Boletim. Emissões domésticas alcançam volume recorde de R$ 199,7 bilhões 120,4 19,4 14,1 9,8 8,4 6,7 6,6 6,0 5,3 4,6. (Follow-on) Petrobras

Texto

(1)

Ano V • Nº 53 • Outubro/2010

BOletim

Emissões domésticas alcançam volume recorde de R$ 199,7 bilhões

O follow-on de emissão primária de R$ 120,4 bilhões realizado pela Petrobras no mês de setembro fez com que o total das operações no mercado de capitais doméstico alcançasse o recorde de R$ 199,7 bilhões em 2010. Com isso, apesar dos baixos volumes de emissões de ações de outras companhias no mês, as ofertas de renda variável acumularam volume de R$ 144,7 bilhões entre janeiro e setembro deste ano. Mesmo sem considerar a captação da Petrobras, os números de 2010 apresentam um crescimento de 10,9% em relação ao mesmo período do ano anterior.

No mês, foram captados R$ 3,5 bilhões por meio de emissão de notas promissórias, que responderam por 64,1% do total de emissões de dívida em setembro. Contudo, o volume de notas promissórias nos nove primeiros meses de 2010, de R$ 13,9 bilhões, é 3,6% inferior ao observado no mesmo período de 2009. Já as emissões de debêntures registraram aumento de 84,1% na mesma comparação, tendo alcançado R$ 30,5 bilhões até setembro.

No mercado externo, as captações no ano até agosto totalizaram US$ 26,7 bilhões, volume 152,9% superior ao registrado no período de janeiro a agosto de 2009. Em setembro, já foram realizadas 11 operações com volume de US$ 8 bilhões, com destaque para a captação da Vale, de US$ 1,7 bilhão. Em 2010, mereceu destaque a redução do cupom médio pago pelas empresas, que, de acordo com as informações coletadas pela ANBIMA, ficou em torno de 7%, em comparação à média de 8,2% observada no mesmo período de 2009.

Mercado de Capitais

1

em Números

Mercado Doméstico RENDA FIXA R$ milhões

Em 2010 Em Set

Registradas 17.322 250 78

Debêntures 13.310 - 17

FIDCs 2.789 200 19

Notas Promissórias - - -

CRI 1.223 50 42

Dispensadas 2.215 - 37

Debêntures - - -

FIDCs 2.065 - 27

Notas Promissórias - - -

CRI 150 - 10

Esforços Restritos 35.460 5.255 140 Debêntures 17.180 1.584 65

FIDCs 725 - 9

Notas Promissórias 13.858 3.530 34

CRI 3.697 141 32

Renda Fixa Subtotal 54.997 5.505 255 Debêntures 30.490 1.584 82

FIDCs 5.578 200 55

Notas Promissórias 13.858 3.530 34

CRI 5.070 191 84

RENDA VARIÁVEL R$ milhões Em 2010 Em Set Emissão Primária 138.993 120.425 17

IPO 6.776 - 8

Follow-on 132.217 120.425 9

Dist. Secundária 5.744 - 7

IPO 1.234 - 4

Follow-on 4.510 - 3

TOTAL OPERAÇÕES 199.734 125.930 279 Renda Fixa 54.997 5.505 255 Renda Variável 144.737 120.425 24

Data: 30/09/2010. Fonte: CVM

Mercado Externo Títulos US$ milhões

Em 2010 Em Ago

RENDA FIXA 23.381 2.475 44

Bônus + MTN’s 23.381 2.475 44

CP’s - - -

Securitização - - -

RENDA VARIÁVEL 3.285 - 2

ADR’s + CB 3.285 - 2

TOTAL GERAL 26.666 2.475 46

Data: 31/08/2010. Fonte: ANBIMA

1. Mercado de Capitais não inclui: Cert. Audiovisuais, TICs, Quotas de FIP/FIC-FIP, Funcine e Fundo Imobiliário.

A captação de R$ 120,4 bilhões realizada pela Petrobras em setembro foi a maior já observada no mercado de capitais no Brasil e mais de seis vezes superior à segunda maior oferta, de R$ 19,4 bilhões, realizada pela Vale em julho de 2008. A partir dos recursos obtidos pela venda de ações ordinárias e preferenciais, a companhia efetuou o pagamento à União de um montante de R$ 74,8 bilhões, em troca do direito de exercer as atividades de exploração e produção de petróleo, na chamada cessão onerosa.

Destaque do Mês

10 Maiores Ofertas de Ações (R$ bi)

Fonte: ANBIMA 120,4

19,4 14,1 9,8 8,4 6,7 6,6 6,0 5,3 4,6

(Follow-on) Petrobras (IPO) OGX (IPO) Bovespa (IPO) BM&F (IPO) Redecard

Set/10 Jul/08 Jul/09 Jul/10 Jun/09 Jun/08 Out/07 Nov/07 Jul/09 Jul/07

(IPO) Visanet

(Follow-on) Bco. do Brasil

(Follow-on) Bco. Santander

(Follow-on) Vale (Follow-on) Perdigão

(2)

Participação - Tipo da Oferta por Montante

Volume de emissões até setembro já é 80,4% superior ao de 2009

Renda Fixa (Total) Renda Variável (Total)

31.307

75.499

47.131

21.982

144.737 90.076

71.407

67.174 63.591

37.007

54.997

34.882

2006 2007 2008 2009 Até Set/09 Até Set/10

T = 121.383

T = 146.906

T = 102.056 T = 110.722

T = 58.989

T = 199.734

(8) (2) (3)

2. Neste valor, não estão sendo considerados R$ 16 bilhões em Debêntures e R$ 570 milhões em Notas, que foram canceladas no ano corrente.

3. No ano de 2008, os FIDCs sofreram alterações, o volume passou de R$ 12.575 milhões para R$ 13.077 milhões, e o número de 126 para 131.

8. No ano de 2009, os volumes de renda fixa sofreram alterações, devido à entrada de ofertas retroativas via ICVM/476 e dispensadas.

Total de Ofertas RF e RV (R$ milhões) No mercado de títulos de dívida, as captações via ICVM 476 seguem em evidência: em setembro, 95,5% das operações foram realizadas por intermédio deste instrumento, em um total de R$ 5,3 bilhões, com destaque para a integralidade dos recursos captados em notas promissórias e debêntures, de R$ 5,1 bilhões.

No ano, o percentual de ativos de renda fixa distribuídos com esforços restritos é de 64,5%, o equivalente a R$ 35,5 bilhões.

Em relação às debêntures, a participação das emissões via 476 já correspondem a 56,3% das realizadas em 2010.

Tipo da Oferta por Instrumento

Fontes: CVM e ANBIMA

Fontes: CVM e ANBIMA

Renda Variável

37,3%

RF Esforços Restritos 28,7%

RF Registradas 28,1%

RF Dispensadas 5,9%

Renda Variável 72,5%

RF Esforços Restritos 17,8%

RF Dispensadas 1,1%

Até Set/09 Até Set/10

Distrib.

Secundária de Ações 24,2%

Debêntures 28,1%

Notas Promissórias

24,4%

CRI 3,8%

FIDC 6,5%

Emissão Primária de Ações 13,0%

Distrib.

Secundária de Ações 2,9%

Notas Promissórias 6,9%

CRI 2,5%

FIDC 2,8%

Emissão Primária de Ações 69,6%

Debêntures 15,3%

Até Set/09 Até Set/10

EMISSõES DOMéSTICAS

RF Registradas

8,6%

(3)

Follow-ons IPOs

Volume (R$ milhões) Número

7.602 10.844 9.058 8.010

27.280 36.287

136.727

12.924

2008 2009 Até Set/09 Até Set/10 T = 34.882 T = 47.131

T = 21.982

T = 144.737

4 5 2 8

11

19 10

8

2008 2009 Até Set/09 Até Set/10 T = 15

T = 24

T = 10

T = 18

Ofertas de Renda Variável

Fontes: CVM e ANBIMA

673 280 724 1.619

2.818 1.368 1.233 686 1.840 9.761 173 49

16 120.361

1.074 1.062 506 494

Aliansce Shopping Centers InPar Multiplus PDG Realty BR Properties

OSX Brasil Gafisa Primav Ecorodovias

Hypermarcas Mills Estruturas e Serviços Even Construtora Julio Simões

JBS Banco do Brasil Renova Energia

Ambev Ideiasnet Petrobras

Ofertas em Análise na CVM e ANBIMA/Convênio CVM

1. Sonae Sierra 2. Brasil Insurance*

3. Autometal*

4. HRT Participações em Petróleo 5. Karoon Petróleo e Gás

6. LPS Brasil Consultoria de Imóveis

Fonte: ANBIMA

4. Volume das ofertas encerradas até agosto de 2010.

MERCADO DE RENDA VARIÁVEL

Ofertas Registradas na CVM - Até Set/10 (R$ milhões)

Participação dos Investidores Estrangeiros nas Ofertas Brasileiras

4

- Ago/10 - Volume

Setor de petróleo e gás responde por 83,2% das captações no ano

1,3%

0,0%

1,9%

83,2%

0,5%

6,7%

0,1%

3,6%

0,9%

1,3%

0,5%

Transporte e Logística TI e Telecom Química e Petroquímica Petróleo e Gás Outros Financeiro Energia Elétrica Construção Civil Bens de Consumo Alimentos e Bebidas Adm Shoppings

Setorial - Volume (Até Set/10)

Fonte: ANBIMA Fontes: CVM e ANBIMA

*Oferta interrompida conforme artigo 10 da Instrução 400.

Investidores Institucionais

39,8%

Pessoas Físicas

9,6%

73,9%EUA

20,5%UE

Outros 5,6%

Investidores Estrangeiros

50,6%

(4)

MERCADO DE RENDA VARIÁVEL

Petrobras emite em nível tradicional de governança

Fonte: ANBIMA

Níveis de Governança após Migrações - 2006 até 2010

Data do Registro Nível na Emissão Emissora Data de Migração Nível Atual

1/2/2006 Nível 1 Iochpe-Maxion 24/3/2008 Novo Mercado

21/2/2006 Tradicional Banco do Brasil 28/6/2006 Novo Mercado

31/3/2006 Nível 2 Equatorial 23/4/2008 Novo Mercado

12/4/2006 Nível 1 Duratex 21/9/2007 Novo Mercado

26/4/2007 Nível 1 Banco Sofisa 8/12/2008 Nível 2

27/4/2007 Tradicional Usiminas 11/10/2007 Nível 1

29/6/2007 Tradicional Drogasil 3/7/2007 Novo Mercado

27/7/2007 Nível 2 Estácio Part. 11/7/2008 Novo Mercado

Níveis de Governança após Fusões ou Aquisições - 2006 até 2010

Data do Registro Nível na Emissão Emissora Adquirida Data Aquis./Fusão Empresa Compradora Nível Atual

7/2/2006 Nível 2 Vivax 12/10/2006 Net Serviços Nível 2

24/2/2006 Novo Mercado Company 10/9/2008 Brascan Novo Mercado

13/4/2006 Novo Mercado Submarino 23/11/2006 B2W Novo Mercado

1/6/2006 Novo Mercado Datasul 27/8/2008 Totvs Novo Mercado

26/7/2006 Novo Mercado Abyara (Agre-set/09)* 3/5/2010 PDG Realty Novo Mercado

21/9/2006 Novo Mercado Medial Saúde 19/11/2009 Amil Novo Mercado

6/10/2006 Novo Mercado Klabin Segall (Agre-set/09)* 3/5/2010 PDG Realty Novo Mercado

26/10/2006 Nível 2 Terna 23/4/2009 Cemig Tradicional

27/10/2006 Novo Mercado Perdigão 19/5/2009 BRFoods Novo Mercado

15/2/2007 Novo Mercado GVT 13/11/2009 Vivendi

25/4/2007 Novo Mercado Agra (Agre-set/09)* 3/5/2010 PDG Realty Novo Mercado

13/7/2007 Novo Mercado Ivest Tur 18/2/2009 Brazil Hospitality Group Novo Mercado

20/7/2007 Novo Mercado Açúcar Guarani 24/6/2010 Tereos Novo Mercado

20/9/2007 Novo Mercado Satipel 22/6/2009 Duratex Novo Mercado

15/10/2007 Novo Mercado Tenda 1/9/2008 Gafisa Novo Mercado

25/10/2007 Novo Mercado Bovespa 26/3/2008 BM&FBovespa Novo Mercado

29/11/2007 Novo Mercado BM&F 26/3/2008 BM&FBovespa Novo Mercado

* As empresas Abyara, Agra e Klabin Segall uniram-se em1/9/2009 formando a Agre, sendo posteriormente adquirida pela PDG Realty em 3/5/2010.

Fonte: ANBIMA

Níveis de Governança na Data do Registro

Volume (R$ bilhões) Número de Ofertas

Nível 1 Nível 2

Novo Mercado Tradicional BDR Bovespa Mais

29

19,2

5,9

4,5

16,7 8,3

23,9

120,4

54,8

10,1

30,5 24,2

4,5

2,5

1,6

5,4

2006 2007 2008 2009 Até Set/10

29

51

20 15

7

4

1 10

4 1

2

7 7

1 4

1

2 2

6

11

2006 2007 2008 2009 Até Set/10

T = 31,2

T = 75,5

T = 34

T = 47,2

T = 144,6

T = 43

T = 76

T = 15 T = 24

T = 18

(5)

Debêntures

T = 54.997

T = 37.007

T = 67.174

Fontes: CVM e ANBIMA

T = 63.591

T = 255

T = 213

T = 289 T = 323

Tipos de Oferta (R$ milhões/Nº)

Últimos 12 Meses

Registradas Dispensadas Esf. Restritos Total

Debêntures 17.040 24 30 1 24.468 91 41.538 116

FIDCs 8.738 31 2.292 37 803 12 11.832 80

Notas Promissórias 3.510 4 - - 18.619 55 22.129 59

CRI 1.464 50 278 14 4.341 46 6.083 110

Total 30.751 109 2.600 52 48.231 204 81.583 365

Fonte: CVM

MERCADO DE RENDA FIXA

Valores Mobiliários

5

Não há Ofertas de Notas em Análise na CVM e ANBIMA/Convênio CVM

Fontes: CVM e ANBIMA

Registrada

Dispensa de Registro Esforços Restritos 30

594 250

31 82

1.927 141

Jul/10 Ago/10 Set/10

Fontes: CVM e ANBIMA

NOTAS PROMISSóRIAS E SECuRITIzAÇãO (FIDCs E CRIs) Notas Promissórias

5

- Jul a Set/10 (R$ milhões)

Securitização (FIDCs e CRIs) Jul a Set/10 (R$ milhões)

2. Neste valor, não estão sendo considerados R$ 16 bilhões em Debêntures e R$ 570 milhões em Notas, que foram canceladas no ano corrente.

3. No ano de 2008, os FIDCs sofreram alterações, o volume passou de R$ 12.575 milhões para R$ 13.077 milhões e o número, de 126 para 131.

5. Inclui ofertas Registradas, Dispensadas e Esforços Restritos.

8. No ano de 2009, os volumes de renda fixa sofreram alterações, devido à entrada de ofertas retroativas via ICVM/476 e dispensadas.

Número de emissões de debêntures cresce 127,8% em 2010

Ago/10

300 30

200 100

265 70

400 600 140

390

3.000

PDG Realty Brasif OAS Engenharia e Participações Linha Amarela Abril Educação Polimetal Participações Concessionária Auto Raposo Tavares Sabesp WTorre Properties Concessão Metroviária do Rio de Janeiro Camargo Correa

Jul/10 Set/10

CRI Debêntures FIDC Notas Promissórias

Volume (R$ milhões) Número de Operações

25.438 22.642 14.372 13.858

12.878 10.093 3.839

5.579

24.049 27.614 16.566

30.490

4.809 3.242 2.230

5.070

2008 2009 Até Set/09

Até Set/10

(8)

(2)(3)

40

81 56 34

131 69

44 55

33

70 36

82

85 103 77

84

0 50 100 150

2008 2009 Até Set/09

Até Set/10

(8)

(2)(3)

(6)

MERCADO DE RENDA FIXA

DEBÊNTuRES

Emissões (total) Emissões sem Leasing 0

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 Até Set/10

Anos

Capital de Giro 20,1%

Refinanciamento de Passivo(7)

66,2%

Inv. ou Aq. Part. Societária 10,1%

Recompra ou Resg. Deb. de Emissão Anterior 1,8%

Invest.

Imobilizado 0,3%

Invest.

Infraestrutura 1,5%

Fonte: ANBIMA Fontes: CVM e ANBIMA

Prazos Médios (Anos) - 1ª Repactuação

Destinação de Recursos - Até Set/10

5. Inclui ofertas Registradas, Dispensadas e Esforços Restritos.

7. Inclui Alongamento do Perfil do Endividamento e Redução do Passivo.

Registrada

Esforços Restritos Dispensa de Registro

Set/10

Jul/10 390

40 67

134 100

600 500 300

1.100 651

200 228 50 60 60

650 280

1.500 70

36 56

308 150

450 75

250 600

659

Bandeirante Energia Casa & Vídeo Rio de Janeiro Neerans Empreendimentos e

TPI Triunfo Participações e B2W - Cia. Global Do Varejo Transmissora Aliança de Energia

Duke Energy Elektro Eletricidade e Serviços Concessionária Rota das Bandeiras

Hypermarcas Minerva Fertilizantes Heringer Intelbras OAS Empreendimentos Comercial Automotiva Camargo Corrêa Investimentos

PDG Realty Tele Norte Leste Participações Sifco Qualicorp Corretora de Seguros Qualicorp Administradora de QC Holding II Participações Tecnisa Queiroz Galvão Desenvolvimento Ouro Verde Transporte e Locação JHSF Participações S.A.

Soares Penido Concessões SPI - Sociedade para Participações

em Infraestrutura

Imobiliário

Benefícios

Infraestrutura

Elétrica

Investimentos Participações

Ago/10

Fontes: CVM e ANBIMA

Valores Mobiliários

5

- Jul a Set/10 (R$ milhões)

Quirografária com Garantia Adicional 5,6%

Real e Flutuante 1,0%

Subordinada 15,9%

Flutuante com Garantia Adicional 0,4%

Flutuante 5,1%

Real com Garantia Adicional 1,9%

Quirografária 52,9%

Real 17,2%

Garantias das Debêntures - Volume (R$ milhões) Até Set/10

Refinanciamento é a destinação de 66,2% das debêntures emitidas

Fonte: ANBIMA

Ofertas em Análise na CVM e ANBIMA/Convênio CVM (R$ 1,8 bilhão)

1. BNDESPAR

2. Gafisa

(7)

MERCADO DE RENDA FIXA

DEBÊNTuRES

6. Os valores apurados são obtidos somente após o encerramento das emissões.

Emissões Debêntures - Ago a Set/10

Empresa Volume (R$ mil) Setor Prazo (Anos)

Intelbras 50.000 TI e Telecomunicações 4

OAS Empreendimentos 60.000 Empr. e Part. 5

Camargo Corrêa Invest. Infraestrutura 325.000 Construção Civil 10

Camargo Corrêa Invest. Infraestrutura 325.000 Construção Civil 10

Comercial Automotiva 60.000 Comércio Varejista 3

PDG Realty 280.000 Construção Civil 6

Tele Norte Leste 1.500.000 TI e Telecomunicações 1/2

QC Holding II 308.000 Empr. e Part. 5

Qualicorp Administradora 56.000 Outros 5

Qualicorp Corretora de Seguros 36.000 Seguradora 5

SIFCO 70.000 Outros 3

Tecnisa 150.000 Construção Civil 4

Queiroz Galvão 450.000 Construção Civil 5

Ouro Verde 75.000 Transporte e Logística 4

JHSF 250.000 Construção Civil 5

Soares Penido Concessões 600.000 Transporte e Logística 8

SPI Sociedade para Part. em Infraestrutura 659.000 Transporte e Logística 2

Setor de energia elétrica destaca-se com 24,7% das emissões

Para ter acesso às tabelas com as emissões de 2007, 2008, 2009 e 2010, acesse a área de rankings e estatísticas do site www.anbid.com.br Fonte: ANBIMA

Fonte: ANBIMA Fonte: ANBIMA

Distribuição das Ofertas - Volume (R$ milhões)

T = 8.294

T = 25.524

T = 28.640

15,7%

12,5%

0,1%

5,6%

0,7%

0,7%

2,9%

3,7%

4,7%

19,5%

2,7%

1,8%

1,0%

0,2%

24,7%

3,5%

Transporte e Logística TelecomunicaçõesTI e Seguradora Saneamento Química e Petroquímica Papel e Celulose Outros Financeiro Energia Elétrica Empr. e Part.

Construção Civil Comércio Varejista Bens de Consumo Assistência Médica Alimentos e Bebidas Agronegócios

Setorial - Volume (Até Set/10)

Subscritores 476

2009 Até Ago/10

2 6

Número de Pessoas Físicas

Pessoas Físicas Invest Inst.

Coord. Ligados à Emissora 13.630

10.562

4 1.332 46

4.913

15.488 3.377

13.106

2008 2009 Até Ago/10

9.442 10.403

6 12

5.106 4.316

2009 Até Ago/10

T = 14.554 T = 14.731 Subscritores de Debêntures

(s/Leasing)

6

2008 2009 Até Ago/10

34 12.784 165

(8)

Bancos Empresas República

Banco de Fomento

1.913 1.246 1.816 3.272

10.450 10.991

6.980

3.140

17.882

10.318 5.253

2.883

525

4.100

2.300

1.613 1.000

237 5.763 1.000

1.000

1.000

2006 2007 2008 2009 Até Ago/09 Até Ago/10

T = 18.157

T = 11.109

T = 6.481

T = 26.254

T = 9.300

T = 23.381

Mercado de Capitais

BOletim Superintendência Técnica

Rio de Janeiro - Av. Rep. do Chile, 230 - 13º andar - CEP 21170-919 Sugestões: (21) 3814-3800 | anbima@anbima.com.br

www.anbima.com.br

Captações externas de dívida têm crescimento de 151,4% até agosto

Renda Variável (ADRs/GDRs) Renda Fixa

(Bônus/MTNs/Securitização)

4.472 4.346 5.929

1.316 1.243 3.285

18.262 11.609

6.731

26.254

9.300

23.381

2006 2007 2008 2009 Até Ago/09 Até Ago/10

T = 19.578

T = 16.081

T = 11.077

T = 32.183

T = 10.543

T = 26.666

Volume Número

2,2%

60,9%

4,3%

6,6%2,2%

4,3% 6,6%

56,6%

8,3%

9,1%

Mídia

Alimentos e Bebidas Emp. Part.

Papel e Celulose Construção Civil Metalurgia e Siderurgia Financeiro

4,3% 6,0%

Química e Petroquímica República

2,2%

4,3%

1,0%

1,2%

7,3%

2,8%

Aviação e Aeronáutica

8,7% 1,1%

MERCADO EXTERNO

Captações Externas - Dívida e Renda Variável (uS$ milhões)

Emissões de Bônus e MTN´s (uS$ milhões)

Setorial Total (Dívida e Renda Variável) - Até Ago/10

Fonte: ANBIMA Fonte: ANBIMA

Fonte: ANBIMA

Imagem

Referências

temas relacionados :