Top PDF BRIÓFITAS NOVAS PARA O ESTADO DE RORAIMA, BRASIL.

BRIÓFITAS NOVAS PARA O ESTADO DE RORAIMA, BRASIL.

BRIÓFITAS NOVAS PARA O ESTADO DE RORAIMA, BRASIL.

Leptolejeunea elliptlca ocorre nos estados do Amazonas, Pará, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Santa Catarina (Yano, 1984); Pernambuco (Pòrto, 1989; Yano, 1989).. Mastl[r]

29 Ler mais

Diversidade de Leguminosae em uma área de savana do estado de Roraima, Brasil.

Diversidade de Leguminosae em uma área de savana do estado de Roraima, Brasil.

RESUMO – (Diversidade de Leguminosae em uma área de savana estado de Roraima, Brasil). Leguminosae é considerada a família mais diversa nas savanas de Roraima, que são as maiores áreas de savana da Amazônia brasileira. Este trabalho tem como objetivos fornecer uma listagem fl orística e analisar os padrões de distribuição geográfi ca dos táxons de Leguminosae encontrados em uma área de savana em Boa Vista, Roraima (02º52´07´´N; 60º43´03´´W). Foram registrados 80 táxons distribuídos em 38 gêneros. Seis táxons são novos registros para a fl ora de Roraima. Os gêneros que apresentaram o maior número de espécies foram Aeschynomene e Chamaecrista, cada um com sete espécies. Leguminosae-Papilionoideae foi a subfamília mais diversa em número de gêneros (24) e de táxons infragenéricos (53). A análise da distribuição geográfi ca revelou a predominância de táxons com padrão neotropical. A área estudada representa um sítio diverso em táxons de Leguminosae, pois concentra cerca de 87% da diversidade citada para a família nas savanas de Roraima. Palavras-chave: fi togeografi a, Guayana, levantamento fl orístico, Leguminosae
Mostrar mais

9 Ler mais

Novas ocorrências de angiospermas para o estado de Roraima, Brasil

Novas ocorrências de angiospermas para o estado de Roraima, Brasil

Tabela 1 – Lista de novas ocorrências de angiospermas para o estado de Roraima, Brasil – habitats: CAM = campina, CAP = campinarana, FLC = floresta ciliar, FTF = floresta de terra firme. Coletores: ETF: E.T. Fujisaki; GM = G. Martinelli et al.; MNC = M.N. Coelho et al.; RCF = R.C. Forzza et al.; ROP = R.O. Perdiz et al.; RSR = R. Schütz Rodrigues et al. Fontes de dados da distribuição geográfica previamente conhecida – 1. Zarucchi (1995); 2. Lohmann & Taylor (2014); 3. Smith & Downs (1979); 4. Maas & Maas (1997); 5. Prance (1998); 6. Kearns (1998); 7. Struwe (1999); 8. Pennington (2003); 9. Meireles & Tozzi (2015); 10. Barneby & Grimes (1996); 11. Dorr & Meijer (2005); 12. Berry (2001); 13. Berg (2001); 14. MacDougal (2003); 15. Acevedo-Rodríguez (2005); 16. Pennington & Edwards (2005); 17. Marcano-Berti (2005); 18. BFG (2015). Acrônimos seguem ISO 3166-1 (UNSD 2016) e IBGE (2016), para países e estados brasileiros, respectivamente.
Mostrar mais

8 Ler mais

A crise migratória venezuelana e o fechamento da fronteira Brasil/Venezuela: Uma análise à luz do direito humanitário/  The venezuelan migratory crisis and the closing of the Brazilian / Venezuela border: An analysis in the light of humanitarian law

A crise migratória venezuelana e o fechamento da fronteira Brasil/Venezuela: Uma análise à luz do direito humanitário/ The venezuelan migratory crisis and the closing of the Brazilian / Venezuela border: An analysis in the light of humanitarian law

Após constatação, verificou-se que o Estado de Roraima vivencia mudanças, notadamente a questão demográfica, desde a instauração da crise migratória venezuelana, a qual repercutiu com seus efeitos no território brasileiro, especialmente cidades como Pacaraima, divisa com o Santa Elena de Uiarén (Venezuela), Boa Vista (RR), além de outros Municípios ao longo da BR-174, sentido Sul do Estado de Roraima.

21 Ler mais

JAIDER ESBELL, MAKUNAIMA/MACUNAÍMA E A ARTE/LITERATURA INDÍGENA

JAIDER ESBELL, MAKUNAIMA/MACUNAÍMA E A ARTE/LITERATURA INDÍGENA

RESUMO: Uma das vozes mais interessantes da cena contemporânea no Brasil, o escritor e artista plástico Jaider Esbell, nascido no Estado de Roraima e indígena da etnia Macuxi, já disse que escrevia sobre valores acerca dos quais somente ele “como autor, ator, personagem e própria história, poderia.” Esbell ganhou notoriedade, entre outras coisas, por um texto publicado na Revista Iluminuras, em 2018, no qual se coloca como neto de Makunaima, personagem incontornável do imaginário indígena da região de Circum-Roraima, na área da tríplice fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana. Neste artigo, analisaremos este texto, em perspectiva comparada.
Mostrar mais

8 Ler mais

Briófitas de um remanescente de Mata Atlântica no Município de Ubajara, CE, Brasil.

Briófitas de um remanescente de Mata Atlântica no Município de Ubajara, CE, Brasil.

No Sítio São Luís a brioflora está representada por 29 famílias, 53 gêneros e 102 espécies (tabela 1). A família mais representativa foi Lejeuneaceae com 23 espécies, correspondendo a 22,5% do total, seguida de Fissidentaceae com 12 espécies, Plagiochilaceae e Sematophyllaceae com seis. Em estudos similares para Mata Atlântica como os de Valente & Pôrto (2006) e Santos & Costa (2008), essa família também aparece com maior riqueza florística, com 53 e 20%, respectivamente. Aphanolejeunea kunertiana Steph., Groutiella apiculata (Hook.) H.A. Crum & Steere, Lophocolea liebmanniana Gottsche, Orthostichopsis praetermissa W.R. Buck e O. tortipilis (Müll. Hal.) Broth. são novas citações para o Estado do Ceará.
Mostrar mais

12 Ler mais

Novas ocorrências de Briófitas para Pernambuco, Brasil.

Novas ocorrências de Briófitas para Pernambuco, Brasil.

RESUMO – (Novas ocorrências de briófitas para Pernambuco, Brasil). Levantamentos da flora de briófitas em duas áreas remanescentes de Floresta Atlântica, a Reserva Ecológica (RE) Gurjaú (08°10’00’’S e 35°02’30’’O; 50-150 m n.a.m.) e a Reserva Particular de Patrimônio Natural (RPPN) Frei Caneca (08º42’37’’S e 35º50’01’’O; 500-750 m n.a.m.), resultaram no registro de 15 novas ocorrências para o Estado de Pernambuco. São elas 11 hepáticas das famílias Cephaloziaceae, Jubulaceae, Herbertaceae, Lejeuneaceae, Lepidoziaceae, Metzgeriaceae e quatro musgos das famílias Calymperaceae, Pterobryaceae, Sematophyllaceae e Thuidiaceae. Sete destas espécies são também novas referências para a região Nordeste. As espécies são ilustradas e comentadas quanto aos caracteres taxonômicos mais relevantes.
Mostrar mais

12 Ler mais

Briófitas de campos rupestres da Chapada Diamantina, Estado da Bahia, Brasil.

Briófitas de campos rupestres da Chapada Diamantina, Estado da Bahia, Brasil.

RESUMO - (Briófitas de campos rupestres da Chapada Diamantina, Estado da Bahia, Brasil). Nesse levantamento, foram encontrados 65 táxons infragenéricos nos campos rupestres da Bahia, sendo 41 pertencentes à divisão Bryophyta, distribuídos em 19 gêneros e 11 famílias, e 24 à divisão Hepatophyta distribuídos em 15 gêneros e nove famílias. Desses, 23 (nove musgos e 14 hepáticas) são novas citações para o estado. A maioria desses táxons parece ter distribuição restrita à região da Chapada Diamantina, não tendo sido encontrados em outras regiões do estado.
Mostrar mais

12 Ler mais

Briófitas de mata paludosa, município de Zacarias, noroeste do Estado de São Paulo, Brasil.

Briófitas de mata paludosa, município de Zacarias, noroeste do Estado de São Paulo, Brasil.

As 15 ocorrências novas para o estado mostram que a estimativa feita por Yano (1998) das briófitas ocorrentes no Estado de São Paulo deve ser logo superada. Dessa maneira, enfatiza-se a necessidade de coletas e estudos de briófitas nos diferentes ecossistemas e fragmentos de vegetação ainda existentes no Estado, visando conhecer a diversidade deste grupo e ampliar a sua distribuição geográfica.

15 Ler mais

Briófitas da Ilhabela, Estado de São Paulo, Brasil.

Briófitas da Ilhabela, Estado de São Paulo, Brasil.

RESUMO - (Briófitas da Ilhabela, Estado de São Paulo, Brasil). Foram identificadas 68 espécies de briófitas para a Ilhabela, distribuídas em 49 gêneros e 35 famílias, sendo dois antóceros, 35 musgos e 31 hepáticas. As famílias mais ricas de musgos foram Pilotrichaceae, Pottiaceae e Sematophyllaceae, todas com três espécies cada uma, seguida de Fissidentaceae, Hypnaceae, Orthotrichaceae e Polytrichaceae com duas espécies cada uma. Para as hepáticas as famílias mais ricas foram Lejeuneaceae com 13 espécies, Jubulaceae com cinco, Plagiochilaceae com quatro e Radulaceae com três espécies. Todas as demais famílias apresentaram uma espécie cada. Callicostella ciliata (Schimp. ex Besch.) A. Jaeger e Meiothecium boryanum (Müll. Hal.) Mitt. são novas ocorrências para o estado de São Paulo.
Mostrar mais

11 Ler mais

No Brasil, a Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP) acaba de lançar o Guia Básico de Gestão Operacional para Melhoria do Serviço de Ônibus, em português, com versão virtual gratuita - Mobilitas

No Brasil, a Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP) acaba de lançar o Guia Básico de Gestão Operacional para Melhoria do Serviço de Ônibus, em português, com versão virtual gratuita - Mobilitas

capacidade efetiva e outras qualidades da oferta de mobilidade urbana por ônibus não dependem apenas das caracterís- ticas das linhas, dos potenciais dos veículos e da capacitação operacional dos operadores. No entanto, esta parece ser a imagem pre- sente entre as populações urbanas no Brasil, e, pior, também entre os gestores públicos e funcionários dos órgãos de fiscalização dos gestores. Ela se mostra incompleta quando se constatam as condições do ambiente em que se realiza a prestação do serviço e que interfe- rem no pleno aproveitamento de seu potencial. Diferentemente de outros meios, o trans- porte por ônibus depende tanto do quinhão do espaço público que lhe for dedicado, quanto de equipamentos especiais para facilitar seu caminho, aspectos esses que são minimizados nos BRTs. Depende também da qualidade de manutenção da via, que é de responsabilidade da cidade, e finalmente da fiscalização e da ação do gestor público na indução do com- portamento correto dos demais veículos que utilizam o mesmo espaço.
Mostrar mais

188 Ler mais

Relatório de Atividades AnoBase 2012

Relatório de Atividades AnoBase 2012

A Universidade Federal de Roraima, com 18 anos de sua criação, tem o firme propósito de formar massa crítica com quadros especializados de profissionais capazes de contribuir para a construção do Estado. As transformações sociais e econômicas evidenciadas em Roraima apontam para as ações que essa instituição federal vem desenvolvendo por uma educação pública de qualidade. Mesmo encontrando dificuldades estruturais, decorrentes da política de financiamento e administração do ensino superior, a UFRR tem conquistado espaços nos âmbitos científico, social e cultural, enfrentando desafios e fazendo jus à sua missão: "Contribuir para o desenvolvimento do Estado por meio do Ensino, Pesquisa e Extensão, elevando a qualidade de vida na região, sugerindo soluções para os desafios Amazônicos e estimulando o conhecimento e o convívio entre as muitas populações viventes nesse espaço fronteiriço".
Mostrar mais

44 Ler mais

IRLENE COELHO ELOI DA SILVA O PAPEL DA COORDENADORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DE COARIAM NA IMPLEMENTAÇÃO DE POLÍTICAS EDUCACIONAIS PARA O ENSINO MÉDIO

IRLENE COELHO ELOI DA SILVA O PAPEL DA COORDENADORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DE COARIAM NA IMPLEMENTAÇÃO DE POLÍTICAS EDUCACIONAIS PARA O ENSINO MÉDIO

educacionais para o Ensino Médio na Coordenadoria Regional de Educação de Coari/AM, como o PROEMI e o PROETI, discutindo sobre o papel da Coordenadoria Regional na ação de implementação dessas políticas. O objetivo foi identificar as dificuldades que a Coordenadoria Regional de Educação de Coari/AM enfrenta ao implementar políticas educacionais curriculares para o Ensino Médio em sua regional. A pesquisa de campo realizada foi de cunho qualitativo por meio de um estudo de caso. Utilizamos como metodologia a análise de documentos orientadores do PROEMI e do PROETI e como instrumentos de coletas de dados a entrevista semiestruturada. Sete servidores da Seduc/AM que trabalham diretamente com a implementação de políticas educacionais para o ensino médio foram entrevistados, onde buscamos conhecer suas percepções acerca da implementação de tais políticas no estado do Amazonas. Os estudos acerca do contexto do ensino médio no Brasil foram baseados em Krawczyk (2011), Sacristán (1998), Isleb (2016), Oliveira e Destro (2005), entre outros. Em relação ao ciclo de políticas, nossa análise teve como base os estudos de Dye (1984) apud SOUZA (2002), Peters (1996) apud SOUZA (2002), Velasques (2001) apud MARTINS (2014), Mainardes (2006), Condé (2012) e Melo (2013). Como principais resultados da pesquisa de campo, temos o descompasso entre a Seduc/AM e a Coordenadoria Regional de Educação de Coari/AM na implementação de políticas educacionais para o ensino médio. Isso nos levou à elaboração de um Plano de Ação Educacional (PAE), com ações que deverão ser incorporadas pela Seduc/AM para o bom andamento de uma política educacional para o ensino médio no estado do Amazonas, pois quando não há o envolvimento e entendimento acerca da política, a proposta trazida pela política não consegue promover as mudanças esperadas.
Mostrar mais

174 Ler mais

Flebotomíneos (Diptera: Psychodidae) no Estado de Roraima. III. Listagem das espécies no Estado.

Flebotomíneos (Diptera: Psychodidae) no Estado de Roraima. III. Listagem das espécies no Estado.

FLEBOTOMÍNEOS (DIPTERA: PSYCHODIDAE) NO ESTADO DE RORAIMA.. LISTAGEM DAS ESPÉCIES NO ESTADO..[r]

4 Ler mais

Autorização para o exercício de Enfermagem do Trabalho – Normas de Orientação Clínica

Autorização para o exercício de Enfermagem do Trabalho – Normas de Orientação Clínica

a) Enfermeiro Especialista detentor do Curso de Especialização em Enfermagem de Saúde Pública com a vertente de Saúde Ocupacional, com exercício em serviços de Sa[r]

7 Ler mais

Novas ocorrências de Rapateaceae para o Brasil.

Novas ocorrências de Rapateaceae para o Brasil.

Rapatea é um gênero com 23 espécies (Berry 2004) exclusi- vamente sul-americanas. No Brasil, o gênero está representado por cerca de sete espécies, principalmente na região amazônica (Maguire, 1965, 1979). Rapatea fanshawei possui afi nidades morfológicas com R. chimantensis Steyerm. e R. steyermarkii Maguire (Maguire 1965; Steyermark 1988a; Berry 2004), caracterizando-se por apresentar bractéolas marcadamente diferentes em tamanho, lâminas foliares de 8- 11 c m larg., pedúnculos de 20-50 cm compr. e brácteas involucrais mais longas do que largas. No Monte Caburaí, a espécie ocorre em áreas de vegetação aberta, em solos inundáveis, a cerca de 1.300 m de altitude. Rapatea fanshawei ocorre também na Venezuela (Estado Bolívar) e Guiana (Pakaraima Mountains).
Mostrar mais

4 Ler mais

Novos registros de briófitas para Pernambuco, Brasil.

Novos registros de briófitas para Pernambuco, Brasil.

Durante estudo florístico e ecológico das briófitas, recentemente realizado em um remanescente de Flo- resta Atlântica, a Reserva Ecológica do Gurjaú, foram registradas 84 espécies desse grupo, das quais nove constituem novas ocorrências para Pernambuco. Neste trabalho é ampliada a distribuição geográfica e são fornecidos dados florísticos e ecológicos das espécies.

8 Ler mais

Amazônia brasileira : processo histórico do extrativismo vegetal na mesorregião sul de Roraima

Amazônia brasileira : processo histórico do extrativismo vegetal na mesorregião sul de Roraima

Em Roraima, com o fim do mandato de Ramos Pereira, assume o Brigadeiro Ottomar de Souza Pinto (1979-1983). O mesmo passou a administrar o Território de acordo com a nova realidade da política nacional. O seu governo contrastou com o de seu antecessor. Segundo Freitas, foi considerado o “Governador da Paz”. No Território havia duas correntes considerada a revolução da Guiana, ocorrida em 1969. Cabe esclarecer que a independência desse país em relação à Inglaterra ocorreu em 1966. A partir de então, a Guiana entrou em um processo violento de discussão interna quanto à Proclamação de sua Independência. Eram muitas facções participando do debate. A revolução guianense, liderada pelo ex-senador Teddy Melville, foi rechaçada pelas forças leais ao governo de Georgetown e os lideres da revolução fugiram para o Brasil, atravessando o rio Tacutu. Nessa época, a fronteira com a Guiana, assim como a da Venezuela, eram muito desguarnecidas. O Exército brasileiro tinha, em Boa Vista, apenas a 9ª Cia. de Fronteiras e estava sem meios para deslocar soldados brasileiros para a margem do rio Tacutu. Na verdade não existia estrada, não havia caminhões para o transporte de tropas, o que tornava necessário, enfim, manter a soberania nacional. É mister mencionar que houve uma verdadeira invasão de guianenses fugitivos em Roraima. A partir de então, o Exército criou o Batalhão Especial de Fronteiras e deslocou o 6º BEC - Batalhão de Engenharia e Construção para Boa Vista e, ainda, espalhou unidades militares ao longo das fronteiras. In: FREITAS, Aimberê. A História Política e Administrativa de Roraima. Manaus: Umberto Calderaro, 1993. p. 175-176.
Mostrar mais

314 Ler mais

– PósGraduação em Letras Neolatinas

– PósGraduação em Letras Neolatinas

In the State of Roraima it is possible to get in contact with speakers of English, Spanish and at least eleven indigenous languages from distinct linguistic families such as Aruak, Cariban and Yanomami. For this study, undergraduate students of executive secretaryship were chosen as public target, considering not only the need required by law of a thorough knowledge in a foreign language, but also a wide linguistic diversity found in the state. The aim is to answer the following question: what is the representation of the executive secretaryship students regarding to languages in contact in Roraima? Thus, it contextualizes the state of Roraima and the countries bordering the state, Venezuela and Guyana, and are brought to the characteristics of their languages. Indigenous languages found in the state are also mentioned in this context. Concepts are discussed that better explain the characteristics of the languages mentioned here. The quality dialectical method was chosen for this work. Technically, it uses the literature search and personal interviews, checking the students' profile and thus choosing the sample that best represents this target public. It was considered as essential the theoretical study of representation, identity and linguistic border that support and explain the outcome of the interview.
Mostrar mais

166 Ler mais

Show all 10000 documents...