CURSO: MEDICINA DISCIPLINA: PERÍODO: SEGUNDA PROVA TURMA - A ALUNO (A): N DE MATRÍCULA: -

Loading....

Loading....

Loading....

Loading....

Loading....

Texto

(1)

CURSO: MEDICINA

DISCIPLINA:

PROFESSOR (A) PERÍODO: 2018.1.1 SEGUNDA PROVA

TURMA - A

ALUNO (A): ____________________________N° DE MATRÍCULA: __________-___

DATA: NOTA ___________( __________________________________)

1) Homem de 18 anos deu entrada no Prontosocorro com quadro de dor em região de bolsa testicular direita há 5 horas, de forte intensidade, acordando-o durante a madrugada. Nega alterações urinárias, febre ou outros sintomas. Ao exame, o testículo direito encontrava-se horizontalizado, com dor à palpação, sem alterações cutâneas. O plantonista cogitou solicitar uma ultrassonografia (US) doppler diagnóstica, porém o exame estava indisponível no hospital na ocasião, sendo necessária transferência para outro Município a 300 km de distânicia caso optado pela realização do exame. A respeito do caso apresentado, assinale a alternativa que reúne o principal diagnóstico mais provável e a conduta mais apropriada.

(A) Torção testicular / Transferência para realização de ultrassonografia doppler confirmatória com realização de cirurgia em caso de confirmação diagnóstica após a US.

(B) Torção testicular / Cirurgia imediata pelo risco de isquemia testicular irreversível.

(C) Orquiepididimite / Cirurgia imediata para drenagem e desbridamento de tecido desvitalizado pelo risco de progressão da infecção para tecidos vizinhos.

(D) Orquiepididimite / Transferência para realização de ultrassonografia doppler confirmatória e tratamento antibiótico domiciliar. (E) Orquiepididimite / Tratamento antibiótico imediato pelo risco de sepse.

2) Qual é o tipo histológico mais frequente nas neoplasias penianas? (A) Adenocarcinoma.

(B) Carcinoma epidermoide. (C) Tumor filoides.

(D) Melanoma. (E) Sarcoma.

3) Em relação ao traumatismo de uretra, é correto afirmar que:

(A) no tratamento da lesão da uretra bulbar, o realinhamento primário está associado à menor possibilidade de estenose tardia. (B) as lesões uretrais associadas a fraturas penianas devem ser tratadas em um segundo tempo, em geral 3 a 6 meses após o trauma. (C) a uretrografia retrógrada deve ser utilizada para confirmar a presença de lesão uretral em pacientes com traumatismo perineal, na presença de uretrorragia ou retenção urinária.

(D) na suspeita de lesão parcial da uretra bulbar, a realização de cateterismo cuidadoso, com introdução prévia de fio guia, previne a formação de estenose tardia.

(E) a causa mais comum de lesão da uretra posterior é a compressão ou esmagamento da mesma nas contusões perineais, descritas como “queda a cavaleiro”.

4) Leia atentamente as afirmativas abaixo, e avalie se são verdadeiras (V) ou falsas (F).

I – A fratura peniana é definida como a rutura da túnica albugínea do corpo cavernoso em decorrência de um traumatismo contuso no pênis ereto.

II – A lesão concomitante da uretra posterior pode ocorrer em 70 a 80% dos casos de fratura peniana.

III – O exame de imagem considerado “padrão-ouro” para o diagnóstico de fratura é a cavernosografia com injeção de drogas vasoativas. As afirmativas são respectivamente:

(A) F, F, F. (B) V, V, V. (C) F, V, V. (D) V, F, F. (E) F, V, F

5) Em relação ao trauma renal, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

( ) Das lesões renais contusas, a maioria é simples, como a contusão do parênquima renal ou lacerações superficiais que não se estendem para a medula renal ou para o sistema coletor.

( ) A hematúria é o principal indicador de trauma geniturinário e, por isso, o grau da hematúria está relacionado com a severidade das lesões.

( ) A Tomografia Computadorizada (TC) com injecção de contraste intravenoso é o exame de escolha na avaliação de lesões renais. A sequência está correta em

(2)

A) V, F, V. B) F, V, F. C) F, V, V. D) V, V, V. E) F, F, F

6) “Paciente, sexo masculino, 24 anos, vítima de ferimento por arma branca em região lombar à esquerda. Consciente relata dor na região lombar à Esq e flanco Esq, náuseas, vômitos e febre.” Qual o melhor exame para descartar lesão ureteral?

A) Urografia excretora. . B) Pielografia ascendente.

C) Tomografia computadorizada com contraste D) Tomografia computadorizada sem contraste. E) USG “FAST”

7) O risco de complicações do tratamento conservador da rotura vesical extraperitoneal é intensificado por A) ferimento renal associado.

B) ferimento uretral associado.. C) perfuração retal.

D) hematoma pélvico

E) secção ureteral distal associada.

8) A torção do testículo é uma das causas mais importantes de escroto agudo. Alguns sinais podem auxiliar no seu diagnóstico. O sinal de __________ caracteriza-se pela posição horizontalizada do testículo contralateral. A alternativa que preenche, corretamente, a lacuna do trecho acima é A) Prehn B) Angel C) Murphy D) Rabinowitz E) Testis redux

9) O principal agente etiológico da epididimite aguda em homens com idade superior a 35 anos é: A) E. coli.

B) Proteus. C) Gonococo. D) Chlamydia. E) Pseudomonas

10 ) Paciente com politrauma, queda de cinco metros de altura, evoluindo com dor lombar à direita + hematúria. Tomografia computadorizada com contraste evidenciou laceração do parênquima renal estendendo-se até o sistema coletor com extravasamento urinário e lesão do pedículo renal . Segundo o Organ Injury, o grau do trauma Renal é

A) I B) II C) III D) IV E) V

11 ) Um paciente de 26 anos refere que percebeu o surgimento de um nódulo em seu testículo direito. O urologista da família o examina e constata a presença de um nódulo de cerca de 2 cm intratesticular que foi confirmado por ultrassonografia. Pensando em câncer de testículo podemos afirmar:

a) Biopsia se faz sempre necessária para evitar mutilações.

b) O câncer de testículo em sua maioria é quimio e radio resistente, logo o tratamento é paliativo com essas modalidades. c) A orquiectomia se faz necessária por inguinotomia e ligadura precoce do cordão.

d) Se os marcadores (b-hcg e alfa fetoproteínas) estiverem normais pode-se acompanhar com cautela.

e) O câncer de testículo é pouco frequente nesta faixa etária, logo podemos acompanhar com exames de imagem.

12) Qual é a melhor conduta inicial a ser utilizada nos traumatismos de uretra quando o paciente apresenta retenção urinária e dor, globo vesical palpável e uretrorragia?

A) Sondagem vesical. B) Indicar o uso de diurético. C) Sondagem suprapúbica. D) Uretrocistoscopia. E) Pielostomia bilateral.

13 – Paciente do sexo feminino, 24 anos, vida sexual ativa, apresentando disúria, polaciúria, dor pélvica há 2 dias, evoluindo com hematúria no terceiro dia onde procurou assistência no PS. Após colher a anamnese, exame físico e concluir que se trata de ITU. Conduta:

A) Tratar empiricamente com anti-inflamatório e sintomáticos, para ter início de tto após coleta de Urocultura + antibiograma. B) Tratar com base na Urocultura e associar imediatamente sintomáticos

(3)

C) Iniciar antibiótico empírico após coleta de Urocultura, onde será comparado a sensibilidade ao antibiótico após saída de resultado. Obtendo boa resposta e o antibiótico sendo sensível, orientar quanto a precaução de outros episódios sem necessidade de solicitar outros exames.

D) Solicitar Sumário de urina e Urocultura, iniciando antibiótico após resultado dos mesmos, evitando assim uso desnecessário de antibióticos.

E) N.D.A.

14 - Criança do sexo masc, com 1 ano e meio, apresentando febre a esclarecer há 2 dias. Refere choro durante o ato miccional sem outros sintomas. Como devemos agir:

A) Sabemos que cistite não apresenta febre no seu quadro clinico, então devemos tratar como pielonefrite.

B) Sabemos que a principal causa de febre inexplicável em crianças de 0 a 2 anos é ITU, deveremos solicitar sumário e urocultura, iniciando antibiótico empírico após a saída dos resultados dos exames..

C) Se obtivermos sucesso no tto empírico, devemos orientarmos a postectomia como modo de profilaxia de novos episódios de ITU.

D) Sabemos que a principal causa de febre inexplicável em crianças de 0 a 2 anos é ITU, deveremos solicitar sumário e urocultura, iniciando antibiótico empírico logo após a coleta dos exames.

E) N.D.A.

15 - Paciente fem., 52 anos apresenta ITU de repetição desde os 25 anos, quando se casou e passou a ter vida sexual ativa, sendo incomum hematúria durante as crises de ITU, a última USG foi hà 2 anos e se mostrou normal. Tabagista dos 30 aos 45 anos, hoje se encontra com hematúria, sem outros sintomas, há 24h. De acordo com o quadro podemos concluir como HD principal:

A) Pelo histórico passado podemos concluir que se trata de um novo quadro de ITU baixa, devendo ser tratada como tal

B) Podemos deduzir, como não há outros sintomas, que se trata de bacteriúria assintomática, não devendo ser tratada, pois não é patologia grave

C) Podemos concluir que pode ser uma ITU complicada, pela hematúria, devendo ser tratada em nível hospitalar (Internação da paciente)

D) Podemos concluir que pode ser pielonfrite pela hematúria e que devemos tratar com antibiótico por 14 dias e reavaliar após tratamento

E) N.D.A.

16 – Sobre tumor de bexiga é correto:

A) A grande maioria se origina das células transicionais da mucosa (Adenocarcinoma de células transicionais) B) Geralmente são vegetantes, superficias, múltiplos e pediculados

C) Geralmente a disseminação é por contiguidade, via linfática e hematogênica para linfonodos retroperitoneais, fígado, pulmão e cérebro

D) Por ser um tumor tido como recidivante, independente do seu tamanho, terá a mesma possibilidade de recidiva E) Grau de diferenciação celular varia (GI, GII, GIII, GIV e GV)

17 – Sobre Tumor Renal é falso:

A) Oncocitoma, apesar de ser tido como Tumor benigno, não tem seu diagnóstico definido pela tomografia. Sendo tratado como tumor maligno pela alta incidência de associação com malignidade

B) Angiomiolipoma pode ter indicação cirúrgica conforme seu tamanho e localização. Causando dor ou obstrucão. C) Cistos renais são classificados como Bosniak I a IV.

D) Cistos renais Bosniak III e IV são tratadas como malignos pela alta associação com a malignidade ( 60 e 80% respectivamente) E) A maior parte do Angiomiolipoma é formado por lipócitos.

18 – Paciente masc, 67 anos, obeso e tabagista, com PSA total de 6,7 e livre de 0,4ng;dl. Ao toque apresentando nódulo de 0,5 cm em lobo direito da próstata. Foram solicitados USG de vias Urinárias e Biópsia de próstata. Antes de realizar os exames, referiu hematúria

(4)

macroscópica ao acordar não associado a outros sinais ou sintomas. De acordo com o quadro qual a alternativa correta.

A) Por apresentar hematúria, temor que pensar num tumor de próstata avançado e provavelmente não terá tratamento curativo. B) A hematúria, por ser comum em tumor de próstata, não mudará sua suspeita, seguirá normalmente sua investigação e

aguardará os exames.

C) A hematúria provavelmente é secundário a infecção urinária, que é muito comum nessa idade, não mudando em nada a investigação do tumor de próstata

D) Por ser fumantes e apresentar hematúria sem outros sintomas, deveremos pensar em outros tumores das vias urinárias. E) Seguir com biópsia de próstata e agilizar tratamento do tumor de próstata, pois é a segunda causa de morte no homem.

19 – Paciente masc., 57 anos, apresentando TU renal a D apresentando a tríade (Hematúria, massa em flanco D e dor lombar D). Conduta inicial:

A) Estadio da doença que provavelmente se encontrará em estágio 1 ou 2, sendo indicada Nefrectomia radical D

B) Como se trata de doença avançada, encaminharemos paciente para quimioterapia, por não ser indicada Nefrectomia radical C) Estadio da doença que provavelmente se encontrará em estágio 3 ou 4, sendo indicada Nefrectomia radical D

D) Estadio da doença que Estadio da doença que provavelmente se encontrará em estágio 1 ou 2, não sendo indicada Nefrectomia radical D

E) N.D.A.

20 – Sobre os tumores benignos renais. É correto:

A) Oncocitomas tem 2/3 de associação com câncer renal

B) Cisto renal (Bosniak II) deve ser tratado conservadoramente em sua maioria das vezes por ter só 1/3 de associação com câncer renal

C) Angiomiolipoma não apresenta diferença tomográfica com câncer renal

D) Cisto renal (Bosniak I) será tratado cirurgicamente se apresentar obstrução de vias urinárias ou dor E) N.D.A. ALUNO(A): ______________________________________________________________ 1 11 2 12 3 13 4 14 5 15 6 16 7 17 8 18 9 19 10 20

(5)

1 11 2 12 3 13 4 14 5 15 6 16 7 17 8 18 9 19 10 20 ALUNO:__________________________________________________________

Imagem

Referências

temas relacionados :