Top PDF Projeto de Banco de Dados Relacional

Projeto de Banco de Dados Relacional

Projeto de Banco de Dados Relacional

Isto é usado quando poucas instâncias do relacionamento existem, evitando valores nulos nas chaves estrangeiras... Regra 5: Relacionamentos N:M[r]

27 Ler mais

VICTOR FERREIRA FIALHO ALENCAR PROPOSTA, IMPLEMENTAÇÃO E INTEGRAÇÃO DE BANCO DE DADOS RELACIONAL PARA DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE INSTALAÇÕES INDUSTRIAIS

VICTOR FERREIRA FIALHO ALENCAR PROPOSTA, IMPLEMENTAÇÃO E INTEGRAÇÃO DE BANCO DE DADOS RELACIONAL PARA DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE INSTALAÇÕES INDUSTRIAIS

O desenvolvimento de um projeto de Instalações Elétricas Industrial envolve diversos cálculos e considerações baseados em múltiplos critérios que estão relacionados entre si. Este trabalho propõe uma modelagem de banco de dados para armazenar informações de projetos e dar suporte à criação de ferramentas modulares para efetuar dimensionamentos dos elementos de uma instalação. O trabalho também descreve o processo de desenvolvimento da modelagem teórica e implementação prática do Banco de Dados. Além disso, o trabalho demonstra estratégias de resolução de problemas e descreve a implementação de aplicações que tem como principal escopo a previsão de cargas, a distribuição de circuitos e quadros e o dimensionamento de condutores de baixa tensão de circuitos terminais pelo método de condução de corrente. A modelagem e a aplicação foram implementadas utilizando o Microsoft Access, que dispõe de ferramentas que facilitaram a validação do modelo teórico proposto. A modelagem e a metodologia mostraram-se viáveis para o escopo proposto, ainda que a aplicação desenvolvida não se encontre no estado de utilização final objetivado pelo autor.
Mostrar mais

94 Ler mais

Banco de dados relacional para cadastro, avaliação e manejo da arborização em vias públicas

Banco de dados relacional para cadastro, avaliação e manejo da arborização em vias públicas

RESUMO - A arborização urbana em calçadas é fundamental para manutenção da qualidade de vida, proporcionando conforto aos habitantes das cidades. Contudo, existem problemas causados principalmente pela falta de planejamento na implantação e no manejo da arborização. O objetivo do presente trabalho foi a criação de um banco de dados relacional para auxiliar no cadastro informatizado, na avaliação e no manejo da arborização de vias públicas. Apresenta resultados sobre a valoração de indivíduos cadastrados, cálculo da diversidade entre os bairros, introdução de fotos digitais e relatórios para manejo em interface amigável, podendo servir de instrumento à manutenção da arborização e de vetor de comunicação para educação ambiental.
Mostrar mais

14 Ler mais

FUNCIONAMENTO DO BANCO DE DADOS RELACIONAL SQL SERVER 2000 ENTERPRISE

FUNCIONAMENTO DO BANCO DE DADOS RELACIONAL SQL SERVER 2000 ENTERPRISE

Com o sistema client/server, o SQL tem um recur- so que suporta a interação de vários usuários interliga- dos em uma rede, porém existem riscos ao efetuar a comunicação desses dados na rede, pois, caso uma pessoa venha a ter acesso à visualização dos dados que trafegam na rede, por intermédio de um analisador de pacote ou uma espécie de rastreador, será possível visualizar os dados sem nenhuma dificuldade. Neste caso, a melhor solução é utilizar um meio de codificação de dados. Por exemplo, no Windows 2000 podem-se citar algumas opções de codificação, como VPNS (Vir- tual Private Networks) e IPSec (Internet Protocol Security) (SHAPIRO, 2002).
Mostrar mais

11 Ler mais

Projeto de Banco de Dados

Projeto de Banco de Dados

Essa alternativa tem como vantagens sobre as anteriores o fato de elimi- nar os problemas de colunas opcionais e chaves primárias redundantes, típi- cos das soluções anteriormente apresentadas. Entretanto, esta alternativa apresenta uma desvantagem do ponto de vista funcional que sobrepuja as vantagens que oferece do ponto de vista do uso mais eficiente de recursos. Nesta alternativa, para garantir a unicidade da chave primária, a aplicação que faz inclusões de linhas de empregados deve verificar todas as tabelas re- ferentes às especializações. Exemplificando, quando for incluído um novo empregado, a aplicação deverá testar a sua existência nas três tabelas (EmpOutros, Motorista e Engenheiro). Essa verificação fica a cargo da aplica- ção, já que os SGBD relacionais não são capazes de realizá-la automatica- mente. Pior ainda, não há como especificar ao SGBD restrições de integridade referenciais, que façam referência ao conjunto de empregados como um todo (já que este não aparecem no banco de dados). Exemplificando, as restrições de integridade referenciais que apareciam nas soluções anteriores, e que espe- cificam que as colunas CódigoEmp que aparecem nas tabelas Domínio e Participação são chaves estrangeiras em relação ao conjunto de todos empre- gados, não podem ser especificadas.
Mostrar mais

206 Ler mais

Projeto de Banco de Dados

Projeto de Banco de Dados

Ela atende a dois mercados, o das pessoas físicas e o das pessoas jurídi- cas. Para acelerar o atendimento, é importante conhecer os dados de clientes que já tenham usado a locadora no passado. Para cada pessoa física é necessá- rio conhecer seu nome, sexo, data de nascimento, endereço e CIC. Já para as pessoas jurídicas é necessário conhecer seu nome, CGC, inscrição estadual e endereço. Os clientes são identificados por um código interno a locadora.

13 Ler mais

Puc-Campinas – Banco de Dados I – Projeto de Banco de Dados

Puc-Campinas – Banco de Dados I – Projeto de Banco de Dados

Enquanto no modelo relacional os dados e os relacionamentos entre dados são representados por uma coleção de tabelas, modelo de rede representa os dados por coleções de registros e os r[r]

42 Ler mais

Projeto de Banco de Dados (Exercício Final)

Projeto de Banco de Dados (Exercício Final)

Uma pessoa pode possuir diversas unidades; Cada unidade pode estar alugada para no máximo uma pessoa. Uma pessoa pode alugar diversas unidades[r]

39 Ler mais

Educação Física (Saiba Mais)

Educação Física (Saiba Mais)

Chossudovsky (1999) consegue mapear a ação do capitalismo mundial a partir das relações de países na América, Ásia e África com o Fundo Monetário Mundial (FMI) e o Banco Mundial (BM). Através da análise da macroeconomia percebemos as condições objetivamente concretas entre os homens, e suas relações materiais. Os dados estatísticos do BM revelam que 18% da população mais rica detêm 78% da economia mundial. Esses dados estatísticos apontam mais que números, eles são o reflexo de uma política econômica voltada para o lucro, obtido através do suor dos trabalhadores, a partir de um Projeto Histórico Capitalista (PHC). Chos-sudovsky faz uma análise da situação brasileira, a partir da dívida externa, passando pelo Plano Collor, Consenso de Washington e o Governo Neoliberal de FHC. Compreendemos que o PHC tem um caráter determinista e vincula as nossas relações pessoais ao desastre econômico mundial. Recentemente o Governo dos Estados Unidos lançou a Doutrina Bush 4 , buscando adotar uma série de
Mostrar mais

50 Ler mais

UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE BANCO DE DADOS ORIENTADO A OBJETOS, BANCO DE DADOS RELACIONAIS E FRAMEWORK PARA MAPEAMENTO OBJETO/RELACIONAL, NO CONTEXTO DE UMA APLICAÇÃO WEB

UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE BANCO DE DADOS ORIENTADO A OBJETOS, BANCO DE DADOS RELACIONAIS E FRAMEWORK PARA MAPEAMENTO OBJETO/RELACIONAL, NO CONTEXTO DE UMA APLICAÇÃO WEB

O enorme volume de informações em que o mundo computacional, nos dias atuais, está inserido suscita uma atenção na escolha de uma técnica de persistência de dados adequada, pois a mesma é um fator importante para o êxito de um sistema computacional, estando diretamente ligada a quesitos como integridade, confiabilidade, facilidade de manutenção e, sobretudo, o desempenho. As vantagens oferecidas por cada uma das técnicas de persistências disponíveis e a necessidade da aplicação devem ser levadas em consideração no momento da definição do projeto. É importante também atentar para as tendências, pois, à medida que o tempo passa, esse volume de informações deve aumentar e, associado a este fato, está uma maior exigência dos usuários, principalmente no tocante à velocidade do tráfego dos dados. Nesse sentido, foram investigadas as seguintes técnicas de persistência: banco de dados relacional, banco de dados orientado a objetos e banco de dados relacional utilizando um framework para o mapeamento objeto/relacional.
Mostrar mais

17 Ler mais

Ci. Inf.  vol.26 número2

Ci. Inf. vol.26 número2

disponibilização por meio da Internet. Relata quais os passos seguidos nesta conversão, desde a decisão pela utilização de banco de dados não relacional, até sua recuperação por intermédio de páginas web. Mostra como foi o processo de conversão do arquivo mestre do MicroISIS para um arquivo seqüencial, possibilitando assim o acesso a este em ambiente mainframe. Apresenta ainda a estrutura do módulo de pesquisa, especialmente com relação às facilidades do sistema.

6 Ler mais

EDUCAÇÃO FÍSICA E O CONCEITO DE CULTURA

EDUCAÇÃO FÍSICA E O CONCEITO DE CULTURA

É o movimento humano com determinado significado/sentido, que por sua vez, lhe é conferido pelo contexto histórico-cultural. O movimento que é tema da educação física é o que se aprese[r]

45 Ler mais

EDUCAÇÃO FÍSICA, DESPORTO E LAZER

EDUCAÇÃO FÍSICA, DESPORTO E LAZER

Samuel Tabosa de Castro.. Dedicamos esta proposta a todas as pessoas portadoras de deficiência atendidas pelas APAEs, por acreditarmos em seu potencial de aprendizagem e participação, co[r]

68 Ler mais

E BOOK   EDUCAÇÃO FÍSICA NA ESCOLA  muito muito bom

E BOOK EDUCAÇÃO FÍSICA NA ESCOLA muito muito bom

Analisando a prática dos professores de Educação Física de Piracicaba, Moreira (1991) constatou que eles apresentam atitudes formais e autoritárias na relação com os alunos; vêem a Ed[r]

90 Ler mais

DIAGNÓSTICO CLÍNICO POSTURAL UM GUIA PRÁTICO

DIAGNÓSTICO CLÍNICO POSTURAL UM GUIA PRÁTICO

O exame deve ser feito na seqüência proposta e sem considerações sobre os possíveis diagnósticos e as inter-relações entre eles. Isso poderia conduzir o exame. Sem querer, o terapeuta pode forçar um resultado ou outro se de antemão interpretar cada dado que levantar. Portanto, o terapeuta recebe o paciente, faz a anamnese, examina-o anotando em uma folha esquemática conforme o modelo apresentado e depois, de preferência após a partida do paciente, anota os diagnósticos e verifica se todos os dados coincidem. Por exemplo, rotação pélvica e gibosidade homolaterais podem estar associadas. Se forem contralaterais, não. Cada uma deve ter suas associações próprias. Os exemplos são numerosos. Se dois diagnósticos incompatíveis aparecerem na mesma avaliação, os exames devem ser repetidos em uma próxima sessão.
Mostrar mais

90 Ler mais

A NATAÇÃO NA SUA EXPRESSÃO PSICOMOTRIZ

A NATAÇÃO NA SUA EXPRESSÃO PSICOMOTRIZ

A primeira lei do movimento, de Newton, diz que inércia é a incapacidade de qualquer corpo alterar a sua situação de repouso ou de movimento sem causa exterior. O nadador produz força [r]

50 Ler mais

Capítulo 10 TEORIA DO TREINAMENTO DA FLEXIBILIDADE (NÃO SÓ) PARA O GOLEIRO DE HANDEBOL

Capítulo 10 TEORIA DO TREINAMENTO DA FLEXIBILIDADE (NÃO SÓ) PARA O GOLEIRO DE HANDEBOL

Esta planilha foi desenvolvida para mapear todos os lançamentos de cada equipe. Ela contém uma tabela com os dados registrados no gol e uma baliza, dividida em setores, na forma de quadrinhos, que deverão ser assinalados, bem como a posição da quadra (posição do jogador e, eventualmente, sua função) de onde partiram os lançamentos. Esta planilha é utilizada para observação do ataque da própria equipe ou, se desejado, da equipe adver- sária, possibilitando a visualização das posições de ataque de onde ocorrem mais lança- mentos e em qual área do gol eles são direcionados. Ela permite, também, facilitar a atua- ção do goleiro, fornecendo informações acerca da incidência de finalizações das equipes, como também verificar a eficácia dele, suas deficiências nas diferentes posições, entre outras. Outro registro importante que pode ser feito, utilizando-se a mesma planilha, refere-se “à posição na qual o jogador se encontra, sua linha de corrida, local e tipo de lançamento e em qual área do gol a bola foi lançada”. Essas informações facilitam a capacidade de antecipação do goleiro, e também aumentam suas chances de êxito, independentemente do trabalho da defesa.
Mostrar mais

270 Ler mais

ERROS EM UM PROCESSO DE PESQUISA

ERROS EM UM PROCESSO DE PESQUISA

Segundo Parasuraman (1991), um questionário é tão somente um conjunto de questões, feito para gerar os dados necessários para se atingir os objetivos do projeto. Embora o mesmo autor afirme que nem todos os projetos de pesquisa utilizam essa forma de instrumento de coleta de dados, o questionário é muito importante na pesquisa científica, especialmente nas ciências sociais. Parasuraman afirma também que construir questionários não é uma tarefa fácil e que aplicar tempo e esforço adequados para a construção do questionário é uma necessidade, um fator de diferenciação favorável. Não existe uma metodologia padrão para o projeto de questionários, porém existem recomendações de diversos autores com relação a essa importante tarefa no processo de pesquisa científica.
Mostrar mais

11 Ler mais

PROJETO DE ESTRUTURAS DE CONCRETO EM SITUAÇÃO DE INCÊNDIO

PROJETO DE ESTRUTURAS DE CONCRETO EM SITUAÇÃO DE INCÊNDIO

A Prefeitura Municipal de São Paulo, uma semana depois do incêndio no Edifício Joelma, edita o Decreto Municipal n.º 10.878, que “institui normas especiais para a segurança dos edifícios a serem observadas na elaboração do projeto, na execução, bem como no equipamento e dispõe ainda sobre sua aplicação em caráter prioritá- rio”. Logo após, as regras estabelecidas nessa regulamentação são incorporadas à Lei n.º 8 266 de 1975, o novo Código de Edificações para o Município de São Paulo.

20 Ler mais

Show all 10000 documents...