Top PDF Estimativas de parâmetros genéticos em maxixe (Cucumis anguría L.).

Estimativas de parâmetros genéticos em maxixe (Cucumis anguría L.).

Estimativas de parâmetros genéticos em maxixe (Cucumis anguría L.).

Os caracteres avaliados foram de numero, peso e produção de frutos, sendo utiliza.. dos os dados médios de plantas.[r]

9 Ler mais

Estimativas de parâmetros genéticos de características de carcaças medidas por ultra-sonografia...

Estimativas de parâmetros genéticos de características de carcaças medidas por ultra-sonografia...

O presente trabalho teve por objetivo estimar parâmetros genéticos de características de carcaça medidas por ultra-sonografia e de desenvolvimento ponderal em bovinos da raça Santa Gertrudis. O conjunto de dados é proveniente de 12 fazendas participantes do Programa de Melhoramento Animal da ABSG. As características analisadas foram, área de olho de lombo, espessura de gordura subcutânea, peso ao nascimento, peso aos 120 dias de idade, peso a desmama, peso aos 12 meses de idade, peso aos 18 meses de idade, peso aos 24 meses de idade e perímetro escrotal aos 18 meses de idade. Os dados foram pré-ajustados para o efeito de idade pela metodologia de polinômios segmentados. Os componentes de (co)variância foram estimados por máxima verossimilhança restrita utilizando-se o software MTDFREML. As estimativas de herdabilidade foram obtidas em análises uni-característica, e em análises bi-características, as quais geraram estimativas de correlações genéticas das características de AOL, EGS com as características de desempenho ponderal. As estimativas de herdabilidade para AOL e EGS foram de 0,23±0,10 e 0,05±0,04, respectivamente. Os parâmetros encontrados neste trabalho são estimativas para uma amostra da população da raça Santa Gertrudis e sugerem-se estudos adicionais, para confirmar as estimativas de parâmetros genéticos para estimativas de carcaça obtidas por ultra-sonografia, para esta raça.
Mostrar mais

103 Ler mais

Estimativas de parâmetros genéticos para caracteres de cenoura em sistemas de cultivo agroecológico

Estimativas de parâmetros genéticos para caracteres de cenoura em sistemas de cultivo agroecológico

O presente trabalho foi conduzido com o objetivo de estimar parâmetros genéticos que propiciem a definição de uma estratégia de melhoramento, visando o desenvolvimento de novas cultivares de cenoura adaptadas às condições de cultivo agroecológico do Distrito Federal. Utilizou-se dados de ensaios em áreas de cultivo agroecológico (Agricultura Natural – AN e Agricultura Orgânica - AO) no Distrito Federal, avaliando-se as seguintes características: incidência de queima- das-folhas (QDF), ocorrência de rachadura (RACH), comprimento de raiz em centímetros (COMP), diâmetro da raiz em centímetros (DR), massa da raiz em gramas (MASSA), diâmetro do xilema em centímetros (DX), razão diâmetro do xilema/diâmetro da raiz (DX/DR), formato do tipo de ponta da raiz (TP), formato do tipo de ombro da raiz (TO), medida de cor do parâmetro a* do xilema da raiz (a*X), medida de cor do parâmetro a* do floema da raiz (a*F). O delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso com 100 tratamentos (correspondentes a 100 FMI) em duas repetições. Os valores da análise de variância para interação tratamento X ambiente foram não significativos para os caracteres DR, MASSA, DX e DX/DR. Para os caracteres COMP, a*X, a*F, TP e TO, a interação tratamento X ambiente foi significativa pelo teste F. Os valores das análises de variância individuais, dos caracteres que apresentaram interação tratamento X ambiente significativa na analise de variância conjunta, foram significativos para os caracteres COMP, a*X, TP, TO e QDF para o sistema de cultico AN e COMP, a*X, a*F e TP para o sistema de cultivo AO. No sistema de cultivo AN, os valores das estimativas de herdabilidade (h a ²) dos caracteres de
Mostrar mais

82 Ler mais

Estimativas de parâmetros genéticos para características de crescimento de cordeiros mestiços Suffolk.

Estimativas de parâmetros genéticos para características de crescimento de cordeiros mestiços Suffolk.

Estimativas de parâmetros genéticos para pesos corporais de cordeiros em diferentes idades estão amplamente descritas na literatura e apresentam variações de magnitude, dependendo do modelo utilizado. A escolha do modelo adequado na obtenção de parâmetros genéticos pode levar em consideração os efeitos aditivo direto, genético materno e de ambiente permanente materno. Estudos com diferentes raças de ovinos mostram que ambos os efeitos genéticos direto e materno atuam em períodos pré e pós-desmama de cordeiros 1-3 , indicando que, quando não incluídos nos modelos de análise, as estimativas tornam-se inflacionadas.
Mostrar mais

6 Ler mais

Estimativas de parâmetros genéticos de características de carcaças feitas por ultra-sonografia...

Estimativas de parâmetros genéticos de características de carcaças feitas por ultra-sonografia...

O presente trabalho teve como objetivo estimar parâmetros genéticos de características de carcaças feitas por ultra-sonografia em bovinos da raça Nelore bem como as suas correlações genéticas com características de desenvolvimento ponderal e com escores visuais. Os dados coletados pertencem a três fazendas, duas pertencentes a Agro- pecuária CFM (Rebanho 1) que foram analisadas em conjunto com 1696 animais e uma pertencente a Manah Agropastoril Ltda. com 951 animais (rebanho 2). As características analisadas foram: área de olho de lombo (AOL), espessura de gordura subcutânea (EGS), peso a desmama (PESDES), ganho de peso da desmama ao sobreano (GP345), peso ao sobreano (PESSOB) e altura (ALT). E os escores visuais analisados foram: musculosidade (MUSC), conformação (CONF) e precocidade (PREC). Os componentes de (co)variância foram estimados por verossimilhança restrita, utilizando-se o software MTDFREML. Foram realizadas análises uni-características em que foram estimadas as herdabilidades das características AOL e EGS e análises bi-características em que foram estimadass as correlações genéticas das características de AOL e EGS com as características de desempenho ponderal e escores visuais. As estimativas herdabilidades para AOL foram de 0,19 (rebanho 1) e de 0,41 (rebanho 2), para a EGS foram de 0,04 (rebanho 1) e de 0,19 (rebanho 2). Estas herdabilidades sugerem que as características são passíveis de seleção. São sugeridos estudos adicionais de estimativas de componentes de (co)variância para medidas de ultra-sonografia para bovinos da raça Nelore.
Mostrar mais

67 Ler mais

PARÂMETROS GENÉTICOS EM MAXIXE SEM ESPÍCULOS.

PARÂMETROS GENÉTICOS EM MAXIXE SEM ESPÍCULOS.

Este trabalho foi conduzido com o objetivo de estimar alguns parâmetros genéticos em seis caracteres em dezenove progenies de maxixe da qual as plantas produzem frutos com a epidemie[r]

5 Ler mais

Estimativas de parâmetros genéticos de caracteres relacionados ao vigor de estacas em Lippia alba.

Estimativas de parâmetros genéticos de caracteres relacionados ao vigor de estacas em Lippia alba.

A espécie Lippia alba da família Verbenaceae, aromática e medicinal, é um arbusto nativo com muito vigor e variabilidade genética. O principal interesse dos estudos com esta espécie são os óleos essenciais, cujas funções têm sido comprovadas cientificamente para aplicações nas indústrias de fármacos, cosmética, perfumaria e alimentícia. Apesar desta importância potencial, inexistem pesquisas sobre estimativas de parâmetros genéticos nesta espécie como forma de subsidiar o melhoramento que até o presente momento é incipiente. Este trabalho teve como objetivo, avaliar o potencial genético de Lippia alba, estimando parâmetros genéticos inicialmente em caracteres obtidos em nível de estacas, uma vez que é a forma tradicional de multiplicação da espécie. Os caracteres avaliados foram: sobrevivência (S%), comprimento de brotos (Cb) e massa de brotos (Mb). Nesses estudos iniciais de parâmetros genéticos, envolvendo vigor de estacas, formaram-se três grupos de progênies com tamanhos efetivos de 30, 23 e 7. Excetuando-se S%, obtiveram-se altas herdabilidades, no sentido restrito, para os três tamanhos efetivos, variando de 90,2% a 94,5% para Mb e 95,2 %a 97,1% para Cb. Para S%, os valores de herdabilidade foram moderados, entre 50,0% e 56,0%. Os ganhos genéticos foram semelhantes também nos três grupos de progênies formados, refletindo ampla variabilidade genética mesmo para o grupo de reduzido tamanho efetivo de progênies. As correlações genéticas aditivas foram elevadas (87,9% a 99,9%), com predomínio nas correlações fenotípicas (G% entre 94,1% a 98,8%). Apesar das correlações elevadas de ambiente a proporção destes efeitos ambientais na correlação fenotípica foi baixa (E% entre 1,2% a 5,9%).
Mostrar mais

8 Ler mais

Estimativas de parâmetros genéticos na população de milho CMS 35 no Estado de Sergipe.

Estimativas de parâmetros genéticos na população de milho CMS 35 no Estado de Sergipe.

Resumo – O objetivo deste trabalho foi estimar parâmetros genéticos da população CMS 35 submetida a três ciclos de seleção entre e dentro de progênies de meios-irmãos, em diferentes municípios do Estado de Sergipe, no período de 1998 a 2000. Foram avaliadas 196 progênies de meios-irmãos em cada ciclo de seleção, em látice simples 14x14, em dois locais, realizando-se as recombinações das progênies selecionadas dentro do mesmo ano agrícola, de modo a se obter um ciclo/ano. A variabilidade genética foi reduzida do ciclo I para o ciclo II, e aumentou do ciclo II para o ciclo III. Os valores das estimativas dos parâmetros genéticos associados às médias de produtividade de espigas e ao ganho médio esperado, por ciclo de seleção, evidenciam o potencial da população CMS 35 em responder à seleção para aumento da produtividade, o que possibilitará a obtenção de uma variedade melhor adaptada para divulgação na região.
Mostrar mais

7 Ler mais

Estimativas de parâmetros genéticos da variedade BR 5028-São Francisco no Nordeste brasileiro.

Estimativas de parâmetros genéticos da variedade BR 5028-São Francisco no Nordeste brasileiro.

As estimativas da variância da interação progênies x locais evidenciaram grandes divergên- cias entre os locais e comportamento diferenciado das progênies nesses locais, principalmente nos ciclos VIII, IX, X, XII, XIV e XV de seleção (Tabe- la 2). Quando se pretende obter materiais genéticos para ambientes mais amplos, é necessário que a se- leção seja baseada em avaliações realizadas em mais de um local, pois, selecionando-se em um só local, o ganho poderá estar superestimado. Hallauer & Miranda Filho (1988) ressaltaram que esse compo- nente da variância pode atingir mais de 50% da esti- mativa da variância genética entre progênies, e as estimativas dos parâmetros genéticos e fenotípicos obtidos em apenas um local são superestimados, pela existência do componente da variação resultante da interação progênies x local, que não pode ser isola- do.
Mostrar mais

7 Ler mais

Estimativas de parâmetros genéticos para características de crescimento em ovinos da raça Suffolk no Brasil.

Estimativas de parâmetros genéticos para características de crescimento em ovinos da raça Suffolk no Brasil.

O objetivo do trabalho foi estimar os parâmetros genéticos das características de crescimento da raça Suffolk, a fim de fornecer subsídio para a definição de estratégias de seleção para programas de melhoramento genético. Os dados analisados, coletados entre os anos de 2007 a 2009, são referentes a ovinos da raça Suffolk oriundos de uma propriedade localizada no Estado de São Paulo, Brasil, participante do programa de melhoramento genético Ovigol, conduzido pela empresa Aries Reprodução e Melhoramento Genético Ovino Ltda. em parceria com a empresa AbacusBio Limited, da Nova Zelândia. As características avaliadas foram: peso ao nascer (PN), ganho de peso pré-desmame (GPP) e peso ao desmame (PD), com número de registro de 1.039, 636 e 649 animais, respectivamente. Para análise estatística, utilizou-se o procedimento GLM do programa computacional SAS; para a consistência do pedigree e para as estimativas dos parâmetros genéticos, os programas computacionais utilizados foram Relax2: pedigree analysis program e o WOMBAT, respectivamente. O modelo linear geral incluiu sexo, grupo de contemporâneos (tipo de parto e ano de nascimento), covariável idade ao desmame (GPP e PD) com efeito quadrático, efeito genético aditivo direto, efeito de ambiente permanente materno e efeito residual. As herdabilidades para PN, GPP e PD foram 0,06, 0,42 e 0,37, respectivamente. As correlações genéticas entre PN e GPP, PN e PD e GPP e PD foram -0,10, -0,03 e 0,97, respectivamente. Na população estudada, as características GPP e PD, apresentam altas respostas à seleção, ao contrário do PN. As características PN e GPP são suficientes para compor um índice de seleção, sendo aconselhável o monitoramento do PN na fase inicial do programa.
Mostrar mais

6 Ler mais

Estimativas de componentes de (co)variância e parâmetros genéticos para características...

Estimativas de componentes de (co)variância e parâmetros genéticos para características...

Os objetivos deste trabalho foram estimar parâmetros genéticos, com os modelos mistos reprodutor e animal, para características reprodutivas contínuas e discretas, bem como, predizer os valores genéticos dos reprodutores para características reprodutivas contínuas e discretas em ovinos da raça Santa Inês. Foram analisadas as características reprodutivas intervalo de partos (IDP, N=1.066), fertilidade ao parto (FP, N=1.006) e número de cordeiros ao parto (NCP, N=3.593) de ovinos com partos ocorridos entre os anos de 1998 a 2005. A característica FP foi expressa na forma de fêmeas paridas em relação às fêmeas cobertas, sendo codificada como “1” se pariu e “0”, caso contrário e NCP, representou o número de crias nascidas por ovelha parida, codificada como “1” (simples) e 2 (múltiplos). O modelo reprodutor apresentou a característica de superestimar as herdabilidades para as características reprodutivas em relação ao modelo animal. As estimativas de herdabilidades, obtidas por modelo animal linear, foram 0,12, 0,23 e 0,16 para NCP, FP e IDP, respectivamente. As estimativas de herdabilidades, obtidas por modelo animal de limiar, foram 0,16, 0,15 e 0,10 para NCP, FP e IDP, respectivamente. As estimativas das correlações genéticas pelo uso de modelo animal linear, foram 0,13 (entre NCP e FP) e -0,21 (entre NCP e IDP). Já as estimativas das correlações genéticas, quando utilizado modelo animal de limiar, foram 0,81 (entre NCP e FP) e -0,52 (entre NCP e IDP). As correlações entre os valores genéticos preditos para 258 reprodutores avaliados variaram de 0,4835 a 0,8561 entre os modelos reprodutor e animal obtidos por metodologia linear e de limiar. Este fato sugere a existência de alterações significativas nas classificações dos valores genéticos preditos dos reprodutores em função do tipo de modelo e da metodologia utilizada na avaliação genética.
Mostrar mais

80 Ler mais

Estimativas de parâmetros genéticos em linhagens avançadas de soja

Estimativas de parâmetros genéticos em linhagens avançadas de soja

RESUMO – A soja é a oleaginosa mais importante cultivada no planeta. Dela são retirados inúmeros derivados, que compõem a alimentação humana e animal. Dentre os principais estão o farelo e o óleo que têm sua cotação influenciada pela razão demanda/produção no cenário mundial. Desde sua introdução no Brasil em 1882, a soja vem passando por um processo constante de melhoramento genético, o que permitiu que a cultura expandisse a área de cultivo que era basicamente a região Sul até a década de 70 para a região dos cerrados que corresponde ao Triângulo Mineiro, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, Tocantins, sul do Maranhão, sul do Piauí e oeste da Bahia. Para um programa de melhoramento genético, a obtenção de estimativas de parâmetros genéticos é de grande importância, pois possibilita conhecer a magnitude dos efeitos que controlam o carácter além da possibilidade de predizer qual será o ganho com a seleção. O ganho genético para o melhorista tem grande importância, pois com os valores deste parâmetro pode-se efetuar alterações no critério seletivo adotado, visando adequar a população selecionada aos objetivos do programa de melhoramento. Avaliar as características agronômicas da soja e analisar todos os parâmetros ao mesmo tempo em função das informações coletadas durante o ensaio, se torna interessante quando o objetivo é selecionar genótipos superiores, uma vez que muitos fatores estão relacionados de maneira que seus diferentes efeitos são melhor interpretados se estudados em conjunto. A estatística multivariada permite identificar quais caracteres estão diretamente correlacionados com a produtividade de grãos e discriminar os genótipos levando em consideração a similaridade dos múltiplos caracteres avaliados, ajudando no processo seletivo. A análise, a descrição e a inferência são realizadas com base nas respostas simultâneas, valendo-se da estrutura de correlação entre as variáveis. Objetivou-se com este trabalho estimar parâmetros genéticos em linhagens avançadas de soja, identificar caracteres direta e indiretamente correlacionados com a produtividade de grãos e selecionar genótipos superiores de forma a maximizar o ganho para o conjunto de caracteres avaliados.
Mostrar mais

81 Ler mais

Estimativas de parâmetros genéticos para características de desempenho de suínos em fase de crescimento e terminação.

Estimativas de parâmetros genéticos para características de desempenho de suínos em fase de crescimento e terminação.

Foram utilizados dados de conversão alimentar, espessura de toucinho corrigida para 100kg, idade para atingir 100kg e ganho de peso médio diário, para estimar parâmetros genéticos e fenotípicos de características de desempenho de suínos da raça Large White. As características estudadas foram avaliadas por sexo, em razão do manejo diferenciado para machos e fêmeas. Variâncias e covariâncias genéticas e fenotípicas foram estimadas pelo método da máxima verossimilhança restrita, usando modelo que incluiu os efeitos genéticos direto, materno e comum de leitegada. As estimativas de herdabilidade do efeito genético direto variaram de 0,13 a 0,55, indicando que, para a maioria das características, o uso da seleção direta deve ser eficiente. Os valores das estimativas de herdabilidade do efeito genético materno foram baixos (0,02 a 0,05). As estimativas do efeito comum de leitegada variaram de baixas a médias (0,05 a 0,18). As correlações genéticas entre as características indicaram que, quando o objetivo do programa de melhoramento é a melhoria de todas as características, deve-se fazer seleção direta para conversão alimentar, espessura de toucinho e idade para atingir 100kg de peso vivo, e indireta para ganho de peso médio diário por meio da seleção da idade para atingir 100kg.
Mostrar mais

8 Ler mais

Índice Multiefeitos e estimativas de parâmetros genéticos em aceroleira.

Índice Multiefeitos e estimativas de parâmetros genéticos em aceroleira.

A avaliação das progênies constou da medição das se- guintes características: altura da planta (m) e diâmetro do caule (cm) avaliados no primeiro, segundo e terceiro ano de idade das plantas; diâmetro da copa (m) avaliado no segun- do e terceiro ano; e produção de frutos (kg), avaliada no período de julho de 1998 a junho de 1999, com uma colhei- ta semanal. As estimativas de parâmetros genéticos e fenotípicos, predição de valores genéticos e cálculos de ganhos genéticos com seleção foram obtidas usando o software genético-estatístico SELEGEN, desenvolvido por Resende et al. (1994).
Mostrar mais

9 Ler mais

Fatores ambientes e estimativas de parâmetros genéticos do perímetro escrotal na raça Nelore.

Fatores ambientes e estimativas de parâmetros genéticos do perímetro escrotal na raça Nelore.

Os dados analisados são provenientes do Programa de Melhoramento Genético da Raça Nelore (PMGRN) e referem-se ao PE medido em três diferentes idades, em animais criados exclusivamente em pasto. O arquivo da característica reprodutiva dos machos foi subdividido em três, definidos como PE365, PE455 e PE550, que continham informações completas dos animais e medidas do PE nas idades de 365, 455 e 550 dias, respectivamente. Foram inicialmente processadas análises utilizando-se o procedimento GLM do pacote estatístico SAS (Statistical Analysis System, 1998). Objetivou-se avaliar o efeito dos fatores não genéticos que estariam influenciando a característica perímetro escrotal, com nível de significância estatística de 5%. A partir desse estudo inicial, foram definidos os grupos de contemporâneos e as covariáveis incluídas nos modelos para as análises de parâmetros genéticos. Dessa forma, foram definidos três modelos para cada idade de mensuração do PE, sendo, no total, nove modelos finais para as medidas escrotais nas três idades padrão.
Mostrar mais

9 Ler mais

Avaliação de progênies de taxi-branco (Sclerolobium paniculatum) e estimativas de parâmetros genéticos.

Avaliação de progênies de taxi-branco (Sclerolobium paniculatum) e estimativas de parâmetros genéticos.

Estimativas de ganhos genéticos (%) com seleção entre e dentro de famílias para os caracteres altura, DAP, número de haste e biomassa em progenies de meios-irmãos de taxi- branco aos 48[r]

6 Ler mais

Estimativas de parâmetros genéticos para escores visuais e características de crescimento na raça Nelore

Estimativas de parâmetros genéticos para escores visuais e características de crescimento na raça Nelore

RESUMO: Neste trabalho o objetivo foi avaliar a associação genética entre os escores visuais de estrutura corporal, precocidade e musculosidade ao sobreano (aproximadamente 540 dias de idade) com as características peso aos 18 meses, ganho de peso diário e o perímetro escrotal em machos da raça Nelore. Foram utilizados 7256 registros de animais participantes de provas de ganho de peso. As estimativas dos componentes de (co)variâncias foram obtidas em análises uni- característica e multi-característica, por Máxima Verossimilhança Restrita, empregando- se um modelo animal. Os efeitos fixos de grupo de contemporâneos idade e peso como covariável (efeito linear) e o efeito genético aditivo como aleatório foram considerados no modelo. Os grupos de contemporâneos foram definidos pelo agrupamento de animais pertencentes a uma mesma prova de ganho de peso. As estimativas de herdabilidade foram de 0,30 (0,04) para estrutura corporal; 0,37 (0,04) para precocidade e 0,32 (0,04) para musculosidade. As estimativas de correlações genéticas entre os escores foram de 0,77 (0,04) entre estrutura corporal e precocidade; 0,76 (0,04) entre estrutura corporal e musculosidade; e 0,95 (0,02) entre precocidade e musculosidade. Estas correlações indicam que os escores visuais são controlados, em grande parte, pelo mesmo grupo de genes, o que torna mais complexa a seleção de forma individual para os escores visuais. As estimativas das correlações genéticas dos escores visuais com as características de ganho de peso diário, peso aos 18 meses e o perímetro escrotal, apresentaram valores semelhantes entre os escores 0,45 a 0,50; 0,80 a 0,83 e -0,05 a -0,03, respectivamente. Estas correlações genéticas indicam que a seleção individual para estrutura, precocidade ou musculosidade trará mudanças genéticas no mesmo sentido para o ganho de peso diário e em maior medida para o peso aos 18 meses. Entretanto, espera-se que não promova alterações genéticas nem fenotípicas para o perímetro escrotal.
Mostrar mais

71 Ler mais

Estimativas de parâmetros genéticos na população de milho IAC-1 opaco-2.

Estimativas de parâmetros genéticos na população de milho IAC-1 opaco-2.

que a população deve continuar rea- gindo favoravelmente à seleção para produção. b) As estimativas do progresso esperado na seleção foram bastante próximas do progresso real calculad[r]

9 Ler mais

ADITIVIDADE DE VARIÂNCIAS OBTIDAS POR BOOTSTRAP DE ESTIMATIVAS DE PARÂMETROS GENÉTICOS POPULACIONAIS

ADITIVIDADE DE VARIÂNCIAS OBTIDAS POR BOOTSTRAP DE ESTIMATIVAS DE PARÂMETROS GENÉTICOS POPULACIONAIS

estimar a variância amostral das estimativas destes parâmetros para verificar se as variâncias de Fˆ , fˆ e θ ˆ , obtidas pela reamostragem de indivíduos e populações concomitantemente (I, P) são equivalentes às obtidas pela soma (I+P) das variâncias estimadas reamostrando-se I e P separadamente. A equivalência foi verificada em todos os casos investigados, mostrando ser possível estimar as variâncias das estimativas de Fˆ , fˆ e θ ˆ para cada fonte de variação (unidade amostral) somando-as depois para estimar a variância total. O procedimento facilita o uso do método bootstrap em dados com estrutura hierárquica e permite mensurar a importância relativa de cada fonte de variação sobre a variância amostral total das estimativas dos parâmetros. Palavras-chave: estrutura populacional, reamostragem, marcadores moleculares, populações naturais, simulação
Mostrar mais

7 Ler mais

Estimativas de parâmetros genéticos e identificação de QTLs candidatos em cajueiro.

Estimativas de parâmetros genéticos e identificação de QTLs candidatos em cajueiro.

O cajueiro, por ser uma espécie perene, apresenta vários aspectos biológicos peculiares que tornam o seu melhoramento genético bastante diferenciado do melhoramento de espécies vegetais anuais. Dentre os referidos aspectos, citam-se: ciclo reprodutivo longo, reprodução sexuada e assexuada, expressão dos caracteres ao longo das várias idades. Em consequência destes fatores, verificam-se os seguintes reflexos no melhoramento desta espécie: utilização dos indivíduos selecionados para produção durante vários anos; uso de avaliações repetidas em cada individuo ao longo do tempo; seleção envolvendo comparações de indivíduos avaliados em diferentes condições ambientais; relevância da unidade de seleção “indivíduo” em detrimento da unidade de seleção “média de grupos de indivíduos”, fato que demanda a predição dos valores genéticos individuais para fins de seleção; outro fator a considerar nesta espécie é a possível alteração no controle genético dos caracteres ao longo das idades (RESENDE, 2002).
Mostrar mais

141 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados