Top PDF Queratose folicular espinulosa decalvante: relato de caso.

Queratose folicular espinulosa decalvante: relato de caso.

Queratose folicular espinulosa decalvante: relato de caso.

Resumo: A queratose folicular espinulosa decalvante é afecção rara, de transmissão genética ligada ao X ou esporádica, caracterizada por hiperqueratose folicular e alopecia cicatricial. Inicia-se, geralmente, na primeira infância, exacerbando-se na adolescência. As terapias são pouco efetivas, com tratamento frus- trante, quando já há alterações predominantemente cicatriciais. Relata-se caso de criança com quadro de alopecia cicatricial intensa, com alterações precoces (já ao nascimento) e rápida evolução para alopecia difusa cicatricial do couro cabeludo, o que tornou o tratamento limitado e desapontador.
Mostrar mais

4 Ler mais

Anestesia no paciente com síndrome do pulmão encolhido: relato de caso.

Anestesia no paciente com síndrome do pulmão encolhido: relato de caso.

Justificativa e objetivos: A incidência de acometimento pulmonar no Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) pode apresentar-se como uma síndro- me denominada Síndrome do Pulmão Encolhido (SPE). De fisiopatologia bastante controversa, a SPE pode induzir dependência da ventilação mecânica. Devido à raridade, o número de publicações é restrito. O objetivo deste relato é apresentar o caso de paciente com SPE, submetida à correção de hérnia incisional sob anestesia peridural torácica.

4 Ler mais

Injeção inadvertida de metoclopramida no espaço subaracnóideo: relato de caso.

Injeção inadvertida de metoclopramida no espaço subaracnóideo: relato de caso.

As tubulações dos gases hospitalares possuem padroniza- ção internacional de cores, porém, o mesmo não ocorre com as ampolas. Assim, é passível que ocorram injeções aciden- tais de drogas que são apresentadas em ampolas muito se- melhantes. O objetivo deste relato é mostrar um caso de inje- ção inadvertida de metoclopramida no espaço subaracnói- deo em paciente obstétrica.

5 Ler mais

Transplante renal em paciente pediátrico com associação de Vater: relato de caso.

Transplante renal em paciente pediátrico com associação de Vater: relato de caso.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A associação de Vater é uma alteração politópica que inclui várias má-formações, sendo a hipoplasia radial a alteração mais freqüentemente encontrada ao nascimento. O objetivo deste relato é apresentar caso de associação de Vater em criança submetida a transplante renal. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 11 anos, 23 kg, Hbs positivo submetido a esofagostomia com 30 horas de vida. Desde os 7 anos realiza hemodiálise, atualmente através de cateter atrial, por falta de outras vias de acesso. Submetido aos 11 anos a transplante renal com doador cadáver, sem intercorrências. Diurese adequada ao término das anastomo- ses vasculares. Drenagem de hematoma da fossa ilíaca D no primeiro dia de pós-operatório. Alta 21 dias após o transplante com função renal normal.
Mostrar mais

4 Ler mais

Cervicoplastia na flacidez cutânea por síndrome de Ehlers-Danlos: relato de caso.

Cervicoplastia na flacidez cutânea por síndrome de Ehlers-Danlos: relato de caso.

Introdução: A síndrome de Ehlers-Danlos é um distúrbio raro, caracterizado por anor- malidades diversas na estrutura, síntese e secreção do colágeno, resultando em um quadro clínico variado, com alterações cutâneas, articulares e vasculares. Procedimentos cirúrgicos realizados nestes pacientes, muitas vezes, complicam com sangramentos de difícil controle, deiscência de suturas, friabilidade dos tecidos, hematomas recorrentes e diiculdade de ci- catrização, com pobres resultados estéticos. Relato do caso: No presente relato, os autores apresentam um caso de cervicoplastia em paciente portadora da síndrome de Ehlers-Danlos, evidenciando seus resultados.
Mostrar mais

3 Ler mais

PRESENÇA DE AMELOBLASTOMA EM JOVEM DO GENERO MASCULINO: RELATO DE CASO

PRESENÇA DE AMELOBLASTOMA EM JOVEM DO GENERO MASCULINO: RELATO DE CASO

Os ameloblastomas são neoplasias odontogênicas benignas de origem epitelial com comportamento localmente agres- sivo. Acometem predominantemente a mandíbula e podem atingir proporções variadas de acordo com o tempo de evolução. Manifestam-se geralmente entre a terceira e quinta décadas de vida. O tratamento conservador, muitas vezes associado a procedimentos adicionais, tem sido usado como opção de escolha para muitos que tratam deste tipo de tumor. Sendo assim este trabalho tem como objetivo apresentar, através de um relato de caso clínico, a remoção de um ameloblastoma na região posterior da mandíbula. PALAVRAS-CHAVE: Ameloblastoma, maxilomandibular, tratamento.
Mostrar mais

5 Ler mais

Embolia gasosa por dióxido de carbono durante cirurgia laparoscópica: relato de caso.

Embolia gasosa por dióxido de carbono durante cirurgia laparoscópica: relato de caso.

RELATO DO CASO: Paciente hipertensa foi submetida à anestesia geral para laparoscopia para exploração de colédoco. Após 150 minutos de pneumoperitôneo, a paciente evoluiu com taquicardia e hipotensão refratária ao uso de vasopressor. A gasometria arterial revelou grande diferença entre a pCO 2 e a P ET CO 2 . Frente à hipótese de embolia gasosa,

3 Ler mais

Bloqueio neuromuscular prolongado após administração de mivacúrio: relato de caso .

Bloqueio neuromuscular prolongado após administração de mivacúrio: relato de caso .

RELATO DO CASO: Descreve-se um caso de paciente programado para procedimento de curta duração em regime ambulatorial e que apresentou bloqueio neuromuscular prolongado após administração do mivacúrio. O diagnóstico foi posteriormente confirmado pela demonstração de níveis reduzidos de atividade da colinestesterase plasmática. CONCLUSÕES: A investigação laboratorial pré-operatória, mesmo incluindo a dosagem da atividade da colinesterase, não previne a possibilidade do bloqueio neuromuscular prolongado devido à possibilidade de alteração qualitativa da atividade da enzima, não existindo recomendação para investigação sistemática. Ocorrendo esta complicação, deve-se sedar o paciente e manter ventilação mecânica até a completa recuperação da força muscular e realizar exames l a b o r a t o r i a i s p a r a o d i a g n ó s t i c o d e f i n i t i v o . É d e responsabilidade do anestesiologista a coleta de amostra sangüínea para realização de testes quantitativos e qualitativos da colinesterase plasmática. Paciente e familiares devem ser orientados quanto à importância da investigação para classificação da variante atípica da colinesterase plasmática e suas implicações anestésicas.
Mostrar mais

6 Ler mais

Convulsão associada ao uso de Oxamniquine: relato de um caso.

Convulsão associada ao uso de Oxamniquine: relato de um caso.

Co n v u l sã o associ ad a ao u so de o x a m n i q u i n e ai n d a n ão t i n h a si d o r el at ad o p o r n e n h u m i n vest i gad o r q ue ve m u sa n d o esse n o v o esqui s- t o sso m i c i d a n o s ú l t i m o s q u at r o anos, nas d ose s r e com end ad as. N o X I I Co n gr e sso d a So c i e d ad e Br asi l ei r a d e Me d i c i n a T r o p i c a l f oi r e l at ad o u m caso de c o n v u l sã o em p aci ent e q u e i nger i u p or e n gan o 2 5 cáp su l as d a d r oga, eq u i v al en t e s a u m a d ose cer ca de sei s a set e vezes m ai or q u e a r e com end ad a. U m se gu n d o p aci ent e q u e r epet iu p o r c i n c o d i as a d ose ú n i c a p rescr it a, ap r e se n ­ t o u ap en as si n t o m a s d a c o n f u sã o m ent al e a m n é si a1 6 . Dose s de o x a m n i q u i n e q u at r o vezes m ai s elevad as q u e as usad as n o Br asi l , f o r am b em t ol er ad as na Áf r i c a, d e m o n st r an d o , at é ce r t o p on t o , u m a l ar ga m ar gem de se gu r an ça ao u so d a d r o ga 7 .
Mostrar mais

3 Ler mais

Regeneração aberrante do nervo oculomotor secundária a aneurisma intracraniano: relato de caso.

Regeneração aberrante do nervo oculomotor secundária a aneurisma intracraniano: relato de caso.

Relatar um caso de regeneração aberrante secundária à paralisia aguda do nervo oculomotor causada por aneurisma intracraniano. Paciente atendida em fevereiro de 2006 queixando-se de dor de cabeça acompanhada de visão dupla e queda da pálpebra no olho direito. Na avaliação da motilidade ocular extrínseca, verificou-se incapacidade da adução, da supradução e da infradução associada à blefaroptose no olho direito. Com relação à motilidade intrínseca, midríase paralítica no olho direito. Formulou-se diagnóstico de paralisia aguda de nervo oculomotor no olho direito e solicitou-se avaliação neurológica. No Departamento de Neurocirurgia, após ser diagnosticada presença de aneurisma de artéria comunicante posterior, a paciente foi submetida a tratamento cirúrgico. Em dezembro de 2006, observou-se melhora relativa da adução, mantendo a incapacidade da supradução e da infradução com blefaroptose melhorada à adução do olho direito. Com relação à motilidade intrínseca, miose no olho afetado. O diagnóstico de regeneração aberrante do nervo oculomotor pós-para- lisia aguda foi formulado baseando-se na anamnese e nos exames oftalmo- lógicos seqüenciais.
Mostrar mais

3 Ler mais

Microscopia confocal in vivo no diagnóstico de ceratite fúngica: relato de caso.

Microscopia confocal in vivo no diagnóstico de ceratite fúngica: relato de caso.

Os autores relatam um caso em que a microscopia confocal in vivo ajudou no diagnóstico e acompanhamento de ceratite fúngica. Realizou-se a microscopia confocal in vivo em paciente com úlcera corneana, que há 30 dias estava sendo tratada, sem obter melhora com uso de diversos medicamentos tópicos. O paciente também tinha se submetido à coleta de material corneano para análise laboratorial, com resultado negativo e inconclusivo. Foi observado à microscopia confocal, hifas e coleções infecciosas fúngicas. Dez dias após o diagnóstico confocal, o resultado de nova coleta de material corneano revelou crescimento de Fusarium sp.
Mostrar mais

4 Ler mais

Uso de terapia biológica na doença de Crohn metastática: relato de caso e revisão da literatura.

Uso de terapia biológica na doença de Crohn metastática: relato de caso e revisão da literatura.

RESUMO: A doença de Crohn metastática envolve a infiltração cutânea granulomatosa em locais anatomicamente separados do trato gastrointestinal, com tendência à cronicidade. É relatado caso de paciente masculino, 20 anos, há seis meses com dor e eliminação de secreção purulenta de úlceras em região perianal, inguinal direita e genital, sem melhora com o uso metronidazol e ciprofloxacina. Antecedente de proctocolectomia em 2002. Ao exame, à inspeção, evidenciava-se orifício fistuloso posterior a 2,0 cm da borda anal, úlcera de 5,0 cm na base do escroto e outra úlcera circundando a base do pênis; ao toque, ânus fibrótico e encarcerado. Realizada fistulotomia, biópsia e curetagem das úlceras genital e inguinal. O resultado histopatológico evidenciou processo inflamatório granuloso não caseoso. Em virtude da falha terapêutica dos antimicrobianos, foi optado pelo tratamento com infliximabe na dose 5 mg/kg nas semanas 0, 2 e 6, e azatioprina 2 mg/kg/dia. Ao término da fase de indução, o paciente apresentava cicatrização parcial das lesões ulceradas, ausência de secreção e alívio da dor. Atualmente em acompanhamento ambulatorial com infusões de infliximabe a cada oito semanas.
Mostrar mais

5 Ler mais

Queratose liquenoide crônica: relato de caso.

Queratose liquenoide crônica: relato de caso.

Observava-se ainda pápula dermoepidérmica bem delimitada, com paraceratose e moderada hiperplasia epidérmica, com múltiplos corpos apoptóticos e alteração vacuolar da basal. Conclusão: queratose liquenoide crônica. Na ocasião, optou-se pela introdução de acitretina 25mg/dia, com melhora importante das lesões cutâneas. Porém, as lesões mucosas recidivaram após suspensão da dapsona, sendo esta reintroduzida e mantida em conjunto com a acitretina. Recentemente, associou-se o UVB-NB para otimização terapêutica.

4 Ler mais

Mucinose Folicular: revisão da literatura e relato de um caso.

Mucinose Folicular: revisão da literatura e relato de um caso.

A paciente em questão representa um caso típico de MuF primária, tanto em sua morfologia como em sua topografia, idade de apresentação e evolução. O diagnósti- co diferencial fez-se num primeiro momento com a hanse- níase tuberculóide, sobretudo pela presença de disestesias no nível da lesão e posteriormente com a sarcoidose e lúpus eritematoso, diagnósticos que foram descartados ao reali- zar-se o exame anatomopatológico, que mostrou-se caracte- rístico de MuF.

6 Ler mais

Perda visual bilateral grave como sinal de apresentação de trombose de seio venoso cerebral: relato de caso.

Perda visual bilateral grave como sinal de apresentação de trombose de seio venoso cerebral: relato de caso.

No caso em questão, a anamnese criteriosa, o exame oftal- mológico e os achados observados ao exame de campo visual foram elementos fundamentais para o diagnóstico de pseudo- tumor cerebral. Como o paciente era do sexo masculino e não obeso, suspeitamos de uma trombose de seio venoso crania- no, que foi confirmada pela angiorressonância venosa. O re- sultado do hemograma revelando uma trombocitose sugere que uma doença hematológica era a responsável pela trombo- se venosa cerebral. A biópsia de medula óssea foi inconclusa, afirmando apenas que os achados eram compatíveis com doença mieloproliferativa crônica.
Mostrar mais

5 Ler mais

Caso para diagnóstico.

Caso para diagnóstico.

Resumo: Queratose folicular espinulosa decalvante é uma genodermatose rara, ligada ao X, caracteri- zada por hiperqueratose folicular, fotofobia, alopécia cicatricial do couro cabeludo e supercílios. Descreve-se o caso de paciente do sexo feminino, de 25 anos, com quadro clínico e evolução típicos desta síndrome.

3 Ler mais

Pneumonia por Influenza A(H1N1) em paciente imunossuprimido após transplante cardíaco.

Pneumonia por Influenza A(H1N1) em paciente imunossuprimido após transplante cardíaco.

Durante a atual pandemia de gripe causada pelo vírus Influenza H1N1, alguns fatores têm sido associados a aumento de risco de agravamento da doença, entre eles o estado de imunossupressão. Neste relato de caso, apresentamos, segundo nosso conhecimento, pela primeira vez, o relato de uma paciente transplantada cardíaca, em uso de imunossupressores, discutindo o seu papel na terapêutica e consequente evolução clínica dessa doença.

3 Ler mais

Hematoma subdural agudo potencialmente fatal após anestesia combinada raqui-peridural em parto.

Hematoma subdural agudo potencialmente fatal após anestesia combinada raqui-peridural em parto.

Atualmente, muitos anestesiologistas preferem a anestesia combinada raqui-peridural (CRP) para evitar a dor do parto. Contudo, essa técnica apresenta alguns riscos, como pru- rido, náusea, vômito, hipotensão materna, dor de cabec¸a, convulsão, meningite, toxicidade e até parada cardíaca. Além disso, poucos relatos, porém recentes, mencionam a possibilidade de desenvolvimento de hematoma subdural craniano associado à punc¸ão durante a anestesia CRP em parto. 1---3 Nosso relato também descreve um caso raro que

4 Ler mais

Rev. Bras. Anestesiol.  vol.55 número1 en v55n1a10

Rev. Bras. Anestesiol. vol.55 número1 en v55n1a10

RELATO DO CASO: Paciente hipertensa foi submetida à anestesia geral para laparoscopia para exploração de colédoco. Após 150 minutos de pneumoperitôneo, a paciente evoluiu com taquicardia e hipotensão refratária ao uso de vasopressor. A gasometria arterial revelou grande diferença entre a pCO 2 e a P ET CO 2 . Frente à hipótese de embolia gasosa,

3 Ler mais

Rev. Bras. Anestesiol.  vol.62 número2 es v62n2a14

Rev. Bras. Anestesiol. vol.62 número2 es v62n2a14

Justificativa y objetivos: La aparición de la afectación pulmonar en el Lupus Eritematoso Sistémico (LES), puede aparecer como un síndrome denominado: Síndrome del Pulmón Encogido (SPE). De fisiopatología bastante controvertida, la SPE puede inducir a la dependencia de la ven- tilación mecánica. Debido a su raro aparecimiento, el número de publicaciones es muy pequeño. El objetivo de este relato, es presentar el caso de un paciente con SPE, sometida a la corrección de hernia incisional bajo anestesia epidural torácica.

3 Ler mais

Show all 10000 documents...