3 do Termo de Referência (Anexo I do Edital de Pregão Eletrônico nº 022/2017). 7.5 - Rejeitar a entrega caso seja constatada não conformidade dos materiais com o descrito no Título 3 do Termo de Referência (Anexo I do Edital de Pregão Eletrônico nº 022/2017), devendo solicitar por escrito uma nova entrega dos materiais dentro da conformidade.

7.6 - O produto rejeitado, conforme item 7.5, imediatamente acima, deverá ser devolvido ao fornecedor no momento da data da nova entrega.

7.7 - Atestar o recebimento definitivo dos materiais na nota fiscal/fatura e encaminhar o documento para pagamento, dentro dos prazos previstos.

7.8 - Efetuar o pagamento à empresa conforme o valor proposto na licitação.

7.9 - Documentar as ocorrências havidas e informá-las ao responsável da unidade solicitante.

8 - DO PAGAMENTO

(5)

do Brasil S.A., até o 30º (trigésimo) dia após a entrega dos materiais, mediante declaração de aferição do recebimento elaborada pela unidade solicitante, na nota fiscal/fatura, encaminhada pela empresa. Os documentos exigidos para o cadastramento no SICAF deverão ser mantidos atualizados, pois será feita consulta on-line, na data do pagamento.

8.2 - No caso de eventual atraso no pagamento, desde que para tanto a empresa não tenha concorrido de alguma forma, fica definido como fator de atualização financeira dos valores a serem pagos o IGP-DI ou outro índice que venha a substituí-lo, calculado “pró-rata temporis”, a partir do 31º (trigésimo primeiro) dia até a data do efetivo pagamento.

8.3 - Se for constatado que o fornecimento dos materiais não atende às condições estipuladas neste Edital, a UFPR se reserva o direito de suspender o pagamento até que sejam sanadas as irregularidades, sem que isso lhe acarrete encargos financeiros adicionais.

9 - DA REVISÃO DOS PREÇOS

9.1 - Conforme estabelecido no Capítulo VIII do Decreto Federal nº 7.892/2013, os preços registrados poderão ser revistos em decorrência de eventual redução dos preços praticados no mercado ou de fato que eleve o custo dos serviços ou bens registrados, cabendo ao órgão gerenciador promover as negociações junto aos fornecedores, observadas as disposições contidas na alínea “d” do inciso II, caput, do art. 65, da Lei nº 8.666/1993.

9.2. - Quando o preço registrado tornar-se superior ao preço praticado no mercado por motivo superveniente, o órgão gerenciador convocará os fornecedores para negociarem a redução dos preços aos valores praticados pelo mercado.

9.2.1 - Os fornecedores que não aceitarem reduzir seus preços aos valores praticados pelo mercado serão liberados do compromisso assumido, sem aplicação de penalidade.

9.2.2. - A ordem de classificação dos fornecedores que aceitarem reduzir seus preços aos valores de mercado observará a classificação original.

9.3. - Quando o preço de mercado tornar-se superior aos preços registrados e o fornecedor não puder cumprir o compromisso, o órgão gerenciador poderá:

9.3.1. - Liberar o fornecedor do compromisso assumido, caso a comunicação ocorra antes do pedido de fornecimento, e sem aplicação da penalidade se confirmada a veracidade dos motivos e comprovantes apresentados; e

9.3.2. - Convocar os demais fornecedores para assegurar igual oportunidade de negociação. 9.3.3. - Caso não reste comprovada a elevação dos preços, o fornecedor, signatário da Ata permanecerá obrigado a manter o compromisso firmado.

9.4 - No caso disposto no item 9.3, o fornecedor deverá requerer, formalmente, a revisão de preços.

9.5. - O requerimento deverá ser entregue diretamente à CECOM - Central de Compras/DSG, sito na Rua XV de Novembro, nº 1299, Ed. Dom Pedro II, Sobreloja, Centro, Curitiba/PR. 9.5.1. - A UFPR não se responsabiliza por requerimentos não recebidos, sendo dever do fornecedor se certificar de que seus documentos foram efetivamente recebidos.

(6)

9.6. - O pedido deverá vir acompanhado de justificativa e documentos comprobatórios da elevação excessiva do custo do material, dentre os quais, obrigatoriamente nota fiscal de aquisição dos materiais na época da apresentação da proposta comercial desta licitação e a nota fiscal atual, preferencialmente do mesmo fornecedor, para posterior análise e negociação por parte desta Universidade.

9.6.1 - Caso o pedido não seja devidamente instruído conforme subitem 9.6, a UFPR não analisará a solicitação, e notificará para que efetue a complementação ou instrução correta do processo.

9.7 - O fornecedor fica obrigado a entregar, pelo preço registrado, os materiais referentes a Notas de Empenho emitidas anteriormente a seu protocolo de solicitação de Revisão de Preços. Caso se recuse, poderá sofrer as sanções descritas no título 10 desta Ata.

9.8 - Não havendo êxito nas negociações, a UFPR procederá à revogação da ata de registro de preços, adotando as medidas cabíveis para obtenção da contratação mais vantajosa.

10 - DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS

10.1 - Com fulcro no art. 7º da Lei no 10.520/2002, ficará impedida de licitar e contratar com quaisquer órgãos da União; e com base no art. 87, inciso II da Lei 8.666/1993, estará sujeita à multa, de acordo com a gravidade do inadimplemento cometido, a empresa que:

10.1.1 - Deixar de manter as condições de habilitação e endereço atualizado no SICAF. 10.1.1.1 - Para os casos correlatos a este item, a empresa inadimplente ficará impedida de licitar e contratar com quaisquer órgãos da União pelo prazo de até 06 (seis) meses.

10.1.2 - Recusar-se ou deixar de receber a nota de empenho referente à ata de registro de preços: impedimento de licitar e contratar com quaisquer órgãos da União pelo prazo de 01 (um) a 03 (três) anos e multa de 20% (vinte por cento) em relação ao valor do empenho. 10.1.3 - Fraudar ou falhar na execução da ata de registro de preços, e ensejar retardamento de sua execução:

a) Recusar-se ou deixar de fornecer quaisquer dos itens registrados: impedimento de licitar e contratar com quaisquer órgãos da União pelo prazo de 01 (um) a 03 (três) anos e multa de 20% (vinte por cento) em relação ao valor da ata de registro de preços.

b) Atrasar a entrega de quaisquer dos itens solicitados por prazo superior a 30 (trinta) dias: cancelamento da ata de registro de preços; impedimento de licitar e contratar com quaisquer órgãos da União por prazo de 02 (dois) a 03 (três) anos, além de multa de 20% (vinte por cento) em relação ao valor da ata de registro de preços.

c) Entregar produtos com características diversas daquelas constantes em sua proposta ou na ata de registro de preços, se recusando ou deixando de substituí-lo no prazo fixado pela UFPR: impedimento de licitar e contratar com quaisquer órgãos da União pelo prazo de 02 (dois) a 03 (três) anos, além de multa de 20% (vinte por cento) em relação ao valor da ata de registro de preços.

d) Deixar de prestar garantia técnica a qualquer dos itens relativos à licitação, dentro do prazo exigido pelo edital de licitação: impedimento de licitar e contratar com quaisquer órgãos da União por prazo de 02 (dois) a 03 (três) anos, além de multa de 20% (vinte por cento) em relação ao valor da ata de registro de preços.

(7)

10.1.3.1 - Nos casos em que a empresa inadimplente entregar os produtos durante o processo para sua penalização, fica facultado à UFPR receber o produto e reduzir a multa até a metade do valor inicialmente calculado, deixando de aplicar a penalidade de impedimento de licitar, de acordo com o prejuízo sofrido pela Administração.

10.1.4 - Apresentar documento ou declaração falsa:

a) Omitir informações em quaisquer documentos exigidos no certame licitatório: impedimento de licitar e contratar com quaisquer órgãos da União por até 04 (quatro) anos.

b) Adulterar documento, público ou particular, com o fim de prejudicar direito, criar obrigação ou alterar a verdade: impedimento de licitar por até 05 (cinco) anos.

10.1.4.1 - As empresas enquadradas neste item ficarão, ainda, sujeitas à multa de 20% (vinte por cento) em relação à:

a) Valor total de sua proposta, quando a ocorrência se der anteriormente à homologação do certame;

b) Valor da ata de registro de preços, quando a ocorrência se der após a homologação da licitação.

10.1.5 - Cometer fraude fiscal:

a) Fazer declaração falsa sobre seu enquadramento fiscal; b) Omitir informações em suas notas fiscais ou de outrem; c) Falsificar ou alterar quaisquer notas fiscais.

10.1.5.1 - Para os casos correlatos a este item, a empresa ficará impedida de licitar e contratar com quaisquer órgãos da União, pelo prazo de até 05 (cinco) anos;

10.1.5.2 - As empresas enquadradas neste item ficarão, ainda, sujeitas à multa de 20% (vinte por cento) em relação à:

a) Valor total de sua proposta, quando a ocorrência se der anteriormente à homologação do certame;

b) Valor da ata de registro de preços, quando a ocorrência se der após a homologação da licitação.

10.1.6 - Comportar-se de modo inidôneo:

a) Atos comprovadamente realizados com má-fé ou dolo.

10.1.6.1 - Para os casos correlatos a este item, a empresa ficará impedida de licitar e contratar com quaisquer órgãos da União, pelo prazo de até 05 (cinco) anos, além do pagamento de multa de 20% (vinte por cento) sobre o valor total de sua proposta ou da ata de registro de preços.

10.2 - Além do acima exposto, a adjudicatária se sujeita às sanções de advertência e multa, constantes nos artigos 86 e 87, da Lei nº 8.666/1993, aplicadas suplementarmente, pela inobservância das condições estabelecidas para o fornecimento ora contratado, da seguinte forma:

a) Advertência, nos casos de menor gravidade;

b) Multa de mora de 0,66% (zero vírgula sessenta e seis por cento), calculada sobre o total devido, por dia de atraso na entrega do objeto do Edital, sendo que a partir do 31º (trigésimo primeiro) dia de atraso, este será considerado como inexecução total da ata de registro de preços, incidindo sanções específicas, conforme Item 10.1.3 acima.

(8)

10.3 - As sanções previstas nesta seção não impedem a Administração de exigir indenizações suplementares para reparar os danos advindos da violação de deveres contratuais, apurados durante o processo administrativo de penalização.

10.4 - Será assegurado à empresa, previamente à aplicação das penalidades mencionadas nesta seção, o direito ao contraditório e à ampla defesa.

10.5 - A aplicação de uma das penalidades previstas nesta seção não exclui a possibilidade de aplicação de outras.

10.6 - As penalidades serão obrigatoriamente registradas no SICAF e, no caso de impedimento de licitar e contratar, o licitante será descredenciado por igual período, sem prejuízo das multas previstas no Edital e das demais cominações legais.

10.7 - A dosimetria das penas, além dos fatos e provas constantes do processo administrativo, levará em consideração:

a) O dano causado à Administração; b) O caráter educativo da pena;

c) A reincidência como maus antecedentes; d) A proporcionalidade.

10.8 - Ainda, nos casos em que couber, serão aplicadas as sanções previstas na Lei Federal 12.846/2013, que dispõe sobre a responsabilização administrativa e civil de pessoas jurídicas pela prática de atos contra a administração pública, nacional ou estrangeira, e dá outras providências.

10.9 - Caso as multas previstas no edital de licitação não sejam suficientes para indenizar os danos sofridos pela Administração, esta poderá cobrar, administrativa e judicialmente, os prejuízos excedentes, tendo, neste caso, que provar os danos, conforme dispõe o art. 416 do Código Civil Brasileiro.

10.10 - Quando a rescisão contratual não for conveniente e oportuna à Administração, esta poderá manter em vigor a ata de registro de preços, cobrando apenas os valores referentes às multas, fundamentando expressamente as razões que motivam a manutenção da relação contratual.

10.11 - As sanções de impedimento de licitar e contratar não serão passíveis de reabilitação anteriormente ao final do prazo fixado, tendo os licitantes que cumprir sua integralidade, ressalvado o direito de apreciação judicial do ato.

11 - DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA

11.1 - As despesas advindas da presente ata de registro de preços correrão por conta dos recursos consignados no orçamento próprio desta UFPR.

12 - DO PROCEDIMENTO DE GERENCIAMENTO DA ATA

12.1 - O gerenciamento desta Ata de Registro de Preços ficará sob responsabilidade da Superintendência de Infraestrutura.

(9)

12.2 - A verificação da conformidade dos itens será realizada conforme Portaria nº 377 PRA/UFPR, de 22/12/2014, sendo de cada unidade emissora de empenho responsável pela conferência dos produtos adquiridos conforme especificações constantes desta ata.

13 - DAS INFORMAÇÕES ADICIONAIS

13.1 - Na contagem dos prazos estabelecidos nesta ata, excluir-se-á o dia de início e incluir-se-á o dia de vencimento, que só se iniciam e vencem em dia de expediente no órgão.

13.2 - A nota de empenho será encaminhada através de fax ou e-mail à empresa, que terá o prazo máximo de 02 (dois) dias úteis, contados do envio, para confirmar o recebimento da mesma.

14 - DO FORO

14.1 - Por força do disposto no artigo 109, inciso I da Constituição Federal, o foro da Justiça Federal - Seção Judiciária do Paraná / Subseção Judiciária de Curitiba será competente para dirimir dúvidas e/ou questões resultantes de interpretações e/ou execução do presente instrumento.

Por estarem as partes acordadas com o teor da presente ata, assinam a mesma em duas vias de igual teor e forma.

Curitiba, 08 de junho de 2017.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Sergio Michelotto Braga

RAFALUC SANTOS & UVERA NEGÓCIOS PÚBLICOS LTDA – EPP Uender de Amorim Uvera

(10)

ITEM DESCRIÇÃO UN. QTDE. VALOR UNITÁRIO VALOR TOTAL

03

Adaptador Soldável Curto com Bolsa e Rosca para Registro (LR), em PVC (Cloreto de Polivinila) rígido, soldável x roscável, Ø 32x1", linha soldável, classe 15 (marrom), temperatura máxima de trabalho 20ºC, fabricado em conformidade com a norma ABNT NBR 5648:2010, para pressão de serviço de 7,5 kgf/cm2. REF.: TIGRE, AMANCO ou tecnicamente equivalente em qualidade.

PÇ 300 R$ 0,70 R$ 210,00

30

Joelho 45º Soldável (LL), em PVC (Cloreto de Polivinila) rígido Ø 25mm, linha soldável, classe 15 (marrom), temperatura máxima de trabalho 20ºC, fabricado em conformidade com a norma ABNT NBR 5648:2010, para pressão de serviço de 7,5 kgf/cm2. REF.: TIGRE, AMANCO ou tecnicamente equivalente em qualidade.

PÇ 500 R$ 1,39 R$ 695,00

33

Joelho 45º Soldável (LL), em PVC (Cloreto de Polivinila) rígido Ø 50mm, linha soldável, classe 15 (marrom), temperatura máxima de trabalho 20ºC, fabricado em conformidade com a norma ABNT NBR 5648:2010, para pressão de serviço de 7,5 kgf/cm2. REF.: TIGRE, AMANCO ou tecnicamente equivalente em qualidade.

PÇ 250 R$ 2,96 R$ 740,00

43

Joelho 90º Soldável (LL), em PVC (Cloreto de Polivinila) rígido Ø 60mm, linha soldável, classe 15 (marrom), temperatura máxima de trabalho 20ºC, fabricado em conformidade com a norma ABNT NBR 5648:2010, para pressão de serviço de 7,5 kgf/cm2. REF.: TIGRE, AMANCO ou tecnicamente equivalente em qualidade.

PÇ 200 R$ 7,19 R$ 1.438,00

R$ 3.083,00 20.600.954/0001-42 - RAFALUC SANTOS & UVERA NEGÓCIOS PÚBLICOS LTDA - EPP

Imagem

Referências

temas relacionados :